Portugal no inverno vale a pena? Veja onde ir

64

No inverno a noite chega mais depressa, a chuva “assombra” quem arrisca alguns passos na rua e o colorido dos jardins e parques se esconde. Mas não é por isso que você deve temer essa estação do ano quando decide viajar para Portugal. Por vezes, os meses de dezembro, janeiro e fevereiro são os únicos disponíveis para as férias. E aí, como aproveitar a terrinha da melhor maneira? Posso te confortar em uma única frase: Portugal no inverno vale a pena, sim! Na minha opinião, há cidades portuguesas que verdadeiramente ganham mais sentido e graça nessa época do ano.

Independente do roteiro que você pretende fazer, há algumas dicas preciosas:

  • Faça um roteiro light com poucas cidades e um bom tempo em cada uma delas
  • Evite se programar para pegar estrada após as 19h
  • Tenha roupas adequadas para o frio e a chuva (principalmente)
  • Aproveite os chás, cafés, vinhos e chocolates quentes
  • Tenha sempre um plano B, no caso de chuva forte

Veja quais são as minhas sugestões para um inverno bem aproveitado em Portugal:

Porto, Vila Nova de Gaia e região Norte

Porto e Vila Nova de Gaia no inverno. Foto: Priscila Roque/ Cultuga

Porto e Vila Nova de Gaia no inverno. Foto: Priscila Roque/ Cultuga

Passei o início de 2014 no Porto. Foi uma experiência incrível. Eu já tinha ido outras vezes para lá, entretanto, costumo dizer que a cada visita me apaixono mais. E a tal paixão não foi somada, mas multiplicada no último inverno. O Porto e a Vila Nova de Gaia (cidade que fica do outro lado do rio Douro, “em frente” ao Porto) são românticas, sobretudo nessa época do ano. A paleta de cores é baseada em uma larga escala de cinza e é toda a sua exuberência melancólica que faz os dias frios, nublados e chuvosos ainda mais lindos. Há inúmeras atrações culturais perfeitas para dias de chuva, além das caves de vinho e de cafés e restaurantes para se aquecer.

Sem chuva, uma esticada até Barcelos (a foto de abertura dessa matéria é de um sol tímido e lindo por lá no inverno), Braga, Viana do Castelo ou Guimarães sempre vale a pena para mergulhar um pouco mais nas tradições e no folclore português e é uma viagem bem rápida.

Quer ter fotos lindas e profissionais do seu passeio pelo Porto?

Serra da Estrela e região da Guarda

A Serra da Estrela, no distrito de Guarda – centro de Portugal, tem paisagens de tirar o fôlego o ano todo. Porém, é no inverno que tudo fica ainda mais mágico. É no topo dela que se encontra a única estância de ski portuguesa e esse também é o ponto mais alto de Portugal continental. O frio e a neve mostram um país totalmente diferente, com chalés aconchegantes e um café da tarde acompanhado de um delicioso e forte queijo da Serra da Estrela. Vá com botas e roupas especiais para neve. Assim, você poderá aproveitar ainda mais.

Sem chuva, um passeio em Covilhã, na própria Guarda e nas aldeias históricas da região, como Belmonte e Almeida, também são passeios inesquecíveis.

Óbidos

Foto: Priscila Roque/ Cultuga

Óbidos, no inverno, também tem charme. Foto: Priscila Roque/ Cultuga

Aqui está uma escolha totalmente pessoal. A Vila de Óbidos parece um cenário de filme. A poucos quilômetros de Lisboa, você encontra uma pequena vila que parte de um castelo com muralhas que abraçam suas ruas fofíssimas. Quando o sol está brilhando, o local ganha, claro, mais vida. Porém, o romantismo e a graciosidade desse lugar tão peculiar português vale a visita no inverno. Uma ginjinha (um licor da fruta ginja – similar a cereja), um vinho ou um chocolate quente vão conseguir te aquecer, não se preocupe. Não vá em um dia chuvoso.

Fátima

O frio não espanta os fieis em Fátima. Foto: Priscila Roque/ Cultuga

O frio não espanta os fieis em Fátima. Foto: Priscila Roque/ Cultuga

Quando dizemos “Fátima“, geralmente nos referimos ao santuário e ao passeio religioso pelas casas dos pastorinhos. Para aqueles viajantes com muita fé, essa visita é indispensável. Faça chuva ou faça sol, faça frio ou calor, o santuário está sempre aberto e suas igrejas, basílicas e capelas estarão sempre à disposição dos fiéis. É bem perto de Lisboa, tanto de carro como de ônibus, e há restaurantes com bons preços.

Leve um suvenir inesquecível de sua viagem a Portugal

Lisboa

Foto: Priscila Roque/ Cultuga

As castanhas assadas vão te esquentar! Foto: Priscila Roque/ Cultuga

Vamos ser francos: Lisboa, com chuva e tempo nublado perde o seu charme visual. É o sol que reflete o azul do rio Tejo, as cores de seus edifícios e o brilho do elétrico amarelão nas ruas da Baixa. Porém, incluo ela na lista porque é um local extremamente dinâmico, cultural e, claro, de fácil acesso para diversas cidades do país. É impensável não passar na capital, a não ser que a sua viagem seja somente pelo norte português. Há sempre atrações em locais fechados, cafés e restaurantes que certamente vão rechear a sua viagem de boas recordações nessa época do ano.

Organize aqui a sua viagem para Portugal

icon-saude

Faça o Seguro Viagem com a Real Seguro Viagem em 6x sem juros

icon-carroVeja os melhores preços para alugar um carro na Rental Cars

icon-hotel

Reserve o seu hotel pelo Booking, com opção de cancelamento gratuito

Serviços do Cultuga

icon-tour

Deseja ter a nossa companhia durante a sua visita a Lisboa? Faça um tour conosco

icon-consultoria

Apaixone-se por Portugal com a nossa consultoria de viagem

icon-foto

Leve um suvenir diferente da sua viagem: faça um ensaio fotográfico

Veja também o índice de artigos do Cultuga para ajudar no planejamento do seu roteiro com muitas dicas, sugestões de rota e outras informações sobre Portugal 🙂

Compartilhe.

Sobre o autor

Priscila Roque

Sou jornalista especializada em cultura e fotógrafa. Foi preciso passar dos 30 anos para assumir que Lisboa é, realmente, o meu lugar no mundo. Mas a paixão por Portugal começou bem mais cedo, ainda na adolescência, quando descobri alguns músicos locais. Os meus pais são portugueses imigrados no Brasil. Depois de fazer o caminho inverso deles, trocando São Paulo por Lisboa, quero agora, com o Cultuga, diminuir a distância que separa o Brasil de Portugal.

64 comentários

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Gloria!
      Como vai?
      Seja bem-vinda ao Cultuga 🙂
      Viana do Castelo é uma cidade bastante fácil de visitar e com atrações para qualquer época do ano. Entretanto, a primavera e o verão (entre abril e setembro) sempre são as melhores épocas, pelos dias bonitos que você poderá encontrar – principalmente se quiser visitar o mirante da Basílica de Santa Luzia. Como ele fica no topo da cidade, com o tempo em melhores condições, a visibilidade é maior e a vista é ainda mais bonita.
      Uma ótima viagem!

  1. Cristina Gonçalves em

    Olá Priscila.Gostaria de saber como posso comprar um imóvel em Barcelos-Portugal, tenho interesse em uma casa de 02 quartos que também pode ser utilizado como ponto comercial.Conheçe alguem que tem interesse em trocar uma casa em portugal por uma do Brasil.GRANDE ABRAÇO.

  2. Olá Priscila,
    gostaria que você me sugerisse um roteiro de carro, partindo de Lisboa, por dois dias em fevereiro.
    Grata, Silvia.

  3. Olá Priscila,
    Vou passar uma semana em portugal no proximo carnaval.
    Que temperatura posso encontrar lá?
    Que roupas devo levar?
    Grande abraço
    Regina

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Regina!
      tudo bem?
      Que delícia! Olha, o país todo tem temperaturas diferentes, mas ainda será inverno. Portanto, prepare-se para o frio! A média de fevereiro em Lisboa, para você ter uma ideia, fica por volta de 8 a 14 graus. Ao norte, geralmente, as temperaturas caem mais. No sul, pode ser um pouco mais ameno.
      Há algumas peças de roupas chamadas “térmicas”, ótimas para colocar por baixo. Você pode encontrá-las na Decathlon. Sempre vale a pena levar! Uma bota quentinha e bem vedada da umidade também vale a pena. Cachecol, casaco e gorro são ótimos, principalmente se você for mais friorenta e para os passeios noturnos 🙂
      Em Lisboa, você também pode comprar boas peças de roupa para o frio no El Corte Inglés. As promoções dessa época vão até 28 de fevereiro.
      Uma ótima viagem!

  4. vania rolemberg em

    Olá, passaremos 15 dias na terrinha e vamos até o Norte, Porto, de carro, passando por Evora, Covilhã, Guarda, Porto, Braga, Sintra e Lisboa. Somos em dois casais e eu e minha cunhada apreciamos um bom artesanato.
    Podes nos recomendar algum local em especial? Queremos ver lenços dos namorados, bordados em geral, mantas e cerâmica, ou qualquer outro tradicional.
    Sairemos em 20 de março.
    Obrigada, querida!

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá Vania!
      Como vai?
      Que delícia de viagem 🙂
      Particularmente, eu recomendaria uma passagem mais calma pela região do Minho. Braga, Guimarães e Viana do Castelo, já que vocês gostam de artesanato. Barcelos também tem uma rota de artesanato bastante interessante (principalmente para vocês, que adoram cerâmica: http://www.cm-barcelos.pt/visitar-barcelos/artesanato/rotas-de-artesanato).
      Com relação ao Lenço dos Namorados, ele é tradicional de Vila Verde. Você pode encontrar até mesmo originais em Lisboa ou no Porto, mas lá é que estão seus produtores.
      Guimarães também tem um bordado típico, bastante tradicional e lindíssimo. Por lá, os produtores são inclusive certificados, para que a tradição se mantenha. Vocês podem conhecer um pouco mais sobre aqui: http://www.bordadodeguimaraes.pt
      Viana é uma terra bastante ligada ao folclore. Um passeio interessante para vocês por lá seria o Museu do Traje.
      Em Covilhã há o Museu de Laníficios, que vocês também vão gostar de conhecer. A região da Serra da Estrela tem produtos muito bons de lã de um modo geral.
      E se vocês precisarem de um suporte no roteiro e um direcionamento mais específico, também temos um serviço de roteiro personalizado e assessoria: http://www.cultuga.com.br/2014/04/assessoria-de-viagem-roteiro-personalizado-portugal/
      Boa viagem e depois venha nos contar aqui no Cultuga o que mais gostou da terrinha 🙂

  5. Olá Priscila, como vai? Estou adorando todas as suas informações sobre a Terrinha… e as fotos, um deleite a parte! Parabéns!
    Bem, estamos planejando uma viagem entre o Natal e Ano Novo, por aproximadamente 10 dias. Iremos com nossos 3 filhos adolescentes. O percurso será feito de carro.
    Pensei em 3 noites em Lisboa (onde em 1 dos dias iríamos à Cascais e Sintra), 1 noite em Óbidos (vale a pena pernoitar por lá?), 2 noites próximo à Fátima (para visitarmos familiares e conhecermos as aldeias), 1 ou 2 noites na Serra da Estrela (para a alegria das crianças) e 2 ou 3 noites no Porto. Sei que no trajeto passaremos por Tomar, Coimbra, Aveiro…enfim, o que for possível. Mas os locais para pernoite serão estes. Adoraria poder contar com sua opinião. Um forte abraço e meu muito obrigada!

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Jane
      Tudo bem? Aqui está tudo certo!
      Agradeço o seu carinho 🙂
      Com relação ao seu roteiro, eu deixaria Cascais de lado. Acaba por não ser um local gostoso para visitar nessa época do ano, na minha opinião. Sobre pernoitar em Óbidos, pode ser bem gostoso, sobretudo dentro das muralhas – que se torna mais mágico (também é época da Vila Natal – http://obidosvilanatal.pt/). Poderão ficar duas noites na região da Serra da Estrela, para não ficar tão cansativo (e para caso chova – toc toc, bate na madeira). Depois, 3 noites do Porto são boas para visitar a cidade e a região, que é linda no inverno.
      A minha dica é: tenha apenas atenção com o número de lugares que vocês vão passar. Como é inverno, o dia escurece mais cedo. Portanto, é ideal ter uma boa programação e cumprir os horários. Outro ponto importante é ter sempre um plano B, sobretudo para a chuva. Em dias com bastante chuva o ideal é mesmo ficar nas grandes cidades. Há muito para se aproveitar, principalmente em Lisboa e no Porto.
      Aproveita bastante! Um forte abraço

  6. Olá Priscila,

    Estamos meu marido e eu planejando uma viagem a Portugal em janeiro de 2015. Estamos pensando em fazer de carro esse roteiro: Chegaremos no Porto, quatro noites. Visitando Viana do Castelo, Braga e Guimarães e Aveiro. Depois seguiríamos para o Vale do Douro, duas noites. O vale do Douro é bonito nessa época do ano? Não é arriscado por causa de chuva? Depois Serra da Estrela, duas noites. Em seguida Coimbra, um a noite. Depois Óbidos, duas noites. E finalmente Lisboa , três noites.
    Gostaria muito de sua opinião.
    Muito obrigada!
    Um abraço,
    Eliane.

  7. Adriana Andrade em

    Olá, parabéns , pelas informações, vou a Lisboa 8 a 13 de Dez , estou com dúvidas o que levar na mala, sendo inferno, e tb o que compensa visitar , um grande abraço

  8. Olá Priscila, tudo bem?
    Gostei muito do seu site e de como você faz essa ponte entre Brasil e Portugal.
    Gostaria de saber se você sugere algum passeio fora do trivial, para a época de fevereiro. Digo, algo que não seja o que comumente é feito, em Lisboa e Porto, ou outra região.
    Obrigada!

    Abçs

  9. Pedro Luz Correia em

    Priscila, tudo bem, primeiramente parabéns pelos seus comentários , tenho acompanhado, estou tentando minha Cidadania , meu processo está em curso, pretendo voltar a Portugal ano que vem verão , pretendo conhecer desta vez a região da localidade de Cerdeira , distrito de Viseu , concelho de Mortágua , poderia informar me algo de peculiar para visita nesta região , com os melhores cumprimentos Pedro

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Pedro
      Como vai?
      Nunca fui a Mortágua, mas ali perto você poderá ir a Mealhada para comer um belo Leitão da Bairrada e também conhecer a vila de Luso, famosa por suas termas e pela linda Mata Nacional do Buçaco.
      Uma boa viagem!

  10. Boa tarde Priscila!

    Meu marido e eu estamos nos programando para fazermos a rota portuguesa do caminho de Santiago.

    Pretendemos iniciar no dia 8 de dezembro em Lisboa.

    Sei quem a data não é a melhor, mas não temos outra opção.

    Tenho lido muitos textos falando da chuva. Porém gostaria de saber qual a intensidade dessa chuva…

    No Brasil também podemos dizer que o verão é extremamente chuvoso… Mas nem por isso está longe de ser ensolarado…

    Exatamente por isso gostaria de entender o quanto seria esse “muito chuvoso” que vejo em todos os textos que leio.

    Do jeito que falam, parece que chove 2 meses seguidos!

    Sei que é difícil estimar e prever o tempo, mas você saberia dizer quantos dias chove em média em um mês de dezembro? Chove todos os dias? Chove semanas inteiras? Costuma ser uma chuva fraca e constante? Ou são chuvas intensas por períodos isolados?

    Há uma região pior que a outra?

    É verdade que janeiro costuma ser pior do que dezembro? Ou isso não é uma regra?

    Desde já, agradeço!

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Juliana
      Como vai?
      A previsão do tempo é realmente difícil para a época. Para você ter uma ideia, no ano retrasado tivemos um mês de dezembro muito chuvoso, com realmente chuva a quase todos os dias, por vezes uma semana toda, o dia todo, sim. No ano passado, choveu bem menos, houve semanas totalmente secas, mas aí o frio apertou mais, com sensação térmica de 4 graus em Lisboa, por exemplo. Não é uma época que dá para prever mesmo, mas é fim de outono, início de inverno. Por isso, é bom se preparar para baixas temperaturas e chuva, e há variação entre regiões, sim. Você poderá pegar mais frio e mais chuva a medida que vai subindo pelo país. Janeiro é pior do que dezembro, sim, pois dezembro ainda é fim de outono e janeiro já aperta mais o inverno. Roupas e calçados quentes e impermeáveis ajudarão vocês. Penso que o importante, nesse caso, é ter um Plano B – alguns locais que possam fazer uma pausa além dos albergues dos peregrinos, caso encontrem um alagamento em alguma cidade ou uma fase de muita chuva. Busquem as igrejas e os centros de apoio aos peregrinos antes da viagem para perguntar se há alguma preparação especial para essa época do ano. Eles certamente poderão oferecer informações seguras.
      Um forte abraço

  11. Ana Silvia Mota em

    Olá Priscila?
    Como vai?
    O Cultuga foi minha grande descoberta enquanto me preparo para passar belos e agradáveis dias em Portugal.
    Chegarei em Portugal em 16/12. Regressarei para o Brasil em 04/01/16. Minha filha está estudando em Porto (cursará um período letivo na Faculdade de Belas Artes). Um sobrinho, de 15 anos irá conosco.
    Nosso planejamento:
    De 16 a 21: Porto como base. Passeios a Braga/Guimarães ;
    De 21 a 28: Lisboa como base. Passeios a Cascais, Sintra, Óbidos, Mafra, Tomar, Évora…e passear por Lisboa..claro;
    Dia 28: pretendemos seguir para Coimbra, com um pernoite por lá.
    De 29 a 02: Estamos pensando em irmos a Salamanca e ficarmos umas 3 noites . Estou vendo “como chegar, via Porto) para fechar hospedagem;
    De 02 a 04: Porto

    O que não incluí, mas gostaríamos de ir: Serra da Estrela, e Piodão (um desejo de meu sobrinho), por não termos encontrado uma forma de ir. Não alugaremos carro. A ideia é onde for possível, usarmos o transporte público, onde for difícil,em razão da mobilidade , utilizaremos os serviços de empresas turísticas.

    Você pode me dar um auxílio?

    Obrigada.

    Ana Silvia.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Ana Sílvia
      Como vai?
      Fico feliz que tenha gostado de encontrar o Cultuga e que o nosso conteúdo esteja ajudando em seu planejamento! Que delícia de viagem! Tenho a certeza que poderão aproveitar bastante.
      Os ônibus entre Porto e Salamanca, você pode ver aqui: http://www.internorte.pt/
      Com relação aos acessos de transporte público para a região da Serra da Estrela, eles são feitos de trem por meio das cidades da Guarda e Covilhã. Porém, não vale a pena se deslocar por lá sem carro, sobretudo nessa época do ano, quando há neve em alguns pontos e torna o percurso a pé mais cansativo. Há muito para se ver por lá longe dos centros. Se desejar fazer uma cotação de tours, sugiro que procure os serviços da Portugal Premium Tours (http://www.premiumtours.pt) para a Serra da Estrela e da Oporto Road Trips (http://www.oportoroadtrips.com/) para o Piódão. As duas empresas fazem passeios guiados particulares e oferecem um bom serviço.
      Uma excelente viagem 🙂

          • Olá Priscila..
            Estou de volta, com novos pedidos de dicas:
            1) Estamos querendo ir a Óbidos, partindo de Lisboa, utilizando transporte público (ônibus), você acha que de lá conseguiremos ir a Alcobaça e Batalha, utilizando transporte público ou um táxi?
            2) Pensamos também em irmos a Mafra e Sintra, no mesmo dia. Se formos de transporte público, encontrei ônibus de Lisboa a Mafra, de Mafra terá como irmos para Sintra?

            Aproveito para participar a você que fechamos 3 passeios com a Premium.tours: Serra da Estrela, Tomar/Amourol e Braga/Guimarães.

            Antecipadamente grata,

            Ana Silvia

          • Priscila Roque
            Priscila Roque em

            Olá, Ana Silvia
            Como vai?

            Vamos as suas dúvidas:
            1. A partir de Óbidos, somente de táxi. Entretanto, tenha atenção com o horário do retorno do ônibus de Alcobaça ou Batalha a Lisboa, que nem sempre estão disponíveis.
            2. Eu não aconselharia fazer as duas cidades no mesmo dia, sobretudo por Sintra ter muita coisa para ver. Vale a pena, pelo menos, um dia completo por lá. De qualquer forma, deixo aqui o contato da empresa que liga as duas localidades de ônibus: http://www.mafrense.pt/

            Aproveito para apresentar o nosso serviço de consultoria, que será de grande valia para a sua viagem, visto que está com diversas dúvidas sobre deslocamento: http://www.cultuga.com.br/2014/04/assessoria-de-viagem-roteiro-personalizado-portugal/ – com a nossa consultoria, podemos agendar uma reunião por Skype para tirar as suas dúvidas e ainda passar um pente fino no seu roteiro, comentando dia a dia, incluindo outras dicas de passeios, cultura e gastronomia.

            Fico feliz que tenha fechado parte de seus passeios com a Premium Tours. É uma empresa realmente muito boa. Você vai gostar bastante 🙂

            Um forte abraço!

  12. Oi Priscila. Tudo bem? Adorei o Cultuga! Gostaria de uma opinião sua à respeito do roteiro que estou montando para a nossa segunda viagem à Portugal. Dessa vez vamos levar nossos filhos de 11 e 15 anos para um passeio á terrinha dos dias 01/02/2016 até 15/02/2016. Pensei em passar 3 noites em Lisboa, alugar um carro e ir direto até Coimbra. Passar uma noite e seguirmos até Seia para conhecermos a Serra da Estrela(minha dúvida aí é justamente o carro…será uma boa ideia dirigir por essas estradas em pleno inverno sem experiência com neve?). Passar duas noites e seguirmos para Porto. De porto, após 3 noites, passarmos uma noite em Óbitos e voltarmos para Lisboa parando em Fátima. Em Lisboa entregar o carro e visitar Sintra de trem. O que acha? Pode me ajudar? Um grande abraço. Carina

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Carina
      Como vai? Aqui está tudo certo 🙂
      Que bom que você gostou do Cultuga! Fico feliz que ele também possa fazer parte da organização da sua viagem a Portugal.
      Olha, o inverno é realmente bem interessante para conhecer a Serra da Estrela e a sua preocupação é uma dúvida comum. Dá certa insegurança mesmo, mas não se preocupe. Como não conseguimos prever a época em que pode nevar mais, a ponto de fechar estradas, o melhor que podem fazer é acompanhar os sites de notícias portugueses que sempre trazem informações sobre as estradas da Serra nessa época do ano, com o Público (http://www.publico.pt/) e o Observador (http://observador.pt/), por exemplo. Outra sugestão é telefonar para os postos de turismo das cidades da Serra da Estrela ou para o hotel que vão ficar hospedados por lá na véspera da sua viagem e perguntar como estão os acessos (se você conseguir reservar o hotel com cancelamento gratuito até a véspera ou a data da viagem, é ainda melhor). Dificilmente vocês pegarão uma nevasca “do nada”, que não esteja prevista. A câmara local costuma limpar as estradas da Serra com alguma frequência também, fique tranquila quanto a isso.
      Sobre os dias separados para a viagem, estão bem divididos. Veja somente com a locadora o valor para um dia a mais com o carro. Como vocês estarão em Sintra no inverno e lá é bem frio, por ser uma serra, um passeio de carro se torna mais confortável e rápido, dá para ver mais atrações em um tempo reduzido. Entretanto, bem agasalhados, vocês também poderão fazer um ótimo passeio em Sintra de trem e circulando entre as atrações que desejam visitar com percursos a pé e de ônibus.
      Espero que tenha ajudado!
      Uma excelente viagem e depois venha nos contar como foi a sua experiência no inverno português 🙂

  13. Bom dia, Priscila! Estamos planejando passar 15 dias em Portugal, no mês de abril, ainda, sem roteiro definido. Você poderia, por gentileza, nos dizer o que podemos ‘esperar’ desse mês em relação ao clima?
    Muito obrigada!!
    Grande abraço
    Filomena

  14. ola! adoro o site de vcs! parabéns!
    gostaria de saber como fazer para ir de transporte publico do porto a serra da estrela? qual usar?
    muito obrigada!
    beijo!!!!

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Marilia
      Como vai?
      Agradeço o seu carinho 🙂
      Visitar a Serra da Estrela de transporte público não vale a pena, pois você deixará de ver as principais atrações – somente acessíveis de carro, principalmente nessa época do ano. Entretanto, a partir do Porto, você pode ir a Covilhã ou a Guarda de trem (www.cp.pt). Chegando em uma dessas cidades, você poderá alugar um carro para então passear pela Serra.
      Um grande beijo e uma excelente viagem!

  15. Boa tarde!

    Gostaria de saber que cidades visitar em Portugal no inverno, mais precisamente em Janeiro.
    Pesquisando, observei que posso fazer base em Lisboa e Porto, assim consigo fazer vários bate e volta dessas cidades; portanto quais bate e volta seriam bem interessantes?
    Ah! Somos um casal faixa etária 60 anos e pretendemos ficar 10 dias em Portugal e depois partir rumo Barcelona por 5 dias.
    Qual melhor região para se hospedar tanto em Lisboa como Porto?

    Desde já agradeço e Feliz 2016!

  16. Olá Priscila, tudo bem?

    Muito bom as dicas, me inspirou para um roteiro personalizado que criei e que pretendo fazer em 25-30 dias por terras lusitanas.

    Gostaria de sua opinião em relação ao que eu planejei, dá uma olhada:

    Rota Planejada (API Google Maps):
    http://www.routexl.com/f=xa169Vuoj6

    Board que eu criei para inspirar amigos e possíveis interessados:
    https://www.pinterest.com/renaniceland/portugal-route-i-traditional-winter-castles/

    De acordo para uma trip de um mês? Quais são suas considerações?

  17. olá… tudo bem?
    Vou estar em Portugal entre os dia 14 e 29 de janeiro de 2017. Pretendo viajar pelo máximo de cidades possíveis de carro. Ainda não reservei hotéis… estou pensando em ir sem reserva los para não ficar presa a horários e datas. Você acha que há possibilidade de não encontrar quartos disponíveis nesta época do ano?

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Claudia
      Tudo bem? Por aqui está tudo certo 🙂
      Por ser inverno, o mês de janeiro costuma ser tranquilo para encontrar hotéis na maior parte do país. Tenha apenas atenção que, não ter bases estabelecidas, pode ser um pouco cansativo em um dia de chuva ou em um dia que você tenha rodado bastante. Não é um estilo de viagem que eu, particularmente, gosto de fazer – sobretudo para encontrar oportunidades com conforto e bom preço. Considere também a possibilidade de fixar algumas bases centrais e fazer a viagem em bate-voltas. Assim, é uma coisa a menos para se preocupar e você não precisa ficar fazendo as malas todos os dias para viajar.
      Um forte abraço!

  18. Olá Priscila , sensacional as dicas do Cultuga , mas pretendo ir a Lisboa em Outubro ou Novembro mas parece que chove muito , vale a pena arriscar ?

  19. Maria Renata Toledo em

    Oi Priscila.
    Tudo bem? Parabéns pelos site! Estou pesquisando bastante sobre roteiros em Portugal e as suas sugestões são as melhores que encontrei!
    Pois bem, irei para Portugal com meu marido e duas crianças em janeiro/2017 e ficarei 03 noites na Serra da Estrela para praticar os esportes de inverno. Porém, gostaria de sua opinião de qual a melhor cidade, no entorno, para a hospedagem e facilidade de acesso ao centro de Ski. Lembrando que irei de Coimbra para a Serra da Estrela e depois continuarei viagem para Porto.
    Muito obrigada pela sua ajuda!

    • Rafael Boro
      Rafael Boro em

      Olá, Maria Renata
      Tudo bem?
      Agradecemos o carinho com o Cultuga. Ficamos muito felizes que tenha gostado! Esse é o melhor retorno que podemos ter. 🙂
      Há boas opções de hospedagem em Manteigas, que fica no centro da Serra da Estrela, e na Covilhã, uma das principais cidades a leste da Serra. Elas ficam a cerca de 20km da Estação de Ski e com bom acesso às autoestradas. De Coimbra é mais perto, já a ida para o Porto um pouco mais longe, mas com bom pontos de parada.
      Um grande abraço e façam um ótima viagem pela Serra e por Portugal!

  20. Adriana Chaves em

    Olá Priscila, tudo bem? Presenteei meu marido e 3 filhos adolescentes com uma viagem á Portugal em janeiro, de 20 a 31. Pensei 2 dias em Lisboa, depois ir subindo rumo à Porto, na volta Serra da Estrela e Lisboa para final da viagem. Mas estou ficando desanimada por conta das chuvas, ainda não comprei as passagens. Uma das minhas filhas tem dificuldades de locomoção e precisaremos da cadeira de rodas. Será que vale a pena ou será muito trabalhoso e cansativo?Gostaria da sua opinião.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Adriana
      Tudo bem? Por aqui está tudo certo 🙂

      O mês de janeiro é sempre lembrado pelos portugueses pelas chuvas. Claro que há anos em que temos mais chuvas do que outros, mas é uma época úmida e fria, sim. Nesse post incentivamos a visita a Portugal no inverno, pois costumamos dizer que não há época ruim para viajar, mas sim a roupa errada, não é? Entretanto, paralelamente a isso, o país não tem boa acessibilidade para as pessoas que usam cadeira de rodas (e para mães com carrinhos de bebês e deficientes visuais também), sobretudo nas ruas.

      Felizmente há instituições culturais, restaurantes e hotéis que se dedicam a melhorar todas as suas formas de acesso. Assim, se desejarem viajar no inverno, aconselho que façam um roteiro mais leve, focado em uma programação cultural e com menos visitas exteriores, de paisagem. Certamente, será mais confortável e com grande proveito para todos.

      A mobilidade é uma preocupação do governo e do Turismo de Portugal, mas ainda há muito por fazer. Anualmente, acompanhamos a discussão e a preocupação das cidades portuguesas em melhorar o acesso e a mobilidade. Assim, se vocês gostam mais de paisagens do que passeios culturais, o ideal é visitar Portugal na primavera ou início do outono.

      Sei que a Serra da Lousã e as Aldeias de Xisto da região têm trabalhado há alguns anos em projetos interessantes de acessibilidade (http://aldeiasdoxisto.pt/). Uma parte das cidades do Algarve também oferece um suporte interessante, inclusive com banheiros públicos acessíveis e ligação as praias com elevadores e plataformas – um investimento que está sendo feito de agora até 2018. Alguns parques de Sintra também são acessíveis (http://www.parquesdesintra.pt/). Assim, pode ser uma vila que vocês podem explorar com mais calma e atenção. Um pouco fora do roteiro clássico, a ilha de São Miguel, no arquipélago dos Açores, também têm atividades de natureza acessíveis que podem ser aproveitadas por todos (http://azoresforall.com/pt/).

      Espero que tenha ajudado 🙂 Um forte abraço!

  21. Boa noite. Vou estar em Portugal em janeiro de 2017. Ficarei 15 dias. Pretendo fazer três bases: Lisboa, Porto (para fazer bate e volta nas cidades próximas) e em Évora. Três dúvidas: 1) Como será inverno será que vale a pena fazer os “bate e volta” com transporte público ou com empresas de turismo? (Poderia indicar algumas confiáveis?) 2) Pensei em me hospedar em Évora para conhecer tanto a parte cultural/ histórico lá como ir a vinícolas. Vale a pena visitar vinícolas no Alentejo nesta época? Como chego por Lisboa e saio pelo Porto estou achando essa hospedagem em Évora um pouco complicada e fora de mão. 3) Para um casal o que vocês aconselham Hotéis ou apartamento alugado? Agradeço pelo super site de vocês. O melhor para dicas sobre Portugal.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Andre
      Tudo bem?
      Vamos as suas dúvidas:
      1. Com tour privado, acaba sendo mais confortável, sem dúvidas. Entretanto, é também possível fazer bate-voltas de transporte público, sim. É somente ter atenção com os dias sem chuva, quando vocês interagem com as cidades de forma mais leve. Caso queira cotar com uma boa empresa de turismo, indicamos a Portugal Premium Tours: http://www.premiumtours.pt/ – o responsável pela empresa é uma pessoa muito querida por nós. Eles desenvolvem um excelente trabalho em Portugal. Pode contactá-los e falar, inclusive, em nosso nome.
      2. No inverno, você vai pegar a paisagem das vinhas secas. Vale a pena ir se vocês gostam bastante de vinho, quando poderão fazer provas, experimentar petiscos tradicionais e conhecer mais sobre o processo e a história de cada empresa – não pela paisagem. Se desejar, você poderá estender a sua estadia em Lisboa e fazer Évora somente em bate-volta.
      3. Ambos são boas escolhas. Porém, em janeiro, eu, particularmente, indicaria hotel. Como é inverno, vocês podem ficar em um apartamento frio – visto que por aqui não é comum que tenha aquecimento central. Um hotel oferece muito conforto para essa época do ano.
      Espero que tenha ajudado! Agradeço o carinho 🙂
      Uma excelente viagem!

  22. Ola Priscila Roque, é uma satisfação poder interagir com você.
    Em primeiro lugar quero parabenizar você e seu companheiro, por esse belo web site, onde estou aprendendo com base nos seus relatos e nas opiniões de vários leitores, um pouco mais sobre Portugal e suas belezas.
    Estou planejando viajar eu e minha esposa, para Portugal, em Janeiro de 07 até 29 totalizando 21 noites. O roteiro seria :
    6 noites em Porto, 4 noites em Évora, 4 noites em Faro e finalizando 7 noites em Lisboa. Vou alugar um carro e seguir o seu conselho, de nos dias de chuva, ficar em cidade grande ( locomovendo de metro ) e nos dias sem chuva vou fazer o bate e volta.
    Minha pergunta é simples, em sua opinião, É um roteiro tranquilo de se fazer no inverno, ( Pelo visto chove bem nessa época do ano ), considerando o número de noites que vou ficar em cada local? Obrigado pela oportunidade de trocar experiências com você.

    • Rafael Boro

      Olá, Ramiro
      Tudo bem?
      Agradecemos o carinho com o Cultuga. Gostamos muito de Portugal e por isso nos dedicamos tanto a aprender mais sobre o país e para ajudar as pessoas que pretendem visitá-lo, como você e a sua esposa. 🙂
      Janeiro é um mês muito chuvoso, mas o sol e o céu azul não deixam de aparecer. Vinte e um dias de viagem é ótimo e a divisão do número de dias em cada cidade está boa. Eu tiraria Faro do roteiro por conta das chuvas. A região litoral do Algarve tem paisagens paradisíacas, sendo assim, em dias de chuva, você e sua esposa não poderão aproveitar toda a beleza dos lugares.
      Se você ainda não reservou o hotel em Faro, valeria a pena pensar em ficar na região da Serra da Estrela (Covilhã, Guarda, Manteigas, Belmonte e Almeida são alguns locais imperdíveis e ainda podem até pegar neve) ou no centro, relativamente próximo do Atlântico (Alcobaça, Batalha, Leiria, Tomar, Coimbra e Lousã, por exemplo, têm boas estradas e fácil acesso). Temos vários artigos sobre essa região que vão ajudar vocês http://www.cultuga.com.br/category/regioes-de-portugal/centro/
      Um grande abraço e boa viagem!

  23. Boa noite Priscila, sou funcionário público estadual aqui no Rio de Janeiro, estou me aposentando e devido ao rumo que o meu estado e o meu país estão tomando, decidimos, eu, minha esposa e meu filho, ir embora para Portugal. Só temos algumas dúvidas pertinentes… Pensamos num lugar onde a temperatura gire em torno de 20 graus no verão e de 0 a -5 no inverno, com presença de neve. Precisaremos alugar um apartamento de dois quartos, mobiliado, que gire em torno de 250 a 300 Euros/Mês. Você saberia nos dar alguma dica? Muito obrigado!

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Tácito
      Tudo bem?
      Realmente, não me recordo de nenhuma parte de Portugal que tenha em torno de 20 graus no verão, pois as temperaturas costumam ser bem superiores a essa. E, no inverno, são poucos locais do país que nevam. Geralmente neva na Serra da Estrela e em alguns pontos da região de Trás-os-Montes. Em alguns anos específicos também em regiões mais altas do centro do país. Penso que, mais do que a temperatura, seja ideal vocês visitarem Portugal para investigarem melhor o que desejam, visto que nem sempre essas regiões possuem cidades com boa qualidade de vida. É preciso colocar na balança quais são os outros pontos importantes para vocês na escolha de um local para viver.
      Um abraço e um excelente ano

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Leonor
      Como vai?
      Nos arredores de onde você vive pode até nevar, mas não é comum. Varia de acordo com o ano. A Serra da Estrela é o melhor lugar para ver a neve em Portugal, principalmente pela oportunidade de poder brincar na estância de ski. Tenha a certeza que um dia você poderá viajar até lá com a sua família para realizar o seu sonho.
      Um grande abraço

  24. Saudações tupiniquins. Irei estar em Portugal entre os dias 10 e 25 de Fevereiro, me estabelecendo nas cidades de Lisboa e Porto. Você acha necessário realizar a compra de bilhetes para passeios e entrada em museus (como o de Quéluz ou a Universidade de Coimbra) com antecendencia, pela internet? Ou é só chegar lá e comprar na hora mesmo? Tem muita fila nas atraçoes turísticas nessa época do ano? Enquanto às temperaturas, fevereiro é muito frio e chuvoso como dezembro e janeiro?

    Agradeço desde já

    • Rafael Boro

      Olá, Vinicius
      Tudo bem?
      Não é necessário comprar os bilhetes com antecedência nessa época do ano. As atrações ficam mais tranquilas do que na alta temporada. 😉
      Fevereiro ainda é um mês chuvoso. Por vezes, menos que dezembro e janeiro. Porém, esse inverno está mais seco. A chuva chegou “de verdade” agora nos últimos dias de janeiro e deve permanecer até a primeira semana de fevereiro. Aconselho que acompanhe os sites de previsão do tempo sempre que possível.
      Um grande abraço e boa viagem!

Deixe um comentário