Como visitar as caves de Vinho do Porto?

30

Ir ao norte de Portugal e não participar de uma prova de Vinho do Porto em suas caves é um verdadeiro pecado. É como ir a Lisboa e não comer um Pastel de Belém.

Visitar as caves de vinho em Vila Nova de Gaia – a cidade que beira o outro lado do rio Douro, de frente para o Porto – é uma experiência única e que deve entrar no seu roteiro de viagem para Portugal.

É por mérito próprio que a região do Porto é um dos 10 melhores destinos para tomar vinho. Para os mais apaixonados por enoturismo, aconselho que prolongue a visita e conheça mais do que uma cave. Dessa forma, você poderá mergulhar também na história das marcas e desvendar alguns segredos desse produto português tão aclamado.

Produção de Vinho do Porto

A produção do Vinho do Porto é bastante rigorosa. É somente na região demarcada do Alto Douro Vinhateiro (cerca de 120km do Porto) que esse vinho pode ser produzido. Em virtude das características do solo e do clima, não há outro lugar em Portugal e no mundo em que as castas possam ser cultivadas da mesma forma.

Tal região foi demarcada pelo Marquês de Pombal em 1756. Portanto, em 2016, essa demarcação completa 260 anos!

As caves abertas a visita em Vila Nova de Gaia, que trataremos aqui nesse post, fazem parte de um processo posterior da fabricação, ou seja, de descanso ou envelhecimento, além do armazenamento na temperatura naturalmente fria e ideal para o seu padrão de qualidade.

Junto a beira do Douro ainda é possível ver alguns barcos rabelos, hoje com função somente turística, que faziam o transporte do vinho desde as quintas produtoras até as caves.

Cada um desses lugares listados por aqui trazem muita história, além dos inesquecíveis sabores. Hora, então, de programar a visita!

Apaixone-se por Portugal com a nossa consultoria de viagem

Quando visitar as caves?

Uma boa parte das caves ficam abertas o ano todo. Entretanto, se você puder fazer um pré roteiro do que deseja visitar, facilita o seu deslocamento, visto que nem todas estão tão próximas e as visitas são guiadas.

Envie um e-mail antecipadamente para cada uma das caves que deseja conhecer e solicite o horário da visita em português para os seus dias de hospedagem no Porto. Se a sua viagem for durante a alta temporada, aproveite também para já deixar um horário reservado.

Outro ponto importante é, caso você não tenha feito o agendamento, evite visitar as caves durante o horário de almoço. Quase todas elas fecham entre 12h30 e 14h.

Como ir de Lisboa ao Porto de maneira rápida e barata?

Como chegar?

A Rota das Caves ocupa um pequeno “miolo” de Gaia, de fácil acesso a partir do Porto – muitas delas mesmo a pé. A partir da zona da Ribeira, junto ao Rio Douro, basta atravessar a Ponte Dom Luís I, um dos cartões postais do Porto. As primeiras caves já ficam logo ali.

Se você prefere seguir de transporte público, uma boa opção é ir de metro pela Linha D (amarela). A partir de estações centrais, como a Trindade, a Aliados ou a São Bento, pegue o metro no sentido Santo Ovídio e desça na estação Jardim do Morro, por exemplo. Aproveite para contemplar a vista lindíssima do Porto lá de cima da ponte. Depois, basta descer a pé para alcançar as caves mais próximas do rio.

Como é feita a visita?

Na recepção você paga o tipo de visita que deseja fazer – há desde as mais comuns, com 2 provas no final (um vinho do Porto tinto e um branco), até as mais requintadas com uma variedade de 10, 20 ou 30 anos, por exemplo. No horário marcado, o guia encontrará com o grupo e levará os participantes para as caves.

Durante esse trajeto, você conhecerá mais sobre a história da marca e do edifício que ela está instalada, além de, claro, detalhes da produção, transporte, armazenamento e envelhecimento do vinho. Você poderá ver diferentes barris, de acordo com o tipo de vinho que está ali armazenado, e conhecer um pouco mais desses espaços – alguns deles centenários.

Quer ter fotos lindas e profissionais do seu passeio pelo Porto?

Conheça cada uma das caves

A – A. A. CÁLEM

CAVE_PORTO_CALEM

  • A cave mais visitada de 2014
  • Produz Vinho do Porto desde 1859

Todos os dias
De maio a outubro, das 10h às 19h
De novembro a abril, das 10h às 18h

Preço sob consulta

Informações e reservas: turismo@sogevinus.com

Endereço: Av. Diogo Leite, 344

B – A. RAMOS PINTO

CAVE_RAMOS_PINTO_2

  • Marca com mais de 130 anos de história

De maio a outubro, todos os dias, das 10h às 18h
Abril, de segunda a sexta, das 10h às 18h (não abre aos feriados)
De novembro a março, de segunda a sexta, das 9h às 17h (não abre aos feriados)

Visita guiada ao museu e a cave com prova de 2 vinhos: 6€

Informações e reservas: turismo@ramospinto.pt

Endereço: Av. Ramos Pinto, 380

C – BURMESTER

CAVE_PORTO_BURMESTER

  • Localização fácil, junto a Ponte D. Luis
  • As caves originais foram renovadas

De abril a outubro, todos os dias, das 10h às 19h
De novembro a março, visitas sob marcação

Preço sob consulta

Informações e reservas: turismo@sogevinus.com

Endereço: Largo da Ponte D. Luís I

D – CHURCHILL’S

CAVE_Porto_Churchill

  • Bastante jovem, com pouco mais de 30 anos de existência
  • Cave nova, aberta em celebração aos 30 anos da marca

De segunda a sábado, das 9h30 às 18h

Preço sob consulta

Informações: visitors@churchills-port.com

Endereço: Rua da Fonte Nova, 5

E – COCKBURN’S PORT

Cave_porto_Cockburn

  • Uma das caves mais bonitas de Gaia
  • A visita precisa de agendamento
  • Fundada em 1815 por Robert Cockburn, soldado escocês que combateu a Guerra Peninsular

De abril a outubro, aberto todos os dias, exceto terça, das 10h30 às 19h
De novembro a março, aberto todos os dias, exceto terça, das 09h30 às 17h

Visita guiada a cave com prova: 4€

Informações e reservas: cockburnslodge@cockburns.com

Endereço: Rua Serpa Pinto, 346

F – FERREIRA

CAVE_PORTO_FERREIRA

  • Criada em 1751 por uma família de viticultores do Douro
  • Dona Antónia Adelaide Ferreira contribuiu para a consolidação da marca

Todos os dias, das 10h às 18h

Visita Clássica: 6€  (visita as caves incluindo a “Sala dos Pertences da Dona Antónia” e o “Museu”, com prova de dois Vinhos do Porto)

Visita Porto Vintage: 30€ (visita as caves com explicação da história dos Vintage Ferreira, desde 1815, e uma prova de três Porto Vintage de diferentes décadas)

Visita Casa Ferreirinha: 10€ (visita as caves com uma prova de três Vinhos do Douro DOP “Casa Ferreirinha”, produtora do famoso “Barca Velha”)

Informações e reservas: ferreira.visitors@aaferreira.pt

Endereço: Av. Ramos Pinto, 70

G – OFFLEY FORRESTER

cave_porto_offley

  • Criada em 1737 por William Offley

De março a outubro, todos os dias, das 10h às 18h

Visita Clássica: 3,50€ (visita simples com prova comentada de dois Vinhos do Porto)

Visita Offley Reserva: 4€ (visita guiada as caves com prova de três Vinhos do Porto Offley, incluindo um Porto Reserva)

Endereço: Rua do Choupelo, 54

Informações e reservas: offley.visitors@offley.pt

Nós também visitamos uma vinícola (“quinta” em Portugal) no Alto Douro Vinhateiro. Veja como é!

H – REAL CA. VELHA

cave_real_companhia_velha

  • Fundada em 1756
  • A mais antiga produtora e exportadora de Vinhos do Porto

De junho a setembro, todos os dias, das 10h às 19h
De novembro a março, de terça a sexta, das 10h às 16h
Abril, maio e outubro, de segunda a sábado, das 10h às 17h

Preço sob consulta

Endereço: Av. D. João II

Informações e reservas: turismo@realcompanhiavelha.pt

I – ROZÈS

cave_rozes

  • Fundada por Ostende Rozès há mais de um século

Todos os dias, somente por agendamento

Preço sob consulta

Informações e reservas: rozes@rozes.pt

Endereço: Rua Cândido dos Reis, 526/532

J – SANDEMAN

porto-vinho-sandeman-cultuga

  • Cave situada em um bonito edifício de granito de 1811 com vista para o Douro

De março a outubro, todos os dias, das 10h às 12h30 e das 14h às 18h
De novembro a fevereiro, todos os dias, das 09h30 às 12h30 e das 14h às 17h30

Classic Tour: 6€  (visita guiada + 2 provas)

1790 Tour: 16€  (visita guiada + 5 provas)

Old Tawnies Tour: 35€ (visita guiada + provas especiais de Twanies, com 10, 20, 30 e 40 anos)

Endereço: Largo Miguel Bombarda, 3

Informações e reservas: sandeman.visitors@sandeman.eu

K – W. & J. GRAHAM

Cave_Grahams

  • Caves construídas em 1890
  • Aberta ao público há 20 anos

De abril a outubro, todos os dias, das 09h30 às 18h
De novembro a março, todos os dias, das 09h30 às 17h30

Preço sob consulta

Informações e reservas: grahams@grahamsportlodge.com

Endereço: Rua Rei Ramiro, 514 (se você estiver de carro, o acesso é pela Rua do Agro, 141)

L. Taylor’s

cave_taylors_vilanovadegaia_cultuga

  • A maior produtora e exportadora de vinhos do Porto
  • A marca está em seu 4º século de existência

Segunda a sexta-feira, das 10h às 18h. Sábado e domingo, das 10h às 17h

Preço sob consulta

Informações e reservas: ana.sofia@taylor.pt

Endereço: Rua do Choupelo, 250

Quer um suvenir especial em Portugal? Veja a nossa dica!

Organize aqui a sua viagem para Portugal

icon-saude

Faça o Seguro Viagem com a Real Seguro Viagem em 6x sem juros

icon-carroVeja os melhores preços para alugar um carro na Rental Cars

icon-hotel

Reserve a sua estadia no Porto pelo Booking, com cancelamento gratuito

icon-tour

Encontre passeios e excursões no Porto e em bate-volta no GetYourGuide

Serviços do Cultuga

icon-tour

Deseja ter a nossa companhia durante a sua visita a Lisboa? Faça um tour conosco

icon-consultoria

Apaixone-se por Portugal com a nossa consultoria de viagem

icon-foto

Leve um suvenir diferente da sua viagem: faça um ensaio fotográfico

Veja também o índice de artigos do Cultuga para ajudar no planejamento do seu roteiro com muitas dicas, sugestões de rota e outras informações sobre Portugal 🙂

Compartilhe.

Sobre o autor

Priscila Roque

Sou jornalista especializada em cultura e fotógrafa. Foi preciso passar dos 30 anos para assumir que Lisboa é, realmente, o meu lugar no mundo. Mas a paixão por Portugal começou bem mais cedo, ainda na adolescência, quando descobri alguns músicos locais. Os meus pais são portugueses imigrados no Brasil. Depois de fazer o caminho inverso deles, trocando São Paulo por Lisboa, quero agora, com o Cultuga, diminuir a distância que separa o Brasil de Portugal.

30 comentários

  1. Parabéns pelo site! Encontrei informações preciosas.
    Passarei 5 dias em Portugal. Você poderia indicar alguém ou agência para passeios?
    Grato.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Francisco
      Como vai?
      Agradeço o carinho pelo conteúdo do Cultuga 🙂
      Acabei de enviar um e-mail para você com os nossos serviços e o contato de um excelente parceiro nosso.
      Um forte abraço!

  2. Olá, boa tarde! Estarei em Porto em fevereiro. Gostaria de saber se indica algum serviço para passeios na quintas do Douro, bem ainda, se vale a hospedagem na região Ou bate e Volta. Adorando o site. Obrigada.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Karla
      Como vai?
      Agradeço o carinho! Algumas quintas do Peso da Régua e do Pinhão são de fácil acesso, mesmo de transporte público. Seguir a partir do Porto até lá, de trem, é uma experiência muito bonita. Entretanto, aconselho que durmam uma noite por lá, para que possam aproveitar e fazer tudo com calma.
      Ontem enviamos um e-mail a você, mas ele retornou. Por favor, você poderia nos contactar via Facebook (http://www.facebook.com/cultuga) ou nos enviar um outro endereço de e-mail para que possamos enviar as nossas informações?
      Um forte abraço!

      • Priscila.

        Também estou com essa dúvida, não sei se programo um dia(estando no porto) para passar um dia nas quintas do douro e retornar pro porto ou se fico hospedada la um dia…vou estar com pessoas mais velhas e tava querendo evitar várias hospedagens…
        obrigada desde já

        • Priscila Roque
          Priscila Roque em

          Olá, Marina
          Como vai?
          Do Porto a região do Alto Douro Vinhateiro (onde estão as quintas) são entre 100 e 120km. Dá para fazer em bate-volta, sim. Entretanto, ficar uma noite no Douro deixa esse passeio mais leve e também valioso, pois as hospedagens da região oferecem uma vista incrível e, geralmente, vêm acompanhadas de um café da manhã mais regional, em um clima rural. Penso que todos vocês poderiam aproveitar bastante e com calma, sem a necessidade de controlar o horário para retornar ao Porto 🙂
          Um forte abraço e uma excelente viagem!

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Mila
      Como vai?
      O preço varia de cave para cave e de acordo com o tipo da prova que você vai fazer. Por exemplo, uma prova simples, com visita a cave e dois vinhos tradicionais, costuma ser por volta de 6€. Outras provas mais amplas ou com vinhos especiais, esse valor aumenta. A visita geralmente começa nas caves, que é quando o guia vai contar toda a história da marca e explicar o processo de produção, armazenamento e envelhecimento do vinho do Porto ao grupo. Depois, segue-se para a sala de provas, quando são apresentados um tinto e um branco para a prova dos visitantes. Nas provas especiais, o grupo pode ser reduzido ou até mesmo individual.
      Agradeço o seu carinho e espero que você tenha uma excelente viagem 😀

      • eu gostava de oferecer uma visita ás caves agora no Natal. mas não sei como comprar, se pode ser online e onde ou se tenho só de ligar e reservar.. mas seria para apenas um dia. a pessoa a quem penso oferecer é estrangeiro e gosta muito do nosso vinho do porto. De qualquer forma já enviei um email para o endereço daquelas que me parecerem melhor a pedir mais informações.. Obrigada 🙂

        Obrigada

        • Rafael Boro

          Olá, Vanessa
          Tudo bem?
          Primeiramente, pedimos desculpas pela demora em responder a sua dúvida. Estivemos em viagem e tivemos alguns problemas pessoais. 🙁
          Espero que os responsáveis da cave tenham respondido o seu e-mail e o seu amigo gostado da visita. 🙂
          Um grande abraço e feliz 2017!

  3. Olá , um achado esse site! Estou programando estar em Lisboa em setembro e surgiu uma ideia de fazer um bate e volta de avião ao porto e gostaria de visitar um cave. de fácil acesso , e fazer outros passeios nesse dia. Acha viável? Qual cave me recomendaria? Estarei com meus pais de 80 anos.

    • Rafael Boro
      Rafael Boro em

      Olá, Margareth

      Os trâmites do deslocamento hotel-aeroporto e o embarque/desembarque faz com que vocês tenham praticamente o mesmo tempo de viagem de trem (comboio – http://www.cp.pt). Fazer esse trajeto de Alfapendular (trem rápido, confortável e com wi-fi) pode ser melhor. Demora cerca de 2h30. Eles partem das estações Oriente e Santa Apolólia (ligadas ao metro) em direção a Porto São Bento – ele vai parar na estação Campanhã, mas com o mesmo bilhete você pode seguir pelo trem urbano até a estação São Bento, que fica no centro histórico). De lá, vocês podem pegar um táxi ou Uber em direção às caves de vinho.

      Recomendo a Sandeman, a Burmester e a A. A. Cálem. O acesso é muito fácil e as visitas boas. Particularmente, gosto mais da Sandeman. Porém, as três são ótimas.

      Um grande abraço e boa viagem!

  4. Amei suas dicas!!!
    Estou com viagem marcada para novembro e penso em ficar 2 dias no Porto. Consigo fazer uma cave e uma quinta? Além de passear pelo local, claro…. Não faço idéia do tempo que demoram essas visitas…

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Bianca
      Como vai? Agradeço o seu carinho 🙂

      As caves de Vinho do Porto ficam em Vila Nova de Gaia, a cidade “em frente” ao Porto, do outro lado do Rio Douro, com fácil acesso. Você poderá incluir a visita a uma cave durante o seu passeio pelo Porto, com tranquilidade.

      As quintas produtoras de vinho do Porto ficam localizadas há 120km do Porto, em uma região chamada de Alto Douro Vinhateiro, mais rural. Você poderá fazer em um bate-volta do Porto, se desejar, com a viagem de um dia completo. Nesse caso, poderá ir de carro (cerca de 1h30) ou de trem (entre 2h – 2h30).

      A visita a uma cave demora, em média 30 – 40 minutos, e a visita a uma quinta geralmente é feita em 1h – 1h30. Aqui temos o exemplo de uma visita feita a uma quinta: http://www.cultuga.com.br/2016/01/quinta-da-pacheca-uma-vinicola-de-charme-no-douro/

      Uma excelente viagem e seja sempre bem-vinda!

  5. Olá,
    Parabéns pelo blog.
    Estou indo em família para Portugal agora em setembro, vamos passar dois dias em Porto. Qual seria a melhor Cave para visitar? Pretendermos em ir apenas uma, principalmente que estaremos com 3 crianças.
    Obrigada Aline

    • Rafael Boro

      Obrigado, Aline! 🙂
      As caves que são mais fáceis de chegar ficam na avenida principal, junto ao rio Douro, em Vila Nova de Gaia. Nós gostamos bastante da Sandeman. Além do vinho ser bom, a visita é feita por um guia vestido com a “logo” da marca, um homem que usa um chapéu típico espanhol e uma capa preta dos estudantes portugueses. Vocês vão gostar bastante.
      Um grande abraço e aproveite esses dois dias no Porto!

  6. Lenira Maia em

    Parabéns pelo blog bem informativo.
    Estaremos , em grupo de 4 pessoas na cidade do Porto nos dias 7 a 10 de setembro próximo e gostaria de visitar algumas Caves em Vila Nova de Gaia,mas não sei se é possível fazer
    visitas guidas com esse número reduzido de pessoas. Assim, gostaria que me indicasse também um receptivo, ou alguém que possa nos ajudar a realizar esses passeios pelas Caves.
    Muito Obrigada

    • Rafael Boro

      Olá, Lenira
      Tudo bem?
      Ficamos felizes que tenha gostado do Cultuga! 🙂
      As visitas as caves não são particulares. Elas fazem um tour guiado para um grande número de pessoas. Só aconselhamos que você faça a reserva antecipadamente pelo site ou e-mail de alguma cave para garantir um lugar nas visitas em português. Também é possível reservar no mesmo dia, mas é preciso que seja cedo, assim você garante vaga nos horários que eles estiverem disponível.
      Caso precise de um suporte no Porto, indicamos a Rita Branco, do blog “O Porto Encanta”: http://www.oportoencanta.com/2014/11/o-porto-de-uma-brasileira-para-os.html 😉
      Um grande abraço e boa viagem!

  7. Olá tudo bem? Sou o Danilo e gostaria de visitar algumas caves em porto.
    Gosto dos passeios em caves e gostaria de saber qual você me recomenda.
    Obrigado

    • Rafael Boro

      Olá, Danilo!
      Tudo ótimo e com você?
      Nós gostamos bastante da Sandeman e da Ramos Pinto! Os passeios são muito agradáveis e os vinhos ótimos. 🙂
      Um grande abraço!

  8. Rosiane C. F. de Siqueira em

    Parabéns pelo blog,

    Estou indo a Portugal no próximo Janeiro/2017, vamos ficar 10 dias e gostaria de saber que passeios dá para fazer de bate e volta, saindo de Lisboa e uma indicação de alguém ou empresa que faça tour para Óbidos, Fátima e Sintra, se for possível o bate e volta.
    Devemos passar 2 dias na cidade do Porto. É fácil de se locomover lá?

    Agradeço desde já sua atenção.

    Rosiane.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Rosiane
      Tudo bem?
      Agradeço o seu carinho 🙂
      Temos a indicação de uma empresa portuguesa muito boa para fazer os tours com vocês. Vamos enviar as sugestões de tours e colocá-los em contato por e-mail, ok?
      Um forte abraço

  9. Marcello Andrade em

    Parabéns ao casal pelo Blog magnífico!

    Estive em Portugal em jan 16 e retorno em jan 17 para conhecer o Porto e seus arredores. As dicas, foram e ainda são, orientações valiosas para desfrutarmos ao máximo esse Pais espetacular!

    Que Deus os abençoe sempre!

    • Rafael Boro

      Muito obrigado pelo carinho, Marcello! 🙂
      Esse é melhor retorno que podemos receber dos nossos leitores.
      Um grande abraço e aproveite muito o Porto e a região norte.
      Boa viagem!

  10. Oi Priscila, muito bacana essa matéria, de todas elas, qual vc gostou mais? E qual esta melhor localizada? Principalmente pra um turista que esta indo pela 1 vez ao Porto.

    Obrigado

    • Rafael Boro

      Olá, André
      Tudo bem?
      Legal que você gostou da matéria! 🙂
      Eu gosto bastante da Sandeman (letra J no mapa) e da Ramos Pinto (letra B)
      As caves que ficam mais próximas da Ponto D. Luís, que liga o Porto a Vila Nova de Gaia, são a A.A. Cálem, Burmester e Sandeman. Você vai gostar bastante da visita e de provar os ótimos vinhos. A experiência em qualquer dela é muito boa! 🙂
      Um grande abraço e boa viagem!

  11. Oi Priscila,
    Adorei suas dicas !
    Vou para Portugal em julho/17 com meu marido e filho de 10 anos e estou muito perdida para montar um roteiro que agrade a todos.
    Pretendo ficar alguns dias em Lisboa e depois ir “subindo” para Porto. Ainda não me decidi se é melhor de carro ou trem, quantos dias ficar em cada cidade, preciso dividir 8 dias nesse trajeto…
    Você tem sugestão de qual Cave e Quinta (Douro) agradaria mais a criança para que o passeio não se torne tão maçante para quem não vai degustar ?

    Obrigada !

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Valeria
      Tudo bem?
      Agradecemos a sua mensagem 🙂
      Elas são todas muito parecidas e confesso que não fui a todas. Entretanto, uma que julgo das mais interessantes, dentro daquelas que visitei, foi a Ramos Pinto. O Adriano Ramos Pinto, fundador, era um visionário e extremamente criativo. A visita desta cave passa também pelo seu escritório, o que se torna ainda mais bacana por isso. É uma forma de mergulhar um pouco mais na história desta marca tão tradicional que fez grande sucesso também no Brasil.
      Um grande abraço

Deixe um comentário