19 coisas para fazer de graça no Porto

20

Na minha opinião, nós somente conhecemos bem uma cidade e levamos um pouquinho de sua essência na memória quando podemos desfrutar de sua beleza e história a partir das ruas, praças e jardins. São nesses espaços que encontramos uma boa parte da população local e podemos nos aproximar mais de sua cultura e costumes. E o melhor disso tudo? É de graça 🙂

Agora que você já sabe como aproveitar muito de Lisboa gratuitamente, chegou a hora de eu te mostrar mais uma porção de coisas interessantes que também não tem custo algum para fazer no Porto. Quer ver só?

Esse é o último post da série Portugal Gastando Pouco. Se você chegou agora por aqui, dá uma olhada no que já foi postado. Tenho certeza que as nossas dicas vão tornar a sua viagem para Portugal ainda mais organizada, cortando, inclusive, gastos desnecessários. Mas, se você estiver correndo contra o tempo para planejar a sua viagem, a gente tem uma solução para você aqui.

1. Começando pelo clássico dos clássicos do Porto: caminhar a beira do Douro, pela zona da Ribeira – um dos bairros mais antigos da cidade. Não custa nada e você terá algumas das fotos mais bonitas da sua viagem. Eu prometo!

Apaixone-se por Portugal com a nossa consultoria de viagem

2. Tome nota: outra coisa que não pode faltar no seu roteiro ao Porto é caminhar pela parte superior da ponte Dom Luís I. A vista é MESMO de tirar o fôlego. Mas, atenção, faça o caminho para a Ponte a partir da Estação São Bento, seguindo pela Av. Dom Afonso Henriques, por exemplo. Assim, você poderá visitar a parte superior da ponte antes de descer para a Ribeira (acredite: o caminho inverso é realmente cansativo por ser bastante íngreme).

Vista incrível a partir da Ponte Dom Luís I

Vista incrível a partir da Ponte Dom Luís I

3. O Miradouro da Vitória (Rua de São Bento da Vitória, 2) é o meu favorito do Porto. Ele está escondido entre as pequenas ruas do centro histórico e tem um aspecto abandonado, mas não se preocupe. A beleza avistada compensa. O espaço é de propriedade privada, mas tem sua porta aberta ao público.

4. Indico aqui mais um clássico do Porto que não custa na-di-nha. O Mercado do Bolhão é o mais emblemáticos da cidade. Apesar de precisar de reparos em sua estrutura, a história, a arquitetura neoclássica e as diversas barraquinhas de frutas, verduras, flores, peixes e carnes nos dois pisos vão colorir o seu dia.

5. Uma outra caminhada que você vai adorar fazer é pela Rua de Santa Catarina, que tem seu trânsito para carros fechado entre a Praça da Batalha e a Rua Firmeza. Essa é a principal rua de comércio popular do Porto com lojas de grandes marcas, mercearias e cafés. Aqui você encontrará também o Grande Hotel do Porto, de 1880, que hospedou o escritor Eça de Queirós diversas vezes e também onde a imperatriz D. Teresa Cristina, mulher de D. Pedro II, faleceu. Somente a título de curiosidade, a Rua de Santa Catarina foi pano de fundo para o primeiro filme do cinema português.

6. … E falando na Rua de Santa Catarina, tenho aqui uma observação especial para fazer desse local: visite o Café Majestic, um dos mais emblemáticos da cidade, datado dos anos 20. Ao longo de sua história, ele já recebeu visitantes ilustres como o Juscelino Kubitschek e a J. K. Rowling, autora de Harry Potter. Ele é lindíssimo.

Café Majestic

Café Majestic

7. Ainda na Rua de Santa Catarina (está vendo como tem um monte de coisas incríveis e gratuitas por aqui?) está a Capela das Almas, lindíssima em seu exterior, toda forrada de azulejos. Tais painéis foram colocados em 1929 e representam os passos da vida de São Francisco de Assis e de Santa Catarina.

Fachada da Capela das Almas

Fachada da Capela das Almas

8. Os amantes de fotografia têm a oportunidade de visitar exposições gratuitas no Centro Português de Fotografia, que fica no Largo Amor de Perdição (de terça a domingo). Mas, mesmo que você não seja tão fã de exposições fotográficas, ainda assim vale a pena dar uma olhada no edifício, que no passado foi uma cadeia. Camilo Castelo Branco esteve preso aqui.

9. Indico um passeio ideal para os casais apaixonados. Os Jardins Românticos do Palácio de Cristal estão instalados em um local de fácil acesso e mantém mais uma daquelas panorâmicas incríveis do rio Douro. Esse é um projeto de autoria do arquiteto paisagista alemão Émile David (o mesmo do Jardim do Passeio Alegre), datado do século XIX.

10. Um dos locais mais procurados pelos turistas (e com razão) é a Estação São Bento. Não é somente por ser uma das principais entradas da cidade, não. O motivo está em suas paredes internas: são 20 mil peças de azulejos que formam magníficos painéis e que retratam cenas de momentos importantes da história de Portugal.

11. Junto a Estação São Bento está a Rua das Flores, mais uma dessas ruas que vai se tornar uma das suas queridinhas. Datada de 1521, ela foi recentemente reformada é bastante agradável para caminhar, principalmente porque mantém seu charme retrô mesclado a variedade de cafés e lojinhas que ali estão. Dizem até que ela é uma das mais lindas da cidade 🙂

12. Algo que gosto muito de descobrir nas cidades que visito são as antigas casas de escritores, cantores e artistas. Essa que vou indicar aqui, apesar de pouco cuidada, me chamou a atenção. Em um edifício setecentista, pertinho do Centro Português de Fotografia (o número 8 aqui da lista), nasceu Almeida Garrett (Rua do Dr. Barbosa de Castro, 37) – a 4 de fevereiro de 1799. Ele viveu aqui até 1804. É fácil de identificar, pois há um medalhão oval em gesso que foi colocado pela Câmara do Porto para marcar essa memória.

Casa em que nasceu Almeida Garrett

Casa em que nasceu Almeida Garrett

13. Caminhe pela Avenida dos Aliados e veja os muitos prédios de granito com fachadas harmoniosas, impecáveis. É ali também que fica a Praça da Liberdade e a estátua de D. Pedro IV (o D. Pedro I do Brasil). Esse local foi reformado em 2006 e teve Siza Vieira – um dos principais arquitetos de Portugal – como um de seus responsáveis. Esteja atento também ao espelho d’agua que foi colocado ali para refletir o edifício da Câmara Municipal (equivalente a prefeitura, no Brasil).

14. Ainda na Avenida dos Aliados, aproveite para visitar o McDonald’s. Caaaaalma, não disse para você comer (e gastar) com um lanche aqui. Essa loja do McDonald’s foi instalada onde antigamente era o Café Império, um ícone dos anos 40. Na fachada você ainda pode ver a antiga águia imperial. E, no interior, a decoração mantém seus lustres e vitrais coloridos. Essa, certamente, é uma das lojas do McDonald’s mais bonitas do mundo!

Mc Donald´s instalado nas dependências de um antigo café do Porto

McDonald’s instalado nas dependências de um antigo café do Porto

15. Fora do centro histórico também tem uma porção de passeios interessantes para fazer. Dar uma voltinha na região da Boavista é uma delas. Caminhe pelos arredores da Casa da Música e aproveite para conhecer o Mercado do Bom Sucesso (inaugurado nos anos 50, mas reformado e modernizado em 2013) com diversas boas opções para comer e uma espécie de feirinha do livro no piso superior.

16. Um outro ponto que eu, particularmente, adoro no Porto é a Foz do Douro. Separe um dia bem bonito e vá para lá ver o pôr do sol. Ali é onde o Rio Douro se encontra com o Oceano Atlântico. Junto a Foz, você também poderá ver o Farol e o Jardim do Passeio Alegre com um espaço para caminhada e um observador de aves.

Foz do Douro, quando o Rio Douro encontra com o Oceano Atlântico

Foz do Douro, quando o Rio Douro encontra com o Oceano Atlântico

Faça um ensaio fotográfico inesquecível no Porto

17. Subindo um pouco mais no mapa do Porto, beirando o Atlântico, está o imenso Parque da Cidade. Bom para caminhar, fazer um piquenique, curtir os animais ou apenas descansar. Com as crianças, a diversão está garantida 🙂

18. Se você é amante da street art, vai gostar de conhecer o trabalho do Hazul. Os traços desse artista estão espalhados por muitos cantinhos do Porto. Andar a caça de suas inúmeras obras é uma ótima sugestão para quem gosta das artes.

Obra do artista Hazul, no Porto (foto: Facebook EuSouHazul)

Obra do artista Hazul, no Porto (foto: Facebook Oficial EuSouHazul)

19. Agora, rapidinho para o outro lado da Ponte Dom Luís I (que você pode atravessar a pé), junto ao Douro, está o Espaço Porto Cruz – uma opção gratuita bem interessante para quem deseja conhecer um pouco mais sobre a história e a produção do Vinho do Porto. Nesse edifício do século XVIII, totalmente reformado, você poderá ver uma exposição interativa e também contemplar uma bonita vista no 4º piso.

Organize aqui a sua viagem para Portugal

icon-saude

Faça o Seguro Viagem com a Real Seguro Viagem em 6x sem juros

icon-carroVeja os melhores preços para alugar um carro na Rental Cars

icon-hotel

Reserve o seu hotel pelo Booking, com opção de cancelamento gratuito

Serviços do Cultuga

icon-tour

Deseja ter a nossa companhia durante a sua visita a Lisboa? Faça um tour conosco

icon-consultoria

Apaixone-se por Portugal com a nossa consultoria de viagem

icon-foto

Leve um suvenir diferente da sua viagem: faça um ensaio fotográfico no Porto

Veja também o índice de artigos do Cultuga para ajudar no planejamento do seu roteiro com muitas dicas, sugestões de rota e outras informações sobre Portugal 🙂

Compartilhe.

Sobre o autor

Priscila Roque

Sou jornalista especializada em cultura e fotógrafa. Foi preciso passar dos 30 anos para assumir que Lisboa é, realmente, o meu lugar no mundo. Mas a paixão por Portugal começou bem mais cedo, ainda na adolescência, quando descobri alguns músicos locais. Os meus pais são portugueses imigrados no Brasil. Depois de fazer o caminho inverso deles, trocando São Paulo por Lisboa, quero agora, com o Cultuga, diminuir a distância que separa o Brasil de Portugal.

20 comentários

  1. Tarquínio Marques em

    O meu lugar preferido no Porto é na Ribeira, lindo com os restaurantes ao ar livre margeando o rio Douro.

  2. Tarquínio Marques em

    Já estive nesse país 10 vezes. Meu pai era português da Póvoa de Varzim. Me sinto mais português que brasileiro e estou programando para 2016 mais uma visita.

  3. adorei te conhecer…já vejo Porto com outros olhos
    Chegarei em Porto em Novembro e já estou curtindo
    Obrigado por ampliar meus horizontes, vou me lembrar de você quando estiver em Portugal
    abraço

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Samira
      Fico feliz que tenha gostado das nossas dicas. Seja sempre bem-vinda 🙂
      Um forte abraço e uma excelente viagem!

  4. Adorei as suas dicas. Estou me planejando para chegar em Portugal dia 20 de abril de 2016. Sou formada em jornalismo, mas nunca atuei na área, entretanto, hoje ao completar meus 50 anos realizo um dos grandes sonhos. Escrevi meu primeiro livro, lançado no Brasil ano passado pela Pandorga e distribuido em todas as grandes livrarias do Brasil (Saraiva, Fnac, etc). Estarei publicando o mesmo livro em Portugal. Farei noite de autógrafos em Lisboa e desde já quero convidá-los a dividir essa grande aventura comigo. Um forte abraço e sucesso a todos nós! 😉

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Fátima
      Como vai?
      Agradeço tamanho carinho e parabéns por essa conquista tão importante. Certamente será um sucesso!
      Obrigada pelo convite 🙂
      Um forte abraço e uma excelente viagem

  5. Muito obrigada por nos passar tantas informações, além de tornar nossas viagens mais fáceis, já nos faz sentir mais próxima. O que me encanta em Portugal é poder encontrar cultura e história em tudo! Parabéns pela iniciativa!

  6. Priscila, boa tarde!

    Estou no Brasil e irei para a cidade do Porto no dia 28/12/2015 e ficarei até o dia 08/01/2016.
    Tenho a inteção de visitar algumas cidades interessantes ao redor de Porto.
    Por gentileza, Poderá indicar algumas?
    Muito grata,
    Isa

  7. Olá, Querida. Primeiramente quero lhe parabenizar pelo lindo trabalho. Estou indo ao Porto próximo ano com um grupo de mais quatro estudantes realizar intercâmbio de seis meses. Gostaria de saber se você tem alguma dica de albergues, ou casa de estudantes, que possamos nos contactar, para conseguirmos aluguel durante o período de nossa estadia lá. Caso tenha, indique o mais em conta possível. rs
    Agradeço!
    Mais uma vez, parabéns.

  8. Morei no Porto entre 2012 e 2013. Hoje estou a concluir minha tese de doutorado na Universidade do Porto: Cidade que vive em meu coração e a qual me sinto para sempre, de algum modo ligado. Mesmo tendo nascido no distante Sul do Brasil. Parabéns pelo seu trabalho Priscila. Beijinhos, Daniel.

  9. Fernanda Souza em

    Priscila parabéns pelo post, está maravilhoso e como planejo ir à Porto e Lisboa no próximo ano ele me ajudou demais! Uma pena é que terei apenas um fim de tarde e um dia inteiro no Porto, então estou usando todas as melhores informações para montar um roteiro e amei suas informações

Deixe um comentário