Porto Palácio: hospedagem 5 estrelas no Porto

0

Depois de uma manhã toda de viagem, chegar a um local que te faça se sentir em casa desde o primeiro instante, na minha opinião, é o ponto mais alto de uma experiência hoteleira. E assim foi com o Porto Palácio Congress Hotel & Spa, que eu ainda não conhecia e tive a oportunidade de passar duas noites com o Rafa durante o  IIEEBB – II Encontro Europeu de Blogueiros de Viagem (veja como foi esse encontro).

Essa é uma boa opção para casais e famílias, pois é um hotel espaçoso e moderno, mas com uma atmosfera bastante calma. Ele está localizado em um bairro nobre da cidade, junto a Casa da Música, com fácil acesso de carro e de metro. Por isso, a partir dele, chega-se rapidamente a importantes atrações, como a Fundação de Serralves, as caves de Vinho do Porto (em Vila Nova de Gaia), as praias e até mesmo o centro histórico do Porto.

Apaixone-se por Portugal com a nossa consultoria personalizada

As primeiras impressões

O nosso quarto era no 10º andar, o que nos proporcionou uma vista de tirar o fôlego, além de uma boa iluminação natural. A beleza do outono da cidade, mas em pleno “verão de São Martinho”, era tamanha que não tínhamos vontade de fechar as cortinas para dormir. Assim, pudemos contemplar a cidade a noite e também um amanhecer tão colorido e inspirador.

Logo que entramos no quarto, fomos recepcionados por um kit de boas-vindas da Associação de Turismo do Porto em parceria com o Porto Palácio Congress Hotel & Spa: taças especiais para tomar o Vinho do Porto – um pouco menores, pois esse é um vinho para tomar em pequena quantidade e com um corpo mais estreito, para que possa sentir o seu aroma – e um material completo sobre o Porto.

Mimo da Associação de Turismo do Porto e vista incrível do hotel Porto Palácio

Como subimos de Lisboa ao Porto no início da sexta-feira, ainda tínhamos trâmites do trabalho para resolver ao chegar no hotel, antes de participar das atividades do IIEEBB. Assim, estava a nossa disposição uma boa escrivaninha e um acesso rápido e gratuito ao wi-fi.

Durante a estadia

Os mimos do quarto, aqueles que são descobertos ao longo da estadia, também se tornaram pontos fortes desse hotel, na minha opinião. O que mais gostei foi o piso quentinho, tanto do quarto de banho, quanto do banheiro (a banheira e a ducha eram separadas do vaso sanitário) e também a possibilidade de colocar o áudio da TV no quarto de banho por meio de auto-falantes e botões de volume instalados ali. Só foi triste não ter nenhum canal de música ou rádio na TV – e eu adoro ouvir música enquanto tomo banho 🙂

Banheiro, ducha e banheira do hotel Porto Palácio

Outro mimo foi ter roupões, pantufas e produtinhos da Castelbel (uma empresa portuguesa reconhecida internacionalmente pela qualidade de sabonetes e outros produtos para o corpo e para a casa) a nossa disposição durante o período em que estivemos hospedados por lá.

A cama era bastante espaçosa e muito confortável, assim como o quarto como um todo. Para o café da manhã, fomos muito bem recebidos pela equipe. É perceptível a preocupação em manter todas as mesas sempre limpas e repor os itens que vão acabando. Entre as diversas opções, escolhemos pães (com alguma variedade) e frios, além de frutas. Para beber, tanto o café como o chá são servidos a mesa. Achei bastante cortês e simpático ter esse contato com a equipe da sala.

Faça um ensaio fotográfico inesquecível no Porto

Balanço final

Chegamos na sexta-feira, às 15h e deixamos o hotel no domingo, às 9h30.  Todos os funcionários nos receberam com sorriso no rosto e muita cordialidade. O quarto era bastante espaçoso e com bastante aconchego. Realmente foi um cantinho que nos fez sentir seguros e bem à vontade.

O acesso ao SPA estava incluído, mas infelizmente não tivemos tempo para desfrutar dele. Portanto, se você vai se hospedar por aqui, lembre-se desse espaço para relaxar após longos passeios ou para iniciar o seu dia com mais energia.

Uma última consideração fica para o bar panorâmico, no último andar do hotel. Em uma das noites, subimos para conhecer o ambiente e observar a vista de quase 360º sobre o Porto, que certamente nos fez sorrir – mais uma vez.

A equipe do Cultuga se hospedou no Porto Palácio a convite da Associação de Turismo do Porto especialmente para o IIEEBB. Porém, esse artigo reflete as nossas opiniões pessoais, sem qualquer interferência editorial externa.

Compartilhe.

Sobre o autor

Priscila Roque

Sou jornalista especializada em cultura e fotógrafa. Foi preciso passar dos 30 anos para assumir que Lisboa é, realmente, o meu lugar no mundo. Mas a paixão por Portugal começou bem mais cedo, ainda na adolescência, quando descobri alguns músicos locais. Os meus pais são portugueses imigrados no Brasil. Depois de fazer o caminho inverso deles, trocando São Paulo por Lisboa, quero agora, com o Cultuga, diminuir a distância que separa o Brasil de Portugal.

Deixe um comentário