Oficina: pinte a sua própria porcelana Vista Alegre

6

Quem acompanha o Cultuga sabe o quanto nós respeitamos e adoramos a porcelana portuguesa, sobretudo da fábrica mais antiga do país, a Vista Alegre. Durante a nossa passagem pelo bairro operário da marca (que foi totalmente revitalizado e está lindíssimo para passear com a família), nos hospedamos no hotel temático, visitamos o Museu, fizemos umas comprinhas nas lojas e, claro… Colocamos a mão na massa! Pintamos o nosso próprio prato de porcelana em uma oficina que todo mundo pode experimentar.

Como é a oficina de pintura Vista Alegre

Nós já tínhamos visto a chamada para as oficinas de pintura e olaria no site há algum tempo e fazia parte da nossa lista de desejos. Dessa vez, como dedicamos um dia inteiro para conhecer cada pedacinho da Vista Alegre, pudemos também experimentar os pincéis e as tintas 😀

O workshop é feito em uma casinha fofíssima, que também era a antiga creche da fábrica. A área interior se mantém exatamente com o aspecto de uma pequena escola.

oficina-de-pintura-vista-alegre-ilhavo-cultuga-1

As oficinas acontecem dentro da antiga creche do bairro operário da Vista Alegre: um charme!

E foi em uma das salas dessa casinha que pudemos conversar com o sr. António, especializado em pintura de porcelana, que nos ensinou cada um dos passos dessa verdadeira arte e ainda nos contou momentos importantes e marcantes de sua família, que viveu no bairro operário e trabalhou na Vista Alegre por muitos anos.

Concentrados

Apaixone-se por Portugal com a nossa consultoria de viagem

O primeiro passo foi escolher a peça para a pintura. Tínhamos alguns pratos a nossa disposição, já com o traço do desenho e outro com fundo totalmente em branco. Eu e o Rafa escolhemos, então, dois desenhos florais para preencher, um diferente do outro.

Sentada ali, ouvindo tantas histórias e deslizando o pincel pelo prato, naquele que foi o berço da porcelana em Portugal, lembrei de um livro que me acompanhou durante todo o ano passado e que me inspira diariamente para fazer o Cultuga, o The Creative Traveler’s Handbook.

Esse livro foi escrito pela blogueira austríaca Elena Paschinger, uma pessoa muito agradável e inteligente (tive a oportunidade de conhecê-la pessoalmente em 2015, no EEBB) que leva por todo o mundo a importância e o valor do turismo criativo, ou seja, das experiências verdadeiras e enriquecedoras para a nossa cultura pessoal, que podemos ter ao longo de uma viagem.

Aprendemos a usar o pincel, misturar cores e a delicadeza necessária para aplicar a tinta no prato. Foram cerca de 40 minutos muito bem aproveitados, divertidos, relaxantes e que indico vivamente para pessoas de todas as idades.

oficina-de-pintura-vista-alegre-ilhavo-cultuga-6

Como participar da oficina?

As oficinas de pintura e olaria da Vista Alegre estão disponíveis de segunda a sábado, sempre com agendamento prévio. Não abrem aos domingos e feriados.

Elas fazem parte do programa educativo do Museu Vista Alegre. Por isso, para agendá-las, basta enviar um e-mail para museu@vistaalegre.com e perguntar qual é a disponibilidade para a oficina que deseja e o dia da sua visita.

Essa que nós fizemos tem o investimento de 7€ e dá o direito a pintar uma peça. Seja na pintura ou na olaria, os participantes podem ficar com as peças feitas depois de finalizadas.

Como nós queríamos usar os pratos que fizemos na oficina, foi necessário deixá-los depois de pintados com a equipe para que fossem ao forno (essa é uma etapa importante para fixar a pintura). No dia seguinte, como estávamos no hotel Vista Alegre, eles nos entregaram em mãos.

Rafa e o seu trabalho final 😀

Para os viajantes que não estarão no dia seguinte por perto, a peça também pode ser enviada pelos correios.

Como chegar

A fábrica da Vista Alegre fica em Ílhavo, a 15 minutinhos de carro de Aveiroem uma área bastante conhecida por ali e bem sinalizada.

Para quem segue do Porto, é um instante – menos de 1 hora, seguindo a sul pela A1, a caminho de Aveiro. De Lisboa, são 2h30, quando você poderá subir pelas estradas A8 e A17.

Oficinas de pintura e olaria Vista Alegre
Contato: museu@vistaalegre.com

Organize aqui a sua viagem para Portugal

icon-saude

Faça o Seguro Viagem com a Real Seguro Viagem em 6x sem juros

icon-carroVeja os melhores preços para alugar um carro na Rental Cars

icon-hotel

Reserve o seu hotel pelo Booking, com opção de cancelamento gratuito

Serviços do Cultuga

icon-tour

Deseja ter a nossa companhia durante a sua visita a Lisboa? Faça um tour conosco

icon-consultoria

Apaixone-se por Portugal com a nossa consultoria de viagem

icon-foto

Leve um suvenir diferente da sua viagem: faça um ensaio fotográfico

Veja também o índice de artigos do Cultuga para ajudar no planejamento do seu roteiro com muitas dicas, sugestões de rota e outras informações sobre Portugal 🙂

Compartilhe.

Sobre o autor

Priscila Roque

Sou jornalista especializada em cultura e fotógrafa. Foi preciso passar dos 30 anos para assumir que Lisboa é, realmente, o meu lugar no mundo. Mas a paixão por Portugal começou bem mais cedo, ainda na adolescência, quando descobri alguns músicos locais. Os meus pais são portugueses imigrados no Brasil. Depois de fazer o caminho inverso deles, trocando São Paulo por Lisboa, quero agora, com o Cultuga, diminuir a distância que separa o Brasil de Portugal.

6 comentários

    • Rafael Boro

      Olá, Aline
      Tudo bem?
      Sim! 🙂 São cerca de 10km (por volta de 15 min). Como não há ponto de táxi próximo a fábrica, você precisará ligar para o mesmo taxista da ida para te buscar.
      Um grande abraço!

  1. Que lindo Priscila, agora fiquei morrendo de vontade de participar da oficina! Na próxima vez em Portugal, irei à Vista Alegre!

    Beijos =)

Deixe um comentário