Como são as estradas da ilha de São Miguel nos Açores?

2

Seguimos com a nossa série especial de artigos sobre a viagem que fizemos a ilha portuguesa de São Miguel, agora falando de como são os caminhos para quem deseja alugar um carro por lá. E quer uma boa notícia? As estradas são ótimas, têm boas ligações entre as cidades e são fáceis de dirigir. Essa frase resume o que eu senti ao passar cinco dias naquela que é a maior ilha do arquipélago dos Açores.

Vale a pena alugar um carro na Ilha de São Miguel?

Quando eu e a Pri decidimos viajar para São Miguel, sabíamos que alugar um carro seria essencial para conhecermos mais a fundo os principais pontos turísticos.

Entretanto, durante os estudos pré-viagem, não encontrei comentários sobre o estado das estradas e as dificuldades em dirigir nessa ilha – coisa que é muito comum para quem vai a Ilha da Madeira, por exemplo, pois lá tem várias ribanceiras e curvas acentuadas. Portanto, pensei: “Ok, não deve ser tão difícil”. Bingo! E não foi.

estradas-ilha-de-sao-miguel-acores-cultuga-1

Para quem gosta de dirigir em estradas, como eu, não vai encontrar dificuldades para percorrer parte dos 744,7Km² da ilha. Ah… E o mais importante de tudo: as paisagens são mesmo imperdíveis (e você vai comprovar com as imagens deste artigo!) 😉 Dá vontade de parar para fotografar a toda hora rs.

estradas-ilha-de-sao-miguel-acores-cultuga-2

Olhe com atenção: tanto do lado esquerdo, como do lado direito da foto, vemos o Oceano. Tivemos que parar no meio da estrada para contemplar esse presente da natureza

Pausa para que você possa voltar para o início desse artigo e ver também a foto de capa. Observe com atenção a altura da linha do horizonte, nessa imensidão de azul do Oceano Atlântico!

Qual carro alugar em São Miguel?

As estradas não apresentam grandes desafios. Portanto, a escolha do modelo do carro depende apenas do número de pessoas e malas que você vai transportar.

Como nós estávamos em três adultos (eu, a Pri e a Flávia, do blog Almost Localsque está ao nosso lado no projeto #AçoresParaBrasileiros), viajamos com um automóvel pequeno, oferecido pela Autatlantis – empresa açoriana que foi nossa parceira durante essa estadia na ilha. Pegamos o carro assim que nós chegamos, ainda no Aeroporto de Ponta Delgada.

No meio da estrada tinha uma casa… De cabeça para baixo. Mas, aqui, também está o Peugeot que usamos nessa viagem

As estradas estão em ótimo estado e não há muitas subidas íngremes. Assim, o nosso Peugeot 108 foi muito prático e deu conta do recado.

Além do mais, um carro pequeno também facilita na hora de estacionar, sobretudo no centro histórico de Ponta Delgada e em outras pequenas cidades/ vilas da ilha com ruas mais estreitas e poucas vagas. Aliás, tenha atenção que algumas vagas na rua são pagas por meio do parquímetro (aquela máquina que fica na calçada, quando você paga com moedas o tempo que deixará o carro parado).

estradas-ilha-de-sao-miguel-acores-vacascultuga-13

Ao estacionar, veja se a vaga tem parquímetro

Uma informação que vale destacar também é que as estradas da Ilha de São Miguel não têm pedágio. Menos um gasto e também uma preocupação a menos durante as suas férias.

 [Na estrada] Como se fala em Portugal?

EN1-1A: a principal estrada de São Miguel

Há uma estrada principal que “abraça” toda a ilha

Olhando no mapa, você vai notar que há um caminho circular na ilha de São Miguel. Essa é a estrada EN1-1A. Porém, ela não é uniforme por todo o seu percurso, vai depender da região em que passa.

Por exemplo, próximo a Ponta Delgada, que é a capital dos Açores, a EN1-1A se assemelha a uma autoestrada, dessas que vemos em Portugal continental. Tem duas pistas, o asfalto é lisinho, com fácil ligação as estradas pequenas e limite de velocidade mais alto.

estradas-ilha-de-sao-miguel-acores-cultuga-4

Já nas Furnas, que fica mais a leste da ilha, essa estrada é totalmente diferente. O piso é de pedra. Dá uma olhada nessa foto:

estradas-ilha-de-sao-miguel-acores-cultuga-5

Ou seja, não significa que, quando você avistar uma placa da EN1-1A, o trajeto será necessariamente rápido.

Importante: atenção a neblina

Algo que você deve ter atenção ao dirigir na Ilha de São Miguel é a neblina. Como estamos no meio do oceano e rodeado de montanhas e com uma variação climática muito frequente, é comum ter determinados momentos do dia com mais neblina.

Nessa viagem, estivemos em duas situações mais “críticas”. Na primeira, nós tínhamos passado o dia nas Furnas e a noite nos banhos quentes da Poça da Dona Beija (que, aliás, são imperdíveis). Portanto, saímos de lá já era noite e no meio da estrada baixou uma neblina intensa. Percorremos, aproximadamente, 15 minutos lentamente.

Neblina na chegada ao alto da Lagoa do Canário com o Jorge no volante, da Keep Walking Azores

Já a segunda vez foi mais simples, pois estávamos acompanhados do Jorge, guia da Keep Walking Azores, que nos levou em um passeio incrível pelas Sete Cidades. A neblina baixou algumas vezes, mas ele tirou de letra – claro, é um excelente profissional e está super acostumado com as condições climáticas locais.

Estrada que percorre a parte de baixo da Lagoa das Sete Cidades sem neblina

Miradouros e vistas imperdíveis

Andar de carro pelas estradas de São Miguel é garantia de avistar paisagens de tirar o fôlego. É clichê falar isso, mas é a pura verdade. Há caminhos incríveis e diferentes por todos os lados.

estradas-ilha-de-sao-miguel-acores-cultuga-6

Vê o azul da foto? É TUDO Oceano. Não tem céu nessa imagem, juro. Pausa no acostamento para mais uma foto, por favor

Para chegar aos diversos mirantes (miradouros, em Portugal) espalhados pela ilha, você vai ver o melhor que a natureza açoriana pode oferecer: montanhas bem verdinhas, largos pastos, lagoas com tonalidades inimagináveis, belas árvores, algumas casinhas, centenas de vacas e mar, muito mar.

Os principais miradouros são fáceis de alcançar. Há placas de sinalização nas estradas e também marcações no Google Maps. Nós não tivemos dificuldade em encontrá-los. Vá tranquilo.

estradas-ilha-de-sao-miguel-acores-cultuga-8

Lagoa do Fogo: a natureza selvagem incrivelmente perfeita

É um prazer ficar no trânsito… DE VACAS!

“O trânsito parou aqui no meio do nada? Não é possível isso”. Nunca diga isso nos Açores, principalmente nas estradas menores da ilha de São Miguel. O motivo é bom, pois são as lindas e simpáticas vaquinhas (ou as famosas “vacas felizes dos Açores”).

As vacas têm um grande impacto na economia do arquipélago. Os Açores produzem carne, leite, manteiga, queijo e outros laticínios. Em São Miguel, o número de vacas é quase o mesmo da população – 135.255 vacas registradas no Sistema Nacional de Informação e Registo Animal (2008) e 137.699 habitantes no Censo 2011.

Estávamos a caminho da mais antiga plantação de chá da Europa, na Gorreana, e, em um certo momento da nossa viagem, o Google Maps (que, por sinal, funcionou muito bem) acusou um trecho vermelho no meio do nada. Acidente? Não. Volume de automóveis? Não. Vacas? SIM!

estradas-ilha-de-sao-miguel-acores-vacascultuga-10

Trânsito em São Miguel

Nós ficamos eufóricos, confesso. Foi sensacional. Isso já era esperado… Mas a nossa reação de tamanha alegria, não. 😀

Pena que tal alegria durou pouco. O pastor direcionou as vaquinhas para o acostamento e seguimos (cheios de sorrisos) pelos caminhos de São Miguel…

estradas-ilha-de-sao-miguel-acores-vacascultuga-9

Muuuuuuuuuuu

A série de reportagens #AçoresParaBrasileiros foi idealizada pelos blogs Cultuga e Almost Locals. A nossa visita à Ilha de São Miguel, nos Açores, contou com o apoio do VisitAzores, que organizou nosso roteiro; do Hotel VIP Executive Azores (Ponta Delgada), onde ficamos hospedados; da Autatlantis, que nos cedeu o carro durante nossa estadia na ilha, e da SATA – AzoresAirlines, que nos ofereceu os voos de Lisboa a Ponta Delgada e de Ponta Delgada a Lisboa.

Organize aqui a sua viagem para os Açores

icon-saude

Faça o Seguro Viagem com a Real Seguro Viagem em 6x sem juros

icon-carroVeja os melhores preços para alugar um carro na Rental Cars

icon-hotel

Reserve o seu hotel nos Açores pelo Booking, com opção de cancelamento gratuito

icon-tour

Excursões nos Açores com tours em português na GetYourGuide

Serviços do Cultuga

icon-tour

Deseja ter a nossa companhia durante a sua visita a Lisboa? Faça um tour conosco

icon-consultoria

Apaixone-se por Portugal com a nossa consultoria de viagem

icon-foto

Leve um suvenir diferente da sua viagem: faça um ensaio fotográfico

Veja também o índice de artigos do Cultuga para ajudar no planejamento do seu roteiro com muitas dicas, sugestões de rota e outras informações sobre Portugal e ilhas portuguesas 🙂

Compartilhe.

Sobre o autor

Rafael Boro

Sou jornalista, tenho 33 anos e, apesar de ter nascido em São Paulo, adotei Lisboa como minha cidade. Gosto de apreciar a gastronomia lusa e, sempre que posso, vou a um café ou a um restaurante que não conheço. Lisboa também me trouxe um time de futebol do coração, o Sporting, mesmo tendo o tênis como o meu principal esporte. Troco fácil os transportes públicos por uma longa caminhada. Na minha playlist de música portuguesa não falta David Fonseca e Tara Perdida.

2 comentários

  1. LELIO FERREIRA JUNIOR em

    MUITO SHOW . ESTOU COM MUITA VONTADE DE CONHECER OS AÇORES . ACHO QUE É ATÉ ALGO DE OUTRA VIDA . OBRIGADO PELAS DICAS . JÁ TENHA A DUPLA NACIONALIDADE ISSO FACILITARÁ BASTANTE .

    • Rafael Boro
      Rafael Boro em

      Olá, Lelio
      Tudo bem?
      Fico muito contente em saber que você gostou das nossas dicas! 🙂 Os Açores são coisas de outro mundo rs. Você vai ficar chocado com tanta beleza natural. Tenho certeza que será uma viagem inesquecível.
      Um grande abraço!

Deixe um comentário