Açores: como escolher um bom hotel na Ilha de São Miguel?

0

Depois de comprar a passagem aérea, fazer a reserva de onde se hospedar é o segundo ponto mais importante em um roteiro de viagem. Por isso, dando sequência a essa série de artigos com todas as informações que levantamos em nossa primeira visita aos Açores, hoje vou te ajudar a escolher um bom hotel na Ilha de São Miguel.

Como escolher uma hospedagem nos Açores

Açores é um arquipélago português composto por nove ilhas. Por serem tantas, e nem sempre tão próximas assim umas das outras, elas estão divididas em três grupos: o ocidental, o central e o oriental. Conhecê-las em sua totalidade exige bastante tempo de viagem e planejamento. Tenha atenção, pois o fluxo de transporte aéreo e maritmo não são constantes.

Posto isso, iniciamos a nossa viagem de investigação e pesquisa pela Ilha de São Miguel, a maior e mais importante dos Açores, no Grupo Oriental, onde também está localizada a capital do arquipélago, a cidade de Ponta Delgada.

Quantos dias ficar na Ilha de São Miguel?

Fizemos um voo Lisboa – Ponta Delgada – Lisboa no mês de março e ficamos 5 dias na Ilha de São Miguel, um tempo bastante interessante e suficiente para ver muitos mirantes, visitar praias, percorrer bonitas estradas, conhecer produtores locais, caminhar pelos parques, degustar sua deliciosa gastronomia e, claro, experimentar os famosos banhos quentes termais.

Para uma viagem de até uma semana na Ilha de São Miguel, indico fazer uma única base ou, então, no máximo duas – caso queira dividir a praticidade de uma grande cidade com uma experiência hoteleira mais interiorana.

Por onde começar?

O primeiro ponto a observar é o motivo da sua viagem e o seu perfil de viajante. O que você espera de uma hospedagem? Um local prático, somente para dormir, tomar um banho e um bom café da manhã, e desfrutar dos passeios durante o dia, ou uma verdadeira imersão na natureza local, com uma experiência mais próxima de seus cartões postais?

Nessa viagem, como foi a nossa primeira aos Açores e feita exclusivamente para o estudo e produção de conteúdo aqui do Cultuga, tivemos o direcionamento e apoio do VisitAzores, o órgão oficial de turismo do arquipélago, que nos ofereceu todo o suporte estrutural para realizarmos essa viagem.

Assim, montamos o nosso QG no Vip Executive Azores Hotel, que falarei mais a frente desse artigo. O que não invalidou outras experiências hoteleiras, pois perguntamos aos guias e outros profissionais que conhecemos ao longo da viagem a respeito das regiões e voltamos de lá até com uma lista de desejos para as próximas visitas aos Açores… 

São esses locais que divido hoje com você por aqui.

Sugestões de hotéis na Ilha de São Miguel

Um clássico: onde dormir em Ponta Delgada

o-que-fazer-ponta-delgada-sao-miguel-cultuga-portas-da-cidade-2

As Portas da Cidade, em Ponta Delgada

Ponta Delgada é a principal cidade da Ilha de São Miguel. É nela que se encontra também o Aeroporto. Portanto, fazer a sua base aqui é bastante prático e ainda tem a maior oferta da ilha, tanto para hotéis mais simples e com bom preço, como para experiências mais contemporâneas e com vista para o Oceano.

Essa é uma boa opção não somente para quem está com carro, mas também para quem não pretende dirigir. A partir do Aeroporto há opções de transporte público para a cidade e, depois, para conhecer as belezas naturais da ilha, você poderá optar por passeios guiados de carro, seja privativo ou em pequenas excursões, quando há um fluxo alto de saída a partir de Ponta Delgada.

Como já indiquei no início do texto, a nossa hospedagem foi selecionada pelo VisitAzores, que abriu as portas do Vip Executive Azores Hotel para fazermos base como cortesia.

Foi uma boa opção e recomendo para quem está em busca de um hotel tradicional, simples e com um preço convidativo. Ele fica a cerca de 1,5km do centro histórico, com acesso direto pela principal avenida. Para quem está de carro, é super fácil de chegar a partir do Aeroporto, e conseguimos estacionar todos os dias na rua atrás do hotel, que foi impecável. Café da manhã com muitas opções e sabores típicos da ilha. Havia bolo levedo (um pão típico açoriano) e ananás (da família do abacaxi) todos os dias ♥ Atendimento gentil.

Nosso QG no Vip Executive Azores: simples, prático e com vista para o mar

Como é o clima e o que levar na mala para os Açores?

Uma outra sugestão que, apesar de não termos dormido lá, conhecemos sua localização e também provamos o seu restaurante, foi o Azor Hotel. Esse tem excelente localização, junto a Marina Pêro de Teive. Nas pesquisas que fizemos antes dessa viagem, já tínhamos conhecido a história do grupo que gere esse hotel, o DHM. Eles têm algumas propostas no país e o Azor é a atual menina dos olhos. Perfeito para caminhar a pé pelo centro, seja durante o dia ou a noite, com estacionamento coberto, um restaurante delicioso (que, para breve, terá um artigo especial aqui) e em um espaço bem contemporâneo. Vale a pena dar uma olhada.

O Azor Hotel fica em frente a Maria Pêro de Teive, no centro de Ponta Delgada

Banhos termais: fique hospedado nas Furnas

parque-terra-nostra-sao-miguel-acores-cultuga

Pelos caminhos do Parque Terra Nostra, nas Furnas

A região das Furnas é o ponto mais indicado para quem deseja ficar pertinho dos banhos termais. Há alguns espalhados pela ilha, mas aqui estão os principais. Essa é uma excelente opção para quem deseja realmente relaxar e aproveitar a natureza típica de uma ilha vulcânica.

Porém, para fazer das Furnas única base da sua viagem, há um ponto importante a ficar atento, que é evitar sair a noite, caso esteja com muita neblina. Como essa é uma área mais afastada, há trechos lentos de estrada e com menor iluminação. Outra questão essencial é, necessariamente, estar de carro. Portanto, você poderá optar ficar aqui o tempo inteiro da sua viagem ou, então, dividir com Ponta Delgada, por exemplo.

Sugiro que você veja as instalações do Terra Nostra Garden Hotel, que é parte do principal e maior complexo das Furnas. Esse é um hotel quatro estrelas tradicional, muito respeitado e de enorme destaque na ilha de São Miguel. Junto dele há um bom restaurante para comer o típico cozido das Furnas (para breve, com artigo aqui no Cultuga) e ainda um parque lindíssimo com um grande tanque de águas férreas para banhos termais. Portanto, só para aproveitar tudo o que o complexo oferece será, no mínimo, necessário 1 dia completo.

O Terra Nostra Hotel faz parte de um complexo no Vale das Furnas

A segunda opção, confesso, está na minha lista de desejos há bastante tempo. É o Furnas Boutique Hotel, do mesmo grupo do Azor, e oferece pleno contato com a natureza e uma decoração contemporânea. Recentemente, dois amigos meus e do Rafa estiveram por lá e eles falaram tão bem da experiência, mais romântica, que ficamos curiosos para conhecer. Não foi desta, mas ele também é um quatro estrelas inserido na paisagem do Vale das Furnas. Decoração clean nos quartos, piscinas termais interiores e exteriores e com um restaurante interessante e criativo, o mesmo que provamos em Ponta Delgada. Para breve, espero!

Apaixone-se por Portugal com a nossa consultoria de viagem

O Furnas Boutique Hotel é mais uma opção nas Furnas

Imersão nas Sete Cidades: que tal uma casa típica?

Lado a lado com a Lagoa das Sete Cidades

Por fim, deixo a dica para quem quer realmente ter um contato pleno com a natureza, de relaxamento e contemplação. Conhecemos a região das Sete Cidades com o Jorge, guia da Keep Walking Azores. Durante o passeio pela lagoa verde e azul das Sete Cidades, ele nos mostrou que há casas em meio aquela imensidão de beleza natural, longe de vizinhos rs., e totalmente equipadas para receber viajantes.

Uma delas é o Lake Cottage Azores. Neste caso, como é uma única casa, isolada e em um local incrível (na beira da lagoa mesmo), a reserva precisa ser feita com muita antecedência. Veja também no AirBnb, caso esteja indisponível no Booking. Somente conhecemos a casa por fora. A ligação dela é feita por uma estrada de terra. Portanto, não é bem uma base para explorar a ilha com mobilidade, mas sim uma experiência de natureza, para também aproveitar aquela atmosfera bucólica e rural – apesar de não ser difícil sair e chegar com o carro ali. A casa tem dois quartos e acomoda até 5 pessoas.

Como são as estradas da ilha de São Miguel nos Açores?

Lake Cottage Azores: uma casa isolada junto a Lagoa das Sete Cidades

Apesar do clima nos Açores não sofrer tanta variação ao longo do ano, aconselho essa experiência entre a primavera e o verão.

Outra proposta com esse perfil é o Sete Cidades Lake Lodge. Este também bem perto da lagoa, mas do outro lado, já com a proximidade de mais moradias, e com uma proposta contemporânea. São bungalows com 1 quarto, mini cozinha e uma pequena sala de estar. A cara do paraíso 🙂

Sete Cidades Lake Lodge: bungalows charmosos e confortáveis

Açores: 10 coisas imperdíveis para fazer na Ilha de São Miguel

Ok, essas não são as únicas regiões com disponibilidade para alojamento. A Ilha de São Miguel tem centenas de hotéis, hostels e alojamentos turísticos. Entretanto, busquei indicar aqui regiões que gostei bastante de conhecer, emblemáticas e que oferecem uma experiência interessante, além do bom suporte para férias tranquilas nos Açores e/ ou mobilidade.

A série de reportagens #AçoresParaBrasileiros foi idealizada pelos blogs Cultuga e Almost Locals. A nossa visita à Ilha de São Miguel, nos Açores, contou com o apoio do VisitAzores, que organizou nosso roteiro; do Hotel VIP Executive Azores (Ponta Delgada), onde ficamos hospedados; da Autatlantis, que nos cedeu o carro durante nossa estadia na ilha, e da SATA – AzoresAirlines, que nos ofereceu os voos de Lisboa a Ponta Delgada e de Ponta Delgada a Lisboa.

Organize aqui a sua viagem para os Açores

icon-saude

Faça o Seguro Viagem com a Real Seguro Viagem em 6x sem juros

icon-carroVeja os melhores preços para alugar um carro na Rental Cars

icon-hotel

Reserve o seu hotel nos Açores pelo Booking, com opção de cancelamento gratuito

icon-tour

Excursões nos Açores com tours em português na GetYourGuide

Serviços do Cultuga

icon-tour

Deseja ter a nossa companhia durante a sua visita a Lisboa? Faça um tour conosco

icon-consultoria

Apaixone-se por Portugal com a nossa consultoria de viagem

icon-foto

Leve um suvenir diferente da sua viagem: faça um ensaio fotográfico

Veja também o índice de artigos do Cultuga para ajudar no planejamento do seu roteiro com muitas dicas, sugestões de rota e outras informações sobre Portugal e ilhas portuguesas 🙂

Compartilhe.

Sobre o autor

Priscila Roque

Sou jornalista especializada em cultura e fotógrafa. Foi preciso passar dos 30 anos para assumir que Lisboa é, realmente, o meu lugar no mundo. Mas a paixão por Portugal começou bem mais cedo, ainda na adolescência, quando descobri alguns músicos locais. Os meus pais são portugueses imigrados no Brasil. Depois de fazer o caminho inverso deles, trocando São Paulo por Lisboa, quero agora, com o Cultuga, diminuir a distância que separa o Brasil de Portugal.

Deixe um comentário