Stephanie divide histórias e memórias no “De volta a Madeira”

PORTUGAL NA PANDEMIA: acompanhe aqui as atualizações da Covid-19

“Cresci ouvindo histórias de Portugal, com vinho sempre à mesa e com a vontade de descobrir o mundo. Os contos e tradições portuguesas, que estão presentes na minha família desde que me entendo por gente, têm suas raízes na Ilha da Madeira, a terra natal do meu avô paterno – o vô Gregório –, que saiu de lá com seus vinte e poucos anos. O pós-guerra estava dificultando a vida de quem morava na ilha lusitana, e a fértil terra roxa paranaense prometia uma vida mais tranquila e próspera. Meu avô – assim como meus outros avós e muitos familiares – se instalou em Altônia, no noroeste do Paraná, vivendo de agricultura. Até hoje essa cidadezinha é bastante rural e rodeada pela natureza. O que lembra bastante a Ilha da Madeira.

stephanie_1

O meu desejo de estudar em outro país surgiu na adolescência, assim como a vontade de conhecer Portugal. Consegui unir esses dois sonhos enquanto estudava Jornalismo na UFPR, quando surgiu a oportunidade de fazer mobilidade acadêmica. Entre Porto e Coimbra (as duas possibilidades que minha universidade permitia) minha escolha foi pela tradicional Universidade de Coimbra – uma das mais antigas do mundo e a mais antiga de Portugal. Morei nessa adorável cidade cortada pelo Rio Mondego entre 2012 e 2013, e como adoro escrever e fotografar, resolvi compartilhar minhas experiências lusitanas com estudantes, futuros intercambistas e curiosos em geral no blog De volta a Madeira. Comecei a escrever lá um pouquinho antes de ir para Portugal e até hoje continuo atualizando, dando dicas de viagem pela Europa e para futuros moradores de Coimbra. Também gosto de fazer posts sobre aleatoriedades turísticas e sempre colocar muitas, muitas fotos!

stephanie_3

Sempre achei que na Ilha da Madeira eu pudesse descobrir mais sobre um pedacinho da minha própria história. Daí surgiu o nome do blog, inspirado no livro “De volta a Istambul”, da turca Elif Shafak. Essa obra narra a história de uma menina estadunidense que vai até a Turquia para descobrir o seu passado e entender o seu presente, já que o seu pai tinha nascido em Istambul, mas muitos mistérios cercavam a vida dele. E, de fato, conhecer a Ilha da Madeira foi um dos eventos mais importantes da minha vida. Conheci vários parentes portugueses queridos, vi lugares tão bonitos que pareciam saídos de um sonho, bebi muito vinho feito em casa e senti que conhecia a Madeira desde sempre, mesmo sem nunca antes ter colocado os pés lá.

stephanie_2

O De volta a Madeira é meu jeito de mostrar um pouquinho do meu olhar sobre Portugal (e outros países) pra todo mundo. E é uma maneira de matar um pouquinho as saudades, porque esse país além do mar sabe como deixar a gente amando mesmo a léguas de distância. O que eu aprendi é que, mesmo do Brasil, dá sempre pra levar Portugal no coração.”

Stephanie D’Ornelas
www.devoltaamadeira.wordpress.com

Você também tem uma história especial com Portugal e gostaria de vê-la publicada aqui no Cultuga? Escreva para nós!

Envie este artigo para alguém que você gosta!

Portugal perto de você ❤

Há 11 anos produzimos conteúdo autêntico sobre cultura portuguesa e turismo cultural de Portugal!

 YOUTUBE
Inscreva-se
em nosso canal no YouTube – há sempre novidades!

NEWSLETTER
Cadastre-se na nossa newsletter
 e receba atualizações por e-mail

Viaje a Portugal com tranquilidade ✈

icon-saude

SEGURO SAÚDE
Faça o seguro para Portugal na Real Seguro Viagem. Você ganha 10% de desconto!

icon-carro

ALUGAR CARRO
Viaje de carro com um roteiro ao seu ritmo. Na RentalCars você recebe o orçamento das empresas mais conhecidas de Portugal.

icon-hotel

HOTÉIS E APARTAMENTOS
Encontre hotéis no Booking e proteja-se de imprevistos com a opção de cancelamento gratuito!

SESSÃO FOTOGRÁFICA
Eternize a sua viagem a Portugal com um ensaio fotográfico!

TOURS E TRANSFERS
Conheça o trabalho do Vinícius! Ele e sua equipe vão receber você com carinho e conforto!

Sobre o autor

Sou jornalista especializada em cultura e fotógrafa. Tenho Lisboa como o meu lugar no mundo, o meu refúgio, a minha casa. Mas é também em Portugal, este país vivo e com tanto para contar, que me sinto completa. Os meus pais são portugueses imigrados no Brasil. Depois de fazer o caminho inverso deles, trocando São Paulo por Lisboa, assumi como missão do Cultuga diminuir a distância que separa o Brasil de Portugal.

Deixe um comentário