Filme português “Florbela” estreia nas salas de cinema do Brasil

PORTUGAL NA PANDEMIA: acompanhe aqui as atualizações da Covid-19

Uma boa notícia aos fãs do cinema português: Florbela tem estreia marcada para o dia 1º de maio em diversas salas do Brasil. Durante essa semana, a protagonista Dalila Carmo esteve no Rio de Janeiro e em São Paulo para divulgar a produção. A trama conta a história de um dos nomes mais importantes da poesia portuguesa do século XX: Florbela Espanca.

Sinopse

Em um Portugal atordoado pelo fim dos Anos 1920, Florbela (Dalila Carmo) separa-se de forma violenta de seu marido António. Apaixonada por Mário Lage (Albano Jerónimo), ela se refugia num novo casamento, mas a vida de esposa provinciana não é conciliável com sua alma inquieta.

Ela não consegue escrever nem amar. Ao receber uma carta de seu irmão Apeles (Ivo Canelas), Florbela corre para junto dele. Na cumplicidade do irmão aviador, Florbela se entrega à vida frenética da capital entre amantes, revoltas populares e festas de foxtrot.

O marido tenta resgatá-la para a normalidade, mas como segurar a quem tem sede de infinito? Entre a realidade e o sonho, os poemas surgem quando o tempo para. Nesse imaginário febril de Florbela, neva dentro de casa, esvoaçam folhas na sala, panteras ganham vida e apenas os seus poemas a mantém sã. Florbela é o retrato íntimo de Florbela Espanca: não de toda a sua vida cheia de sofrimento, mas de um momento no tempo, em busca de inspiração, uma mulher que viveu de forma intensa e não conseguiu amar docemente.

Florbela Espanca

Nascida no fim do século XIX, Florbela Espanca é um nome singular na história da literatura portuguesa. Em conflito com o seu tempo, a jovem poetisa escandalizou a sociedade da época com os seus sucessivos casamentos e divórcios, a sua maneira audaz de vestir, de estar e a sua personalidade emancipada.

Mulher forte e determinada, escreveu o que sentiu, o que amou, o que sofreu. Menosprezada pelos seus pares pelo feminismo presente nos seus versos, teve sua importância restabelecida na história da literatura portuguesa apenas anos mais tarde por ser  uma mulher avançada para o seu tempo, fumante, divorciada, provinciana, filha ilegítima e declarada inimiga do Estado Novo. Morreu em 1930, com apenas 36 anos, de uma tristeza sem fim, 2 anos após a morte do irmão num desastre de aviação. Três casamentos, livros de poesia, contos, diários, traduções, viveu numa vertigem altamente singular para uma mulher do seu tempo.

Florbela
Direção e roteiro: Vicente de Alves Ó
Gênero: Drama/Biografia
País: Portugal
Ano: 2012
Tempo: 119 min
Classificação: 12 anos

Veja quais salas já confirmaram a exibição:

salas_florbela

Envie este artigo para alguém que você gosta!

Portugal perto de você ❤

Há 11 anos produzimos conteúdo autêntico sobre cultura portuguesa e turismo cultural de Portugal!

 YOUTUBE
Inscreva-se
em nosso canal no YouTube – há sempre novidades!

NEWSLETTER
Cadastre-se na nossa newsletter
 e receba atualizações por e-mail

Viaje a Portugal com tranquilidade ✈

icon-saude

SEGURO SAÚDE
Faça o seguro para Portugal na Real Seguro Viagem. Você ganha 10% de desconto!

icon-carro

ALUGAR CARRO
Viaje de carro com um roteiro ao seu ritmo. Na RentalCars você recebe o orçamento das empresas mais conhecidas de Portugal.

icon-hotel

HOTÉIS E APARTAMENTOS
Encontre hotéis no Booking e proteja-se de imprevistos com a opção de cancelamento gratuito!

SESSÃO FOTOGRÁFICA
Eternize a sua viagem a Portugal com um ensaio fotográfico!

TOURS E TRANSFERS
Conheça o trabalho do Vinícius! Ele e sua equipe vão receber você com carinho e conforto!

Sobre o autor

Sou jornalista especializada em cultura e fotógrafa. Tenho Lisboa como o meu lugar no mundo, o meu refúgio, a minha casa. Mas é também em Portugal, este país vivo e com tanto para contar, que me sinto completa. Os meus pais são portugueses imigrados no Brasil. Depois de fazer o caminho inverso deles, trocando São Paulo por Lisboa, assumi como missão do Cultuga diminuir a distância que separa o Brasil de Portugal.

Deixe um comentário