Quem é Florbela Espanca? [+ lugares para conhecer]

PORTUGAL NA PANDEMIA: eventos podem ser adiados ou cancelados; atrações e estabelecimentos podem funcionar sob horário e regime especiais. Acompanhe aqui as atualizações da Covid-19

Envie este artigo para alguém que você gosta!

Temos uma série no canal do Cultuga no YouTube sobre personagens portugueses. Queremos te contar, de forma didática, quem foram alguns dos principais nomes de Portugal, seja na cultura, seja na história. Hoje, vamos falar de uma mulher incrível da literatura portuguesa: Florbela Espanca!

Quem é Florbela Espanca?

Florbela de Alma Conceição Espanca é uma das grandes figuras da poesia e da literatura portuguesa no início do Século XX.

Ela nasceu em 8 de dezembro de 1894 em Vila Viçosa, na região alentejana.

Mas, assim como muitos artistas, teve o reconhecimento de seu trabalho somente depois da morte.

Quem é Fernando Pessoa? Veja mais um artigo desta série!

Vida conturbada

Florbela viveu na pele conflitos familiares e tragédias que mais pareciam ter saído das páginas de um livro.

A começar pelo seu próprio nascimento.

Seu pai desejava ter filhos, mas a esposa dele era estéril. Assim, com o consentimento da esposa, teve Florbela e seu irmão com a empregada da família.

Florbela Espanca

Tinha apenas 8 anos quando escreveu seus primeiros poemas em Vila Viçosa, no Alentejo. Lembrando dessa fase, disse:

já tinha insônias e já as coisas da vida me davam vontade de chorar

Florbela perdeu precocemente a mãe biológica (por doença) e, depois, o irmão em um acidente de hidroavião.

Ela se casou três vezes, teve relacionamentos abusivos, separações tristes.

Tinha o desejo de ser mãe, mas perdeu seus bebês em abortos espontâneos.

Percorreu Portugal entre encontros e despedidas. Viveu em diversas cidades.

Com depressão e outros problemas de saúde, Florbela suicidou-se na madrugada do dia em que completaria 36 anos, ingerindo remédios para insônia e ansiedade.

Uma escritora com alma

Mas é sua forma profunda, íntima, cheia de paixão e, às vezes até em tom de confissão, de observar os relacionamentos e a sociedade, além daquele Portugal que ela conheceu, que vemos em seus poemas e textos.

Todo esse amor, o desejo, a dor, a saudade, a solidão.

Sempre com muita intensidade.

Florbela Espanca

Mural em frente a casa em que Florbela Espanca nasceu

É essa forma tão transparente e tão despida de escrever que cativa novos leitores e leitoras hoje, que reconhecem o valor de suas palavras.

Florbela foi uma importante voz feminina na literatura da época e abriu caminho para outras mulheres.

Ela não aceitava a submissão.

Lutou para ter visibilidade, para publicar seus textos, mas também encontrou diversas vezes as portas fechadas dentro dos círculos literários.

Nesses 90 anos que passaram desde a sua morte recebeu muitas homenagens.

É delas que vamos falar agora, como sugestões de experiências para que você possa se aproximar ainda mais do universo desta poetisa portuguesa.

Lugares em Portugal para quem é apaixonado por livros (em vídeo)

Experiências para conhecer o universo de Florbela

Primeiro, o encontro de várias vozes femininas, fadistas, para cantar seus poemas, em 2019.

Quer saber mais sobre o Fado? Assista aqui ao video que fizemos sobre o assunto!

Uma união perfeita daquela música que é genuinamente portuguesa e traz tanto sentimento em sua interpretação com textos tão intensos.

Essa reunião resultou em um CD e um livro especiais, que ainda podem ser encontrados para a venda aqui em Portugal.

Deste trabalho, destacamos a Kátia Guerreiro, com “Os Meus Versos”, e a Mísia cantando o “Fado das Violetas”.

Florbela Espanca O Fado

Uma outra sugestão é assistir ao filme Florbela, interpretado pela atriz portuguesa Dalila Carmo – que é fantástica – e dirigido pelo cineasta português Vicente Alves do Ó – que inclusive foi premiado por esse trabalho.

Filme Florbela Espanca

A atriz Dalila Carmo no filme Florbela

É um filme bastante focado na vida pessoal dela e nos ajuda a perceber suas reais inspirações.

Visitar Vila Viçosa, onde passou a infância, também vale a pena.

Florbela Espanca em Vila Viçosa

Pelas ruas de Vila Viçosa, no Alentejo

É uma vila bastante charmosa e com diversas referências dela, como a casa em que nasceu e viveu seus primeiros anos, um cineteatro que leva o seu nome e também seu túmulo.

Lugares incríveis para visitar no Alentejo

Casa de Florbela Espanca

Casa de Florbela Espanca em Vila Viçosa

Túmulo de Florbela Espanca

Túmulo de Florbela Espanca em Vila Viçosa

E se você quer saber mais sobre cultura portuguesa e turismo cultural e criativo em Portugal, inscreva-se no canal do Cultuga no YouTube, acompanhe a gente nas redes sociais (@cultuga) e também os artigos publicados aqui no blog. :)


Envie este artigo para alguém que você gosta!

Veja como ficar mais perto da gente ❤

Estamos há 10 anos no ar produzindo conteúdo autêntico sobre a cultura portuguesa e turismo cultural e criativo para viajantes brasileiros!

Seja membro em nosso Apoia-se

 Venha conversar sobre Portugal aos domingos no YouTube

Siga-nos no Instagram, no Facebook e no YouTube

Conheça estas experiências para quem viaja a Portugal

Viaje a Portugal com segurança ✈

icon-saude

SEGURO SAÚDE E VIAGEM
Faça o seu seguro para Portugal na Real Seguro Viagem com este link do Cultuga e ganhe 10% de desconto!

icon-carro

ALUGUEL DE CARRO
Viajar de carro é uma ótima opção para se aproximar da natureza e fazer um roteiro ao seu ritmo. Na RentalCars você recebe o orçamento de aluguel de carro das empresas mais conhecidas de Portugal.

icon-hotel

HOTÉIS E APARTAMENTOS
Encontre hotéis no Booking focados na higienização de seus espaços e evite surpresas frente a imprevistos com a opção de cancelamento gratuito!

TRANSFERS EM PORTUGAL
Conheça o Vinícius e sua equipe! Eles terão enorme carinho em receber você em segurança e tranquilidade no aeroporto.

Sobre o autor

Priscila Roque

Sou jornalista especializada em cultura e fotógrafa. Foi preciso passar dos 30 anos para assumir que Lisboa é, realmente, o meu lugar no mundo. Mas a paixão por Portugal começou bem mais cedo, ainda na adolescência, quando descobri alguns músicos locais. Os meus pais são portugueses imigrados no Brasil. Depois de fazer o caminho inverso deles, trocando São Paulo por Lisboa, quero agora, com o Cultuga, diminuir a distância que separa o Brasil de Portugal.

Deixe um comentário