Lugares incríveis para visitar no Alentejo, em Portugal

Envie este artigo para alguém que você gosta!

O Alentejo, em Portugal, é a maior região do país. Viajar com calma por aqui também é ter a chance de se deixar encantar por cada cidade, vila e aldeia portuguesa. Mas entre tantos lugares, como escolher o que visitar?

Desde que nós escolhemos viver no país, em 2013, tivemos a oportunidade de viajar muitas vezes por entre os campos do Alentejo apreciando as oliveiras, as plantações de uva, os sobreiros (árvore na qual é extraída a cortiça) e os animais. Tenho certeza que você também vai gostar! 😉

Neste artigo, você vai encontrar sugestões de lugares incríveis para visitar no Alentejo – fáceis de chegar e perfeitos para se aproximar da beleza rural, da cultura local e ainda provar o melhor da gastronomia desta região, que é tão importante para Portugal.

LEIA TAMBÉM: Guia completo para alugar carro em Portugal

Lugares incríveis para você visitar no Alentejo, em Portugal

Para conhecer a região do Alentejo, em Portugal, recomendo que você eleja uma base e faça as cidades dos arredores em bate-volta. Assim, evita de fazer e desfazer as malas, além de ter a limitação dos horários de check-in e check-out dos hoteis.

Ter Évora como base para fazer bate-voltas, por exemplo, é uma boa opção. Os hotéis são confortáveis e com excelente custo-benefício, a cidade tem um ótimo suporte de restaurantes e cafés, além de fácil acesso às estradas.

Todos os locais indicados neste artigo podem ser visitados dessa forma. Já adianto aqui quais são as sugestões que vou sugerir hoje:

– ALCÁCER DO SAL
– MONSARAZ
– ARRAIOLOS
– VILA VIÇOSA

– MÉRTOLA
– MARVÃO
– BÔNUS: Vinícolas do Alentejo

Como ir de Lisboa para o Alentejo

O Alentejo é uma grande região de Portugal. Portanto, como já disse por aqui, primeiro é preciso escolher uma cidade para fazer como base antes de organizar a sua viagem.

Évora é a cidade com melhor acesso a partir de Lisboa para isso, distante apenas 140 km a leste, e com boa ligação de transporte público (trem e ônibus) e carro.

As sugestões de lugares para visitar no Alentejo que eu cito neste artigo são recomendadas para fazer de carro alugado. Portanto, você poderá sair de carro a partir de Lisboa ou seguir de transporte público até Évora e alugar o carro por lá. 

Há três estradas principais, que são maiores, mais rápidas e dispõem de bom suporte (A6, A2 e A26) e várias secundárias (por meio dessas é que você vai descobrir um Alentejo mais profundo e genuíno).

A região do Alentejo tem uma infinidade de destinos fantásticos para conhecer. Porém, fiz aqui uma seleção de lugares diferentes e que vão oferecer a você uma viagem rica em cultura, gastronomia, história e beleza. 

ALCÁCER DO SAL: para provar ótimos produtos locais

Alcácer do Sal é um destino pouco explorado pelos brasileiros que viajam para Portugal. Você vai adorar caminhar junto ao rio Sado, admirar a simplicidade e genuinidade do comércio local da Rua da República e da Rua Marquês de Pombal.

Ainda nas proximidades do rio, visite o recém renovado Museu Municipal Pedro Nunes – um local para viajar no tempo e conhecer os mais de 2 mil anos de história de ocupação desta terra. O espaço é pequeno e bastante dinâmico, sempre com alguém disponível para auxiliar em dúvidas e para contar curiosidades daqui.

Alentejo Portugal: Alcácer do Sal

Atravesse a ponte a pé para ter uma vista muito bonita da área histórica de Alcácer do Sal (e para ver as plantações de arroz)

Algo que também conta a história de Alcácer do Sal é sua agricultura. O pinhão e o arroz são produtos de excelência que você vai gostar de provar e levar para casa. Aliás, por toda a volta da cidade você verá as plantações de arroz.

Nós fomos a loja e café Alkazar Gourmet (bem no centro) provar as famosas e deliciosas pinhoadas! Recomendo uma passada por lá. O atendimento é muito gentil e os produtos de ótima qualidade.

Mercearia e Café em Alcácer do Sal, no Alentejo

Faça uma parada na Alkazar Gourmet – vale a pena!

Para finalizar o passeio, suba (de carro) até o Castelo. Ele foi originalmente construído no período da ocupação dos mouros no Séc. XII e passou por várias modificações ao longo dos reinados portugueses. Atualmente, o espaço é um hotel do Grupo Pestana, a Pousada Castelo de Alcácer, mas tem acesso livre para visita nas áreas comuns.

LEIA TAMBÉM: Você gosta de castelos? Veja uma seleção que vale a pena visitar em Portugal

MONSARAZ: uma das vilas medievais mais bonitas de Portugal

Monsaraz é uma típica vila medieval portuguesa na fronteira com a Espanha. Seu aspecto medieval primitivo é de origem moura. Esse território foi conquistado pelos portugueses no ano de 1167.

Caminhar por suas ruas observando as casas de xisto, pintadas de branco, é como voltar séculos e séculos.

Alentejo Portugal: vila de monsaraz

Caminhe com calma pelas ruas de Monsaraz. Aqui, o tempo corre devagar…

São apenas quatro ruas paralelas que você vai adorar percorrer e chegar até o Castelo (este, com entrada livre). Para quem é fã da luz do fim da tarde, não deixe de ver o espetacular pôr-do-sol a partir de Monsaraz.

Castelo de Monsaraz, no Alentejo Portugal

Ah, o fim da tarde no Castelo de Monsaraz…

Para provar sabores típicos da região, indico o pequenino restaurante O Gaspacho (a tiborna de tomate é espetacular) e o acolhedor café Casa Tial, que vende doces típicos e produtos regionais, como bolachas, azeites e bebidas.

Não é permitido entrar de carro na vila (apenas veículos autorizados). Entretanto, há quatro pequenos estacionamentos antes da porta principal em que você poderá parar.

ARRAIOLOS: o berço dos famosos Tapetes de Arraiolos

Quando se fala em Arraiolos, acho que é unânime: logo nos vêm a cabeça os tapetes de Arraiolos. Esta pequena vila alentejana fica a cerca de 25 km a norte de Évora tem fácil acesso de carro.

Se você tem a curiosidade de conhecer como são feitos estes tapetes ou deseja comprá-los, tome nota: percorra a Rua Alexandre Herculano, no centro da vila, onde estão diversas fábricas e lojas de artesanato. Há, inclusive, peças menores que cabem tranquilamente na mala de viagem para o Brasil.

Tapete de Arraiolos Portugal

O famoso Tapete de Arraiolos

Deixo ainda como sugestão – para quem quer se aprofundar na história dessa arte – uma visita ao Centro Interpretativo do Tapete de Arraiolos.

Como muitas localidades da região, Arraiolos também tem o seu castelo no topo. Ele foi mandado construir pelo rei D. Dinis, no princípio do Séc. XIV. Ao longo do tempo, sua estrutura sofreu com ataques e até com o Terremoto de 1755.

Castelo de Arraiolos, Alentejo Portugal

As ruínas do Castelo de Arraiolos têm acesso livre e uma vista bastante ampla da cidade

Desde 1910, o Castelo de Arraiolos tem o título de Monumento Nacional. Dentro de sua imponente – e diferente – muralha circular se encontra a Igreja de Salvador com visita gratuita.

Como a gastronomia não pode ficar de fora, a dica para a sua visita é provar a principal iguaria da vila de Arraiolos: a empada. Eu e a Pri comemos na Pastelaria Degust’arte, que fica na Praça do Município, e gostamos bastante!

VILA VIÇOSA: para conhecer mais sobre a família Bragança

Vila Viçosa, por volta de 70 km a leste de Évora, é um local emblemático para a história de Portugal e do Brasil.

É nesta charmosa e bem cuidada vila que se encontra um dos palácios mais emblemáticos da Dinastia de Bragança (1640 a 1910) – família da qual D. Pedro I do Brasil (o D. Pedro IV de Portugal) foi um dos nomes expressivos.

Alentejo Portugal: Vila Viçosa

A visita guiada ao Paço Ducal de Vila Viçosa é muito boa

Atualmente, o Paço Ducal de Vila Viçosa pertence a Fundação da Casa Bragança e tem visitas (sempre guiadas) de terça a domingo. Basta chegar lá e perguntar o horário da próxima visita em português para comprar o bilhete. Entretanto, acesse o site do monumento antes de ir para confirmar os horários de abertura e encerramento.

Para nós, visitar Vila Viçosa foi uma experiência realmente enriquecedora. Aproveite também para caminhar pelas ruas do centro histórico e por dentro da muralha do castelo.

Destaco ainda as homenagens à escritora Florbela Espanca, nome ilustre da literatura portuguesa que nasceu na vila em 1894, como o busto na Av. Bento de Jesus Caraca, em frente ao Cine-Teatro Florbela Espanca, e a casa onde ela viveu, que fica no número 59 da rua que leva o seu próprio nome.

Casa Florbela Espanca Portugal

Casa em que viveu Florbela Espanca, em Vila Viçosa, no Alentejo

MÉRTOLA: uma charmosa vila-museu do Alentejo

Ao sul da região do Alentejo, perto da divisa com o Algarve, está Mértola, uma vila rica em história e beleza.

O que mais deixou a gente impressionado em Mértola foi a valorização da memória desse lugar – que também se tornou tão precioso para a arqueologia portuguesa.

Alentejo Portugal: Mertola

A charmosa vila de Mértola com seu castelo no topo

Quando visitamos a vila, optamos por ficar hospedados três noites aqui. Queríamos ver com calma cada espaço museológico do centro da vila e também percorrer cidades e aldeias de seus arredores de forma mais profunda.

Primeiro, dê uma passada no posto de turismo –  onde poderá visitar uma casa típica de Mértola e a Oficina de Tecelagem (vizinha). Depois, destaco ainda o Castelo, a Igreja Matriz, a Casa Romana, a réplica de uma casa islâmica, o Campo Arqueológico e, claro, o caminhar pelo sobe e desce das pacatas ruas desta vila apreciando a arquitetura e o rio Guadiana.

Alentejo Portugal: mosaico Mertola

Parte de um precioso (e raro para Portugal) mosaico bizantino do século VI no Campo Arqueológico de Mértola

Cada detalhe de Mértola está bem preservado e bem explicado. Um prato cheio para quem gosta de história. Você poderá dedicar facilmente um dia todo a esta vila, se desejar visitar os espaços museológicos com tranquilidade.

Se você seguir de Mértola para Monsaraz, Évora ou Marvão, por exemplo, indico uma parada na cidade de Serpa para provar um dos doces portugueses que eu mais gosto: a Queijada de Serpa.

MARVÃO: uma vista de tirar o fôlego na imensidão do interior

Outra vila portuguesa desta lista alentejana que tem um castelo incrível no topo é Marvão.

Para quem já visitou Óbidos, na região centro de Portugal, ou Monsaraz (citada neste artigo), pode sentir alguma semelhança, pois, a partir do castelo, “escorre” uma muralha que envolve as charmosas casinhas brancas.

Castelo de Marvão, Alentejo Portugal

Marvão também é uma vila portuguesa cercada pelas muralhas de um castelo

À primeira vista, muita gente pode falar que as vilas medievais são iguais. Parecidas podem até ser, mas os detalhes das casas alentejanas, a paisagem ao redor, o artesanato e a gastronomia fazem toda diferença.

A vila de Marvão está inserida no lindo Parque Natural da Serra de São Mamede, na parte mais alta, e por isso tem uma envolvente realmente incrível, de tirar o fôlego.

Alentejo Portugal: Marvão

Aliás, essa localização também era naturalmente privilegiada para a defesa do território (sobretudo frente aos espanhóis). Por aqui, travaram-se diversas batalhas ao longo da história.

Não deixe de visitar o Castelo de Marvão. Ele abre todos os dias e a entrada custa, apenas, 1,50€. O visual do alto do castelo e das muralhas é verdadeiramente fantástico!

Mapa Alentejo Portugal

Mapa de parte da região do Alentejo, em Portugal, com as sugestões do Cultuga indicadas pelas cores

BÔNUS: Vinícolas do Alentejo

A região do Alentejo, em Portugal, é uma das mais procuradas pelos amantes do enoturismo. Eu gosto bastante de beber os vinhos alentejanos e também visitar produtores.

Adega da Herdade do Esporão

Eu já escrevi aqui no Cultuga sobre algumas vinícolas portuguesas imperdíveis e quatro delas estão localizadas no Alentejo.

Com fácil acesso a partir de Évora (seguindo de carro alugado), você poderá conhecer a Adega Cartuxa – empresa responsável pelos famosos Pêra Manca, EA e Cartuxa – e a Herdade do Esporão, uma das principais do país. Ambas também produzem azeite de qualidade.

Vinícolas em Portugal - Ervideira

Provas na Adega Ervideira

Se você tem a curiosidade de visitar produtores médios, indico ainda a Adega Ervideira e a Ribafreixo Wines. Já estivemos em todas elas, com visitas, histórias e vinhos alentejanos muito bons e bastante autênticos.

Ah, e a foto que ilustra a capa deste artigo é de Monsaraz. ;)


Envie este artigo para alguém que você gosta!

Viaje a Portugal com segurança

icon-saude

SEGURO SAÚDE E VIAGEM
Faça o seu seguro para Portugal na Real Seguro Viagem com este link do Cultuga e ganhe 10% de desconto!

icon-carro

ALUGUEL DE CARRO
Viajar de carro é uma ótima opção para se aproximar da natureza e fazer um roteiro ao seu ritmo. Na RentalCars você recebe o orçamento de aluguel de carro das empresas mais conhecidas de Portugal.

icon-hotel

HOTÉIS E APARTAMENTOS
Encontre hotéis no Booking focados na higienização de seus espaços e evite surpresas frente a imprevistos com a opção de cancelamento gratuito!

O Cultuga precisa do seu apoio para permanecer ativo!

Estamos há 10 anos no ar produzindo conteúdo autêntico sobre a cultura portuguesa para viajantes brasileiros e apaixonados por Portugal. Frente a pandemia, precisamos da sua parceria para que esse trabalho continue sendo feito e esteja disponível a todos.

Veja de que forma que você pode colaborar com o Cultuga:

 Conheça o nosso clube de membros do Apoia-se

Participe das nossas lives sobre cultura portuguesa aos domingos no YouTube

Leu um artigo que foi útil para você? Compartilhe-o com alguém que você gosta, no seu grupo de amigos ou nas redes sociais!

Siga o Cultuga no Instagram, no Facebook e no YouTube

Conheça os serviços que nós promovemos para quem viaja por Portugal

Agradecemos o seu carinho e suporte!

Apoie o Cultuga

Sobre o autor

Rafael Boro

Sou jornalista, tenho 36 anos e, apesar de ter nascido em São Paulo, adotei Lisboa como minha cidade. Gosto de apreciar a gastronomia lusa e, sempre que posso, vou a um café ou a um restaurante que não conheço. Lisboa também me trouxe um time de futebol do coração, o Sporting, mesmo tendo o tênis como o meu principal esporte. Troco fácil os transportes públicos por uma longa caminhada. Na minha playlist de música portuguesa não falta David Fonseca e Tiago Bettencourt.

10 Comentários

    • Rafael Boro

      Muito obrigado, Antonio! 😊
      Fico muito contente que tenha gostado do post! O Alentejo é uma região muito especial.
      Um grande abraço e seja sempre bem-vindo ao Cultuga!

    • Rafael Boro

      Olá, Natalie
      Tudo bem e você?

      Fico feliz que tenha selecionado novamente um post do Cultuga para o #linkódromo, do Viaje na Viagem! 😃
      Um grande abraço e até mais!

  1. Avatar

    Boa tarde
    Deixei o mesmo comentário em outra conta de vocês sobre Évora. Não sei se é melhor lá ou aqui, por isso repito o comentário.

    ola
    Somos um casal espanhol.
    Estivemos em Évora na semana do final do ano e, durante a semana dos Reis, ficamos em Avis. Concordo com você que a Pastelaria Conventual do Pão de Rala é o melhor lugar em Évora para comer bons doces e um excelente café.
    De Évora fizemos muitas excursões: Monsaraz, Juromenha, Evoramonte, Arraiolos e Mourão. Gostamos especialmente desses pequenos lugares. Para curtir a natureza, fomos ao Parque Ecológico Gameiro, perto de Mora e Cabeção. Ideal para caminhadas, fora de temporada. Ficamos sozinhos o tempo todo.

    Estamos planejando passar o final de 2020 em Setúbal, mas temos dúvidas. Pensamos que, talvez estando perto do mar, possa ter um clima pior do que dentro do Alentejo. Além disso, pensamos em Beja como outra opção.

    • Rafael Boro

      Olá, Carmen
      Tudo bem?

      A Pastelaria Pão de Rala tem doces ótimos e muita delicadeza com o lindo espaço! ❤️
      A viagem de vocês deve ter sido incrível. Explorar dessa forma o Alentejo é dos melhores programas em Portugal!

      A possibilidade do clima estar melhor no Baixo Alentejo, onde está Beja, é maior. Entretanto, as estradas são mais lentas (não há Auto-estradas). As aldeias, vilas e locais para visitar são mais distantes. Beja é uma cidade que gostamos bastante de conhecer, principalmente o seu castelo.

      Apesar de ser perto do mar, Setúbal e arredores tem um bom clima e boa estrutura, com fácil acesso a Lisboa e ao interior, natureza, vinho e gastronomia. De lá, vocês poderão aproveitar o Parque Natural da Arrábida e ir facilmente para outros lugares do Alentejo, como Alcácer do Sal. 😉

      Um grande abraço e boa viagem! 🇵🇹

Deixe um comentário