Seu guia de viagem em Portugal | 14 anos no ar

    As cidades medievais de Portugal deixam todos que passam por lá encantados, principalmente os viajantes brasileiros.

    Há inúmeros lugares com essa memória medieval em Portugal que podemos identificar ainda nos dias de hoje. Ainda bem!

    Mas para mostrar o quanto elas são bonitas e importantes por aqui, selecionamos 5 cidades medievais de Portugal para você inspirar o seu próximo roteiro de viagem.

    Visitar qualquer um desses lugares é como se pudéssemos voltar para a Idade Média e imaginar um pouco como os povos daquela época viviam.

    Cidade, vila ou aldeia?

    Em Portugal, a divisão administrativa tem grande importância para se referir a um local. Por isso, constantemente vemos as denominações de aldeia, vila e cidade.

    Quer saber mais sobre isso? Temos um artigo completo aqui no Cultuga explicando com detalhes essas divisões do mapa de Portugal.

    Porém, grande parte dos viajantes brasileiros que visitam Portugal não sabem disso. Por isso, preferimos utilizar neste post a denominação “cidades medievais” para facilitar a compreensão e, ao longo do texto, apresentamos a nomenclatura original para quem não a conhece.

    No Brasil, é comum utilizar as palavras “cidade” ou “cidadezinha” para designar algum lugar, independente do tamanho ou da divisão administrativa.

    5 cidades medievais de Portugal para você se encantar!

    Fizemos uma seleção aqui no Cultuga de cinco cidades medievais portuguesas famosas pela incrível beleza e pela história.

    Óbidos

    O que fazer em Óbidos
    Vista da vila de Óbidos do alto de suas muralhas

    Óbidos é a vila portuguesa mais lembrada pelos brasileiros – e não só.

    Localizada na região centro oeste do país, a pouco mais de 1 hora de Lisboa, Óbidos tem um castelo de onde sai uma muralha com 1,5 km que abraça pequenas ruas e forma a vila medieval.

    Por aqui, já passaram diversos povos da Idade Antiga e Idade Média, entre romanos, visigodos e mouros. Mas o que vemos hoje tem relação direta com a história da formação de Portugal, mais precisamente em 1148, quando o primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques, conquistou a vila dos mouros.

    Quer voltar realmente no tempo? Vale a pena experimentar uma visita durante sua incrível festa medieval de Óbidos ou durma uma noite por aqui.

    Música no Mercado Medieval de Óbidos
    Mercado Medieval de Óbidos: programa imperdível para quem quer “viajar no tempo”

    Aqui tem um roteiro completo para você visitar Óbidos!

    Monsaraz

    Alentejo Portugal: vila de monsaraz
    Caminhe com calma pelas ruas de Monsaraz

    Monsaraz é uma vila medieval de origem moura bem na divisa de Portugal com a Espanha, na região do Alentejo. Esse território foi conquistado pelos portugueses no ano de 1167.

    São apenas quatro ruas paralelas deliciosas para percorrer e chegar até o castelo (com entrada livre). Ver o pôr-do-sol a partir do alto das muralhas da vila e do castelo é maravilhoso e inesquecível!

    Castelo de Monsaraz, no Alentejo Portugal
    Ah, o fim da tarde no Castelo de Monsaraz…

    Apaixone-se por algumas das aldeias mais bonitas de Portugal!

    Marvão

    castelos-de-portugal-castelo-de-marvao-alentejo-cultuga-2
    Parte da impressionante muralha da vila de Marvão, no Alentejo

    Também no Alentejo, mas bem acima de Monsaraz, cerca de 140 km, está Marvão. Inserida na parte mais alta do lindo Parque Natural da Serra de São Mamede, a vila tem uma vista deste parque natural e da Espanha de tirar o fôlego.

    Alentejo Portugal: Marvão
    A altura da vila de Marvão é de tirar o fôlego

    Você adora castelos?
    Veja aqui os castelos de Portugal que valem a sua visita!

    Castelo de Vide

    castelo-de-vide-cultuga

    Pertinho de Marvão está a encantadora vila de Castelo de Vide. Ela é carinhosamente chamada de Sintra do Alentejo.

    O título não vem dos palácios, mas do romantismo que ela inspira.

    Aqui, encontramos muitas características alentejanas, como a boa onda de seus habitantes, comida farta, casas brancas com detalhes amarelos e o tempo que parece correr bem devagar.

    Veja aqui um roteiro delicioso para fazer em Castelo de Vide

    Vila Nova de Cerveira

    Nas belas margens do rio Minho, no extremo norte de Portugal, fica Vila Nova de Cerveira – cerca de 1 hora de Braga.

    Vila Nova de Cerveira Portugal Vila Nova de Cerveira Portugal

    Sua beleza medieval, incluindo o Castelo mandado construir pelo Rei D. Dinis, por volta de 1320, se funde com a atualidade artística que a vila ganhou no final dos anos 1970, quando nasceu a Bienal Internacional de Arte de Cerveira.

    E você? Conhece algum cantinho de Portugal com essa memória medieval tão presente? Me conta aqui nos comentários!

    Viaje a Portugal com segurança

    Reserve tudo o que você precisa com opção de cancelamento gratuito

    Sou jornalista, luso-brasileiro, tenho 40 anos e gosto de apreciar a gastronomia portuguesa. Lisboa me trouxe um time de futebol do coração, o Sporting, mesmo tendo o tênis como o meu principal esporte. Troco fácil os transportes públicos por uma longa caminhada. Na minha playlist de música portuguesa não falta David Fonseca, Moonspell e Tiago Bettencourt.

    6 Comentários

    1. Paulo Saturnino em

      Rafa
      boa tarde.
      Tudo bem com vcs?
      Vila Nova de Cerveira é muita bonita e tem uma feira espetacular, com enfase em artigo de cama, mesa e banho, muito frequentada pelos espanhois, pois afinal está bem na divisa ( Tui). No alto de uma morro, tem um Cervo de metal, que veio do nome Cerveira.
      Vale a pena visitar e apreciar a tradicional culnária local, saboreando um bom vinho.
      Abs e até uma outra oportunidade.
      Paulo & Beth

      • Olá, Paulo
        Tudo bem e com vocês?

        Ainda não tivemos a oportunidade de visitar Vila Nova de Cerveira durante a feira. Deve ser espetacular mesmo! Ótima dica a da vista do alto! ????????
        Um grande abraço pra vocês!

    2. SÉRGIO BARREIRA em

      Estive em Vila Nova de Cerveira em 2018. A cidade é muito linda e conserva essa atmosfera medieval. Foi lá que nasceu o meu avô Manoel Barreira, na freguesia do Sopo, no mesmo Concelho. A viagem foi emocionante, pois fui o primeiro descendente a pisar lá… meu avô veio ao Brasil e não mais voltou.

      Grande abraço!

      • Deve ter sido emocionante, Sérgio! São momentos inesquecíveis e marcantes. Você fez muito bem em visitar e conhecer de perto as origens do seu avô! ❤️
        Um grande abraço e espero que posso voltar mais vezes para Portugal e para Sopo!

    Deixe um comentário