[Série Luso-Brasileiros] Conheça a história do Igor Lopes

PORTUGAL NA PANDEMIA: acompanhe aqui as atualizações da Covid-19

Entramos o mês de novembro com mais uma etapa da série luso-brasileiros, em que dividimos aqui histórias sobre as famílias dos nossos leitores toda terça-feira.

Dessa vez, conversei com o Igor Lopes (que já havia nos contado um pouco sobre sua paixão por Portugal aqui). Ele tem os avós maternos do concelho de Armamar, distrito de Viseu, e o pai de Constantim, concelho e distrito de Vila Real.

Aliás, essa foto tão linda do topo do post estão o avô Joaquim Pereira e a avó Maria de Lourdes Pereira. De acordo com o Igor, sua família imigrou para o Brasil entre os finais da décadas de 1950 e 1960 e se instalou no Rio de Janeiro.

Em sua infância, na década de 1980, descobriu a origem de sua família e esteve pela primeira vez em Portugal. Eles haviam lhe contado que tais regiões eram mais pobres, com pouco desenvolvimento e uma vida rural. Depois, ao longo de sua adolescência e vida adulta, já teve a oportunidade de retornar ao país por muitas vezes.

Perguntei a ele o que sentiu quando esteve na terra de sua família:

Foi uma imersão nas minhas origens, algo bem diferente do que vivo hoje no Rio de Janeiro. Era como se estivesse voltando ao passado e conhecendo o que os meus avós e pais viveram. Fui surpreendido com a paz e a calma dos lugares.

O Igor já viveu, inclusive, alguns anos em Portugal:

“Nasci no Rio de Janeiro, nos anos 1980. Adoro esta cidade. Mas vivi em Portugal, terra dos meus avós e do meu pai, entre 2004 e 2010. Por lá, tive belas experiências profissionais e de vida em Lamego, Peso da Régua, Armamar, no Douro em geral, mas também no Porto, Lisboa e Coimbra – onde acabei fazendo Mestrado.”

Ele ainda me contou que os avós viveram imigrados no Brasil por mais de 50 anos e tal carinho é também por eles terem ajudado os seus pais em sua criação. “Adoro Portugal”, ele completou :)

Obrigada por compartilhar um pouco da sua história, Igor!

Envie para alguém que também vai gostar!

Portugal mais perto de você

Reserve uma experiência com os nossos parceiros que vão te receber com grande carinho!

Tours e Transfers Ensaio Fotográfico – Lisboa

Viaje com tranquilidade

Receba orçamentos das empresas mais conhecidas com opção de cancelamento gratuito.

Sobre o autor

Sou jornalista especializada em cultura e fotógrafa. Tenho Lisboa como o meu lugar no mundo, o meu refúgio, a minha casa. Mas é também em Portugal, este país vivo e com tanto para contar, que me sinto completa. Os meus pais são portugueses imigrados no Brasil. Depois de fazer o caminho inverso deles, trocando São Paulo por Lisboa, assumi como missão do Cultuga diminuir a distância que separa o Brasil de Portugal.

5 Comentários

  1. Conheci o Igor no trabalho. Ele é um apaixonado por Portugal e um grande divulgador da cultura luso-brasileira. Tem um grande talento. Jornalista, escritor, batalhador. Escreveu um lindo livro sobre a fadista Maria Alcina. As histórias dos imigrantes portugueses e seus descendentes se entrelaçam e são parecidas em vários aspectos, pois todas trazem a marca da coragem, da fé, da esperança, da determinação, da dedicação ao trabalho, à família e aos amigos. Isso fica marcado no DNA de cada um de nós e nos dá força nos momentos difíceis. Portugal é o resgate que fazemos de nossa história e o carinho que afaga a alma de um filho luso-brasileiro. Viva o Brasil que acolheu nossas famílias e viva Portugal que sempre nos recebe em seu coração generoso, acolhedor e amigo! Parabéns, Igor pela família linda que te ensinou a ser um homem de bem. Abraços, Ana Medeiros.

  2. Mario Machado Lima em

    Mario Machado,

    Conheci o Igor em 2011 no inpi onde trabalhamos até hoje. Uma das melhores pessoas que existem no mundo, cara do bem, amigo de todos e ótimo filho. O meu contato com Portugal foi ele que me apresentou através de fotos, reportagens dos lugares e a experiência de ter morado por lá alguns anos. Um grande abraço Igor para você e família.

Deixe um comentário