Viajar para Portugal na pandemia: as nossas dicas

Viajar para Portugal na pandemia de COVID-19 vem sendo um desafio e um teste de paciência para muitas pessoas. As mudanças de regras são constantes, assim como no restante do mundo.

Neste post reuni importantes recomendações para quem quer viajar para Portugal na pandemia com mais tranquilidade. 

O objetivo é que essas dicas te ajudem antes e durante a sua visita a Portugal.

Como viajar para Portugal na pandemia

Como eu e a Pri vivemos em Lisboa há quase 10 anos e estudamos diariamente o turismo de Portugal para manter o Cultuga sempre atualizado, recebemos constantemente dúvidas de muitos turistas brasileiros que estão com viagem marcada ou pretendem visitar Portugal em 2022.

“Preciso de teste para entrar em Portugal?”; “O certificado de vacinação do Brasil é válido em Portugal?”; “As atrações turísticas estão funcionando normalmente?”. 

Mesmo com o avanço da vacinação em vários países do mundo, incluindo Portugal e Brasil, e a eficácia das vacinas para evitar o alto volume de internamentos e mortes, não é possível prever quando a pandemia irá acabar.

Escolhi as dúvidas que recebemos com mais frequência para responder nesse artigo, somado a dicas bem práticas e, assim, tornar a sua viagem a Portugal mais leve:

Artigo em constante atualização

Viajantes brasileiros podem entrar em Portugal na pandemia?

Sim, viajantes brasileiros podem entrar em Portugal para fazer turismo neste período de pandemia.

No momento, os voos comerciais provenientes do Brasil com destino a Portugal estão ativos.

O turismo entre Brasil e Portugal voltou a ser permitido para todos os passageiros desde setembro de 2021.

Quais são as regras para a entrada de brasileiros em Portugal?

As regras para a entrada de brasileiros em Portugal são bastante simples.

Somado a documentação que já era solicitada antes da pandemia para a entrada em Portugal, os passageiros de voos provenientes do Brasil precisam apresentar o comprovativo do teste RT-PCR negativo para SARS-CoV-2 realizado nas 72 horas anteriores ao embarque ou teste antígeno realizado nas últimas 24h.

Desde o dia 22 de abril de 2022 não é mais necessário preencher o Formulário de Localização do Passageiro. O decreto-lei foi revogado.

Não é necessário apresentar o certificado de vacinação emitido no Brasil na passagem pela imigração de Portugal e não há vacinas obrigatórias para a entrada no país a turismo.

No dia 8 de fevereiro de 2022, a Direção Geral de Saúde (DGS) anunciou que passa a reconhecer a Sinovac (Coronavac) e as vacinas produzidas pela FioCruz para efeitos de comprovação da vacinação contra a Covid-19 em Portugal.

Porém, para que o comprovante de vacinação emitido do Brasil pelo SUS passe a ser aceito em Portugal em substituição do teste negativo obrigatório para a SARS-CoV-2, é preciso que esta medida seja publicada no Diário da República de Portugal – o que até o presente momento ainda não aconteceu.

Assim que tivermos a confirmação por meio de um documento oficial do reconhecimento específico do certificado brasileiro de vacinação para a entrada em Portugal, atualizamos o artigo. :)

O que fazer em Portugal na pandemia?

Algo que aprendemos ao longo desse período de pandemia é que, quando estamos ao ar livre e em áreas com menor fluxo de pessoas, estamos mais seguros.

Portanto, em sua viagem para Portugal durante a pandemia dê preferência para passeios ao ar livre.

“Bater perna” sempre é bom para sentir mais o clima e o ritmo de uma cidade. Além disso, em Portugal tem uma série de castelos, parques, jardins, praças e até aldeias mais remotas em que poderá aproveitar bastante.

Quer ver como é possível fazer uma viagem incrível dessa forma?

Convido você a dar uma olhada nos nossos vídeos e artigos sobre viajar de bicicleta, o Parque Eduardo VII (Lisboa), o Jardim do Paço Episcopal (Castelo Branco), as incríveis aldeias nos arredores da Serra da Estrela, além dos muitos castelos de Portugal bem interessantes.

viajar para portugal na pandemia
Castelo de Valongo em meio a paisagem natural do Alentejo
Jardim do paço episcopal: escadaria dos reis
O maravilhoso Jardim do Paço Episcopal, de Castelo Branco, no inverno

Porém, continua sendo possível e seguro visitar museus e outras atrações turísticas e culturais em espaços fechados, basta que você siga as recomendações de segurança.

Desde o dia 22 de abril de 2022, não é mais obrigatório o uso de máscara e não é necessário apresentar qualquer documento para o acesso aos museus de Portugal continental (nos arquipélagos há regras específicas), como testes negativos e certificados de vacinação.

Ah, e sempre que possível, troque o transporte público das cidades por uma caminhada.

Lisboa e o Porto, por exemplo, são muito atraentes para “se perder” por entre suas ruas e é fácil se locomover entre seus bairros mais centrais a pé.

viajar para portugal na pandemia
O Parque das Nações é um bairro de Lisboa com enorme área para caminhadas deliciosas

Proteja-se: reserve com opção de cancelamento gratuito

Ao fazer as reservas para a sua viagem, seja de passagens aéreas, hospedagem, de carro alugado, de seguro viagem, de passeios, etc., verifique sempre se há opção de cancelamento gratuito, o prazo para fazê-lo e como funciona.

Dessa forma, você se protege contra imprevistos e de um possível prejuízo caso seja necessário cancelar a viagem ou adiar por algum fator alheio ao seu planejamento.

Seguro viagem com cobertura para Covid-19

Ter uma proteção de seguro saúde é obrigatório para os brasileiros que viajam a Portugal.

Esse seguro pode ser associado ao sistema público de saúde básico (no acordo entre Brasil e Portugal) ou particular (seja ativado pelo cartão de crédito em que você comprou a passagem aérea, seja na contratação de uma seguradora).

Porém, quem viaja para Portugal na pandemia, vale verificar a possibilidade de fazer um seguro viagem particular com cobertura para a Covid-19 que envolva gastos médicos ou prolongamento da estadia no caso de um teste positivo.

Por uma pequena taxa extra, você previne ter mais gastos fora do seu orçamento.

Importante: hospedagem confortável durante a pandemia

Vale muito a pena alugar um apartamento turístico neste período de pandemia (chamados de Alojamentos Locais – AL em Portugal). Assim, você poderá preparar a sua própria refeição e evitar comer em restaurantes todos os dias

Aliás, ter um teste positivo para Covid-19 ou não se sentir bem durante uma viagem estando tão longe de casa também é uma realidade a ter consciência em tempos viagem na pandemia.

Por isso, ter uma cozinha (ou ao menos um quarto com frigobar e chaleira elétrica) disponível na hospedagem vai te trazer maior conforto e tranquilidade.

Nesta fase, quando eu e a Pri viajamos para produzir conteúdo aqui do blog e gravar para o canal, temos dado sempre preferência para apartamentos ou quartos de hotel com alguma comodidade.

Assim, logo que chegamos, damos uma passada no supermercado para comprar o que precisamos e escolhemos um ou outro lugar que queremos conhecer para comer “fora”.

Essa também é uma boa forma de economizar um pouquinho e conhecer a cultura e os costumes dos portugueses.

Dá só uma olhada neste vídeo com dicas e sugestões de produtos típicos portugueses para você comprar no supermercado – como também é uma excelente experiência de viagem!

Pedir comida em aplicativos ou buscar em restaurantes

Com a pandemia, muitos restaurantes de Portugal precisaram adequar-se às novas tecnologias e aos serviços de entrega.

Portanto, hoje em dia, é bem mais fácil pedir comida através de aplicativos em Portugal.

Lisboa e Porto são as cidades com maior suporte para este tipo de serviço, mas sempre vale a pena consultar na cidade que você estiver, pois muitas já implementaram os sistemas – ao menos na área central.

Os principais aplicativos de entrega de comida (delivery) em Portugal são o Uber Eats, o Bolt Food e a Glovo e o pagamento é feito automaticamente no cartão de crédito.

Porém, uma outra alternativa também é ir buscar pessoalmente a comida no restaurante.

No Brasil é muito comum usar a expressão “comida para viagem”. Aqui em Portugal, a expressão para pedir um lanche ou uma refeição pra viagem é “take away, mas também se usa “pra levar”.

Tenha o seu próprio copo e talher

Viajar com os próprios copos e talheres virou um hábito para nós.

Eles são super práticos, leves e cabem na mochila ou em uma bolsa maior. Calma, não estou falando para você usá-los no restaurante, não rs.!

Eu e a Pri costumamos usar os nossos em festas e feiras populares de Portugal, mas também no quarto de hotel – isso mesmo antes da pandemia.

Assim, evitávamos de usar o plástico de uso único e produzíamos menos lixo durante a viagem.

Agora, com a pandemia, além de ser um hábito sustentável que vale a pena implementar na sua viagem, ainda se torna muito prático quando pensamos na imprevisibilidade.

Para fazer um lanche no quarto do hotel, seja ao pedir comida em aplicativo, seja buscar algo no supermercado – que se tornou mais frequente – você tem sempre os utensílios básicos para tornar sua experiência mais leve (e que nem todos os hotéis podem providenciar).

Veja as nossas dicas de uma viagem sustentável em Portugal

Faça refeições nas esplanadas dos restaurantes

viajar para portugal na pandemia
Tomar um café ou fazer um lanche nos famosos quiosques de Lisboa, ao ar livre
viajar para portugal na pandemia
Diversos restaurantes têm mesas do lado de fora – as esplanadas

O hábito dos restaurantes terem mesas nas calçadas ou em locais destinados a elas ao ar livre já era grande aqui em Portugal – são as famosas esplanadas.

Com a pandemia, restaurantes e cafés “alargaram” esse espaço e passaram a receber os clientes com mais segurança nessa área exterior.

Mesmo em dias mais frios ou ventosos, os portugueses e os turistas optam por comer nas esplanadas, principalmente se há um bonito sol do lado de fora.

Ahhh… Para os friorentos, a dica é escolher um restaurante que possui aquecedores próximos das mesas ou mantinhas individuais.

Onde fazer teste de COVID em Portugal?

Uma das formas adotadas pelo Governo de Portugal para controlar a pandemia é a testagem.

Até o início de 2022 ainda era necessário apresentar um teste negativo para a Covid-19 para entrar em alguns locais turísticos – como o acesso ao check-in do hotel, um bar ou até da área interior de um restaurante em época de grande afluência turística. Neste momento (junho de 2022), não há mais essa exigência. 

Entretanto, se você precisar fazê-lo por algum motivo, várias farmácias, laboratórios, hospitais e postos de colheita nas cidades e nos Aeroportos disponibilizam o teste RT-PCR e o teste antígeno (chamado em Portugal de antigénio). Há também a opção de comprar o auto-teste em supermercados e farmácias.

No site da rede Farmácias Portuguesas é possível consultar os endereços, horários e fazer o agendamento online para testes.

Já os laboratórios mais famosos para fazer testes em Lisboa e no Porto são o Centro de Medicina Laboratorial Germano de Sousa, a Unilabs e a Synlab. Tenha apenas atenção que alguns deles precisam de agendamento.

Para viagens a outros países poderá ser necessário fazer um teste para a Covid-19. Consulte sempre a sua companhia aérea para saber se é necessário que seja RT-PCR ou se pode ser um teste antígeno com laudo (em português/ inglês) antes de proceder com o agendamento e para que você possa se planejar nesse período de pandemia.

Chegue ao aeroporto com mais antecedência

Para evitar transtornos na sua viagem de regresso ao Brasil ou outro destino, recomendamos chegar com mais antecedência ao aeroporto.

Deste modo, você poderá fazer tudo com calma – desde o check-in, despachar as malas e passar pela imigração, por exemplo.

Neste período atípico que estamos vivendo, um pouco mais de organização e planejamento vão te proporcionar enorme tranquilidade.

O uso de máscara em Portugal é obrigatório?

No dia 22 de abril de 2022, foram atualizadas as regras sobre o uso da máscara em Portugal continental (nos arquipélagos dos Açores e da Madeira as recomendações podem ser diferentes).

Neste momento, a máscara somente é obrigatória dentro de transportes públicos (incluindo táxis e serviços como o Uber), além de lares de idosos, farmácias e hospitais.

Na porta dos estabelecimentos sempre há informações sobre as medidas de segurança adotadas, caso você tenha dúvida.

O certificado de vacina do Brasil vale em Portugal?

No dia 8 de fevereiro de 2022, a Direção Geral de Saúde (DGS) anunciou que passa a reconhecer a Sinovac (Coronavac) e as vacinas produzidas pela FioCruz para efeitos de comprovação da vacinação contra a Covid-19 em Portugal.

Porém, para que o comprovante de vacinação emitido do Brasil pelo SUS passe a ser aceito em Portugal em substituição do teste negativo obrigatório para a SARS-CoV-2, é preciso que esta medida seja publicada no Diário da República de Portugal – o que até o presente momento ainda não aconteceu.

Assim que tivermos a confirmação por meio de um documento oficial do reconhecimento específico do certificado brasileiro de vacinação para a entrada em Portugal, atualizamos o artigo.

Portanto, o certificado emitido no Brasil pelo SUS ainda não tem validade oficial para os viajantes na passagem pela imigração.

Consulte SEMPRE as medidas atualizadas do Governo de Portugal

Por conta do momento de instabilidade e de incertezas que todo o mundo tem enfrentado com a pandemia, muitas medidas vêm sendo tomadas aos poucos e de acordo com cada momento.

Desta forma, se você optou por viajar para Portugal na pandemia, tenha em mente que imprevistos podem acontecer.

Ter um bom planejamento para se proteger dessa instabilidade vai fazer a sua viagem mais leve.

Por isso, é importante consultar sempre as medidas adotadas pelo Governo de Portugal antes e durante a sua viagem.

O site ESTAMOS ON reúne as respostas do país à COVID-19 e as medidas mais recentes. O Visit Portugal também tem uma página com informações importantes e oficiais do Turismo de Portugal para o viajante, e sempre atualizada.

Envie para alguém que também vai gostar!

Portugal mais perto de você

Conheça a equipe que trabalha conosco e as experiências que vamos proporcionar a você e sua família nesta viagem:

Passeios e Experiências em Portugal

Viaje com tranquilidade

Receba orçamentos das empresas mais conhecidas para serviços de turismo em Portugal com opção de cancelamento gratuito:

Sobre o autor

Sou jornalista, tenho 38 anos e, apesar de ter nascido em São Paulo, adotei Lisboa como minha cidade. Gosto de apreciar a gastronomia lusa e, sempre que posso, vou a um café ou a um restaurante que não conheço. Lisboa também me trouxe um time de futebol do coração, o Sporting, mesmo tendo o tênis como o meu principal esporte. Troco fácil os transportes públicos por uma longa caminhada. Na minha playlist de música portuguesa não falta David Fonseca e Tiago Bettencourt.

8 Comentários

  1. Olá, bom dia!

    Tenho uma viagem para Porto agendada para este sábado, dia 22 com retorno no dia 31. Estou bastante preocupado com a situação atual, especialmente com a questão da necessidade de apresentar um teste negativo para voltar para o Brasil. Gostaria de saber se vcs tem alguma informação ou relatos de como as pessoas que se infectaram e não puderam retornar para o Brasil estão se virando. Por exemplo, se há algum auxílio ou orientação do governo local com relação a hospedagem e outras necessidades.

    Obrigado!

    • Olá, Artur
      Tudo bem?

      Não tenho nenhum conhecimento de turistas que testaram positivo e precisaram permanecer aqui em Portugal. Caso seu teste dê positivo, aconselho ligar para o SNS 24 – 808 24 24 24. Os profissionais do Sistema Nacional de Saúde poderão orientá-lo da melhor maneira e dizer quais os procedimentos que deverá tomar.
      Como disse aqui no post, também é importante fazer um seguro viagem particular com cobertura para a Covid-19 que envolva gastos médicos, prolongamento da estadia ou cancelamentos no caso de um teste positivo.

      Um grande abraço e aproveite bastante a viagem!

  2. Gabriela Oliveira em

    Olá, no site do governo português diz ser necessário apresentar teste negativo pra entrar em estabelecimentos turísticos, porém no seu post você diz que não é necessário. Como está essa regra? Os pontos turísticos (museus, igrejas, castelos, palácios, mosteiros, etc) estão aceitando apenas carteira de vacinação brasileira? Obrigada pelas dicas!

    • Olá, Gabriela

      Em Portugal, são chamados “estabelecimentos turísticos” os estabelecimentos hoteleiros – nesses é mesmo obrigatório o teste negativo para quem não tem o certificado digital da União Europeia. Museus ou espaços museológicos em palácios, castelos e mosteiros, por exemplo, são chamados de “equipamentos turísticos” (ou culturais). Portanto, não fazem parte da mesma classificação.

      Assim, até o momento, não é necessário apresentar certificado de vacinação ou teste negativo para visitar museus, igrejas, palácios, mosteiros, castelos, etc. – caso ainda tenha dúvida ou esteja insegura na época da sua viagem, poderá também contactar os locais que deseja visitar para confirmar quais são as regras adotadas na época.

      Sobre o certificado de vacinação brasileiro, temos um tópico neste artigo exatamente sobre isso. :)

      Um grande abraço e uma excelente viagem!

  3. oi! chegarei em porto dia 9 de maio e tenho um voo para faro dia 15, depois volto para porto e vou para paris. Nesses voos internos é necessario teste?

    • Olá, Ana
      Tudo bem?

      Neste momento, não é necessário teste negativo nos voos internos em Portugal e até Paris. Tudo indica que as medidas devem aliviar durante os próximos meses. Entretanto, aconselho que confira as regras das companhia aérea pouco antes da sua viagem para confirmar e ter a certeza do que eles irão exigir durante o embarque.

      Um abraço e boa viagem!

  4. Olá!

    Meu amigo que mora em Portugal me enviou uma carta convite para que eu não necessite apresentar comprovante de hospedagem e financeiro, porém o titulo de residente dele irá se vencer dia 19 de junho, e eu chegarei em portugal no dia 25, porém o mesmo me disse que está com agendamento para renovação marcado.

    Posso ter algum problema na imigração?

Deixe um comentário