Lenços dos Namorados: conheça este bordado português

PORTUGAL NA PANDEMIA: acompanhe aqui as atualizações da Covid-19

Envie este artigo para alguém que você gosta!

O bordado português é conhecido no mundo todo. Há pontos, temas, cores e tecidos específicos utilizados em cada região do país e que formam sua identidade (veja aqui os bordados da Madeira, por exemplo). Mas talvez um dos mais cativantes – por sua graciosidade de frases carinhosas e mistura de cores – seja o chamado Lenços dos Namorados, um bordado típico da região norte de Portugal, bastante vinculado a Vila Verde.

Em Portugal, os bordados estão diretamente conectados aos saberes tradicionais. Bordar, costurar e trabalhar na lavoura eram atividades ensinadas desde muito cedo as crianças (sobretudo as meninas), não por uma atividade econômica.

Ao longo do século XIX, por exemplo, era bastante comum as mães ensinarem as filhas a bordar em Portugal para que pudessem fazer seu enxoval no futuro e para bordar os trajes típicos do campo, das festas, das procissões.

Lenços dos Namorados: conheça este bordado português

Se você esteve em Portugal, certamente já viu este bordado típico. Não é preciso ir até Vila Verde ou ao norte do país para encontrá-lo.

Sua estampa está em todas as lojas de suvenires do país, seja nas tradicionais toalhinhas bordadas ou em artigos de cozinha e decoração.

É de fácil encantamento.

O Lenço dos Namorados nasce de uma brincadeira entre jovens, quase como um correio elegante da época.

As meninas bordavam um lenço para entregar aos meninos que estavam apaixonadas.

Para assumir a paixão, o menino usava o lenço em público.

O lenço era bordado geralmente em um quadrado de linho ou algodão, preenchendo toda a sua superfície de desenhos que remetiam a amizade, ao amor e a fidelidade, além das declarações de amor puras e ingênuas.

O lenço com este bordado português típico era bastante artesanal. Por isso, nem sempre o quadrado tinha um corte perfeito ou bons acabamentos.

O alfabeto, os numerais e os desenhos têm um aspecto infantil também pode serem motivos e modelos que essas meninas aprenderam enquanto eram crianças.

Hoje esse hábito não existe mais. Porém, o Lenço dos Namorados é um bordado que inspira o trabalho de muitos artesãos de Portugal, não somente na própria arte do bordar, mas em uma infinidade de outros suportes e superfícies que faz ele permanecer vivo na cultura portuguesa.

Separei outras 6 curiosidades que vão te ajudar a conhecer melhor esse bordado típico de Portugal.

Ah… Suspiros estão liberados!

  • 1. A origem dos Lenços dos Namorados remete ao norte de Portugal, sobretudo da região do Minho. Para quem deseja conhecê-lo melhor, poderá visitar o Espaço Namorar Portugal, em Vila Verde, que exibe o trabalho de muitos artesãos e promove a história desse bordado tão bonito .
  • lenços dos namorados

    Os Lenços dos Namorados como inspiração para este lindo casamento luso-brasileiro

  • 2. As frases, muitas vezes com temas de saudade, amor, amizade, lealdade e fidelidade, eram bordadas nos lenços por meninas apaixonadas para conquistar os seus amados. Porém, ao fim de um namoro, era comum também que o lenço fosse devolvido junto com as demais memórias do casal. Há ainda mulheres mais velhas que bordavam lenços aos seus companheiros que partiam rumo ao mar – um costume tão português frente a imensidão da costa do país.
  • Casamento temático decoração de Portugal

    Os Lenços dos Namorados como inspiração para este lindo casamento luso-brasileiro (Foto por Alessandra Tolc: www.Photolc.com.br)

  • 3. Assim como os principais bordados portugueses, os Lenços dos Namorados também tem seus padrões registrados. Somente os artesãos que cumprem com as exigências podem vender os produtos de forma certificada.
  • lenços dos namorados

    Veja aqui a pasta do Cultuga no Pinterest com mais de 40 referências dos Lenços dos Namorados

  • 4. Um legítimo lenço dos namorados é feito um quadrado que mede de 40cm a 60cm. Entre os símbolos certificados estão flores, pássaros, corações, chaves, borboletas e letras. Todas as cores podem ser usadas, mas a predominância são as primárias.
  • 5. Ainda que a tradição não seja mais seguida nos dias de hoje, ele oferece oportunidades de emprego e de sucesso aos portugueses. Não são poucos os artesãos que usam esse bordado para tirar o sustento. Hoje ele é comprado por homens e mulheres, portugueses ou estrangeiros, para ser oferecido às pessoas que se ama – não somente aos namorados.
  • 6. Os erros ortográficos fazem parte de sua cultura e poética. Originalmente, eram feitos por meninas com alfabetização escassa. Portanto, suas expressões populares se tornaram um rico documento da época. É comum ver o “vai” substituído por “bai” ou “beijinho” por “veijinho”, por exemplo – reflexo também de uma característica do sotaque do norte de Portugal.

Quer saber mais sobre os bordados de Portugal?

Assista ao vídeo que fizemos sobre os bordados portugueses tradicionais, falando inclusive do Lenço dos Namorados!

Aproveite e inscreva-se no canal do Cultuga no YouTube para não perder nenhum dos nossos vídeos!

Conheça os serviços do Cultuga ❤

TRANSFER E TOURS
Tenha uma viagem a Portugal relaxante com os transfers e tours privativos do Vinícius e sua equipe.

TOURS A PÉ
Conheça Lisboa a pé e ao ar livre com os nossos tours históricos e culturais!

TOUR DE TUK TUK
Quer ter uma experiência divertida? A Kamila vai te levar em um tour privativo de tuk tuk!

SESSÃO FOTOGRÁFICA
As nossas fotógrafas conhecem os lugares mais bonitos para fazer o seu ensaio em Lisboa ou ensaio no Porto

Viaje a Portugal com tranquilidade ✈

SEGURO SAÚDE
Faça o seguro para Portugal na Real Seguro Viagem. Você ganha 10% de desconto!

ALUGUE UM CARRO
Viaje por Portugal com um roteiro ao seu ritmo. Na RentalCars você recebe o orçamento das empresas mais conhecidas de Portugal

HOTÉIS E APARTAMENTOS
Encontre hotéis no Booking e proteja-se de imprevistos com a opção de cancelamento gratuito!

PASSAGEM AÉREA
Voe direto do Brasil para Portugal e pague em até 12x sem juros com a TAP

Sobre o autor

Sou jornalista especializada em cultura e fotógrafa. Tenho Lisboa como o meu lugar no mundo, o meu refúgio, a minha casa. Mas é também em Portugal, este país vivo e com tanto para contar, que me sinto completa. Os meus pais são portugueses imigrados no Brasil. Depois de fazer o caminho inverso deles, trocando São Paulo por Lisboa, assumi como missão do Cultuga diminuir a distância que separa o Brasil de Portugal.

4 Comentários

Deixe um comentário