As diferentes formas de misturar o fado

Envie este artigo para alguém que você gosta!

Quem acompanha o Cultuga sabe que sou colaboradora do portal de cultura da Livraria Saraiva, o SaraivaConteúdo. Para esse início de ano, fizemos uma pauta muito bacana sobre artistas portugueses que usam o fado em sua fusão musical.

Deixo aqui um trecho e o link para que você possa ler a matéria completa.

O fado nasceu de uma dança no Brasil com influências africanas. Pelo mar, seus vestígios foram levados para Lisboa, Portugal, e lá, entre os pequenos bares e bordéis frequentados por marinheiros no século 19, foi batizado.

Coreografias de lado, as letras tratavam da vida daqueles que as cantavam. A solidão e a saudade de quem lidava com as idas e vindas no Rio Tejo eram marcantes. Pouco a pouco, o violão e a guitarra portuguesa também foram incorporados e, assim, o fado se transformou naquela referência que existe hoje, apresentada ao mundo de maneira única por Amália Rodrigues.

Reconhecido como Patrimônio Imaterial da Humanidade em 2011, o fado ainda inspira histórias d’além-mar, trazendo consigo uma certa formalidade e o sentimento do povo português. Entretanto, essa imagem já não traduz a música portuguesa atual.

O fado rejuvenesceu e, além de carregar consigo uma nova geração de fadistas, que agregam às suas canções influências de diversas partes do mundo, ainda migrou para outros estilos e se tornou inspiração para bandas e músicos, do rock à música erudita – mesmo fora de Portugal.

Veja quais são os cinco nomes importantes dessa safra contemporânea!


Envie este artigo para alguém que você gosta!

Viaje a Portugal com segurança

icon-saude

SEGURO SAÚDE E VIAGEM
Faça o seu seguro para Portugal na Real Seguro Viagem com este link do Cultuga e ganhe 10% de desconto!

icon-carro

ALUGUEL DE CARRO
Viajar de carro é uma ótima opção para se aproximar da natureza e fazer um roteiro ao seu ritmo. Na RentalCars você recebe o orçamento de aluguel de carro das empresas mais conhecidas de Portugal.

icon-hotel

HOTÉIS E APARTAMENTOS
Encontre hotéis no Booking focados na higienização de seus espaços e evite surpresas frente a imprevistos com a opção de cancelamento gratuito!

O Cultuga precisa do seu apoio para permanecer ativo!

Estamos há 10 anos no ar produzindo conteúdo autêntico sobre a cultura portuguesa para viajantes brasileiros e apaixonados por Portugal. Frente a pandemia, precisamos da sua parceria para que esse trabalho continue sendo feito e esteja disponível a todos.

Veja de que forma que você pode colaborar com o Cultuga:

 Conheça o nosso clube de membros do Apoia-se

Participe das nossas lives sobre cultura portuguesa aos domingos no YouTube

Leu um artigo que foi útil para você? Compartilhe-o com alguém que você gosta, no seu grupo de amigos ou nas redes sociais!

Siga o Cultuga no Instagram, no Facebook e no YouTube

Conheça os serviços que nós promovemos para quem viaja por Portugal

Agradecemos o seu carinho e suporte!

Apoie o Cultuga

Sobre o autor

Priscila Roque

Sou jornalista especializada em cultura e fotógrafa. Foi preciso passar dos 30 anos para assumir que Lisboa é, realmente, o meu lugar no mundo. Mas a paixão por Portugal começou bem mais cedo, ainda na adolescência, quando descobri alguns músicos locais. Os meus pais são portugueses imigrados no Brasil. Depois de fazer o caminho inverso deles, trocando São Paulo por Lisboa, quero agora, com o Cultuga, diminuir a distância que separa o Brasil de Portugal.

Deixe um comentário