As vantagens e desvantagens de viver em Lisboa

185

Trocar a vida paulistana por um sonho lisboeta era algo que eu ensaiava há bastante tempo. Desde a primeira vez que visitei Portugal, em 2007, sabia que precisava passar um tempo maior da minha vida aqui.

Vantagens e desvantagens de viver em Lisboa

Ainda voltei nas férias de 2009 e de 2011 antes de embarcar de mala e cuia para cá. No estopim da minha vinda estavam embutidas chateações que acumulavam na minha rotina em São Paulo. Agora, um ano depois, consigo colocar na balança tudo o que aconteceu e listar o que mais valeu a pena e o que ficou a desejar.

Veja, isso não é uma lista para motivá-lo ou não a viver em Lisboa. Mas dividir aquilo que senti depois que cheguei a capital portuguesa.

VANTAGENS

– A segurança. Claro que estamos falando de uma capital e, assim como outras, tem os seus problemas. Entretanto, Lisboa ainda é uma das cidades europeias mais seguras. Furtos acontecem, mas assalto é algo raro.

– Respirar história. É isso que sinto todos os dias diante de palácios, ruas e monumentos importantes espalhados pela cidade.

– Fazer muita coisa a pé. Essa também é uma forma econômica e dinâmica de conhecer Lisboa.

– Shows internacionais com ingressos entre 20 e 50€. Não são todas as bandas que incluem Portugal na turnê europeia, mas ainda assim há boas oportunidades.

– Viajar de maneira econômica. A partir de Lisboa, é possível conhecer outras cidades portuguesas e também os vizinhos europeus gastando pouco.

– Não há um frio “congelante”. Apesar das estações do ano serem bem marcadas, as temperaturas mais baixas do ano não chegam a ser negativas.

– Praias e montanhas ao lado de Lisboa. Esses locais podem ser visitados a uma distância de 45 minutos e por um bilhete de trem que custa 1,80 €.

Comida boa em qualquer lugar e a todos os preços.

A cidade é multicultural. Viver no centro de Lisboa é poder sentir sempre um gostinho de férias. Há muitos viajantes que passam por aqui durante o ano todo.

A oferta de espaços verdes é muito grande, com jardins, parques e mirantes. Isso faz com que ela se torne muito agradável em seus garantidos 260 dias de sol.

A agenda cultural da cidade é riquíssima. Há sempre um bom programa para fazer de segunda a segunda.

DESVANTAGENS

Ficar longe da família e dos amigos queridos. Ok. Isso não é um problema lisboeta, mas de todas as pessoas que optam por um caminho no exterior.

O país está em crise e isso é fato. Vemos, sim, muitas pessoas desempregadas e com dificuldade de manter suas atividades – em algumas profissões mais do que outras.

O eventual preconceito que pode acontecer por ser imigrante. Mas isso não é somente em Portugal, claro. Ser imigrante, em qualquer parte do mundo, não é uma tarefa fácil. É preciso lembrar que não adianta vir a Portugal para tentar transformá-lo em um pedaço do Brasil. É preciso se envolver e se adaptar a vida portuguesa.

A alta concorrência em programas gratuitos. Há muitos eventos interessantes na cidade que não são pagos. Entretanto, é preciso acompanhar a agenda de Lisboa religiosamente para não perder os dias das inscrições. As vagas se esgotam rapidinho!

Não é uma cidade acessível. Lisboa tem colinas íngremes e um forte desnível nas calçadas. A dificuldade de mobilidade para deficientes, pessoas com limitações e com carrinhos de bebê é muito grande.

A corrupção é um problema que assombra Portugal. Apesar da população ser bastante ativa, o momento político português anda ruim das pernas.

O sistema público de saúde, por vezes, falha. É possível fazer uso de alguns serviços, como as urgências em hospitais. Entretanto, em cidades grandes como Lisboa, acredite, marcar médicos e ir a consultas é um exercício de paciência. Nesse caso, os planos de saúde acabam por ser uma opção mais garantida.

O trânsito é ruim. Há diversos motoristas que andam sem qualquer paciência. Frequentemente, você vê carros mal estacionados sobre as calçadas, tirando o pouco espaço destinado aos pedestres, por exemplo. (por isso, o melhor mesmo é andar a pé ♥)

Não sabe por onde começar o planejamento da sua viagem a Portugal? Veja aqui uma seleção com os artigos mais lidos do nosso blog para organizar o seu roteiro.

Organize sua viagem para Portugal

icon-saude

Faça o seguro saúde na REAL SEGURO VIAGEM em 6x SEM JUROS

icon-carroAlugue um carro com o MELHOR PREÇO na RENTAL CARS

icon-hotel

Reserve o seu hotel no BOOKING, com CANCELAMENTO GRATUITO

Serviços exclusivos do Cultuga

icon-tour

Conheça Lisboa a pé ou de tuk tuk! Faça um TOUR com a gente!

icon-consultoria

Reserve um TRANSFER para uma chegada tranquila a Portugal

icon-consultoriaQuer viajar Portugal de norte a sul? Faça um CITY TOUR privativo

icon-foto

Tenha fotos lindas da sua viagem! Conheça nossas SESSÕES FOTOGRÁFICAS 

Compartilhe.

Sobre o autor

Priscila Roque

Sou jornalista especializada em cultura e fotógrafa. Foi preciso passar dos 30 anos para assumir que Lisboa é, realmente, o meu lugar no mundo. Mas a paixão por Portugal começou bem mais cedo, ainda na adolescência, quando descobri alguns músicos locais. Os meus pais são portugueses imigrados no Brasil. Depois de fazer o caminho inverso deles, trocando São Paulo por Lisboa, quero agora, com o Cultuga, diminuir a distância que separa o Brasil de Portugal.

185 comentários

  1. Avatar
    Rodrigo Oliveira em

    Priscila, acredito que as maiores vantagens de se morar em Lisboa, comparando com SP, deve ser a qualidade de vida. Aqui no Brasil ela tem sido cada vez menor, nas cidades maiores.
    Quanto à respirar história, a história está na maioria das capitais do Brasil. O problema é que o brasileiro não a reconhece.
    Quanto à cultura e variedade paisagens, por exemplo, acredito que o Brasil esteja muito bem. O brasileiro tem tido acesso a cada vez mais cultura de dentro e de fora do pais e tem consumido isso bastante. E somos um país de contrastes naturais e culturais bem interessante. Não é?

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Rodrigo!
      Esse post não é um comparativo entre Portugal e Brasil, mas um texto explicando um pouco das minhas sensações sobre Lisboa. Entretanto, você tem razão em suas colocações. O Brasil tem grandes riquezas naturais e culturais, às vezes pouco reconhecidas ou cuidadas por nós. Mas o que vejo de mais bonito nisso tudo é que há muitos portugueses que cultivam um amor pela cultura brasileira. E é por essa união que o Cultuga existe. Para que o intercâmbio possa acontecer dos dois lados, com tudo o que podemos compartilhar!
      Um grande beijo!

      • Avatar
        Rodrigo Oliveira em

        É verdade, tenho percebido o interesse dos portugueses na cultura brasileira, como se fosse uma própria extensão da cultura deles, seguindo uma vertente diferente, é claro. Não sei se agora há mais interesse deles em nós do que antes. Só sei que tenho reparado isso com certa frequência, aqui no Brasil.
        Conheci o Cultuga há pouco tempo e já estou gostando bastante. Parabéns!

        • Priscila Roque
          Priscila Roque em

          As artes e a cultura brasileira têm um espaço muito especial em Portugal. Mas creio que isso não seja tão recente, sabe Rodrigo? Acabei de me lembrar de uma querida amiga portuguesa que se emociona sempre que fala do Maurício de Sousa e da Turma da Mônica, porque tiveram papel fundamental em sua infância e formação. Tamanha importância que a turminha teve em Portugal fez até com que o Maurício criasse um personagem português, o António Alfacinha (2003), e, recentemente, acabou por lançar um “dicionário” da Tuma da Mônica em Portugal, uma parceria com o escritor José Santos: https://www.cultuga.com.br/2013/06/turma-da-monica-viaja-a-portugal/

          Penso que para nós, brasileiros, exista essa sensação de algo mais recente pela proximidade que os dois países estão ganhando, principalmente por conta do turismo. E que essa aproximação permaneça em crescimento, não é? Todos nós só temos a ganhar 🙂

          Seja sempre bem-vindo ao Cultuga. Um grande beijo e um bom fim de semana!

    • Avatar
      Maelly Paixão em

      ola, Priscila

      estou acompanhando seu blog, e ameeei.
      Eu queria saber como é a área profissional para cabeleireiros em Lisboa, estou me aperfeiçoando nessa área, e gostaria de saber como esta este mercado ai atualmente .
      desde de já agradeço. beijos.

      • Priscila Roque
        Priscila Roque em

        Olá, Maelly
        Como vai?
        Agradeço o seu carinho!
        Infelizmente não conheço a sua área de atuação, nem de forma profissional, nem pessoal, pois não tenho o costume de frequentar salões e não trabalho diretamente com cabeleireiros. Aconselho que procure por colegas da sua área em Portugal para então fazer um balanço sobre o mercado.
        Boas pesquisas e um forte abraço!

  2. Avatar
    Rodrigo Oliveira em

    **as maiores vantagens de se morar em Lisboa, comparando com SP, devem ser em relação à qualidade de vida

  3. Avatar
    Rodrigo Gabriel em

    Prisicila, parabéns pelo seu site informativo. Estou neste dilema: mudar para Portugal com a família para eu e esposa fazermos o doutorado. Temos três filhos pequenos, uma vida consolidada e tranquila no Brasil, mas surgiu esta oportunidade de bolsa na Universidade de Lisboa. As aulas iniciam em setembro. Há algumas dicas sobre morar nesta região da U. Lisboa (campo grande) ? Custos, comodidades, escolas para crianças, etc… Obrigado.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Rodrigo!
      Tudo bem? Seja bem-vindo ao Cultuga! Obrigada pelo elogio 🙂

      O país está em crise e isso é fato. Se vocês vierem temporariamente, certamente terão um momento muito especial de estudos por aqui. Agora, para recomeçar, principalmente por ter três crianças, é preciso muita determinação e pulso firme para se reerguer do zero. Como não tenho filhos, não consigo te ajudar em detalhes nesse ponto. Mas aconselho que procure por escolas e já entre em contato, mesmo por e-mail, para saber como funciona o processo de matrícula, a adaptação e os preços.

      Sobre o custo de vida e os serviços de Lisboa, você pode encontrar mais algumas informações na série de posts que elaboramos sobre isso: https://www.cultuga.com.br/category/morar/

      Com relação a região da Universidade, ela é muito boa para viver. Não fica tão perto do centro, mas a cidade é muito pequena. Portanto, se vocês estiverem pertinho do metrô, conseguem se locomover facilmente. Além dos arredores da universidade, há boas opções no bairro Alvalade (um bairro bem residencial, familiar e muito bonito) e no Campo Pequeno – também excelente. Se vocês pensam em manter um carro, Telheiras pode ser uma opção. Esse é um bairro mais novo, já um pouco afastado. Mas, quando estive por lá, achei bem interessante e bem familiar.

      Espero que tenha ajudado! Boa sorte e um grande beijo!

      • Avatar

        Priscila,

        Estou em situação similar ao Rodrigo Gabriel que te perguntou a respeito de moradia pra quem vai com criança. Estou avaliando passar 1 ano fazendo mestrado na ULisboa e gostaria de te perguntar se, além de Campo Pequeno e Alavade, Campo Grande e Av. Novas são bons locais para meu caso (próximos à UL e com ambiente familiar)?

        Desculpa o casuísmo, mas é porque não conheço a cidade.

        • Priscila Roque
          Priscila Roque em

          Olá, Tiago!
          Nem todas as partes do Campo Grande são boas para morar, na minha opinião. Nesse caso, seria melhor verificar pessoalmente o exato lugar do apartamento. Entretanto, a região das Avenidas Novas é muito boa. Com certeza você vai gostar.
          Um forte abraço

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Sandra!
      Tudo bem?
      Não consigo te passar esses dados com precisão, pois cada um tem os seus próprios hábitos de consumo, não é? Você já deu uma lida na série de posts do Cultuga sobre isso? As matérias podem te ajudar a calcular o quanto você poderá gastar, em média, na cidade: https://www.cultuga.com.br/category/morar/
      Boa sorte 🙂

  4. Avatar

    Boa tarde Priscila,
    Aqui vou eu outra vez. Resolvi concentrar a minha busca por imóvel em Paço de Arcos pois apesar dos preços não serem muito diferentes de Lisboa há imóveis novos e bem localizados em J.Pimenta. É também questão de sorte portanto vamos ver como caminha a coisa.
    Necessito um esclarecimento: você informou que ao fim e ao cabo o plano de saúde é a melhor opção, tal e qual aqui no Brasil. Como tenho 63 anos será que você recomenda algum site aonde possa pesquisar as coberturas e os preços. Há alguma dica de como funciona melhor o sistema?
    Um beijão, Richard.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Richard!
      Seja sempre bem-vindo ao Cultuga. Escreva quando quiser 🙂
      Acho interessante ter um plano de saúde porque é algo que nos oferece alguma tranquilidade a mais, né? A saúde pública pode, sim, dar conta do recado (é preciso ver até como funciona em Paço de Arcos). Entretanto, vale a pena vocês inicialmente pagarem um plano até se sentirem mais confortáveis para optar pelo que for melhor. Um site que faz essa simulação de coberturas e preços é esse: http://www.multicare.pt
      Ainda não precisei usar a saúde pública, nem o plano privado. Entretanto, pelo que conversei na seguradora e com alguns amigos portugueses, o plano não funciona como no Brasil. Geralmente, a vantagem dele é que você tem um bom desconto nas consultas, exames, internações, etc. (por isso o preço também é inferior ao do Brasil).
      Assim que vocês chegarem em Portugal, procurem um posto dessa seguradora Multicare (ela é filiada a Fidelidade – http://www.fidelidade.pt). Nosso contato com eles pessoalmente foi bastante esclarecedor.

      * Me lembrei de mais uma coisa. No caso da saúde pública, o seu relacionamento será diretamente com o posto de saúde mais próximo da sua casa (para consultas médicas). Portanto, vale a pena vocês também irem lá, fazer a inscrição e conhecer o procedimento. Pode ser que ele tenha um fluxo menor de pessoas e, assim, um melhor atendimento. Quanto aos hospitais, de um modo geral, eles têm um bom atendimento de emergência. E você pode ir a qualquer um público, nesse caso (não somente aquele que serve a sua região).

      Boa sorte nessa jornada! Vai dar tudo certo!
      Um grande beijo

  5. Avatar

    Olá, parabéns por seu site. Muito informativo.

    Eu estou indo agora para fazer o mestrado em Lisboa e tenho uma pergunta: O bairro de Alvalade é bom para se viver? Um bairro tranquilo para se andar?

    Ouvi dizer que em Portugal tem um alto índice de tráfico de pessoas (principalmente estrangeiros).

    Você sabe me indicar algum site confiável de imobiliária para se alugar apartamento? Sabe se o uniplaces.com é confiável?

    Agradeço a atenção!

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Júlia!
      Tudo bem? Agradeço o contato e elogios ao Cultuga!
      Eu adoro o Alvalade, mas é uma zona bem residencial. É tranquilo, sim, para andar. De um modo geral, dentro de Lisboa, não há bairros muito complicados para viver em questão de segurança.
      Com relação ao índice de tráfico de pessoas, fui buscar sobre o assunto para te dar um feedback porque, realmente, não é algo falado com frequência nos telejornais. Apurei que houve um aumento, sim, para 299 casos no ano passado. Mas diante de uma população de 10 milhões de habitantes, não creio que signifique uma preocupação mais atenta. Principalmente porque essa questão está relacionada, sobretudo, com a exploração na agricultura. Para exploração sexual, o caso é ainda menor. Há um número relacionado a brasileiras, sim, mas aquelas que estão ilegais no país e que atuam na vida noturna.
      Eu não conheço esse site que você apontou. Mas veja esses: http://www.imovirtual.com/, http://casa.sapo.pt/, http://www.airbnb.pt/, http://www.homestay.com/ e http://www.olx.pt/. Pode te ajudar e são os mais famosos para esse assunto no país.
      Um grande beijo e boa sorte!

  6. Avatar

    Olá, primeiramente parabéns pelo site! extremamente esclarecedor!
    Apenas fiquei com uma dúvida em relação ao tópico de trabalho em Lisboa.
    Quais são, ou quais áreas, não foram tão afetadas com a crise?

    Muito Obrigado!

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Fernando!
      Tudo bem?
      Agradeço o carinho pelo conteúdo do Cultuga!
      Hum… Essa questão é bem complicada de responder. Obviamente todos foram afetados pela crise. Entretanto, há profissionais que, com a crise, passaram a ser mais criativos e a buscar alternativas para driblar esse tempo ruim. Lisboa, principalmente, tem tido números cada vez mais altos no turismo. Portanto, as áreas que interagem com o turismo acabam por ter uma porta ou uma janela aberta.
      Ao meu ver, há como driblar a crise em todas as áreas, sim. Mas é preciso muito empenho, estudo, persistência e criatividade para encontrar o seu próprio caminho.
      Um grande beijo e boa sorte!

  7. Avatar

    Muito obrigado pela resposta.E não custa dizer novamente parabéns pelo projeto.
    Na verdade morei por volta de 6 meses pela europa e mediante algumas análises ,
    estou vendo a possibilidade de voltar para a europa e Lisboa tem sido por muitas
    informações uma boa opção.
    Porém agora, com cidadania italiana, planejamento financeiro (minha experiência x
    suas informações), busco mais informações sobre trabalho e estudo. Apesar de trabalhar
    em Marketing, estou sempre flexível a novas idéias e muito obrigado pela informação
    sobre turismo. Existem bons cursos na área por aí? VocÊ tem alguns sites para indicar
    sobre trabalhos?

    Beijos!

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Seja sempre bem-vindo ao Cultuga, Fernando 🙂
      Para conhecer as vagas atuais do mercado de trabalho em Portugal, veja esse post: https://www.cultuga.com.br/2014/06/como-procurar-emprego-em-portugal/ Nele você pode encontrar sites que reúnem vagas nas mais diversas áreas.
      Com relação aos cursos relacionados ao turismo, há bons oferecidos pela Escola de Turismo de Portugal, por exemplo: http://escolas.turismodeportugal.pt/. Se você tem o objetivo de investir no turismo português, é uma porta de entrada bem interessante, pois essa escola é vinculada ao Turismo de Portugal – o órgão oficial do setor.
      Entretanto, o turismo pode englobar diversas áreas e mesmo dentro da sua formação você pode encontrar algo que possa ser aliado ao setor. Um ponto que pode te ajudar muito são as línguas. Quanto mais línguas souber, certamente poderá usá-las a seu favor em trabalhos relacionados ao turismo.
      Boa sorte e fique à vontade para perguntar o que for preciso.

  8. Avatar
    Rafael Farina em

    Oi Priii! acabei de mandar msg no face para vc rsrsrsrs ai fui caçar sobre a vida portuguesa achei sua matéria rsrsrsrsrs que da hora rsrsrsrs! já me respondeu algumas dúvidas sua materia rsrsrs 🙂

    eu e minha esposa estamos afim de nos mandar do Brasil ………….

    beijãooo moça 🙂

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Oi, Rafa!
      Que legal que você encontrou o Cultuga 🙂
      Esse aqui é o nosso site sobre a cultura portuguesa. Fique à vontade para “explorar” tudo!
      Qualquer dúvida, é só nos escrever!
      Um grande beijo

  9. Avatar

    Pricila muito esclarecedora suas informacoes, gostaria de saber se voce pode me dizer sobre a area de estetica, como é este mercado ai, estou terminando minha pos aqui no BR, tenho experiencia de 4 anos nesta area. E tambem em relacao aas minhas filhas, tenho uma de 14 estuda 1ano do ensino medio e a pequena de 5 anos no jardim 1 , como seria estas transferencias de escolas?? Obrigada e parabens 🙂 🙂 🙂 🙂 🙂

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Katia!
      Tudo bem?
      Fico feliz que tenha gostado do conteúdo do Cultuga!
      Bom, com relação a estética eu conheço pouco. Creio que o ideal seja procurar, mesmo no Google, trabalhos similares com a da sua atuação em Portugal e entrar em contato com esses estabelecimentos para fortalecer laços e trocar experiências.
      Com relação as suas filhas, eu também tenho pouco conhecimento. Peço imensas desculpas. Como não tenho filhos, acabo por participar muito pouco desse momento escolar e de transferências.
      O que posso te adiantar é que o ensino público é relativamente bom e que é preciso de persistência para encontrar vagas, dependendo da região que vocês forem morar. O ano letivo começa em setembro. Por isso, programem a mudança para que elas não percam o ano por aqui. No caso das escolas públicas, elas só poderão estudar naquelas que fazem parte da região de moradia da família. Já para particulares, a escolha é livre.
      Como essa mudança é bastante delicada, aconselho também que tire um momento para fazer uma boa busca na Internet de escolas e rankings das cidades que pensaria em viver. Entre em contato com as escolas e mostre a sua situação para que possa ser melhor orientada com relação a adaptação e as taxas.
      Boa sorte e um grande beijo!

  10. Avatar
    Antonio Matos em

    Olá,
    Parabéns pelo material.
    Uma ajuda, qual os bairros que voce indicaria para se viver em Lisboa?
    Grato antecipadamente.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Antonio!
      Tudo bem?
      Agradeço o seu elogio ao conteúdo do Cultuga 🙂
      Com relação aos bairros para viver em Lisboa, é uma indicação difícil de fazer. Depende do quanto pretende gastar, de como quer se relacionar com a cidade, se prefere lugares mais movimentados ou mais residenciais e do que procura em uma moradia. É realmente bem relativo e varia de pessoa para pessoa. Cada bairro tem seus prós e contras. Entretanto, a maioria dos bairros da cidade são bons para viver. Aconselharia, principalmente, aqueles com fácil acesso ao metrô. Como é um transporte muito bom da cidade, você acaba por conseguir se locomover com certa facilidade.
      Boa sorte!

  11. Avatar

    Olá Pricila,

    você poderia nos ajudar sobre se é possível fazer um Mestrado em Comunicação numa boa Faculdade ai?
    O período e o valor da Faculdade?
    Muito agradeço por sua direção e ajuda.
    Aguardo.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Lidia!
      Tudo bem?
      Há bons mestrados na área da comunicação em Portugal, sim. Entretanto, aconselho que se aprofunde mais em uma pesquisa (mesmo pelo Google) para buscar a especialidade dentro da comunicação que pretende. O valor vai depender da universidade, se pública ou privada (ambas são pagas), e se você virá estudar como estrangeira ou se tem documentos portugueses.
      Todas essas informações você encontra nos próprios sites das universidades. Nesse post do Cultuga, indico algumas das melhores universidades de Portugal. Pode te ajudar nesse início de pesquisa: https://www.cultuga.com.br/2014/03/os-primeiros-passos-para-estudar-em-portugal/
      Boa sorte!

  12. Avatar

    Priscila,
    Obrigado por dedicar o seu tempo ajudando as pessoas ! O site está muito profissional !
    Você sabe como consigo um mapa dos bairros de portugal ? Já procurei na internet e só achei das Freguesias,
    mas percebi nem sempre bairro e freguesia é a mesma coisa.
    Obrigado.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Nilson!
      Agradeço o seu carinho com o conteúdo do Cultuga.
      No caso de Lisboa, as freguesias representam os bairros, sim. Recentemente, a câmara municipal modificou a organização das freguesias e fez uma nova divisão, passando de 53 para 24. Talvez por isso você tenha imaginado que os bairros poderiam ser diferentes das freguesias. No próprio site deles você consegue ver como ficou essa divisão atual na cidade: http://www.cm-lisboa.pt/municipio/juntas-de-freguesia
      Cada junta de freguesia é similar a aquilo que conhecemos como subprefeitura, mas cada bairro tem a sua.
      Boas pesquisas! 🙂

      • Priscila Roque
        Priscila Roque em

        Olá novamente, Nilson!
        Peço desculpas pela minha resposta anterior. Li novamente o que você escreveu e percebi que você se refere a todos os bairros de Portugal, e não de Lisboa. Esse seria um grande desafio, pois não há nenhum lugar que você possa encontrar facilmente um mapeamento dessa grandiosidade.
        O que você poderia encontrar são divisões das regiões portuguesas, depois dos distritos e, então, dos concelhos. Para encontrar as freguesias, aldeias e vilas, só mesmo se você fizer uma busca individual por cada distrito ou concelho de seu interesse.
        Espero que tenha ajudado!
        Boas pesquisas 🙂

  13. Avatar

    Adorei o site! Parabéns!!!Poderia me informar se o ramo de educação física é algo valorizado em Portugal-Lisboa?

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Vivian!
      Tudo bem?
      Agradeço o seu carinho pelo conteúdo do Cultuga!
      Não tenho contato com esse ramo profissional, por isso não posso afirmar algo sobre. Aconselho que aprofunde as suas pesquisas procurando por colegas portugueses do setor, empresas que atuam na área que pretende e vagas em sites de emprego (veja algumas dicas aqui: https://www.cultuga.com.br/2014/06/como-procurar-emprego-em-portugal/). Há também um estudo recente sobre o mercado laboral português que possa valer a leitura: http://www.apg.pt/downloads/file700_pt.pdf . Somente dessa forma você poderá tirar as suas conclusões sobre o mercado da sua área.
      Um grande beijo e boas pesquisas!

  14. Avatar
    Vitor Hugo Lima em

    Patricia, estou indo a Portugal em Janeiro com minha esposa, ver alguns imóveis, pois tenho planos de passar um período sabático por ai daqui uns 5 anos, com a minha família. Se puder me indicar bons bairros e boas cidades, agradeceria. Ainda mora em Portugal? Pode responder pelo email. Abraço e felicidades.

  15. Avatar

    Olá Priscila! suas informações são ótimas. Gostaria de saber se você conhece pessoas que chegaram por aí como turistas e acabaram ficando. Se elas tiveram dificuldades de permanecer e conseguir trabalho. Você teria essa informação para me dar?
    Pois sempre vejo posts de pessoas orientando que caso a pessoa tenha intenção de ir para ficar/trabalhar que já vá com uma carta de apresentação de uma empresa local … Queria saber se os brasileiros são bem aceitos pelos nativos, se há discriminação pela nacionalidade e se encontram resistência para contratação… enfim! (Foram várias perguntas numa só – desculpa hehehehe)
    Muito obrigada,
    Patricia

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Patricia!
      Tudo bem?
      Fico feliz que o conteúdo do Cultuga tenha te agradado 🙂
      Chegar em Portugal a turismo e “ir ficando” não é algo que indico, principalmente por não ser um procedimento legal. O país está em crise e vir sem planejamento, definitivamente, não é um bom percurso. Aconselho que, se você tem como objetivo morar em Portugal, comece uma busca por trabalhos ainda no Brasil, pela Internet, e pesquise mais a fundo as questões econômicas do país. Dessa forma, você poderá seguir com a solicitação de um visto de residência por trabalho e aí sim fazer a sua mudança com mais segurança e estabilidade. Temos um post aqui no Cultuga sobre a procura por emprego: https://www.cultuga.com.br/2014/06/como-procurar-emprego-em-portugal/
      Com relação aos brasileiros serem bem aceitos, são sim, desde que venham com o coração aberto e dispostos a conhecer e aceitar uma nova cultura – não impor aquela que traz do Brasil. Afinal, um dos pontos mais ricos da imigração é poder mergulhar em uma nova cultura e conhecer de perto o seu povo. Não há discriminação pela nacionalidade. Entretanto, é preciso lembrar que, sendo um imigrante (isso não só em Portugal, mas em qualquer parte do mundo), é preciso mostrar ainda mais interesse e especializações para o cargo de interesse. Afinal, se você está concorrendo a um cargo a distância, em um país em que há uma alta taxa de desemprego, é preciso se destacar entre os demais e mostrar uma mais valia para que a empresa se interesse em contratar um profissional vindo de outro país.
      Boa sorte no seu caminho!

  16. Avatar
    Daniel Scombati em

    Priscila, tudo bom?!

    Sonho em conhecer Portugal e estudar por aí! Tenho uma dúvida: se eu for para Portugal como cidadão português(minha cidadania está prestes a sair, minha mãe já conseguiu a dela) é “mais fácil” eu conseguir emprego ou algum benefício, como vaga em universidade?!

    Obrigado!

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Daniel!
      Tudo certo por aqui 🙂
      Com a sua cidadania portuguesa, você terá os mesmos direitos e deveres de um cidadão português – não os de um imigrante. Creio que a grande vantagem nisso tudo é a permanencia no país sem a necessidade de visto. Com relação a facilidade para arrumar um emprego, por exemplo, não há. Está difícil tanto para portugueses, como para estrangeiros que vivem legalmente por conta da crise. Já com relação a universidade, a vantagem em se apresentar como português e não estrangeiro são as propinas (taxas). Algumas universidades têm taxas diferentes para estrangeiros.
      Boa sorte e boas pesquisas!

      • Avatar
        Daniel Scombati em

        Muito obrigado Priscila!! Obrigado mesmo!!
        Faço mestrado hoje em gestão do esporte e a Uninove tem parceria, mas não com a de Lisboa, mas com a Universidade do Porto! As diferenças de valores para residir em ambas diferem muito?! E a crise continua feia por aí?!

        Novamente: obrigado! Seu site é excelente, virei fã já!!

        Abraços

        • Priscila Roque
          Priscila Roque em

          Olá, Daniel!
          Seja sempre bem-vindo ao Cultuga 🙂
          Os valores entre Lisboa e Porto são um pouco diferentes, sim. No Porto, o custo de vida é ligeiramente inferior do que na capital.
          A crise ainda tem alguns anos para passar, infelizmente. Mas com persistência, criatividade e amor, há de se encontrar um jeito para driblar tudo isso e ficar em paz!
          Um bom fim de semana

  17. Avatar
    Roberto Barroso em

    Olá Priscila, tenho muita vontade em conhecer Portugal, sou aposentado e as vezes tenho vontade de morar em Portugal já que as coisas aqui no Brasil estão muito complicadas. Perto de Lisboa há cidades com um custo de vida mais em conta? Tudo de bom para você. O site é muito legal.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Roberto!
      Como vai? Agradeço o carinho pelo Cultuga!
      Há sim diversas cidades/ vilas nos arredores de Lisboa que têm preços mais em conta. Você pode pesquisar por locais como Amadora, Cascais, Mafra, Odivelas, Queluz e Setubal, por exemplo.
      Boas pesquisas 🙂

  18. Avatar

    Olá Priscila, primeiro gostaria de agradecer pela suas informações e esforços para ajudar o próximo.
    Consegui minha Cidadania Portuguesa através do meu avô, no final de 2015 vou morar com minha Esposa que até então não têm a cidadania, vou inclusive fazer isto em Portugal, como sou casado com ela a 12 anos e até o momento sem filhos, acredito que será até rápido em PT.

    Você teria alguma dica? Pretendo ficar no Porto. Me da uma luz por favor sobre quais são os primeiros passos que devo dar na sua opinião.

    Fique com Deus.

  19. Avatar

    Você é uma privilegiada pela oportunidade de viver essa experiência, viu? Aproveite tudo que puder. Estes tempos no Brasil não são melhores do que a “desvantagens” de viver em Lisboa. Falta segurança, atenção a saúde, emprego e veja só, estamos envolvidos num dos maiores escândalos de corrupção da nossa história. Você está melhor por aí!
    No mais, adorei seu trabalho, que encontrei ao procurar informações sobre a possibilidade de viver em Portugal. Ajudou muitíssimo. Um beijo pra você, Luzia Chaves

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Luzia!
      Agradeço todos os dias por poder realizar esse sonho, não tenha a dúvida 🙂
      Obrigada por ter passado aqui no site e nos deixado um comentário. Seja sempre bem-vinda!
      Um grande beijo

  20. Avatar
    Tiago Ferreira em

    Olá Priscil, primeiramente parabéns pelo excelente blog.

    Sou advogado aqui no Brasil e andei pesquisando acerca do exercício da advocacia em Portugal e vi que os advogados brasileiros podem se valer da reciprocidade para poderem se inscrever na Ordem dos Advogados de Portugal.
    Gostaria de uma dica sua acerca do assunto, o que você recomenda, qual seria o melhor caminho, enfim.
    Desde já agradeço.

  21. Avatar

    Olá Priscila , como vai ?
    Ótimo trabalho o seu , que com certeza é fruto do seu amor por Portugal.
    Devo me mudar para Lisboa em 2016 , vender minha cota em um restaurante , e investir em algo do ramo , pois é minha área , sou cozinheiro.
    Tentarei algo pequeno , em uma área turística, com bastante fluxo de gente.
    Pensei nas proximidades da Rua Augusta.
    O que você acha a respeito?
    Desde já , muito obrigado pela atenção e parabéns pelo trabalho .
    Abraço.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Lincoln!
      Tudo certo por aqui, e por aí?
      Agradeço o carinho pelo conteúdo do Cultuga!
      Pode ser realmente uma possibilidade interessante, visto que o turismo é uma das áreas de atuação com maior visibilidade no país. A concorrência é bastante alta, mas como você tem experiência na área, terá chances de se destacar.
      Boa sorte e um lindo caminho!

  22. Avatar

    ola, amei seu post, estou indo para Campo maior, e gostaria de esclarecer algumas coisas, vc pode me passar seu emal ou skype, por favor?

  23. Avatar

    Boa tarde Priscila!
    Em primeiro lugar, quero parabeniza-la por este blog com informações tão claras e precisas. Para quem começa a ter a ideia de deixar a cidade de São Paulo e voltar às origens devido aos problemas que estamos enfrentando atualmente no Brasil, é extremamente útil.
    Sou filha de portugueses e como tal, a primeira providência a ser tomada é a de tirar a cidadania portuguesa e após isto, minhas filhas farão a delas. Agora bem, tenho uma união estável, não declarada em cartório, com um brasileiro. Como ficaria no caso dele para ele poder residir aí comigo?
    Aqui no Brasil dou aulas de espanhol (sou venezuelana) e recentemente fiz curso de Transações Imobiliárias e só estou aguardando meu diploma para dar entrada no CRECI.
    Gostaria de saber como seriam as minhas possibilidades atuando nessas áreas, por esses lares.
    Tenho uma filha formada em Turismo e pelo que vc comenta, a área oferece boas oportunidades. As outras estão terminando Administração e Recursos Humanos. O que vc opina destas áreas?
    Meu companheiro trabalha como autônomo fazendo serviços de manutenção residencial, principalmente na parte elétrica…é mais ou menos um marido de aluguel. Vc opina que seria fácil para ele encontrar trabalho aí?
    Já estive em Lisboa ano passado e amei a cidade poré, fiquei pouco tempo para conhecer melhor os bairros. Li vários comentários seus sobre os que vc considera os melhores bairros. Fiz então uma pesquisa de quanto custaria uma “moradia” t5, que é como eles denominam as casas aí de acordo com a quantidade de dormts e fiquei horrorizada com os preços!!
    Eu calculo que poderia investir até no máximo 250 mil euros em uma casa para nós todos para ficar com uma reserva em quanto nos estabilizássemos.
    O que vc acha? É suficiente para adquirir uma casa?
    Sabe me indicar bons sites imobiliários para que eu possa ir pesquisando esses valores?
    Enfim, tenho muitas perguntas a fazer mas as irei fazendo aos poucos, se não for incomodar…rs
    Um forte abraço!

  24. Avatar

    Olá, interessante seu blog, preciso perguntar como está a area de informatica por aí, sabe se tem havido abertura de vagas? Conhece pessoas nessa area trabalhando por aí?

    Abracos

    • Avatar

      Ola José.

      Um das maiores empresas portuguesas de tecnologia chama-se Outsystems, e possuem uma plataforma muito promissora para desenvolvimento de apps web e mobile, que vem crescendo a cada ano, recebendo muitos prêmios e reconhecimentos ao redor do mundo. Em Portugal há uma enorme procura por profissionais especializados nesta tecnologia. Conheço casos de brasileiros que se aventuraram em Outsystems em Lisboa e se deram bem.

      No Brasil já ha inúmeras oportunidades, mais especificamente Rio, Sao Paulo, Coritiba e Recife. Se for residente do Rio e tiver interesse em buscar por oportunidades para crescer em Outsystems, me envie seu contato.

      Abs,
      Breno

  25. Avatar

    ola bom dia ,sou cabeleireiro a mais de 20 anos , gostaria de saber as changes de trabalhar em portugal no meu ramo, a minha familia ia adorar mais como tudo e dinheiro peco uma dica a voce obrigado.

  26. Avatar
    Leonardo Moreira em

    Oe Priscila,
    Eu e uma amiga estamos querendo mudar para Lisboa ano que vem oque vc nos aconselha, detalhe; não conhecemos ninguém por lá, você acha que isso e um problema?

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Leonardo!
      Tudo bem?
      Não conhecer ninguém não é um problema, visto que partilhamos o mesmo idioma, não é? O importante é que vocês façam essa mudança de maneira legal, para que possam viver com tranquilidade e de acordo com as regras do país.
      Boa sorte 🙂

  27. Avatar

    Olá Priscila!!!
    Pliscila o site é show de bola parabéns.
    Estou acompanhando a situação de Portugal, mas dizem que a crise é mínima perto da que vivemos no Brasil desde que nascemos.
    Quero ir embora pra Portugal, tem emprego ou não tem?

  28. Avatar

    Olá, parabéns pelo seu trabalho! Certamente está ajudando a muita gente!
    Sou aposentada aqui no Brasil e possuo renda mensal por volta de R$ 9.000,00. Da para viver razoavelmente em Portugal? Sou neta de portuguesa já falecida e mãe viva. Pretendo morar em Portugal, porque não aguento mais o Brasil, preciso de qualidade de vida. Tenho 60 anos e gostaria de saber se preciso da cidadania portuguesa, ou se pelo fato de ser aposentada e não ter intenção de trabalhar lá e de ser descendente de português, bastaria.
    Um grande abraço pra vc e parabéns mais uma vez.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Sandra!
      Como vai? Agradeço o seu carinho com o nosso conteúdo 🙂
      Essa questão da renda é bastante relativa, pois cada um tem os seus costumes e hábitos de consumo. Pensando nisso, fizemos um post aqui no Cultuga que pode ajuda-la a fazer esse cálculo para entender o quanto você teria de gastos mensais: https://www.cultuga.com.br/2014/03/o-custo-de-vida-em-lisboa/
      Eu realmente não sei como funciona essa questão de aposentados brasileiros vivendo em Portugal, mas creio que seja interessante, sim, você verificar a sua cidadania. Assim, você evitaria os trâmites de visto e renovações, além de outras burocracias. Veja mais informações no Portal do Imigrante http://www.imigrante.pt e no Consulado de Portugal no Brasil que atende a sua região.
      Boa sorte e um forte abraço!

  29. Avatar
    Gautier Paolo em

    Priscila, estou me casando este ano e gostaria de morar em portugal, Me formarei em psicologia e minha futura esposa em administração. Será que teremos vagas de empregos ai? Pode me indicar um site bacana sobre começar a vida em portugal. Parabens pela reportagem, gostei. Obrigado!

  30. Avatar
    Douglas Fabiano Costa de LIma em

    Ola Priscila, adorei a forma como escreve sobre Portugal e a felicidade que transmite ao escrever, gostaria de um conselho ou uma ajuda. Aqui no Brasil perdi todas as esperanças e decepções que poderia ter, estou pensando em me mudar para portugal, ainda nao conclui a universidade, você acredita que consigo rápido um local para morar e um emprego rápido pelo menos para pagar as despesas báscias. estou muito triste e sozinho aqui no Brasil.

  31. Avatar
    Melissa Amate em

    Olá Priscila!
    Adorei suas dicas! Será que vc pode me indicar um site q me indique escolas em Lisboa?!
    Grata!

  32. Avatar

    Morei por seis anos em portugal,so nao me arrependo pq para mim foi um aprendizado mto grande. Nao sei se voltarei um dia a passeio mas para trabalhar espero que nunca mais.e um absurdo brsileiros que passam por la uma vez na vida e depois ficam rasgando elogios e falando mal Brasil.sou patriota sim e sofri muito quando eu e a maioria dos brasileiros que la trabalham sao discriminados.acho que a maioria pensam que os brasileiros que la estao vivia no brassil passando fome, e que as brasileiras sao todas garotas de progama.o pior e que vc nem pode se defender para nao ouvir o que eu ouvi um dia (o que esta a fazer aqui) hj sim eu nao estou la e nem pretendo voltar.mas claro que nao estou generalizando fiz mtas amizades e so lamento que as pessoas falam o que pensam sem conhecimento de causa

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Vicente!
      Agradeço por ter compartilhado a sua experiência. Preconceito contra imigrantes há no mundo todo, inclusive no Brasil, relacionado mesmo a portugueses, bolivianos, peruanos, japoneses… Não é? Entretanto, assim como nós não gostamos de quando o brasileiro é estereotipado, não podemos estereotipar os portugueses. A ferida dói da mesma forma. É preciso exercitar a tolerância, o respeito e, acima de tudo, lutar para que essa imagem, por vezes errada, que fazem de um povo seja dissolvida. Para que todos nós sempre lembremos que, antes de nossa cultura, somos todos humanos e iguais 🙂
      Um forte abraço!

  33. Avatar

    Isso foi a parte que nao deixou saudade mas lisboa realmente e uma cidade mto bonita como outras cidades em que morei sines e no algarve

  34. Avatar

    Verdade Priscila, na verdade devo ate um pedido de desculpa pelo meu comentario imfeliz.abordei apenas um assunto como se fosse exclusividade de portugal mais que na verdade imfelizmente e um problema mundial.me esqueci que de uma maneira em geral sao um povo bastante receptivo e esses imprevistos sao inevitavel em qq lugar do mundo. .abraco

  35. Avatar

    oi priscila, esquece o anterior, sumiu de repente e publicou-se O.o…. então, uma brasileira, solteira, de 33 anos, como pode entrar a trabalho em portugal? não tenho parentes diretos, apenas a descendencia típica brasil/europa/ especialmente portugal, até mesmo, pejorativamente…. há meios de requeres visto de trabalho? ou somente requerendo histórico de descendencia?

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Ana! Como vai?
      Para ter um visto de trabalho em Portugal, você primeiro precisa encontrar uma empresa em Portugal que a contrate. Com esse contrato é que você poderá solicitar o visto de trabalho para viver no país. Nesse post você encontra mais algumas informações: https://www.cultuga.com.br/2014/06/como-procurar-emprego-em-portugal/
      Se você tem descendência para tirar a cidadania, também é uma opção interessante, de acordo com os seus projetos. Essa questão você pode verificar diretamente no Consulado de Portugal no Brasil, que atende a sua região.
      Boas pesquisas!

  36. Avatar
    Henrique Alves da Rocha em

    Priscila,

    gostei de seus comentários. Estarei me aposentando em breve, gostaria de trocar algumas ideias sobre morar em Portugal, não necessariamente em Lisboa. Moro em Aracaju e o que me faz pensar em morar fora do Brasil é a violência. Estamos, eu e minha esposa, amadurecendo esta ideia, pois temos uma filha de 4 anos e gostaríamos de um lugar mais tranquilo para viver.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Henrique!
      Como vai?
      Fico feliz que esteja gostando do conteúdo do Cultuga 🙂
      Seja sempre bem-vindo! Sempre que tiver dúvidas a respeito desse assunto, pode dividi-las conosco por meio dos comentários em qualquer uma das matérias relacionadas. A sua dúvida pode ser também a mesma dúvida de outra pessoa. Dessa forma, podemos ajudar mais pessoas.
      Um forte abraço!

  37. Avatar

    Olá Priscila

    Gostei muito da sua matéria esclarecedora eu venho amadurecendo a ideia de ir morar fora do Brasil a algum tempo ,minha maior preocupação e com o trabalho pois penso em ir eu e meu marido e depois vir buscar minha filha ,a vida em todo o lugar tem esta difícil mais se pensamos em termos de vivenciar a cultura em Portugal e bem melhor ,agradeço pois sua material reforçou ainda mais minha vontade de ir morar em Portugal. Tenho uma duvida como faço para encontrar as empresas e mandar CV por email ??Pois pelo que entendi so consigo visto para trabalhar se eu estiver com um contrato em mãos . E tem algum site para alugar casa?

    desde já agradeço sua atenção

  38. Avatar

    Olá, Priscila! Quando pisei em Lisboa tive a certeza de ter encontrado o meu lugar e no Porto não foi diferente. A experiência de deixar Portugal foi uma das mais dolorosas até hoje e eu espero voltar de mala e cuia em breve. Um aspecto que muito me preocupa é o econômico. Gostaria de saber a tua visão, como local, sobre a situação das pessoas que buscam empregos formais em grandes empresas ou que visam abrir negócios próprios. Tive a sensação de que a coisa está melhorando, mas um amigo disse que os jovens ainda têm bastante dificuldade. Bom, como os portugueses são pessimistas, queria uma opinião em que pudesse me apoiar mais. Obrigada e parabéns pelo teu blog!

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Thais!
      Esse assunto é bastante relativo e depende de inúmeros fatores que devem ser colocados na balança. Boas vagas realmente estão difíceis de serem encontradas. Há também muitos jovens que se formam e vão para outros países europeus em busca de melhores oportunidades (e as encontram). O que varia nessa questão são os seus objetivos e o quanto você está disposta a lutar. Na crise também há profissionais que se destacam, que emplacam uma boa ideia, que alcançam o sucesso. Aconselho que estude bastante a área que pretende atuar, verifique as oportunidades que nela existem e coloque “as caras”. Esse post pode ajudá-la: https://www.cultuga.com.br/2014/06/como-procurar-emprego-em-portugal/
      Boa sorte!

  39. Avatar
    Aline Vasques em

    Olá Priscila!
    Gostei muito dos seus comentários e da exposição das vantagens e desvantagens que você fez.
    Eu e meu marido decidimos sair do Brasil e acreditamos que Portugal seria o lugar ideal para começar uma nova vida…
    Porém, eu sou professora de Matemática, funcionária pública em SP, o que me dá uma certa estabilidade aqui, então gostaria de saber como é a área da Educação ai em Lisboa, se é fácil conseguir um emprego nessa área e se existe a possibilidade de cargos públicos nesse sentido ai também?

    Obrigada!
    Aline Vasques!

  40. Avatar
    Joaquim Fernandes em

    Olá Priscila
    Parabeéns pelo teu trabalho, li com atenção as vantagens e desvantagens de viver em Lisboa, mas como Português que soueu estenderia a todo o país e não sómente à capital. Eu conheço o Brasil desde 2005, e faz precisamente hoje um ano que cheguei ao Brasil vindo da Suiça, pois a minha esposa é brasileira e tinha terminado a sua especialização na área da medicina. Pela experiência deste ano reconheço que a adaptação está muito dificíl, quer para mim quer para a minha esposa. A gente esteve 6 meses em São Paulo e desde setembro estamos em Curitiba, nossa para alugar um apartamento as imobiliarias pedem de seis a doze meses de caução!!! Ficamos parvos com essa politica, fui me informar da lei e a mesma diz que a justiça acha que três meses é justo MAS que existem imobiliárias que podem pedir até doze meses!!!!!
    O que eu vejo e por conhecimento, além de todas as operações que a justiça Brasileira está a fazer e bem tem que acabar com os MAS e com propinas,até porque a semana passada me pediram para nos ajudarem e isto por alguém com muita influencia no Brasil. Em relação ao povo Brasileiro tem de tudo como em todo o lado, uns melhores e outros piores. Estou de acordo contigo em relação ao trânsito em Lisboa, mas posso garantir que em São Paulo é muito pior, desde a sinalização que não é bem explicita, desrespeito pela sinalização luminosa e até a própria polícia estacionar o carro em cima dos passeios de pedestre e isto desde Salvador, Goiânia, Rio, etc,etc,etc. O que faço aqui neste momento? À espera que se resolvam algumas coisas para voltar para a Europa e Portugal principalmente. Abraço a todos os povos de bem e Obrigado pelo teu trabalho e que hajam muitas pessoas como voce.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Joaquim!
      Como vai?
      Sou paulistana e tenho “conhecimento de causa” sobre o que está dizendo. Concordo plenamente. O trânsito de São Paulo é verdadeiramente infernal. Entretanto, esse post é mesmo uma descontração sobre o olhar que tive no meu primeiro ano de Lisboa, dentro de seu próprio universo – e não em comparação com a minha cidade de origem. Qualquer cantinho do mundo terá suas “vantagens e desvantagens”, não é? E estou bastante satisfeita com a minha escolha por Lisboa <3
      Um forte abraço e obrigada pelo carinho!

  41. Avatar
    Joaquim Fernandes em

    Olá mais uma vez Prescila
    Só queria falar para todos os povos de outras nações que Portugal não é só Lisboa, e que se pretendem mudar para Portugal o norte é uma excelente opção, cidades históricas, grandes polos indústriais, mais tranquilo o custo de vida é muito mais barato para além estarem perto de tudo, e concerteza terão uma boa receção pelas gentes locais. Portugal é um país muito pequeno e tem excelentes vias de comunicação quer rodoviárias como ferroviárias e aéreas, por isso tudo é perto. Creio que a Priscila estará de acordo comigo.
    Mais uma vez parabéns pelo trabalho desenvolvido por si e um abraço a todos leitores desta rubrica.

  42. Avatar
    Charlotte Lopes em

    Bom dia!
    Priscila,
    Gostei muito do seu site, vou me formar em técnica de enfermagem, gostaria de saber se você pode me dar algumas informações referente ao mercado de trabalho, onde posso me graduar na área e onde posso morar com baixo custo. Vou sozinha, quero mudar minha vida e quem saber começar do zero, nunca sai do Brasil, não tenho ideia de quanto devo levar em dinheiro, onde me hospedar ou morar, procurar trabalho, etc.
    Você pode me ajudar?

  43. Avatar

    Cara Priscila, boa noite.

    Sou médico e tenho nacinalidade portuguesa. Já consegui minha equivalência de diploma. Tenho o sonho de morar em Portugal. Sei que näo és da área de saúde, mas talvez pudesse me ajudar. Tenho muitas dúvidas…. Sei que conseguir a inscriçäo na ordem dos médicos näo é difícil, mas como seria a validaçäo da especialidade ( no meu caso oftalmologia)? Como se estrutura a carreira médica? Consegui , na internet, descobrir que existem concursos para ” médico consultor”, o que é isso? Como funciona a carreira no serviço público? O servidor úblico tens vantagens semelhantes ao que temos no Brasil (estabilidade…)? Terias como me colocar em contato com algum médico em Portugal?

    Desde já meus sinceros agradecimentos

    Fábio Nunes

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Fábio!
      Como vai?
      Para saber mais sobre a validação da sua profissão, a estrutura da carreira médica e concursos para “médico consultor” aconselho que você busque diretamente a Ordem dos Médicos: http://www.ordemdosmedicos.pt/ Creio que eles poderão te orientar da melhor forma. Infelizmente não tenho contato profissional com a sua área de atuação. Para encontrar colegas da sua área em Portugal, aconselho que busque-os na rede social Linkedin.
      A carreira pública, de um modo geral, infelizmente não anda bem das pernas. Diversos funcionários tiveram cortes em seus salários em virtude da crise. Sobre os principais direitos e deveres do funcionário público você pode dar uma olhada nesse site: http://www.direitosedeveres.pt/q/o-cidadao-o-estado-e-as-instituicoes-internacionais/funcionarios-publicos
      Boas pesquisas!

  44. Avatar
    Joaquim Azevedo em

    Ola Pricila!
    Inicialmente quero parabeniza-la pelo blog, muito completo e interessante porem gostaria de saber se existe em Portugal o Estatuto do Idoso? Caso ser de seu conhecimento como ele funciona? Continue a divulgar noticias da Terrinha!
    Forte Abraco

  45. Avatar

    Boa noite! Parabéns pelos esclarecimentos! Acabamos de tirar a cidadania e temos 2 filhos em fase escolar e uma bebê de 1 ano e meio. Gostaríamos de fazer uma experiência de um ano para saber se todos nós nos adaptariamos.. Pesquisando sobre bons lugares para morar m Portugal, descobrimos Viseu… Vc conhece? Acha uma boa boa opção? Moramos em atibaia SP… E já fugimos de São Paulo buscando tranquilidade e natureza.

  46. Avatar

    ola, Priscila, vivi 8 anos em portugal, voltei para o Brasil em 2012, mas ainda sinto um impacto da mudança, principalmente na educaçao do meu filho, escola ai sao otimas, a agora ja tenho mais 2 filhotes, e me preocupo ainda mais, com a violencia e a ma educaçao aqui no Brasil, pensamos em voltar pra portugal, pensando mais em nossos filhos, voce acha que e vantajoso, pois me preocupo com emprego ai para meu esposo, porem sentimos muita falta dai, gostamos muito de portugal, agradeço!!

  47. Avatar
    Manuel Monteiro em

    Boa noite, Priscila em primeiro lugar parabens pelas informaçoes aqui contidas,sou carioca e moro em Maricá – RJ . mas sou filho de Pai Português e estou tirando a dupla nacionalidade da familia toda(Eu,Esposa e 3 filhos pequenos) pois tenho muita vontade de ir conhecer e quem sabe ate acabar ficando por ai,meu pai era de Vila do Conde, por acaso vc, conhece?
    O Brasil é um pais riquissimo , mas está ficando cada vez mais dificil, fico pensando nos tempos que aõ de vir….sabe como é a idade que chega e aqui não estão nem ai para os idosos e aposentados.se puder dar mais informações a esse respeito ficarei grato.
    Boa sorte e um abraço…..

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Manuel! Como vai?
      Agradeço o carinho pelo conteúdo do Cultuga 🙂
      Nunca estive em Vila do Conde, mas já li sobre o local. Para ter mais referências sobre a terra do seu pai, você pode consultar o site da Câmara Municipal (que funciona como a prefeitura, no Brasil): http://www.cm-viladoconde.pt
      Boas pesquisas e boa sorte!

  48. Avatar
    José Murilo em

    Olá Priscila,
    Por acaso descobrí esse seu maravilhoso cantinho.
    Visitando Portugal, tive identificação imediata com esse país e em especial, Lisboa.
    Gostei tanto que ao final de 4 idas e vindas nos últimos 3 anos, adquirí semana passada um apartamento aí. Rua Rosa Araújo, próximo a Av. Liberdade, contra-esquina de Castilho. Estou precisando agora de alguém que possa administrar o imóvel. Por enquanto, não pretendo morar nem alugá-lo mas mantê-lo sempre em condições de uso. É que pretendo intensificar minhas idas a Portugal e aumentar tempo de permanência. Vc. Teria aí alguma indicação de House kipping ?

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, José! Agradeço o carinho pelo conteúdo do Cultuga 🙂
      Que delícia! Você escolheu um ótimo lugar para ter um refúgio de paz e felicidade.
      Geralmente, a contratação de pessoas para a limpeza é feita por agências e são chamadas de “limpeza doméstica”. Por nunca ter usado esse serviço, não tenho uma boa indicação para te passar. Mas creio que você possa fazer um orçamento com essa empresa, que parece bastante estável no mercado: http://www.houseshine.pt/
      Boas pesquisas!

  49. Avatar
    Fabrício Mendes em

    Prezada Priscila,
    Estive uma temporada (2009) em Lisboa e Coimbra por conta do doutorado, em 2013 fui fazer meu Pós Doutorado na Alemanha, mas minha paixão é morar definitivamente em Lisboa. Neste sentido, caso seja possível, quais as perspectivas atuais para professor/pesquisador em Lisboa?
    Atenciosamente,
    Fabrício Mendes

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Fabrício! Como vai?
      Infelizmente não sei de dizer, pois não faz parte da minha área de atuação. Creio que o ideal seja entrar em contato com as universidades que você já conhece e verificar as oportunidades.
      Um forte abraço

  50. Avatar

    Olá, Priscila, obrigada por se dedicar a tão bem cultivar este blog, está me ajudando muito! Estou saindo da França para ir morar em Lisboa, e pretendo alugar um apartamento. Numa visita rápida, passei por alguns bairros que gostei muito (Alvalade e nas proximidades da Rua da Igreja, 5 de outubro…) e estava procurando nestas redondezas. Entretanto, está surgindo uma oportunidade de um apto entre a Calçada da Estrela e a Calçada do Combro, sei que a região é turísitica, estive andando um pouco pelo chiadoe gostei, mas não estou certa de que seria uma boa opção tb para morar, em termos de facilidades, segurança à noite, comércios, transporte, enfim… parece-lhe agradável a ideia? Será que vc poderia me dar uma ajudinha?? Muitíssimo obrigada e até breve!!

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Carol! Como vai?
      Agradeço o carinho pelo conteúdo do Cultuga 🙂
      Com relação a segurança a noite, não é preciso se preocupar. Entretanto, o transporte e a locomoção não são tão fáceis. A localização é boa, a região da Estrela é maravilhosa. Já para o lado do Chiado é mais turístico mesmo, mas é bastante central. O problema é que nesse ponto há ladeiras muito íngremes e a estação de metro não é tão próxima. Talvez valha a pena colocar na balança.
      Com relação ao Alvalade e a Av. 5 de Outubro, acho mais favoráveis. Apesar de não ser tão central, são bairros deliciosos, com um ótimo suporte, ruas arborizadas, ambiente familiar, metro por perto e ruas mais planas.
      Espero que tenha ajudado 🙂 Um forte abraço!

  51. Avatar
    Maria Antonia em

    Ola Priscila!
    Estou querendo muito me mudar pra Portugal,em especial pra Lisboa.
    Sou aposentada e fiz uma viagem com a minha filha , conheci Lisboa e me apaixonei.
    Minha filha acha que pra morar seria melhor o Algarve.
    Eu gosto muito de cidade,urbanizaçao e o Algarve tem praias,sera que tem zonas mais urbanas tambem…
    Me responda por favor, qual o melhor lugar de Lisboa e tambem do Algarve.

    Muito grata:
    Maria Antonia

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Maria Antonia! Como vai?
      Essa questão é bastante delicada… Pois o que é interessante para mim, pode não ser para você, não é? Eu sou apaixonada por Lisboa para viver e apaixonada pelo Algarve para tirar férias. Há quem adore viver no Algarve (e lá, sim, tem também seus centros e até mesmo um interior movimentado) e não goste de Lisboa.
      Aconselho que pesquise mais a fundo antes de fazer a sua opção. Se você puder visitar as cidades antes da sua opção, melhor 🙂
      Você já viu a nossa série de reportagens sobre o Algarve? https://www.cultuga.com.br/category/viajar/sul/
      Um forte abraço e boas pesquisas!

  52. Avatar
    Mauro Loureiro em

    Olá Priscila,
    Boa noite.

    Antes de tudo, parabéns pelo Cultuga. Como lemos em sua própria definição: “intercâmbio de informações entre os apaixonados por Portugal.” Estou iniciando os trâmites da cidadania portuguesa por ser filho, e nesse período, estaremos pesquisando um local para fixar residência em Portugal. Conheço bem o centro-norte da “terrinha”, mais precisamente o eixo de Viseu e concelhos. Minha família é de Castro Daire. Temos assistido inúmeros videos, e meus filhos simpatizam com o Algarve, pois são jovens e gostariam do ritmo de vida da região. Estamos fartos de tanta violência, e desrespeito em todos os níveis ao cidadão de bem, que tenta sobreviver com dignidade neste Brasil, em qualquer cidade. Estive por quatro vezes em Portugal, sendo uma a trabalho. Nas viagens particulares, permanecemos em Termas do Carvalhal, distrito de Castro Daire, para tratar questões familiares. A cada ida nossa, crescia o sentimento de voltar às origens, e como diz a música: ” rever Portugal…… parentes e amigos”. Sei que o ritmo no interior é de paz e tranquilidade, e à um custo menor, contrastando com a excelente qualidade de vida. Como não visitamos Portugal desde 2007, vc poderia nos passar indicações de preços de imóveis (não centrais) e custo de vida para se manter em uma cidade média a grande? somos cinco pessoas, sendo um menor no ensino fundamental. Pelo que li nas conversas anteriores, é melhor termos um plano de saúde particular. Quanto à escola para meu filho pequeno de sete anos, há boa oferta entre públicas e particulares? Para facilidades em casa (tel fixo, tel móvel, internet, assinatura TV, luz, gás, água) as informações anteriores serviram para orientação. Caso tenha alguma atualização, seria de grande valia. Não conheço bem os bairros de Lisboa. Quais nos indicaria como melhores opções residenciais? Aguardo seu contato para breve. Parabéns pelo blog e pela escolha de Portugal para viver. Esperamos alcançar sucesso também. Forte abraço.
    Mauro LF

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Mauro! Como vai?
      Agradeço o carinho pelo conteúdo do Cultuga 🙂
      Temos um post aqui no Cultuga direcionado ao custo de vida em Lisboa, mas ele pode ser facilmente adaptado a localidade de Portugal que deseja: http://www.cultuga.com.br/2014/03/o-custo-de-vida-em-lisboa/ (aqui você poderá encontrar links para busca de imóveis e fazer a cotação dos preços, inclusive)
      No país todo há, sim, boas ofertas de escolas públicas e particulares.
      Com relação a Lisboa, depende do perfil que você procura. A cidade tem bairros bem diferentes entre si, sobretudo com relação a tamanho dos imóveis, suporte comercial, transporte, acessibilidade, etc. Pessoalmente, costumo indicar os bairros de Alvalade e Telheiras para famílias.
      Boas pesquisas!

  53. Avatar

    Priscila tenho uma filha que irá estudar Psicologia na Universidade ISPA, em setembro proximo,
    até então ela ia, e eu iria ficar aqui no Brasil, mas com a aproximação da ida dela decidimos ir às duas,
    pois somos só nós duas,sabemos da crise, mas queremos mesmo é a segurança de vida .
    Minha filha é Atriz de Teatro formada, é professora de história da Arte e faz maquiagem para teatro tv cinema, nesta area é muito dificil de ingressar como atriz e até mesmo trabalhar no Teatro como maquiadora e etc…?
    Estamos com a intenção de colocar um studio de maquiagem que abrangem também maquiagem social e para noivas…o que acha na sua opinião, eu trabalho no Brasil como guia de turismo executivo histórico em Brasilia para brasileiros, posso ter meios de me filiar à uma empresa de passeios turisticos? Se eu tenho um comercio eu posso ter o visto de permanencia?
    Como a Universidade ISPA fica em Alfama na Rua Jardim do Tabaco, estamos pretendendo alugar um apartmento neste bairro, que me fala dele? Queremos ter tudo muito perto de nós para não gastarmos desnecessáriamente com transporte, depois que estivermos mais seguras poderemos ir para outro bairro que pensa?
    Eu desde já fico imensamente grata por nos ajudar, com suas respostas que voltarei a fazer mais, pois tenho muitas dúvidas e coisas obscuras para mim.

    Obrigada

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Luiza!
      Temos um post bem bacana aqui no Cultuga sobre emprego e mercado de trabalho. Pode ajudá-las nas pesquisas: https://www.cultuga.com.br/2014/06/como-procurar-emprego-em-portugal/
      Infelizmente não posso ajudá-la nessa questão burocrática, por não ter nenhum entendimento. Creio que o ideal, no seu caso, seja buscar o Turismo de Portugal para saber como agir: http://www.turismodeportugal.pt
      Sobre autorizações de residência, você pode verificar no Portal do Imigrante: http://www.imigrante.pt/PagesPT/ConcessaoAR.aspx
      Com relação a Alfama, é o bairro mais antigo da cidade. Por isso, tem ruas bastante estreitas e muitas ladeiras íngremes. O ideal é que vejam pessoalmente para verificar se gostam do perfil. Para chegar facilmente até lá, aconselho que busquem bairros próximos a linha azul do metro.
      Um forte abraço e força nas pesquisas!

  54. Avatar

    Olá Priscila, obrigada pelo carinho em nos ajudar nessa tarefa de ir para Portugal menos complicada, são tantas dúvidas!! Eu gostária de saber de que documentos eu preciso levar para alugar um aprtamento em Lisboa, e depois de alugado eu posso ter o registro de residência?
    Onde devo procurar para abrir um comercio de produtos para turista, um contador , um orgão responsável,
    é muito complicado , tem possibilidades em Lisboa? Se eu tenho um comercio posso permanecer sem problema? Aqui trabalho no turismo, sou guia turistico Embratur. Por gentileza preciso de suas informações às quais respeito muito por sua sinceridade e paciência.

    Abraços

  55. Avatar

    Boa Tarde Priscila, primeiramente quero parabenizar pelo excelente site.
    Estou pensando em sair do Brasil e pretendo tirar minha nacionalidade portuguesa logo logo. Estou muito na dúvida do que faria em Portugal por exemplo. Gostaria de saber como é no campo profissional na área de Marketing? Tenho uma empresa de Decoração de festas e eventos infantis e pretendia levar comigo esse trabalho. Como o trabalho autônomo é reconhecido aí? Existe algo para formalizar estilo o Microempreendedor daqui do Brasil?
    Aguardo seu retorno
    Obrigada

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Roberta!
      Como vai?
      Agradeço o carinho 🙂
      Você pode usar as dicas que colocamos nesse post para verificar como estão as oportunidades na sua área: https://www.cultuga.com.br/2014/06/como-procurar-emprego-em-portugal/
      A questão do autônomo em Portugal é um pouco diferente do MEI do Brasil. Aconselho que faça uma busca mais detalhada com os termos “empresário em nome individual”. O órgão que vinculado a abertura de início de atividade é as Finanças: http://www.portaldasfinancas.gov.pt . Você também pode procurar um contador (chamado de contabilista em Portugal) para ter as informações mais precisas de acordo com o seu caso.
      Boas pesquisas!

  56. Avatar
    Cleverson Montanha em

    Olá Priscila! Sou fotógrafo aqui no Brasil e fiquei sabendo de uma escola de Lisboa chamada Arco. Dizem que e uma excelente escola! Vc conhece?

    Queria estudar mais sobre minha profissão!

    Poderia me passar alguma informação? Desde já agradeço!

    E ótimo seu post!

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Cleverson!
      Nunca estive na Ar.Co. Vou procurá-los para conhecer melhor a proposta. Uma outra escola bem conhecida é a IPF: http://www.ipf.pt/ Também pode ser uma opção para você. Para especializações na área de artes, criatividade e fotografia, ainda há cursos em diversas universidades. Você pode consultar por aqui: http://www.universia.pt/
      Boas pesquisas 🙂

  57. Avatar

    Ola Priscila!
    Parabéns pelo post!!
    Ainda esta por Lisboa?
    Poderia me dar algumas dicas de como anda a situação por ai atualmente? Estou pensando em me mudar até o final do ano. Tenho nacionalidade européia e estou querendo experimentar a vida fora do Brasil por algum tempo.
    Saudações
    Fernando

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Fernando
      Agradeço o carinho 🙂
      Sim, estou!
      Para saber mais sobre a situação do país, aconselho que acompanhe desde já os sites de notícias e jornais, como o Público, o Expresso e o Observador.
      Boas pesquisas!

  58. Avatar

    Oi Priscila, parabéns pelas postagens. Você não imagina como esta me ajudando.
    Eu e meu marido nos mudaremos para Lisboa no próximo ano. Eu aposentei e ele vai tentar algo por lá. Bom, de toda forma, somos Cariocas que estamos abandonando o barco, e é claro que já tentamos muito ficar por aqui, mas infelizmente não dá. Colocamos na balança os prós e contras, como você mesmo listou acima, e resolvemos cruzar o oceano.
    Ainda tenho muitas duvidas em relação às localidades que ficam próximas a Lisboa. Pensamos em morar não muito próximo ao Centro, por conta do custo, mas ainda não acertei uma “bairro”. Você teria uma sugestão nessas condições? Vi várias dicas suas de como buscar, mas ainda assim estou confusa. Somos um casal em torno de 50 anos, gostamos de sair e nos divertir, mas também gostamos de dormir…rsrs. O que você nos poderia sugerir? As corretoras de imóveis são uma boa opção também ou direto com o dono é melhor para alugar?
    Um abraço e muito obrigada.
    Samila

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Samila
      Como vai?
      Escolher um apartamento a distância não é fácil, ainda mais em outro país, com uma cultura diferente e de localidades que não conhecemos, não é? Aconselho que aluguem um apartamento de temporada inicialmente para que possam fazer as buscas pessoalmente. Há diversas cidades próximas a Lisboa que vocês poderão conhecer ou até mesmo bairros da capital que ficam um pouco afastados do centro. Entretanto, é delicado indicar algo, sobretudo porque não conheço vocês pessoalmente.
      Todos os apartamentos que alugamos até hoje foram feitos via imobiliária. Temos mais algumas dicas aqui: https://www.cultuga.com.br/2014/01/como-alugar-um-apartamento-em-lisboa/
      Um forte abraço e boas pesquisas!

  59. Avatar

    Olá Priscila,

    Me identifiquei muito com seu relato sobre a vontade de viver em Lisboa……tive a mesma sensação quando estive pela primeira vez nessa cidade maravilhosa.

    Minha família está pensando em comprar um apto em Lisboa, e se possível, gostaria que vc me desse uma dica de qual bairro vc acha bom e barato….kkkkkkkk

    Preciso de um “norte” para me orientar, pois quando estivemos visitando Lisboa, basicamente fomos aos pontos turísticos, e não nos detivemos em bairros para compra de imóvel.

    Se vc puder me ajudar, adoraria……

    Grata pela atenção.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Silvana
      Como vai? Agradeço o seu carinho.
      Bairro bom e barato em uma capital em crescimento turístico é bem delicado, pois os valores da maior parte da cidade estão bem altos. Aconselho que usem as nossas dicas de aluguel (que também valem para a compra): https://www.cultuga.com.br/2014/01/como-alugar-um-apartamento-em-lisboa/
      Use a linha de metro como referência, pois ela facilitará o deslocamento de vocês. Pessoalmente, eu gosto da linha azul, de Santa Apolónia até Alto dos Moinhos, a linha amarela, do Rato até a cidade universitária, a linha vermelha, de São Sebastião até Alameda e depois na região do Parque das Nações (Oriente), e da linha verde alguns locais mais pontuais, como Roma, Alvalade e Telheiras. Mas essa é uma opinião pessoal, Silvana. Nada melhor do que vocês fazerem uma boa pesquisa, selecionar alguns locais e fazerem a visita para perceberem aquilo que realmente vai de encontro com o que desejam.
      Boa sorte!

  60. Avatar
    Willon Rodrigues em

    Ola Priscila boa tarde.Por favor preciso que me de algumas dicas de lugares ai em Lisboa que o aluguel nao seje tao caro.
    Preciso de um espaco pequeno pode ser um T1,pois somos só eu e minha esposa e estamos indo a trabalho sem data para voltar.
    Muito obrigado.

  61. Avatar

    Oi Priscila! Estou com muita vontade de me mudar para Lisboa ou regiões, pois estamos há 40 dias aqui em Portugal, eu e meu filho, na região do Porto. Porém, não houve qualquer identificação conosco e a região. Gostaria muito de dicas de bairros, em que haja crianças sabe, tipo as que vemos no Brasil… Com parquinho próximo, ou pracinha… bairro familiar acho. O que você me indica? Obrigada!

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Fernanda
      Como vai?
      Somente com a visita de vocês é que poderão perceber se Lisboa faz parte daquilo que procura. Mas, por exemplo, veja o bairro de Telheiras. Há muitas escolas por ali e crianças. Pode ser que você goste.
      Boas pesquisas

  62. Avatar
    Glaucia Menezes em

    Olá !!! Cai de para quedas aqui no seu blog e simplesmente amei e me identifiquei muito co muitas coisas, principalmente com o fato de ser apaixonada por Portugal, ser neta de portugueses e também cansada da minha rotina em São Paulo. Estou me programando para trocar Sampa por LIsboa esse ano ainda no primeiro semestre e vou precisar MUITO das suas dicas.
    Primeiramente….qual o melhor ou os melhores bairros de Lisboa para eu procurar quarto em apto compartilhado ??? Por exemplo, gosto muito do bairro de Salamanca em Madrid, centralizado e muito muito bem localizado. Quais os bairros semelhantes em Lisboa que eu possa fazer muita cosia a pé ?
    Obrigada,

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Glaucia
      Como vai? Agradeço o seu carinho 🙂
      Infelizmente não conheço Madrid e as referências que me passou. Mas você pode começar procurando pelos bairros próximos a universidades e ao centro histórico (Baixa, Chiado, Bairro Alto e Alfama, por exemplo), que é onde você encontrará opções de quartos com bom acesso aos transportes públicos e atividades a pé. No centro comercial da cidade você também encontrará possibilidades interessantes, como o Saldanha, as Avenidas Novas e o Campo Pequeno. O que costumo aconselhar é que a primeira base que você deve ter é a linha do metro. Ela é bem fácil de entender, bem como o mapa da cidade. Unindo essas duas informações, você vai encontrando as possibilidades do que poderá fazer a pé e de transporte público, dependendo da área da cidade que você deseja interagir mais. Há também bairros auto suficientes, sem uma ligação tão próxima do metro, como a Graça e o Campo de Ourique, por exemplo – ideais para quem quer viver a maior parte do seu tempo em um mesmo lugar, sem precisar interagir com o restante da cidade.
      Boas pesquisas!

  63. Avatar
    Prodígio Júnior em

    Olá sou angolano e quero saber os documentos necessarios pra estudar Direito numa Universidade pública em Portugal(Lisboa), Sem uma bolsa de estudo ???

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Prodígio Júnior
      Como vai?
      Você poderá verificar as formas de acesso e documentos junto a própria universidade ou então por meio da Direção Geral de Ensino Superior em Portugal: https://www.dges.gov.pt/pt
      Boas pesquisas!

  64. Avatar
    Fernando Lima em

    Pri…
    Desculpa a intimidade rsrsrsrs
    Meu nome é Fernando Lima,
    estou ingressando na carreira de fotógrafo…
    mas não conheço muito ainda, não cursei nada…
    Como irei pra Portugal em outubro, gostaria de saber
    se tem bons cursos no ramo e se da pra viver da profissão.
    Obrigado 🙂

  65. Avatar
    André Luís Loesch em

    Prezada Priscila,
    Primeiramente, parabéns pelo site e dicas sobre Portugal. Agora em janeiro estivemos em Lisboa, Porto e Sintra e foram muito úteis para nossa programação!
    Estamos decididos a mudar para Lisboa, muito provavelmente em 2018.
    Mesmo com muita pesquisa na internet, ainda não tive “certezas” para algumas dúvidas básicas, para as quais peço sua ajuda:
    a) é obrigatório morar na mesma Freguesia da escola escolhida?
    b) como está a qualidade do ensino público?
    c) existe “taxa de condomínio” em Portugal/Lisboa? Se sim, qual o valor médio, só para referência? (Já ouvi desde não existir; 40,00 euros/mês ou até 80,00 euros/ano).

    Desde já agradeço.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, André Luís
      Como vai?
      Agradeço o seu carinho 🙂
      Com relação as suas dúvidas:
      a. É necessário, se você deseja que os seus filhos estudem em uma escola pública. Em escola particular é indiferente.
      b. Você poderá consultar aqui: http://www.publico.pt/ranking-das-escolas-2015/listas
      c. Há o pagamento do condomínio, sim, e ela é paga pelo proprietário. Entretanto, não sei dizer o valor, principalmente porque ela é bastante variável de acordo com o imóvel e a localização.
      Um forte abraço

  66. Avatar

    Tenho um elacionamento com um Portugues resolvi. Morar em Lisboa com ele. Meu medo è não ter oportunidade . Não conseguir trabalho fazer algo. Você acha . Da pra viver aí?. Não tenho formação alguma.

      • Avatar

        Olá, Priscila
        Tudo bem?
        Há uns dias conheci o Cultuga e particularmente amei. Sempre quis morar fora e Lisboa faz parte dos meus planos. Pretendo ano que vem passar um mês aí para conhecer o país, principalmente Benfica que é o bairro que quero morar, pois dizem que é muito bom. Sobre hospedagem percebi que sai mais barato alugar um quarto do que me hospedar em hotel/hostel. Você acha melhor me hospedar no Benfica para conhecer a região ou mais no centro? Ah… outra coisa, no currículo vitae de Portugal pode ser colocado endereço do Brasil já que não tenho ainda residência em Portuga?

        • Priscila Roque
          Priscila Roque em

          Olá, Rose
          Como vai? Por aqui está tudo bem!
          Agradeço o carinho 🙂
          Se você deseja viver no bairro de Benfica, é ideal que procure mesmo um local para ficar por ali e sentir o clima e ver as opções que ele lhe oferece. Tenha apenas atenção que é um bairro bastante grande. Na minha opinião, vale a pena verificar opções mais próximas as estações de metro Alto dos Moinhos e Colégio Militar.
          Sobre o CV, pode incluir o seu endereço do Brasil, sim. Na carta de apresentação, explique a sua disponibilidade e condições para a mudança.
          Um forte abraço

  67. Avatar

    Olá, Priscila.

    Tudo bem? Gostei muito do site, parabéns pelos comentários esclarecedores. Moro em Salvador, conheci Portugal ano passado e fiquei encantando com o país e o clima. Estou planejando morar na Europa, gostaria de saber como é feito o pedido para imigrante permanecer no país além dos 3 meses para turista? E na área da beleza, os portugueses são vaidosos em relação a frequentar salão?

    Obrigado, pela atenção.

    Forte abraço!

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Joubert
      Como vai?
      Agradeço o seu carinho 🙂
      Você pode buscar essa informação junto ao SEF (www.sef.pt).
      Com relação a área da beleza, eu não conheço bem, pois não tenho hábito de ir ao salão (no Brasil eu já não tinha). Faça uma busca por colegas da sua área em Portugal para saber mais sobre o assunto.
      Um abraço e boas pesquisas!

  68. Avatar

    Priscila Roque 22 06. 2016. Eu e meu marido gostaríamos de passar todo mês de fevereiro próximo aí em Lisboa e gostaríamos de saber qual melhor bairro de para arrendar um ap ,gosto do centro das cidades ,um bom lugar.voce pode me dar uma dica grato?

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Florides
      Como vai?
      Há diversos bairros em que você poderá se hospedar. Pontos centrais e bem fáceis para o deslocamento turístico, principalmente a pé e de metro, são a Baixa, o Chiado, a região da Praça Marquês de Pombal/ Av. da Liberdade e do metro São Sebastião.
      Uma excelente viagem!

  69. Avatar

    Olá Priscila, tudo bom??

    Primeiramente, parabéns pelo blog, está sensacional!!
    Eu e meu marido vamos nos mudar para Lisboa o ano que vem, trabalhamos com foto e video, você tem sites ou comunidades no facebook, para nos indicar ??
    Muito Obrigada!!

    bjus

  70. Avatar

    minha filha tem cidadania francesa, ela esta pretendendo estudar e comprar um apto T1 em portugal, daqui há 2 anos. ela tenho a cidadania francesa ajuda em algo? as faculdades em Portugal são pagas ou gratuitas, como é a forma de ingresso?

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Sandra
      Você pode levantar boas informações sobre as formas de ingresso nas universidades portuguesas por estudantes da União Europeia com esses sites e também junto a universidade que a sua filha pretende ingressar:
      https://www.dges.gov.pt/pt
      http://uniarea.com/
      As universidades públicas portuguesas são pagas. O valor é variável e é chamado de propina.
      Um abraço e boas pesquisas

  71. Avatar
    MATHEUS PEDROZA em

    Olá,

    Estou indo com minha esposa passar 4 meses em Lisboa. Ela vai para a Universidade Nova de Lisboa. Estamos buscando apartamento e neste momento estamos entre 3 opções.
    Um apartamento perto do Instituto Superior de Agronomia, um na rua Sousa Lopes entre o Campo Pequeno e Campolide e outro no Bairro de Santos. Poderia nos dar alguma informação sobre estes locais?

    De qualquer maneira, parabéns pelo blog, estou tirando várias dúvidas aqui!

    Abraço

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Matheus
      Tudo bem? Agradeço o carinho pelo conteúdo do Cultuga!
      Dos três lugares, o que eu mais gosto (pessoalmente) é da região do Instituto Superior de Agronomia. Já estive por lá algumas vezes o bairro é bastante agradável e com comércio local. O problema ali é o acesso e o trânsito que a sua esposa pode pegar no deslocamento até a universidade. Assim, nesse ponto, o da rua Sousa Lopes poderia ser mais fácil, pois é mais perto. Apesar de não ser uma região tão agradável, é bem mais fácil para ela se deslocar. Agora, sobre Santos, é um bairro relativamente grande. Seria necessário saber onde é exatamente o apartamento e os seus acessos, pois há áreas mais bacanas do que outras.
      De qualquer forma, aconselho que não feche pela Internet. Pegue um hotel na primeira semana de vocês e vá pessoalmente em cada um deles (se possível, faça, inclusive, o caminho até a universidade) para que possa escolher aquele que melhor se adequa ao que vocês precisam.
      Um grande abraço

  72. Avatar

    Ola Priscila,

    Você poderia nos orientar a respeito dos bairros mais convenientes de Lisboa, para um casal de idosos (62 e 61 anos) e filho (34) morarem.

    Grato,

    Ricardo

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Ricardo
      Como vai?
      Aconselho que comece a sua procura pelos bairros nas proximidades das estações de metro, sobretudo nas linhas azul e amarela.
      Um grande abraço

  73. Avatar

    Priscila boa noite , pretendo morar em Portugal Lisboa apenas aguardando a documentação ! Mas uma dúvida gostaria de levar do Brasil alguns kilos a mais , você recomenda alguma empresa para fazer esse transporte talvez fique em torno de uns 350 Kilos , algumas caixas com coisas pessoais uma bike ? Desde já agradeço sua atenção ?

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá Fabio
      Tudo bem?
      Infelizmente não tenho experiência nessa questão, pois nós optamos por trazer somente o permitido pela companhia aérea dentro da franquia das malas (que foram 2 malas com 32kg cada uma). Optamos por doar e vender muita coisa e o que realmente tinha valor sentimental e não conseguimos carregar, deixarmos na casa dos nossos pais. Cada vez que vamos ao Brasil, trazemos uma parte do que ficou – o mesmo quando recebemos a visita de amigos queridos ou familiares, que sempre nos trazem uma malinha rs.
      Entretanto, já li diversas vezes em fóruns sobre imigração sobre o envio de encomendas pelos Correios. Dependendo dos objetos que pretende enviar, pode ser uma boa solução com bom custo/ benefício. Outra opção é pagar uma ou duas malas extras (claro, não chega aos 350kg que precisa), ao menos para o início. E sei que há também a opção do envio por navio – mas creio que, nesse caso, o ideal seja mesmo para objetos mais volumosos.
      Boa sorte 😀 Vai dar tudo certo!

  74. Avatar

    Olá Priscila., boa tarde.
    Em primeiro lugar parabéns pelo Blog. Muito organizado e útil.
    Sou brasileira e adquiri recentemente passaporte e cidadania portuguesa. Estou planejando comprar um imóvel em Lisboa, mais especificamente em bairros próximos às universidades afim de facilitar a locação para terceiros. Tenho lido em sites sobre os bairros , mas muitas vezes as informações são pouco esclarecedoras e mesmo vendo no mapa de Lisboa ainda não tenho plena certeza de que bairros realmente estão próximos às principais universidades. Li, por exemplo, sobre Campo Grande, mas não entendi se isso se trata de um bairro ou um Distrito. Em suma, gostaria das suas recomendações de bairros próximos às universidades onde há alta rotatividade de estudantes que alugam apartamentos.
    Obrigada
    Paula.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Paula
      Tudo bem?
      Agradeço o seu carinho pelo conteúdo do Cultuga 🙂
      Para a compra de um imóvel, indicaria que você encontrasse um apartamento temporário em Lisboa para, então, visitar os bairros e fazer a aquisição de um imóvel. Se deseja alugar para estudantes, busque sempre junto a uma estação de metro. O Campo Grande é um bairro, sim, próximo a Cidade Universitária.
      Um grande abraço

    • Avatar
      Henrique Crespo em

      Olá Paula, o Campo Grande nao é bairro nem distrito. Eu vejo aliás muitos brasileiros a preocuparem-se com esses nomes e se é bairro ou freguesia ou distrito, acabam por se baralhar todos e nao entender nada. Se a senhora quer morar no Campo Grande diz simplesmente que quer morar ou que mora no Campo Grande, ou em Alvalade ou em Alfama ou onde for. Nao se preocupe com essas designacoes que sao na maior parte dos casos meramente administrativas e oficiais, na vida comum ninguém diz que mora na freguesia ou bairro tal ou tal a nao ser que more no Bairro Alto porque ele se chama mesmo assim

  75. Avatar
    Clarice Dantas em

    Olá Priscila
    Boa Tarde
    Tudo bem ?
    Gostaria de agradecer pela iniciativa de montar este site para nos ajudar nas dúvidas sobre a oportunidade de moradia em Portugal.
    Sua iniciativa é fantástica e ajuda a muitos, muitas dicas de locais, transporte, hotéis você tem feito da vida da galera mais fácil.
    Li no seu perfil que você é fotografa e também percebi que você oferece os seus serviços de fotografia no site.
    Eu também sou fotografa e gostaria de ir para Portugal trabalhar na nossa profissão. Sei que é difícil imigrar sem uma proposta de trabalho de alguma empresa local mas gostaria de saber das possibilidades.
    Você poderia me dar algumas dicas de como o mercado tem se comportado, minha pesquisa tem se direcionado a Lisboa pois depois de ler bastante no Cultuga acredito que seja a melhor opção para o desenvolvimento de projetos que tenho.
    Grande abraço e mais uma vez parabéns.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Clarice
      Tudo bem? Por aqui está tudo certo
      Agradeço o seu carinho pelo conteúdo do Cultuga!
      Qual é a sua área de atuação na fotografia? Para fotografias sociais, que é um mercado que já trabalhei por aqui, sei que os batizados, os ensaios de newborn e os casamentos são áreas que os portugueses costumam contratar fotógrafo. Pode ser um bom caminho!
      Um grande abraço e boas pesquisas!

  76. Avatar

    Oi Priscila ,

    Recentemente meu filho e a esposa se mudaram para Lisboa ,ainda estão à procura de trabalho, mas ouvi um comentário que a economia de Portugal deu uma melhorada desde 2014 para cá , gostaria de saber se é
    verdade mesmo , pois eu e minha familia que moramos em Goiania estamos com planos de nos mudar para aí, todos nós temos a cidadania portuguesa , e estamos a procura de um lugar mais tranquilo e um clima mais ameno para se viver, e tbm trabalhamos com importação , e vi que aí é tudo menos burocrático e os impostos mais baixos , gostaria de saber de vc sobre isso ok , obrigada.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Ivete
      Tudo bem?
      Melhorou, sim! O país está se reerguendo. Aconselho que acompanhe sites de notícias portugueses, como o Público, o Expresso e o Observador, por exemplo, para que possa saber mais sobre a economia. A respeito de importação, não tenho conhecimento sobre essa área profissional. Creio que o ideal seja buscar por pessoas do ramo ou uma assessoria de imigração ou um contabilista, que possa adequar o seu trabalho a um plano de negócios.
      Um grande abraço

  77. Avatar

    Oi Priscila. Adorei seu blog. Vc saberia me dizer que documentos brasileiros precisam para viver mais de 1 ano em Portugal?
    Bk

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Candice
      Tudo bem?
      Agradeço o seu carinho pelo nosso conteúdo 🙂
      Hum.. Essa questão vai depender do seu tipo de visto para permanecer no país.
      Um grande abraço

  78. Avatar

    Oi Priscila me chamo André e estou interessado em sair do Brasil minha primeira opção e Portugal lisboa mais nunca fui nem a passeio optei pelo fato da cultura e língua terem proximidades com o Brasil já gostaria de ir de vez e já tentar algo como emprego e moradia quais são as minhas chances de conseguir qual seria meu passo a passo para conseguir me instalar no país de vez com minha família?

Deixe um comentário