Os primeiros passos para estudar em Portugal

Conhece alguém que vai viajar para Portugal? Envie este artigo!

Portugal é um dos destinos mais procurados pelos universitários brasileiros, principalmente pelas facilidades proporcionadas pelo idioma. Entretanto, também há outros motivos que levam a escolha desses estudantes, como a qualidade do ensino, os preços e a riqueza cultural das cidades em que se encontram as melhores universidades.

Os primeiros passos para estudar em Portugal

As melhores universidades de Portugal

Se você pretende ir a Portugal para estudar, considere observar quais são as características do curso que procura ou do intercâmbio oferecido pela sua faculdade na Universidade do Porto, na Universidade de Coimbra, na Universidade de Lisboa, na Universidade do Minho e na Universidade de Aveiro.

Há centros universitários melhores do que outros para cada área. Entretanto, esses aqui citados protagonizam o ranking do país e parte também se encontra entre as melhores do mundo.

Por onde começar?

Informe-se junto a universidade que pretende ingressar quais são os requisitos para um estudante estrangeiro frequentar o curso e os valores que deverão ser pagos (mesmo as faculdades públicas exigem o pagamento de uma taxa chamada de propina). Estabeleça esse contato e verifique se o seu pedido poderá ser aceito.

Feito isso, é hora de correr atrás de toda a documentação e informações burocráticas. Procure o consulado português que atende a sua região e solicite a lista com todos os documentos necessários para pedir o visto de estudante. Ele só será oferecido depois que a universidade emitir um comprovativo da sua admissão.

O seu visto será emitido de forma provisória. Ao chegar em Portugal, você precisará procurar o Serviço de Estangeiros e Fronteiras para formalizar a sua estadia no país durante o período dos estudos.

Não se esqueça de se informar sobre o seguro saúde. Ele é necessário para a sua entrada em Portugal e para que você possa receber o visto de estudante. São duas as opções: um seguro internacional de saúde particular feito em qualquer agência de viagens ou diretamente nas seguradoras pelo período que você for estudar ou então o convênio PB4 – um acordo firmado entre Brasil e Portugal que oferece apoio médico e hospitalar aos brasileiros contribuintes do INSS. Se esse é o seu caso, procure o Ministério da Saúde e solicite a declaração.

Alojamento

Escolher um lugar para ficar à distância não é uma tarefa simples. Mas tendo em mente que o lar é temporário, não há o que temer. Jogue a localização da sua universidade no Google Maps e descubra quais são os bairros dos arredores. Feito isso, você pode buscar alojamentos estudantis dentro dos campus oferecidos pela própria faculdade, locação de quartos particulares, hostels ou até mesmo um apartamento.

Facilite ao máximo a sua vida e estadia em Portugal. Procure um local que seja próximo de paradas de ônibus, estações de trem ou metrô, que tenha praticamente toda a mobília básica e que permita a visita de seus amigos e familiares. Outro ponto importante é verificar se no preço do aluguel os serviços como água, luz e Internet estão inclusos.

Alguns sites que podem te ajudar nas buscas:

Easy Quarto: www.easyquarto.com.pt
Pousadas de Juventude (rede HiHostel): www.pousadasjuventude.pt
HostelWorld: www.hostelworld.com
Imovirtual: www.imovirtual.com
OLX: www.olx.pt

Imigração

Não se esqueça: no dia da viagem deixe o passaporte, a matrícula e demais documentos emitidos pela universidade, a reserva do alojamento e o seguro saúde a mão. Eles serão solicitados no momento da imigração. Comprovativos de seus meios de subsistência também podem ser pedidos.

Boas escolhas para sua viagem a Portugal

icon-saude

SEGURO SAÚDE E VIAGEM
Faça o seu seguro para Portugal com a Real Seguro Viagem e ganhe 10% de desconto!

icon-carro

ALUGUEL DE CARRO
Na RentalCars você recebe o orçamento de aluguel de carro das empresas mais conhecidas de Portugal.

icon-hotel

HOTÉIS E APARTAMENTOS
Utilizamos o Booking para reservas há mas de 15 anos. Apartamentos turísticos, casas típicas rurais e excelentes hotéis com cancelamento gratuito!

Conheça os serviços do Cultuga!

icon-carroTRANSFER E TOURS
Tenha uma viagem a Portugal tranquila com os transfers e tours do Vinícius e sua equipe!

TOURS A PÉ
Conheça Lisboa a pé com os nossos tours históricos e culturais!

icon-tourTOUR DE TUK TUK
Quer ter uma experiência divertida? A Kamila vai te levar em um tour de tuk tuk!

icon-foto

SESSÃO FOTOGRÁFICA
As nossas fotógrafas conhecem os lugares mais bonitos para fazer o seu ensaio fotográfico!

Sobre o autor

Priscila Roque

Sou jornalista especializada em cultura e fotógrafa. Foi preciso passar dos 30 anos para assumir que Lisboa é, realmente, o meu lugar no mundo. Mas a paixão por Portugal começou bem mais cedo, ainda na adolescência, quando descobri alguns músicos locais. Os meus pais são portugueses imigrados no Brasil. Depois de fazer o caminho inverso deles, trocando São Paulo por Lisboa, quero agora, com o Cultuga, diminuir a distância que separa o Brasil de Portugal.

285 Comentários

  1. Avatar

    Olá Priscila tudo bem?
    Muito obrigada pelas sua explicações . Eu tenho uma dúvida . Tenho dupla cidadania, alemã . Estou indo para Portugal dia 26/09 . Vou casar antes de ir, 20/09 e meu esposo aplicou para universidade de Porto , o resultado vem até 15/09 . Dúvida: como esposo de Europeu ele precisa do visto estudante também? Para aplicar residência para mim e ele, precisamos levar a certidão de casamento no consulado português aqui e carimbar como verdadeiro apenas? Assim já é aceito o casamento? Que valor em média será pedido como garantia de subsistência no nosso caso? O cartão de cidadão demora muito para sair? Tem um prazo médio ? Eu falei uma dúvida né? E te bombardeei rsrsrs já me ajuda muito se puder me elucidar metade! Bjooo

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Heloisa!
      Tudo certo por aqui :) E por aí?
      Bom, vamos as questões. Não tenho um estudo de causa como o seu, mas talvez possa ajudar.
      Vamos por cada um dos casos. Você, entrando em Portugal como alemã, terá que solicitar um certificado de registro para viver em Portugal. Aqui estão os documentos e como se aplica: http://www.sef.pt/portal/v10/PT/aspx/apoioCliente/detalheApoio.aspx?fromIndex=0&id_Linha=4351#certificadoregisto
      Com relação ao casamento, posso estar enganada, mas talvez fosse interessante verificar como fazer a averbação do casamento na alemanha por meio do consulado e saber quanto tempo demora. No nosso caso, eu tenho cidadania portuguesa e o meu marido é brasileiro. Fizemos essa solicitação por meio do consulado português. Conto como foram os nossos procedimentos aqui, nesse post: https://www.cultuga.com.br/2014/08/cidadania-residencia-o-casamento-entre-portugues-e-brasileiro/ . Você tendo o casamento reconhecido, pode solicitar no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras o reagrupamento familiar, ou seja, a autorização de residência do seu marido: http://www.sef.pt/portal/v10/PT/aspx/apoioCliente/detalheApoio.aspx?fromIndex=0&id_Linha=4351#CRfamiliarestrangeiro
      Ele não vai precisar do visto de estudante se conseguir obter a autorização de residência por meio de reagrupamento familiar, mas isso pode demorar alguns meses para sair. E não sei o que implicaria na universidade, por exemplo. Seria interessante checar com eles.
      Com relação ao consulado português reconhecer o casamento de vocês, eu realmente não sei como funciona. Talvez seja interessante entrar em contato e dizer exatamente qual é o caso de vocês para que eles possam orientá-los. Pelo que sei, eles não atendem pessoalmente, somente por agendamento. Então, envie um e-mail ou dê uma ligadinha por lá para saber certinho.
      A questão da subsistência pode ser verificada nesse link aqui, da legislação: http://www.sef.pt/documentos/56/Portaria%201563-2007.pdf
      A comprovação pode ser feita de diversas maneiras, como de acordo com o trabalho de vocês (se forem desenvolver algo a distância, podem obter uma carta da empresa comprovando que vocês têm alguma ligação e o quanto recebem mensalmente), imposto de renda, extrato da conta, comprovação de bens com rendimento – como aluguel de imóveis, por exemplo, etc. Essa questão é de grande importância.
      Eu não sei ao certo se o cartão cidadão se aplica ao seu caso ou se o bilhete de identidade para membros da UE é outro (que já seria emitido junto com a certificação, por ex.). De qualquer forma, se o cartão cidadão ou documento de identidade não sair na hora, você terá um protocolo com a mesma validade.
      Fique a vontade para perguntar o que for preciso. No que eu puder ajudar, estou por aqui!
      Um grande beijo e boa sorte para vocês!

      • Avatar

        Olá Prisila boa noite Priscila
        Então preciso da sua ajuda no seguinte, minha filha terminou o ensino médio no Brasil agora e pretende fazer a faculdade em Portugal, só que ainda estou tirando minha cidadania porque sou filho de português, mais você sabe que isso demora né? ainda vou ter que averbar meu casamento, enfim. Então queria saber se enquanto sua cidadania não sai, ela deveria entrar pela nota do enem? Mais meu medo é de depois ela não conseguir entrar como cidadã na faculdade de já estar registrada como brasileira. E também não sei quando devo mandá-la para Portugal iniciar os estudos. Estou tão perdida e ela está realmente decidida a estudar lá.

        • Priscila Roque
          Priscila Roque em

          Olá, Olimpia
          Tudo bem?
          Infelizmente, não tenho essas informações específicas sobre burocracias para te passar. Creio que o ideal seja mesmo verificar junto a universidade que ela deseja cursar e também ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras. Por vezes, vale mais a pena esperar fazer toda a papelada e já ingressar como cidadã portuguesa, sobretudo pelo valor a ser pago das propinas que é mais baixo e a isenção da necessidade de visto de estudos. Caso contrário, terão mais processos para resolver e custos atrelados a isso. Uma outra possibilidade é iniciar os estudos no Brasil, enquanto aguardar o processo e depois verificar se existe a possibilidade de uma transferência ou de eliminar alguma matéria que já tenha feito. Isso varia de acordo com o curso pretendido e também com as universidades.
          Um grande abraço

    • Avatar

      Boa noite Priscila,

      Devido à situação caótica do Brasil, estamos incentivando nossos filhos a ir estudar em Portugal.
      Os dois já terminaram o estudo médio . O mais velho, 19, ingressou na universidade Pucc em Campinas, cursando Publicidade. O mais novo, 17, está fazendo cursinho para tentar medicina.
      Gostaríamos que os dois fossem embora para Portugal. Através de algumas pesquisas, verifiquei que para ingressar nas universidades, é necessário os pontos do Enem. Não há possibilidade sem a pontuação do Enem? Mesmo que seja uma universidade privada? Muito obrigada

      • Priscila Roque
        Priscila Roque em

        Olá, Rita
        Tudo bem?
        Há sim! Verifique os procedimentos para o ingresso de estudantes estrangeiros junto as universidades portuguesas que os seus filhos desejam cursar.
        Um grande abraço

  2. Avatar

    Oi Priscila tenho uma duvida muito grande, sou brasileira, tenho 18 anos, minha mae mora no Porto, e eu quero ir morar com ela, já fiz faculdade no brasil mas nao gostava do curso entao tranquei e quero começar um novo curso e em Portugal. Mas queria saber se eu teria que voltar para o colegio (no brasil ja terminei colegio) ja que em Portugal nao tem vestibular.Ficaria muito feliz se voce pudesse me ajudar!! bjs e sucesso!!

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Cah!
      Seja bem-vinda ao Cultuga :)
      Para ingressar em uma faculdade portuguesa, você não precisaria retornar à escola. Uma opção, por exemplo, seria usar a sua nota do Enem para tentar uma vaga na Universidade de Coimbra ou na Universidade da Beira Interior (http://vestibular.brasilescola.com/enem/como-estudar-portugal-pelo-enem.htm).
      Para outras universidades, inclusive no Porto, é preciso que você entre em contato com aquelas que tem interesse para conhecer as formas de ingresso, de acordo com a sua situação. São diversas variáveis: se você vai ingressar como estrangeira ou como portuguesa, se está em busca de bolsa, se pretende uma universidade pública ou particular, qual é área do curso que pretende, etc. Aconselho que verifique isso ainda no Brasil para que você possa providenciar eventuais documentos ou legalização de documentos junto à sua escola brasileira e ao consulado de Portugal no Brasil.
      Um link que também pode te ajudar: https://www.dges.gov.pt/pt/pagina/substituicao-de-provas-de-ingresso-por-exames-estrangeiros?plid=593
      Um grande beijo e boa sorte!

  3. Avatar

    Oi Priscila,
    Adorei o site. Sou medica e tenho muito interesse em morar e trabalhar em Portugal! Você poderia me dar algumas informações sobre como é a medicina em Portugal? Há vagas disponíveis? Existe espaço para médicos estrangeiros?
    Muito obrigada!

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Erica!
      Tudo bem? Agradeço o carinho pelo conteúdo do Cultuga!
      Infelizmente não sei te dar uma posição sobre isso, por não ser a minha área. Creio que você possa obter informações mais seguras e detalhadas junto a Ordem dos Médicos: http://www.ordemdosmedicos.pt/
      Boa sorte!

      • Avatar

        Olá, eu tenho 19 anos e curso direito no Brasil, faço o segundo período!a minha mãe mora em Lisboa e eu gostaria de fazer um “intercâmbio”, gostaria de fazer 6 meses de estudo em Lisboa, é possível? Isso atrasaria o meu curso no Brasil? O que eu quero é: fazer um semestre em Portugal, por exemplo o terceiro período e a minha dúvida é, quando eu voltar para o Brasil, poderei cursar o quarto período normalmente? Isso atrasaria o meu curso? Por favor, se possível, me mande a resposta por e-mail: freitassvictoria@hotmail.com

        • Priscila Roque
          Priscila Roque em

          Olá, Victoria
          Procure junto a sua universidade se ela oferece a oportunidade de um intercâmbio em Portugal.
          Boas pesquisas

  4. Avatar

    Olá, Priscila!

    Gostaria de conselho seu, pretendo me mudar para Lisboa, Eu minha esposa e meus 2 filhos, 1 de 1,5 anos e outro de 3,5 anos, mas existem algumas questões as quais não consigo definir:

    • Educação:
    Gostaria de morar na região do Parque das Nações ou em São Sebastião, sabe me dizer qual é melhor com relação as escolas deles, seja ela publica ou privada?
    Saberia me indicar algumas escolas?
    Quanto custa mais ou menos as escolas privadas para idade de 2 a 6 anos?
    Ou teria um outro bairro melhor(de escolas) com transporte publico por perto?
    Como funciona para colocar as crianças em um colegio publico em Lisboa?
    Eles são bons?
    O colegio é definido por região onde morarmos?

    • Esposa:
    Minha esposa será a unica a não ter a dupla cidadania, poderia ela participar de ONG ou voluntariado na área de Educacão para poder ir se ambientando enquanto não consigo a cidadania dela?
    Ela é professor Bilingui e de ensino basico crianças de 1 a 7 anos aqui no Brasil e gostaria de no futuro, quando tiver a cidadania, conseguir emprego, ela é formada em pedagogia aqui, sabe se vai precisar fazer faculdade dinovo?

    Estou indo para lisboa em Janeiro, apenas de ferias e para ver como as coisas funcionam e gostaria de ter estas duvidas sanadas para que possa focar onde procurar moradia e escola.

    Se puder me ajudar onde tirar estas duvidas me ajudaria muito

    Obrigado desde já pela atenção.

    Sérgio Martinho

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Sérgio!
      Como vai?

      Sobre as suas dúvidas, aqui vão os meus comentários:

      – “Gostaria de morar na região do Parque das Nações ou em São Sebastião, sabe me dizer qual é melhor com relação as escolas deles, seja ela publica ou privada? Saberia me indicar algumas escolas? Ou teria um outro bairro melhor(de escolas) com transporte publico por perto?”
      Possivalmente no Parque das Nações – mas os dois bairros são impecáveis. Creio que você não terá dificuldades nessa questão. Porém, como não tenho filhos, acabo por não ter como indicar escolas. Para tal, aconselho algumas leituras: (1) http://www.cm-lisboa.pt/viver/educacao/oferta-escolar , (2) http://expresso.sapo.pt/em-que-lugar-ficou-a-sua-escola-veja-o-ranking-de-2014=f900077 , (3) http://www.pumpkin.pt/dicas/educacao/creches-jardins-de-infancia-e-infantarios-na-area-de-lisboa e (4) http://roteiro.min-edu.pt/

      – “Quanto custa mais ou menos as escolas privadas para idade de 2 a 6 anos?”
      É preciso contactar cada uma das escolas de seu interesse para fazer esse balanço.

      – “Como funciona para colocar as crianças em um colegio publico em Lisboa? Eles são bons? O colegio é definido por região onde morarmos?”
      O colégio é definido pela região que você mora, sim. Muitas escolas são boas (veja no ranking do link do jornal Expresso que postei na pergunta anterior). Nem todas são totalmente gratuitas. Isso pode depender da renda familiar. Não sei te dizer como é o procedimento de matrícula. Aconselho que você procure as escolas de seu interesse para ter infomações oficiais sobre esse assunto.

      – “Minha esposa será a unica a não ter a dupla cidadania, poderia ela participar de ONG ou voluntariado na área de Educacão para poder ir se ambientando enquanto não consigo a cidadania dela? Ela é professor Bilingui e de ensino basico crianças de 1 a 7 anos aqui no Brasil e gostaria de no futuro, quando tiver a cidadania, conseguir emprego, ela é formada em pedagogia aqui, sabe se vai precisar fazer faculdade dinovo?”
      Não sei te dizer sobre isso. Penso que ela poderá somente ter uma atividade de maneira legal a partir do momento que vocês derem entrada no pedido de visto de residência dela (não necessariamente a dupla cidadania). Nesse portal você encontra todas as informações: http://www.imigrante.pt/ . Com relação a área dela, recomendo a leitura desse post: https://www.cultuga.com.br/2014/11/reconhecimento-profissao-em-portugal/

      Boas pesquisas e um ótimo fim de ano!

  5. Avatar

    Olá Priscila, como vai? Gostaria de fazer uma pós em Portugal, possuo graduação e MBA aqui no Brasil nas áreas de Publicidade e Marketing, respectivamente. Necessito solicitar validação dos meus diplomas para iniciar a pós em Portugal? Obrigada

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Val! Tudo certo por aqui :)
      Seja bem-vinda ao Cultuga!
      Creio que para qualquer curso de especialização seja necessário, sim, ao menos o reconhecimento dos seus diplomas universitários. Você pode fazer isso ainda no Brasil via Consulado de Portugal. O procedimento não custa tão caro e geralmente é rápido: http://consuladoportugalsp.org.br/legalizacao/
      De qualquer forma, você precisa checar junto as universidades de seu interesse quais são os documentos necessários para a inscrição. Dependendo da área, ainda é preciso a equivalência, por exemplo. Veja mais informações aqui: https://www.dges.gov.pt/pt/pagina/perguntas-frequentes?plid=593
      Boa sorte :)

  6. Avatar

    Oi, Priscila. Tudo bem?
    Com relação a chegada na imigração, como é esse comprovativo de meio de subsistência? Estou indo como estudante para passar 6 meses na UP, logo, estou me valendo do apoio financeiro familiar. Como fica, nesse caso? Outra coisa, reservamos o hotel aqui para ficar um tempo até achar um apartamento legal para ficarmos “indefinidamente”. A reserva do hotel é suficiente?
    Obrigado!

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Iury!
      tudo bem?
      Não sei ao certo como isso é verificado na chegada na imigração, pois o meu caso foi diferente do seu. Mas, se você vai como estudante, já seguirá com todos os documentos do visto prontos, certo? Portanto, na imigração será ok. Para formalizar a sua questão no SEF, possivelmente o extrato de poupança ou o seu último imposto de renda, por exemplo, poderão ser suficientes para essa comprovação.
      Boa sorte :)

  7. Avatar

    Oi Priscila, tudo bem?

    Estou fazendo uma big pesquisa sobre ir fazer um mestrado em Portugal.
    Achei MUITO legal ter encontrado o teu site e suas dicas, e algo maior ainda me fez te escrever, você é jornalista e fotógrafa, praticamente da minha ‘raça’ (no bom sentido) rsrs.
    Sou produtora audiovisual e meu namorado cinegrafista. Ambos formados em comunicação social (rádio e tv) aqui no Brasil, estamos com a idéia de fazer um mestrado na área em Portugal.
    Encontramos esse local, você conhece ou já ouviu falar?
    http://www.esmae-ipp.pt/

    Nossa intenção seria juntar a grana pra pagar o curso e conseguir se manter no país 03 meses, e nesse período buscar emprego (dispostos a sub empregos) para o período de estudos, acha que é possível estando aí no contexto de Portugal?

    Não tenho idéia de como funciona a nossa área por aí, mas imagino que seria dificílimo um emprego na área, até encontrei bastante produtoras e emissora que funcionam por aí, mas meu maior interesse seria cursar o mestrado, e perfeito se conseguir um emprego pra me manter no período.

    Legal ter te encontrado por aqui, e desde já agradeço as dicas.
    MUITO OBRIGADA!
    Abs,

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Bruna!
      Como vai?
      Fico feliz que tenha gostado do conteúdo do Cultuga :)
      Essa é uma Escola interessante. Não é das mais conceituadas do país em termos gerais, mas é bem especializada/ segmentada e, se tiver o tema do interesse de vocês por lá, vale a pena, sim, essa experiência e investimento, na minha opinião.
      Bom, o máximo que vocês conseguirem poupar para essa fase, melhor, claro. Eu, particularmente, investiria em buscar freelas (para o Brasil) na área de vocês e aproveitaria essa fase para interagir com profissionais locais e produtoras portuguesas. Comecem a firmar contatos pela Internet e combinem encontros e visitas quando estiverem em Portugal. Pesquisem mais sobre a área de vocês e, primeiro, verifiquem todas as possibilidades dentro do universo de especialização – para então pensar em migrar para outra área ou a busca de um sub emprego. Vocês têm formação e experiência e vão atravessar o oceano para se especializar. Creio que segurar as contas e tentar ao máximo as possibilidades de experiências na área ou intercâmbios seria, certamente, mais valioso/ produtivo.
      Um site que costuma lançar vagas na área de comunicação, e que vale vocês ficarem de olho: http://www.cargadetrabalhos.net/
      Boas pesquisas :)

  8. Avatar

    Oi Priscila!
    Adorei o seu site ele dá dicas muito importantes!
    Tenho a seguinte dúvida:
    Pretendo fazer o doutorado na Universidade Nova de Lisboa, no Instituto de Higiene e Medicina Tropical, qual seria o melhor local para moradia?
    Como fica o visto do meu marido como dependente, já que pretendo ir com bolsa do Brasil?
    Obrigada pela atenção!
    Abraços

  9. Avatar

    Olá Priscila,

    Meu marido tirou a nacionalidade portuguesa e estamos pensando em morar em Portugal. Ele cursava Ciências da computação em uma faculdade estadual porém precisou trancar. Entrei no site do Instituto Superior Técnico de Lisboa (IST de Lisboa) e ficamos com dúvidas, se puder ajudar agradeço muito.

    Há duas formas de ingresso que ficamos em dúvida em qual ele poderia se candidatar:

    1)Maiores de 23 anos – 1º Ciclo
    2) Ingresso pelo Concurso Nacional de Acesso

    Sabe me informar em qual das duas ele se encaixa?

    Obrigada!

    Andrea

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Andrea!
      Como vai?
      Creio que o ideal seja entrar em contato com o IST para verificar exatamente em que situação o seu marido se encaixa, justamente por ele não ter uma formação escolar em Portugal. Creio que o ideal seja fazer a transferência dele do curso para o IST ou solicitar a entrada por meio de análise do currículo profissional + entrevista + provas específicas do IST. Entretanto, isso realmente deve ser verificado junto a instituição, pois cada caso deve ser analisado de uma forma diferente.
      Boa sorte!

    • Avatar
      Isadora Fernandes em

      Olá Priscila. Tenho 18 anos, e finalizo o ensino médio agora, em 2017. Entrei no site do Instituto Politécnico do Porto e vi que uma das formas de ingresso é o exame para “maiores de 23 anos”. No entanto, gostaria de saber se só quem pode ingressar nesse instituto são pessoas maiores de 23 mesmo, ou se entendi errado. Os sites de universidades portuguesas não são tão bem explicativos, por isso vim aqui te perguntar. Espero que saiba a resposta!! Obrigada pela atenção.

      • Rafael Boro

        Olá, Isadora
        Como vai?
        Pelo que eu entendi, há provas especiais para maiores de 23 anos, e não apenas maiores de 23 podem ingressar no Politécnico do Porto. Aconselho que entre em contato com eles para tirar todas as suas dúvidas.
        Um abraço!

  10. Avatar
    Angelita Saraiva em

    Bom Dia Priscila. Primeiramente gostaria de elogiar sua iniciativa, tem sido de grande valia nas minhas pesquisas. Gostaria de tirar uma dúvida; em 2016 estou indo para validar meu diploma de enfermeira. Vou estudar 01 ano na Escola Superior de Enfermagem São Francisco das Misericórdias. Meu esposo é funcionário público aqui no Brasil e irá tirar uma licença de 1 ano para me acompanhar. Como seria o visto dele nesse ano? ele tem direito pro ser meu esposo? Desde já agradeço sua atenção.

  11. Avatar

    Olá, Priscila, tudo bem? Que site maneiro, heim? As dúvidas são muitas e poucas pessoas se disponibilizam a ajudar! parabéns pela iniciativa!
    Bem, eu sou Brasileiro e tenho cidadania-nacionalidade Portuguesa e já cursei por 1 ano o curso de odontologia (medicina dentária), porém, tranquei o curso para prestar vestibular novamente, mas dessa vez para medicina e também tenho muita vontade de me mudar para Portugal e cursar medicina lá. Você sabe quais são os procedimentos que devo seguir para tentar ingressar na Universidade de Medicina sendo brasileiro com nacionalidade portuguesa? Obrigado pela atenção, muito agradecido desde já! ABRAÇOS!

  12. Avatar

    Parabéns pelo site,Priscila! Minha família está pensando em se mudar p Portugal e eu, fazendo vestibular para medicina aqui no Brasil,gostaria de saber como é o processo aí em Portuga, você consegue me ajudar? Eu tenho a cidadania portuguesa tambem! Obrigada!

  13. Avatar
    Stella Machado em

    Olá Priscila, tudo bem? Muito obrigada por todas as respostas e parabéns pelo site!!!!!

    Estou pensando em me matricular em Ciências da Educação na Universidade Nova de Lisboa, e estou um pouco insegura, pois minha primeira opção seria a de Aveiro, mas infelizmente não abrirá esse curso para o próximo ano! Gostaria de saber se você conhece essa universidade e também se poderia me indicar uma cidade perto de Lisboa que o custo de vida seja mais barato?
    Muito obrigada!!
    Abraços,
    Stella

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Stella! Como vai?
      A Universidade Nova é bem cotada, sim. Costuma estar em inúmeros rankings, principalmente mundiais, de qualidade de ensino.
      Sobre locais mais em conta, é preciso fazer uma pesquisa, sobretudo a respeito do tempo e do valor do transporte que você vai gastar mensalmente com a universidade para ver se compensa morar longe. São diversas as regiões cobertas pela grande Lisboa, como Oeiras, Odivelas, Amadora, Damaia, Queluz, Loures, Almada, Setúbal, Barreiro… Não sei te dizer quais são as mais baratas. Entretanto, esse post pode ajudá-la nas buscas: https://www.cultuga.com.br/2014/01/como-alugar-um-apartamento-em-lisboa/
      Boas pesquisas!

  14. Avatar
    Gabriella Agnes em

    Oi Priscila! Adorei seu site! Me ajudou muito, em muitas coisas! :)
    Mas estou com uma dúvida sobre “fazer faculdade em Portugal”.
    Tenho 22 anos e estou correndo atrás da dupla-nacionalidade portuguesa. Concluí o ensino médio em 2010, comecei a cursar medicina veterinária em uma faculdade particular aqui no Brasil, mas tranquei porque pretendo cursar medicina (humana). E vi a possibilidade de cursar em Portugal, na Universidade de Coimbra. Porém pesquisei e vi que o único tipo de ingresso à Universidade (para cidadãos portugueses e para o curso de medicina, especificamente) é através das provas de ingresso aplicadas aí em Portugal. Eu queria saber se existe a possibilidade, ou a necessidade, de “validar” os meus estudos até o ensino médio, ou o que seria o equivalente ao 12º ano do ensino português.
    Seria inviável eu tentar fazer uma prova de ingresso do qual não conheço a matéria aplicada (por ser diferente da matéria no Brasil), além de ter que ir à Portugal somente pra isso. E se eu não passar? rs
    Não sei se você pode me ajudar, mas se pudesse ao menos direcionar minhas pesquisas, agradeceria MUITO, porque não sei mais por onde pesquisar! rsrs

    Att., Gabriella.

  15. Avatar

    Priscila, bom dia!

    Parabéns pelo cultuga! Estou de mudança para Portugal com meu marido e acessamos seu blog diariamente! É simplesmente fantástico.

    Eu tenho cidadania Portuguesa, sou brasileira de São Paulo.
    Gostaria de saber se a cidadania facilita nas hora de ingressar em qualquer curso em Portugal e se você sabe me dizer quais documentos são necessários.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Mariana!
      Como vai?
      Agradeço o carinho pelo nosso conteúdo :)
      Pode ajudá-la na questão burocrática, sim. Os documentos necessários variam de acordo com o curso que pretende, se é livre, técnico, graduação, mestrado, doutorado, etc., e da área. Você pode buscar informações junto a própria universidade ou escola ou na Direção Geral de Ensino Superior: https://www.dges.gov.pt/pt e na Universia: http://www.universia.pt/ no caso de cursos superiores.
      Boas pesquisas e boa sorte!

  16. Avatar
    Fernanda Almeida em

    Olá Priscila,

    Adoro seu blog :)
    Você saberia dizer se posso trabalhar, digo oficialmente, durante o mestrado? Estou aplicando para fazer um mestrado de duração de dois anos e gostaria de trabalhar durante este período.
    Outra dúvida: tenho uma filha de 4 anos. Ela poderá frequentar as escolas portuguesas?

    Obrigada
    Fernanda

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Fernanda! Como ai?
      Agradeço o carinho pelo Cultuga :)
      Eu não sei te afirmar com certeza e se há algum impedimento quando existe bolsa, por exemplo. Creio que o ideal seja entrar em contato direto com o SEF (serviço de estrangeiros e fronteiras) para ter um feedback oficial sobre o assunto (www.sef.pt).
      Com relação a sua filha, creio que ela não terá problemas para frequentar a escola. Entretanto, penso que seja necessário solicitar também a autorização de residência dela por reagrupamento familiar quando vocês chegarem a Portugal (http://www.imigrante.pt/PagesPT/DocumentosNecessarios/ConcessaoAR/14Art98N1.aspx)
      Um forte abraço!

  17. Avatar
    Fabio Vale em

    Olá Priscila!!
    Gostei muito do Cultuga e da atenção que você dá a todos.
    Bem, estou terminando o curso de Eng. Civil aqui no Brasil e pretendo fazer uma pós em Portugal,
    poderia me dizer sobra a condição de após a conclusão da pós permanecer trabalhando em Portugal e se há ofertas de emprego por aí ?

  18. Avatar

    Oi Priscila. Bom texto!

    Estou pensando em tentar ir fazer o mestrado em Portugal, mas não achei muitas informações sobre bolsas de estudo. Sabe me dar uma luz de onde buscar?

    Obrigado!

    • Priscila Roque