Segurança em Portugal: dicas práticas de viagem

2

A preocupação de muitos brasileiros que vão para a Europa é sobre quais as medidas de segurança que se devem tomar durante uma viagem. Pelo fato de Portugal ser um país bastante seguro, os viajantes acabam “relaxando”. Isso é normal. Mas sempre é bom tomar alguns cuidados.

Para orientar você da melhor maneira, conto nesse artigo como se prevenir durante as férias em terras portuguesas:

Dicas de segurança em Portugal

Quais cuidados o turista deve ter durante uma viagem?

Nos últimos anos, Portugal passou a ser um dos destinos de férias mais procurados do mundo todo. Esse aumento fez com que os furtos nas cidades e vilas mais turísticas do país acontecessem com mais frequência.

As dicas que se seguem são importantes para a sua viagem a Portugal e para outros locais da Europa que você pretenda visitar. 😉

Carteiristas (ou bate-carteira)

Os famosos pickpockets estão espalhados por todas as grandes capitais e cidades muito movimentadas em toda a Europa. Em Portugal não é diferente. Lisboa e Porto são os principais alvos desses carteiristas (ou bate-carteiras). Os “espertinhos” gostam de agir, principalmente, nos transportes públicos cheios (o emblemático Elétrico 28 é um dos mais visados) e nas ruas do centro histórico.

Esse tipo de ação é muito rápida e o turista não consegue perceber. Quando se dá conta, já não há carteira ou tefefone celular no bolso ou na mochila. É importante destacar que são furtos, não assaltos.

Tome nota de como agir para não passar por isso:

  • Não levar a carteira no bolso de trás da calça ou bermuda
  • Ter o controle de onde estão os seus pertences, principalmente documentos, dinheiro e telefone
  • Deixar os documentos e grandes quantias de dinheiro no fundo da mochila ou na doleira
  • Fechar a mochila com cadeado ou uma fita
  • Carregar a bolsa na frente do corpo quando passar por locais com muita gente
  • Não deixar o telefone e a carteira em cima da mesa em locais muito movimentados, principalmente nas mesas que ficam na calçada

O número de emergência (polícia, ambulância e bombeiros) em Portugal e na União Europeia é o 112

Vendedores de “drogas”

A Praça do Rossio e seus arredores é um dos pontos escolhidos pelos vendedores de louro

Não se assuste, caso algum homem te aborde oferecendo maconha/ haxixe ou cocaína nas ruas do centro histórico de Lisboa e do Porto – em plena luz do dia. Essas pessoas não são traficantes – são golpistas.

Não é preciso ter medo. Basta balançar a cabeça negativamente,  dizer “não” ou mesmo ignorar. 😉

A polícia não pode prendê-los porque eles não estão vendendo drogas, mas sim louro prensado – acredite. E, infelizmente, essa atividade ainda continua porque muitos turistas acreditam no golpe e financiam esse mercado.

É importante destacar que o consumo, a aquisição e a posse de drogas em Portugal não é mais crime desde 2001. Apesar da descriminalização do consumo, uma pessoa que for pega pela polícia com qualquer tipo de droga, está sujeita a multa, advertência ou obrigada a comparecer a um local onde terá a companhia de médicos e assistentes sociais.

A Polícia tenta, de forma humorada, alertar os turistas a respeito das burlas que ocorrem na Baixa

Em Lisboa, perdi as contas de quantas vezes me ofereceram louro prensado nas proximidades da Praça do Rossio, na Rua Augusta e na Praça do Comércio. Já no Porto, me encheram o saco na Rua das Flores e em frente a Estação de São Bento.

Se você reparar, todos esses “traficantes de louro prensado” têm o mesmo estilo de se vestir e abordam, na maioria das vezes, grupos de amigos, homens sozinhos e casais jovens. Fique tranquilo que eles não são perigosos. Basta ignorar.

Objetos deixados dentro do carro

Mesmo com o grande movimento nos estacionamentos, os ladrões sabem quais são os carros vuneráveis ou que deixaram objetos a vista

Infelizmente, há pessoas que aproveitam o volume turístico (nacional e internacional) para furtar objetos que estão dentro do carro, sobretudo daqueles que estão à vista nos bancos. Por conta disso, sempre aconselhamos que carregue consigo bolsas e mochilas com aquilo que tem de valor para evitar qualquer contratempo durante a sua viagem.

Essa é uma prática que acontece, na maioria das vezes, em locais voltados ao turismo. Nós e os nossos amigos portugueses também tomamos esses cuidados quando viajamos de carro pelo país.

Veja como se prevenir:

  • Não deixar nenhum objeto à vista no interior do automóvel
  • Guardar todas as bagagens no porta-malas
  • Não abrir o porta-malas nos estacionamentos de locais turísticos, como Óbidos, Sintra e Fátima
  • Se for pernoitar, não deixe objetos de valores dentro do porta-malas

Atravesse sempre na faixa de pedestre

Esse é um ótimo exemplo do que NÃO fazer no trânsito de Lisboa 😉

É muito comum ver turistas atravessando fora da faixa de pedestres (“passadeira”, em Portugal) ou no sinal vermelho em Lisboa e no Porto – OK, alguns locais também fazem essas coisas.

Há dois bons motivos para evitar isso: como é óbvio, a sua segurança e, o segundo, é que, quando não tem semáforo, somente a faixa, a preferência sempre é do pedestre.

Preste atenção também no momento em que você estiver dirigindo um carro alugado na sua viagem a Portugal para oferecer passagem aos pedestres nas faixas sem semáforo. 😉

Para finalizar, e você se sentir ainda mais seguro em Portugal, listei os endereços de algumas Esquadras de Turismo da Polícia (como são chamadas as delegacias, em Portugal):

  • Lisboa

Praça dos Restauradores – Palácio Foz
Contato: (+351) 213 421 623 – 213 400 090

Santa Apolónia – Largo Museu da Artilharia
Contato: (+351) 218 804 030

  • Porto

Rua Clube dos Fenianos, 11
Contato: (+351) 222 081 833

  • Cascais

Largo Mestre Henrique Anjos
Contato: (+351) 214 814 067

  • Faro

Rua da Polícia de Segurança Pública, 3
Contato: (+351) 289 899 899

Organize AQUI a sua viagem para Portugal!

icon-saude

Parcele o seguro saúde na Real Seguro Viagem em 6x SEM JUROS

icon-carroVeja os melhores preços para alugar um carro

icon-hotel

Reserve o seu hotel no Booking, com cancelamento gratuito

Conheça os serviços exclusivos do Cultuga

icon-tour

Deseja ter a nossa companhia em Lisboa? Faça um tour conosco

icon-consultoria

Reserve um transfer ou city tour com os nossos parceiros em Portugal

icon-foto

Faça um ensaio fotográfico em Lisboa ou no Porto

Veja o índice de artigos do Cultuga para ajudar no planejamento do seu roteiro ❤

Compartilhe.

Sobre o autor

Rafael Boro

Sou jornalista, tenho 34 anos e, apesar de ter nascido em São Paulo, adotei Lisboa como minha cidade. Gosto de apreciar a gastronomia lusa e, sempre que posso, vou a um café ou a um restaurante que não conheço. Lisboa também me trouxe um time de futebol do coração, o Sporting, mesmo tendo o tênis como o meu principal esporte. Troco fácil os transportes públicos por uma longa caminhada. Na minha playlist de música portuguesa não falta David Fonseca e Tiago Bettencourt.

2 comentários

  1. GUSTAVO ALMEIDA DE OLIVEIRA em

    Fui abordado na frente do Ascensor da Gloria varias vezes (meu hotel era próximo) e no Padrão dos Descobrimentos, apenas falei Não e ignorei, mas não sabia que era um golpe! hahaha

    • Rafael Boro
      Rafael Boro em

      Que chato isso, Gustavo. Fez bem em ignorar.
      No Padrão dos Descobrimentos é novidade para mim. Deve ser o mesmo pessoal que vende óculos hehe
      Um grande abraço e seja sempre bem-vindo ao Cultuga!

Deixe um comentário