Trás-os-Montes: uma viagem espetacular pelo norte de Portugal

Envie este artigo para alguém que você gosta!

A região de Trás-os-Montes fica no norte de Portugal, mais precisamente a nordeste, e faz fronteira com a Espanha. São muitas as belezas, os sabores, as tradições e as histórias que você vai encontrar por lá.

Eu e a Pri gostamos de viajar constantemente pelo país para estudar e trazer o maior número de informações aos leitores do Cultuga. Já estivemos em Trás-os-Montes na primavera e gostamos bastante.

Independente da estação do ano que você tiver disponibilidade, sempre é bom visitar esta região. Porém, é importante dizer que o inverno por aqui é um dos mais rigorosos de Portugal, com temperaturas mínimas que podem ser abaixo de 0°C.

Fazer base em uma ou duas localidades de Trás-os-Montes é a melhor maneira de explorar e conhecer um pouco desses e outros lugares que cito aqui no artigo.

Você poderá viajar com mais calma – como sempre gostamos de recomendar no Cultuga – e ainda terá mais tempo para guardar as melhores memórias do interior de Portugal!

Imigrantes portugueses no Brasil

mapa-tras-os-montes-portugalMuitos portugueses que nasceram ou viviam em Trás-os-Montes foram para o Brasil em busca de condições de vida melhores do que tinham na terra de origem, ganhar dinheiro e trabalhar no comércio, por exemplo, principalmente, no final do Séc. XIX e na primeira metade do Séc. XX.

Até os dias de hoje, brasileiros viajam para Portugal em busca de suas origens portuguesas nas vilas e aldeias transmontanas. As condições de vida eram bem difíceis naquela época e o ambiente bastante rural.

Atualmente, o envelhecimento da população, as poucas crianças (por vezes nenhuma) que moram nos pequenos vilarejos e a dificuldade de acesso (o escasso transporte público e as estradas lentas) são fatores que isolam e dificultam o desenvolvimento de quem vive ali.

LEIA TAMBÉM: Conheça todas as divisões do mapa de Portugal

Uma viagem espetacular pela região de Trás-os-Montes, em Portugal

Nos próximos parágrafos, vou levar você para conhecer alguns lugares incríveis em Trás-os-Montes, no norte de Portugal.

Essa é apenas uma pequena amostra de quão rica é a cultura, a gastronomia e a história dessas cidades, vilas e aldeias transmontanas.

Como chegar a Trás-os-Montes, em Portugal

A região de Trás-os-Montes fica no norte de Portugal, divisa com a Espanha (Verin e Zamora são algumas das principais localidades espanholas perto da fronteira).

A melhor forma de chegar a Trás-os-Montes é de carro (Porto-Chaves são cerca de 150 km / Porto-Bragança são cerca de 200 km. Os dois trajetos são feitos por autoestrada).

Também é possível viajar de ônibus do Porto para Chaves (pouco mais de 2h) e para Bragança (cerca de 3h) com a empresa Rede Expressos.

Infelizmente, não há linhas de trem (“comboio”, em Portugal) em Trás-os-Montes.

Clique aqui para ler o nosso guia completo para alugar um carro em Portugal

BRAGANÇA: história, fácil acesso e opções de hospedagem

A cidade de Bragança é uma boa base para você visitar muitos desses lugares que eu indico neste artigo especial de Trás-os-Montes, no norte de Portugal.

O fácil acesso às estradas, os bons restaurantes e cafés e as diferentes opções de hospedagem são os principais pontos favoráveis para você escolher Bragança.

Um dos destaques de Bragança é a cidadela, um lugar fortificado que faz seus olhos brilharem ao avistar o Castelo e a sua Torre de Menagem (Séc. XV).

Enquanto estivemos lá, caminhamos por entre as ruas estreitas e paramos para petiscar em beber um vinho na esplanada da Tasca do Zé Tuga, em frente a Torre.

tras os montes Portugal: castelo de Bragança

tras os montes Portugal: Bragança

tras os montes Portugal: Bragança

tras os montes Portugal: Bragança

Fora das muralhas, não deixe de ir a Praça da Sé (onde está a antiga Sé Catedral), ao Jardim António José D´Almeida e a Praça do Mercado.

Para quem gosta de visitar igreja, deixo a sugestão de conhecer também a Sé Nova, a primeira catedral de Portugal construída no Séc. XXI. Ela fica em uma parte alta da cidade, com fácil acesso de carro.

tras os montes Portugal: Sé Nova de Bragança

LEIA TAMBÉM: Durma em uma aldeia portuguesa cenográfica

ALDEIAS: produtos e pessoas genuínas na Serra de Montesinho

A região de Trás-os-Montes é repleta de aldeias. Uma viagem pela Serra de Montesinho é a oportunidade de conhecer algumas delas.

Caminhar por entres as pequenas casas de pedra é como voltar no tempo e também levar mais vida nestas aldeias que, infelizmente, ficam muito longe das cidades grandes e se tornam muitas vezes esquecidas.

O turismo é uma forma atual para ajudar a dinamizar a economia desses lugares.

Quando eu e a Pri visitamos pequenas povoações, fazemos questão de interagir com a população, quase sempre idosa, tomando um café, almoçando ou comprando algum produto local e genuíno.

E foi exatamente isso que fizemos no Café Montesinho, que fica logo na entrada da Aldeia de Montesinho.

tras os montes portugal: aldeia de montesinho

A magia de Trás-os-Montes na Aldeia de Montesinho

Outra aldeia portuguesa que você terá uma ótima experiência em Trás-os-Montes é a de Rio de Onor.

Pacata, mas cheia de beleza, com o rio sempre em destaque (suas fotos ficarão lindas!), esta aldeia transmontana tem um plus para quem a visita: atravessar a pé a fronteira com a Espanha rumo a Rihonor de Castilla.

tras os montes portugal: aldeia de Rio de Onor

Na Aldeia de Rio de Onor você poderá ver uma das fronteiras entre Portugal e Espanha

aldeia trás-os-montes: rio de onor

Quando você atravessar a fronteira entre Portugal e Espanha a pé, repare como a arquitetura das casas são diferentes entre as aldeias. Ah… E lógico, não deixe de tirar uma foto na fronteira com as placas de Portugal e da Espanha rs.!

Deixo aqui uma sugestão de roteiro em Portugal por algumas aldeias de Trás-os-Montes – incluindo as que indiquei:

Saindo de Bragança, suba até Montesinho e desfrute da paisagem natural pelo caminho. Na sequência, vá até Varge para almoçar no restaurante O Careto (a posta Mirandesa e o bacalhau assado são ótimos). Depois, siga até Rio de Onor. Na volta para Bragança, passe pela aldeia de Gimonde para ver a icônica Ponte Romana. As estradas são lentas, mas muito bonitas.

Tras os montes portugal: aldeia de Gimonde

Aldeia de Gimonde

Tras os montes portugal: aldeia de Varge

A Aldeia de Varge é um ótimo ponto de parada para almoçar

Veja também a beleza das aldeias da Serra da Estrela

MIRANDA DO DOURO: onde Portugal dá boas-vindas ao rio Douro

Visitar Miranda do Douro é ter a oportunidade de ver o rio Douro “entrando” em Portugal, comer um dos cortes de carne de vaca mais famosos do país e aprender sobre o Mirandês – uma língua de Portugal oficializada em 1999 e ensinada na cidade, além de algumas aldeias e vilas dos arredores.

É na pequena cidade de Miranda do Douro, também fronteira com a Espanha, que o importante rio Douro dá boas-vindas a Portugal.

Essa região também leva o nome de Parque Natural do Douro Internacional.

Trás os montes Portugal: Miranda do Douro

Posta Mirandesa e gramática da língua Mirandesa

Trás os montes Portugal: Miranda do Douro

Trás os montes Portugal: Miranda do Douro

Trás os montes Portugal: Miranda do Douro

A belíssima paisagem do Douro Internacional, em Miranda do Douro

Para os amantes da gastronomia portuguesa, principalmente quem gosta de carne, recomendo vivamente que prove a Posta Mirandesa, o prato célebre de Miranda do Douro e, porque não, de Trás-os-Montes.

São muitos os restaurantes que preparam essa carne de vaca alta, mal passada e acompanhada com batata assada e grelos (uma verdura muito consumida em Portugal). Nós comemos no Restaurante Jordão e valeu a pena!

LEIA TAMBÉM: Banhos quentes que fazem bem a saúde nos Açores

CHAVES: experiência única de beber e se tratar com águas termais

Chaves é o local mais afastado a partir de Bragança que indico aqui neste post – são cerca de 100 km a oeste.

Acho importante destacar esta cidade por ser uma das estrelas de Trás-os-Montes. Os motivos você saberá nas próximas linhas!

Uma das coisas que mais gostei na cidade foram as Termas de Chaves. O uso da água que brota no solo de Chaves começou na época em que os Romanos habitavam este território.

Mas foi no século XIX que as águas quentes da cidade (hipertermais – 73ºC, bicarbonatadas, sódicas, mesomineralizadas e gasocarbônicas) começaram a ganhar um grande destaque para tratamentos.

Trás os montes Portugal: Chaves

No centro da cidade, junto do rio Tâmega, existe um espaço chamado Largo das Caldas em que qualquer pessoa pode beber a tão famosa água (tradição na cura de doenças nos músculos, ossos, do aparelho digestivo e de vias respiratórias).

Eu, a Pri e os meus pais fomos até lá, pegamos um copinho e sentamos ao lado das #FofurasPortuguesas que estavam alí.

Além disso, logo em frente está a Chaves Termas & SPA, um local especializado em tratamentos terapêuticos utilizando a água e as suas propriedades.

As ruas e a arquitetura do centro histórico (destaque para a Rua Direita, a Rua de Santa Maria e também a Praça de Camões) e a linda Torre de Menagem são outros pontos de Chaves que farão o seu dia ainda mais especial.

Destaco também a Ponte de Trajano, uma ponte romana do Séc. II que cruza o Tâmega. Por falar em rio, caminhe pela agradável Alameda Trajano e não deixe de ver as poldras de Chaves, um antigo caminho utilizado para atravessar o rio.

Trás os montes Portugal: Chaves

Trás os montes Portugal: Chaves

Trás os montes Portugal: Chaves

Os fãs da gastronomia portuguesa não podem deixar de provar em Chaves três sabores típicos: o presunto, o pastel de Chaves (recheado com carne moída) e a alheira.

LEIA TAMBÉM: Vinícolas para explorar no interior de Portugal

CASTELO DE ALGOSO: suba ao topo de um monumento medieval de Portugal

Castelos de Portugal - Castelo de Algoso

Sabemos que muitos leitores do Cultuga gostam de visitar castelos em Portugal, por isso, fiz questão de incluir o impressionante e peculiar Castelo de Algoso neste artigo especial de experiências incríveis em Trás-os-Montes.

O Castelo de Algoso começou a ser construído no século XII e passou por transformações ao longo dos séculos seguintes. Isolado em uma área rural, o monumento fica cerca de 600m de altitude e tem acesso apenas de carro.

Trás os montes Portugal: Algoso

Trás os montes Portugal: Castelo de Algoso

Apesar de pequeno, existe uma estrutura com escadas, rampas e grades de segurança, facilitando a visita. A entrada é gratuita.


Envie este artigo para alguém que você gosta!

Viaje a Portugal com segurança ✈

icon-saude

SEGURO SAÚDE E VIAGEM
Faça o seu seguro para Portugal na Real Seguro Viagem com este link do Cultuga e ganhe 10% de desconto!

icon-carro

ALUGUEL DE CARRO
Viajar de carro é uma ótima opção para se aproximar da natureza e fazer um roteiro ao seu ritmo. Na RentalCars você recebe o orçamento de aluguel de carro das empresas mais conhecidas de Portugal.

icon-hotel

HOTÉIS E APARTAMENTOS
Encontre hotéis no Booking focados na higienização de seus espaços e evite surpresas frente a imprevistos com a opção de cancelamento gratuito!

TRANSFERS EM PORTUGAL
Conheça o Vinícius e sua equipe! Eles terão enorme carinho em receber você em segurança e tranquilidade no aeroporto.

Veja como ficar mais perto da gente ❤

Estamos há 10 anos no ar produzindo conteúdo autêntico sobre a cultura portuguesa e turismo cultural e criativo para viajantes brasileiros!

♥ Seja membro em nosso Apoia-se (há vários mimos mensais!)

Participe das nossas lives temáticas aos domingos no YouTube

Siga o Cultuga no Instagram, no Facebook e no YouTube

Conheça as experiências que temos disponíveis para quem viaja a Portugal

Sobre o autor

Rafael Boro

Sou jornalista, tenho 36 anos e, apesar de ter nascido em São Paulo, adotei Lisboa como minha cidade. Gosto de apreciar a gastronomia lusa e, sempre que posso, vou a um café ou a um restaurante que não conheço. Lisboa também me trouxe um time de futebol do coração, o Sporting, mesmo tendo o tênis como o meu principal esporte. Troco fácil os transportes públicos por uma longa caminhada. Na minha playlist de música portuguesa não falta David Fonseca e Tiago Bettencourt.

6 Comentários

  1. Avatar
    Veraluce Monteiro Duarte em

    Amei a matéria. Senti-me a viajar por Portugal. Meu sonho é fazer uma viagem pelo interior, conhecendo essas aldeias maravilhosas. Parabéns pela matéria. 👍👏

    • Rafael Boro

      Olá, Veraluce
      Tudo bem?

      Fico muito feliz que tenha gostado do post e de ter “viajado” por Portugal nele! 😃
      Você vai adorar conhecer as aldeias do interior do país.

      Um grande abraço e seja sempre bem-vinda ao Cultuga!

  2. Avatar

    Olá, Rafael. Adorei a matéria. Me senti transportada a cada um desses lindos lugares.
    Meu avô nasceu em Tras-os-Montes e tenho muita vontade de conhecer a região e, quem sabe, descobrir alguns parentes da família Pinto.
    Parabéns pela matéria.

    • Rafael Boro

      Olá, Ellen
      Tudo bem?

      Muito obrigado! Fico muito contente que tenha gostado e que tenha se sentindo em Trás-os-Montes ao ler o texto! 😃
      Será uma experiência inesquecível visitar a terra do seu avô e, quem sabem, encontrar algum parente. ❤️

      Um grande abraço!

  3. Avatar
    Augusta Isabel Scardua em

    Muito legal . Eu tenho vontade de ir a Portugal, conhecer essas cidadezinhas. Porém eu receio é q não dirijo e tb viajar sozinha. Vcs tem alguma dica? Obrigada.

    Augusta

Deixe um comentário