5 preciosas dicas para economizar em Lisboa

PORTUGAL NA PANDEMIA: eventos podem ser adiados ou cancelados; atrações e estabelecimentos podem funcionar sob horário e regime especiais. Acompanhe aqui as atualizações da Covid-19

Envie este artigo para alguém que você gosta!

Antes de morar em Lisboa, visitei a cidade em 2007, 2009 e 2011. Em todas as situações, usei a capital como base para a minha viagem. Portanto, sei que em um mochilão pela Europa ou durante uma viagem mais confortável por Portugal é importante economizar. Quanto mais controle você tem de seus gastos na viagem, mais pode aproveitar, não é?

Dicas para economizar em Lisboa

A partir das experiências que tive, selecionei 5 dicas que podem te ajudar durante sua estadia em Lisboa:

1. Hospede-se no coração da cidade

Um dos quartos do Travellers House (Rua Augusta, 89)

Um dos quartos do Travellers House (Rua Augusta, 89)

Uma das melhores maneiras de economizar em Lisboa é fazer muitos programas a pé. A cidade é pequena e, para quem gosta de caminhadas, essa é uma escolha certeira. Portanto, hospedar-se no centro histórico é uma boa opção (desde que você não se incomode com o alto volume de turistas e com o barulho).

É lá também que se encontram alguns dos melhores hostels do mundo. Então, que tal unir o últi ao agradável? O Travellers House (Rua Augusta, 89) e o Goodmorning Hostel (Praça dos Restauradores, 65) são duas opções do top 10 mundial.

2. Escolha um dia para usar o bilhete 24h

As empresas Carris e Metro, responsáveis por ônibus, metrôs, elétricos (os fofos “bondinhos”) e elevadores (eles também servem de transporte), oferecem a opção de um bilhete 24h. Aconselho que você separe um dia para usar todos os transportes turísticos do centro. Assim, poderá economizar bastante usando esse bilhete, que atualmente custa 6,30€.

Só para se ter uma ideia, subir e descer no Elevador de Santa Justa custa 5,15€. Os elétricos, se pagos individualmente, custam 2,90€. Portanto, use o bilhete diário para conhecer os ascensores (Bica, Lavra e Glória), o próprio Elevador de Santa Justa e fazer a viagem completa do elétrico nº 28, um dos caminhos mais famosos da capital.

Para usar esse bilhete, é preciso comprar o cartão recarregável Viva Viagem por 0,50€ nas máquinas de venda automática dispostas em qualquer estação de metrô.

3. Há muitas opções de graça em Lisboa…

Fizemos um artigo com mais de 40 dicas gratuitas em Lisboa para aproveitar durante a sua viagem a Portugal. O que você está esperando para ler? :D

Veja também esse artigo com as opções de museus e monumentos com entrada gratuita.

4. Veja o pôr-do-sol. Não custa nada…

O pôr-do-sol é lindo de qualquer lugar. Entretanto, em uma cidade como Lisboa – que tem diversas colinas, um imponente castelo e um rio tão bonito como o Tejo, contemplar esse momento tão sublime do dia pode ser, sim, um grande programa a se fazer.

A minha dica é o Miradouro Nossa Senhora do Monte. Esse é um dos mais altos e com visão mais ampla entre os mirantes da capital. Ele é pouco frequentado por turistas e muito amado pelos lisboetas e estudantes imigrantes. Use o elétrico nº28 para chegar até lá. Vale a pena.

Uma outra opção é ver o pôr-do-sol na beira do rio Tejo, ao lado da estação de metrô do Cais do Sodré, na Ribeira das Naus. Fácil de chegar e com uma bela paisagem.

5. Que tal trocar uma das refeições do dia por um piquenique?

No auge da primavera e durante todo o verão, é comum os portugueses levarem de tudo para os parques e fazer um piquenique. As vantagens são muitas e as opções também. Durante uma longa viagem, essa é uma boa forma de fazer uma pausa e carregar as baterias. Com um pouco de sorte, você consegue até apanhar espetáculos de música para embalar a refeição.

O meu lugar favorito é o Jardim Amália Rodrigues, junto ao Parque Eduardo VII, na estação São Sebastião do metrô. Ali perto, você pode comprar as comidinhas no supermercado do El Corte Inglés (se for na hora do almoço, dá até para comprar comida pronta, pedir para eles aquecerem e levar para comer no jardim) ou no supermercado Pingo Doce (Rua Tomás Ribeiro, pertinho de lá também, junto ao metrô Picoas).

Outra sugestão é aproveitar para comprar algo no supermercado Continente, junto a estação do metrô Oriente, e seguir para um piquenique maravilhoso diante do rio Tejo, no Parque das Nações.


Envie este artigo para alguém que você gosta!

Este conteúdo foi útil para você? ❤

Estamos há 11 anos produzindo conteúdo autêntico sobre a cultura portuguesa e o turismo cultural de Portugal.

Com a pandemia, manter o Cultuga tem sido um desafio. Se você gosta do nosso trabalho, apoie o Cultuga:

Apoie com o valor que puder via PIX. Chave: contato@cultuga.com.br

 Inscreva-se em nosso canal no YouTube – é gratuito e há sempre novidades

♥ Participe dos nossos tours virtuais sobre Portugal para viajar sem sair de casa

Viaje a Portugal com segurança ✈

icon-saude

SEGURO SAÚDE E VIAGEM
Faça o seu seguro para Portugal na Real Seguro Viagem com este link do Cultuga e ganhe 10% de desconto!

icon-carro

ALUGUEL DE CARRO
Viajar de carro é uma ótima opção para se aproximar da natureza e fazer um roteiro ao seu ritmo. Na RentalCars você recebe o orçamento de aluguel de carro das empresas mais conhecidas de Portugal.

icon-hotel

HOTÉIS E APARTAMENTOS
Encontre hotéis no Booking focados na higienização de seus espaços e evite surpresas frente a imprevistos com a opção de cancelamento gratuito!

TRANSFERS EM PORTUGAL
Conheça o Vinícius e sua equipe! Eles terão enorme carinho em receber você em segurança e tranquilidade no aeroporto.

Sobre o autor

Priscila Roque

Sou jornalista especializada em cultura e fotógrafa. Tenho Lisboa como o meu lugar no mundo, o meu refúgio, a minha casa. Mas é também em Portugal, este país vivo e com tanto para contar, que me sinto completa. Os meus pais são portugueses imigrados no Brasil. Depois de fazer o caminho inverso deles, trocando São Paulo por Lisboa, assumi como missão do Cultuga diminuir a distância que separa o Brasil de Portugal.

11 Comentários

  1. Avatar
    Raquel Rosa Rabelo em

    Olá, pessoal, farei a primeira viagem a Portugal e o site é incrível, com dicas ótimas. Não entendi uma coisa sobre o bilhete Viva Viagem: posso entrar e sair em qualquer ponto do trajeto atendido pelo Carris/metro, por 24 h, pagando apenas 6 euros? Um abraço e parabéns pelo trabalho!

    • Priscila Roque

      Olá, Raquel
      Como vai?
      Exatamente :) Você compra o cartão e faz o carregamento de 24h. Dentro desse período, poderá usar – dentro de Lisboa – os metros, os ônibus, os ascensores, os elétricos e o Elevador de Santa Justa por quantas vezes você precisar.
      Um forte abraço

  2. Avatar

    As informações foram ótimas. Este cartão viva viagem é descartável? Tipo, compro por 50 centimos no dia que vou usar e depois devolvo ou descarto? E então no dia em que eu querer usá-lo, compro um novo?
    Obrigada

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Danyelle
      Como vai?
      Agradeço o seu carinho :)
      O cartão é recarregável. Guardando ele com cuidado, você poderá usar durante toda a viagem. A validade total dele é de 1 ano.
      Um forte abraço e uma excelente viagem!

  3. Avatar

    Adorei seu site, estou programando minha primeira viagem a Portugal e com uma coisa você já me ajudou, vou me hospedar em Lisboa e fazer passeios a pé e transporte público, obrigado! Voltarei!

  4. Avatar

    Parabéns pelo site. É simplesmente maravilhoso. Sou apaixonada por Portugal e suas cidades encantadoras. Em outubro estarei em Lisboa, para matar saudades, antes de prosseguir viagem para Paris. Falando em viagem, qual melhor opção de Lisboa para Paris? Comboio ou Avião?

    • Rafael Boro

      Obrigado pelo carinho, Cristina. :) Ficamos contentes que tenha gostado do Cultuga!
      A melhor opção para viajar até Paris ou outras cidades europeias é de avião. Há voos diários por empresas low-cost, como a easyJet e a Ryanair, com preços super acessíveis.
      Um grande abraço e boa viagem!

  5. Pingback: Onde comer barato em Lisboa: Sugestões para fugir do fast-food - Ducs Amsterdam

  6. Avatar

    Rafael e Priscila, eu e meu marido estaremos em Portugal no mês de maio.
    Pretendemos ficar uma semana em Lisboa, fazer bate e volta nas redondezas.
    Queremos ficar em aposentos, tipo Airbnb,
    Vocês poderiam nos informar se tem esses tipos de aposentos para alugar ?

Deixe um comentário