Dicas para dirigir na Ilha de São Jorge, nos Açores

PORTUGAL NA PANDEMIA: eventos podem ser adiados ou cancelados; atrações e estabelecimentos podem funcionar sob horário e regime especiais. Acompanhe aqui as atualizações da Covid-19

Envie este artigo para alguém que você gosta!

Durante a viagem que fizemos a Ilha de São Jorge, nos Açores, optamos por alugar um carro para todos os dias.

Confesso que fiquei um pouco apreensiva, sobretudo por ser uma ilha com muitas ladeiras (as descidas e subidas de cada fajã), mas fomos surpreendidos pelo bom asfalto na maior parte da viagem.

Neste artigo, vou contar como foi a nossa experiência, com dicas para dirigir na Ilha de São Jorge, nos Açores!

Dicas para dirigir na Ilha de São Jorge, nos Açores

Veja quais são os assuntos deste artigo:

  1. Como são as estradas da Ilha de São Jorge?
  2. Tenha atenção as descidas e subidas das fajãs
  3. Escolha o carro ideal para viajar pela Ilha de São Jorge
  4. Qual empresa de aluguel de carro escolher nos Açores?
  5. Mapa de papel ou GPS: o que é melhor?
  6. Cuidado com o vento!
  7. Onde estão os banheiros públicos?
  8. Qual é o melhor lugar para abastecer o carro?

1. Como são as estradas da Ilha de São Jorge?

Viajamos à ilha de São Jorge no mês de outubro. O fluxo de visitantes era baixíssimo.

Assim, encontramos poucos turistas e, a maior parte dos carros que transitavam, eram de trabalho – sobretudo dos produtores de leite que fazem o transporte para as cooperativas de queijo.

A ilha é bastante comprida. Fizemos de uma ponta a outra, de carro, em cerca de 1 hora.

mapa ilha de São Jorge açores

A ilha de São Jorge fica no grupo central, bem perto das ilhas do Pico e do Faial

Entretanto, essas vias principais são bem sinalizadas, geralmente com ótimo asfalto e postos de combustível. Portanto, o acesso para as vilas maiores e ao aeroporto são realmente muito fáceis.

dirigir na ilha de São Jorge açores

Muitas curvas e bom asfalto nas principais vias. Sem grandes dificuldades para dirigir na Ilha de São Jorge

Tenha atenção apenas que as estradas possuem muitas curvas. Portanto, a ultrapassagem é menos frequente e mais cautelosa.

Mantenha-se paciente, caso esteja com um caminhão a frente, até chegar a uma pista reta. Notamos que o jorgense é bastante calmo e tranquilo nas estradas.

Ah, e não há pedágios em nenhuma área da ilha.

estradas na ilha de São Jorge açores

“Trânsito” de vacas na Ilha de São Jorge: uma cena clássica para viver em muitas das ilhas dos Açores

VEJA TAMBÉM: Como são os voos para a Ilha de São Jorge a partir de Lisboa

2. Tenha atenção as descidas e subidas das fajãs

A Ilha de São Jorge é conhecida por ter muitas fajãs – são mais de 70. Portanto, naturalmente, uma das principais atrações para quem viaja a esta ilha é visitar algumas delas.

A Ilha de São Jorge é atravessada por um extenso conjunto de montanhas de origem vulcânica, mas por toda a sua volta, a beira mar, há fajãs – que são esses pequenos terrenos planos, férteis e protegidos da ação dos ventos fortes, originalmente formados pelas lavas de antigos vulcões e da queda de pedras e onde parte da população se instalou ao longo dos séculos.

ilha de São Jorge açores

A famosa e encantadora Fajã dos Cubres, na Ilha de São Jorge – Açores

As fajãs que escolhemos visitar (Fajã dos Cubres, Fajã do Ouvidor, Fajã de São João e Fajã dos Vimes) tinham bom asfalto.

Portanto, mesmo em dia de chuva fraca foi possível descer e subir com segurança.

estrada fajã de São João, ilha de São Jorge, açores

Vá com tranquilidade e calma! A descida para a Fajã de São João, mesmo com uma chuva fina, nos ofereceu uma excelente experiência

Notamos muitos recuos ao longo de todos os caminhos. Assim, mesmo em alguns momentos em que a pista tinha somente espaço para 1 carro e era utilizada para subir e descer, não houve nenhum contratempo conosco.

Ao fazer uma curva muito acentuada, dávamos também uma leve buzinada por desencargo de consciência, caso viesse um carro na mão contrária. Mas isso aconteceu somente duas vezes ao longo de toda a semana e foi super tranquilo.

estrada fajã dos vimes, ilha de São Jorge, nos açores

Descida para a Fajã dos Vimes

A maior parte das pessoas circulam por lá em baixa velocidade nessas estradas menores.

Preste atenção também no piso. Por vezes, pode ter galhos no chão ou pedras que se desprenderam das encostas. Ao longo da nossa viagem vimos as duas situações, porém, a remoção também foi bastante rápida.

dirigir na ilha de São Jorge açores

Ao ver uma curva em estradas menores e mais estreitas, dê uma leve buzinada

VEJA TAMBÉM:  Experimente o curioso (e exótico) café da Ilha de São Jorge!

3. Escolha o carro ideal para viajar pela Ilha de São Jorge

Nós alugamos um carro da categoria mini que foi suficiente para fazer todos os passeios sem qualquer problema.

dirigir na ilha de São Jorge açores

Este é o carro (categoria mini) que nós alugamos na Ilha de São Jorge, Açores. Ele deu conta do recado

Apesar de não ter enorme conforto, ele teve boa aderência nas estradas e foi bem fácil para estacionar em qualquer lugar. Entretanto, estávamos somente eu e o Rafa.

Assim, tenha atenção. Se você viaja em família ou em mais pessoas, é ideal alugar um carro um pouco mais potente para dirigir na Ilha de São Jorge, assim não sentirá dificuldades nas subidas e descidas em decorrência do peso.

Eu, particularmente, não optaria por um carro muito grande – a não ser que você tenha realmente muitas malas para carregar até a hospedagem.

ilha de São Jorge açores

A Ilha de São Jorge é um verdadeiro espetáculo selvagem. Neste caminho de Rosais vemos a Ilha do Pico no horizonte

VEJA TAMBÉM: Guia completo com dicas essenciais para alugar um carro em Portugal

4. Qual empresa de aluguel de carro escolher nos Açores?

Nós alugamos o nosso carro por meio da RentalCars, que é um buscador de empresas e melhores preços que funciona como o Booking para hotéis. Dentre as opções, escolhemos a Autatlantis.

Já tínhamos utilizado essa empresa na Ilha de São Miguel e foi uma boa experiência (uma outra opção, caso você queira comparar os preços, é a Ilha Verde. Também já utilizamos os serviços deles na Ilha Terceira em reserva via RentalCars e tudo correu bem).

Ao chegar na Ilha de São Jorge, nos dirigimos aos balcões de aluguel de carros para buscar o nosso. Como era domingo, o voo atrasou um pouco e chegou na hora do almoço, todos os balcões de carros estavam fechados.

Telefonei para o número que indicava no cartaz da Autatlantis e a pessoa nos disse que, como estava sozinha, tinha ido almoçar e chegaria dentro de 1 hora para atender a todos os clientes.

Compreensível e natural para uma ilha com 9 mil habitantes, quando o tempo também corre em outro ritmo.

VEJA TAMBÉM: 10 produtos típicos dos Açores para levar ao Brasil

5. Mapa de papel ou GPS: o que é melhor?

Enquanto dirigir na Ilha de São Jorge, dê preferência ao mapa de papel oferecido nos postos de turismo (há um no Aeroporto de São Jorge, inclusive, junto aos balcões de aluguel de carros). Ele é bastante simples e mostra as principais vias de acesso para a maior parte das atrações.

A ilha também está bem sinalizada, com placas indicando os locais de acesso.

Foram poucas as vezes que nos confundimos com a sinalização. Na verdade, foi somente na descida para a Fajã dos Vimes que isso aconteceu.

Como chegar corretamente a Fajã dos Vimes: a partir da estrada principal está tudo bem sinalizado mas, ao longo da descida, encontramos uma bifurcação em que deveríamos seguir para a esquerda, mas a placa indicativa estava bem pequena.

Placa para a Fajã dos Vimes

A placa neste ponto da bifurcação é bem pequena. Tenha atenção e siga pela esquerda

E, mais a frente, há um painel de azulejos escrito “Fajã dos Vimes” que pode induzir o viajante ao erro, pois logo ao lado está uma estrada de terra.

Ali, é para seguir em frente.

O GPS (nós utilizamos o Google Maps no telefone) ajuda a cronometrar a distância e nos dá uma ideia de direção. Entretanto, não o siga a ferro e fogo.

Por vezes, o GPS pode te mandar por um caminho mais difícil, sem asfalto e muito íngreme, quando não era necessário passar por ali para chegar ao destino.

Isso aconteceu conosco na saída da vila da Calheta. Uma área com excelentes acessos asfaltados até a estrada principal, inclusive com placas, e que o GPS nos mandou por uma rua extremamente íngreme e de pedras.

Desde, então, passamos a nos orientar pelo fluxo de carros, pelas placas e pelo mapa de papel, que tudo se tornou muito mais simples.

5. Cuidado com o vento!

Em uma ilha no meio do Atlântico, claro, venta bastante.

Ao descer em um mirante para fotografar a paisagem ou até mesmo ao estacionar o carro perto de uma parede ou outro carro, tenha atenção para não bater a porta do carro.

Ao alugarmos o carro, notei que havia uma pequena área ralada na lateral do fecho da porta do passageiro.

Pensei na hora: “Nossa, como é que isso deve ter acontecido?”.

Ao parar em um mirante, abri a porta do carro e desci. Veio uma rajada muito forte de vento e a lateral da porta ralou na parede, exatamente naquele local que tinha me chamado a atenção.

Foi um pequeno prejuízo que tivemos na devolução do carro, claro, e uma lição para o resto da vida rs.

VEJA TAMBÉM: 10 coisas imperdíveis para fazer na Ilha de São Miguel, nos Açores

6. Onde estão os banheiros públicos?

A Ilha de São Jorge é longa em extensão, como já disse por aqui. E, em meio a tantos lugares mais selvagens e pequenas comunidades, onde encontrar cafés ou banheiros públicos?

banheiro publico ilha de São Jorge açores

Esta casinha é um banheiro público a meio da estrada na descida para a Fajã dos Cubres. Estava impecável.

Ficamos impressionados com o números de banheiros públicos (limpos) em vários locais que passamos. Alguns miradouros e piscinas naturais têm banheiros públicos abertos, mesmo fora da alta temporada.

Por vezes, é mais fácil encontrar um banheiro público do que até mesmo um café. Por isso, achei importante destacar esse ponto por aqui.

Cuide bem dos banheiros públicos que você encontrar. São mesmo valiosos. :)

7. Qual é o melhor lugar para abastecer o carro?

Passamos uma semana na Ilha de São Jorge e nos hospedamos em uma de suas extremidades, no Topo.

Para todos os percursos que fizemos utilizamos o total de 1 tanque. O tanque do carro que alugamos totalizou um gasto de 60€.

Se puder, opte pelos postos da rede Azoria. Geralmente, estão abertos das 7h da manhã até a meia noite.

Utilizamos também um posto da GALP, mas o combustível estava mais caro.

dirigir na ilha de São Jorge açores

Dirigir nos Açores é uma verdadeira experiência :)


Envie este artigo para alguém que você gosta!

Este conteúdo foi útil para você? ❤

Estamos há 10 anos produzindo conteúdo autêntico sobre a cultura portuguesa e o turismo cultural e criativo de Portugal de forma independente. Você se identifica com essa proposta?

 Acompanhe o nosso canal no YouTube

Colabore via PayPal para continuarmos ativos

Conheça nossas experiências para quem viaja a Portugal

Viaje a Portugal com segurança ✈

icon-saude

SEGURO SAÚDE E VIAGEM
Faça o seu seguro para Portugal na Real Seguro Viagem com este link do Cultuga e ganhe 10% de desconto!

icon-carro

ALUGUEL DE CARRO
Viajar de carro é uma ótima opção para se aproximar da natureza e fazer um roteiro ao seu ritmo. Na RentalCars você recebe o orçamento de aluguel de carro das empresas mais conhecidas de Portugal.

icon-hotel

HOTÉIS E APARTAMENTOS
Encontre hotéis no Booking focados na higienização de seus espaços e evite surpresas frente a imprevistos com a opção de cancelamento gratuito!

TRANSFERS EM PORTUGAL
Conheça o Vinícius e sua equipe! Eles terão enorme carinho em receber você em segurança e tranquilidade no aeroporto.

Sobre o autor

Priscila Roque

Sou jornalista especializada em cultura e fotógrafa. Foi preciso passar dos 30 anos para assumir que Lisboa é, realmente, o meu lugar no mundo. Mas a paixão por Portugal começou bem mais cedo, ainda na adolescência, quando descobri alguns músicos locais. Os meus pais são portugueses imigrados no Brasil. Depois de fazer o caminho inverso deles, trocando São Paulo por Lisboa, quero agora, com o Cultuga, diminuir a distância que separa o Brasil de Portugal.

Deixe um comentário