Cabo da Roca: conheça o ponto mais ocidental da Europa

Envie este artigo para alguém que você gosta!

Visitar o Cabo da Roca, localizado na região de Sintra e bem pertinho de Lisboa, é bastante simples.

Você poderá aproveitar para ir de carro, em um percurso entre Cascais e Sintra, ou até mesmo de transporte público.

Este é o ponto mais ocidental da Europa continental.

Ao visitá-lo, é como se pudéssemos absorver um pouquinho do sentimento português da época dos Descobrimentos.

LEIA TAMBÉM: O bairro de Belém e sua relação com a Era dos Descobrimentos

Cabo da Roca: conheça o ponto mais ocidental da Europa

Em “Os Lusíadas”, Luís Vaz de Camões ofereceu poesia ao Cabo da Roca:

“Eis aqui, quási cume da cabeça
De Europa toda, o Reino Lusitano,
Onde a terra se acaba e o mar começa
E onde Febo repousa no Oceano.”
(Os Lusíadas, Canto III, Luís de Camões)

Visitar o Cabo da Roca: o ponto mais ocidental da Europa, Portugal

Visitamos o Cabo da Roca no mês de maio

Do alto daquelas lindas falésias, com mais de 140m de altitude, a visão do Oceano Atlântico é de tirar o fôlego.

Passar algum tempo ali, contemplando um belo fim de tarde, é como se a natureza e a história nos oferecessem um rico presente.

Visitar o Cabo da Roca, Sintra Cascais, Portugal

Durante uma visita ao Cabo da Roca você poderá ter uma bonita panorâmica de diversos pontos

O que ver no Cabo da Roca

A grande atração desse local é sua paisagem natural, sem dúvidas.

Principalmente se você tiver a oportunidade de ir mais para o fim da tarde, quando há um por-do-sol inesquecível.

Visitar o Cabo da Roca, Sintra Cascais, Portugal

Os penhascos do Cabo da Roca são impressionantes

Os Lusíadas no Cabo da Roca, Portugal

Durante a sua visita ao Cabo da Roca tenha atenção também aos detalhes

Junto de sua emblemática cruz, há uma placa de pedra com uma homenagem a Luís de Camões.

Do outro lado, está o famoso farol do Cabo da Roca – o terceiro mais antigo da costa portuguesa, construído em  1772 a pedido do Marquês de Pombal.

Ainda há um posto de turismo mantido pela câmara de Sintra (onde também estão os banheiros), uma lojinha com lembranças locais e um restaurante.

Separe cerca de 30 minutos, pelo menos, para ficar por aqui.

VEJA TAMBÉM: Eu te conto aqui o que fazer (e o que comer) em Cascais

Como chegar ao Cabo da Roca

O Cabo da Roca fica em Colares, localizado a 17km do centro histórico de Sintra, a 15km de Cascais e a cerca de 40km de Lisboa.

Portanto é bem pertinho, seja de carro alugado, seja de transporte público.

Visitar o Cabo da Roca, Sintra Cascais, Portugal

Carro alugado

A partir de Lisboa, se você não estiver com pressa, sugiro que siga pela N6 sentido Cascais – uma estrada que beira o rio Tejo e, depois, o oceano Atlântico e não tem pedágios. O acesso é fácil seguindo pelo bairro de Belém.

Esse caminho é muito bonito (apesar de mais longo) e você poderá ver as praias e parar em belos mirantes no percurso.

LEIA TAMBÉM: Precisa de orientação para alugar um carro em Portugal?

Chegando a Cascais, pegue a estrada N247 e siga as indicações das placas.

Caso prefira o caminho mais rápido, a saída de Lisboa se faz pela estrada A5 e, depois, pela estrada do Guincho.

Há estacionamento gratuito no local e a rotatividade é alta. Portanto, basta chegar a área de visitas e aguardar um pouquinho – sempre há gente chegando e saindo.

A partir de Sintra também vale a pena. Se você estiver hospedado na vila ou de passagem entre Sintra e Cascais, vai encontrar facilmente o acesso com o GPS.

Ônibus para o Cabo da Roca

A partir da estação de trem de Sintra ou em Cascais, pegue o ônibus número 403 (Cascais Terminal – Sintra Estação), da empresa Scotturb.

Mas, atenção: antes de subir no ônibus pergunte ao motorista se ele passa no Cabo da Roca ou verifique os horários no site com antecedência no site da empresa de transportes.

Não são todos os ônibus dessa linha que passam no Cabo da Roca.

A parada do ônibus no Cabo da Roca é excelente, junto a própria área de visita. Não é preciso fazer uma longa caminhada.

LEIA TAMBÉMQuanto custa viajar para Portugal? Veja aqui todos os gastos!

Dicas do Cultuga para a visita ao Cabo da Roca

– O vento no Cabo da Roca é bastante forte. Mesmo na primavera ou no verão, carregue um casaco leve para fazer a visita;

– Vá de tênis e garanta um passeio mais tranquilo, seguro e confortável;

Não ultrapasse as barreiras de proteção e esteja atento as placas sobre deslizamento de pedras. Há MUITA gente que desrespeita a sinalização por causa de uma fotografia. Não seja essa pessoa (veja que terrível essa notícia sobre a queda de um casal que caiu no Cabo da Roca em frente aos filhos por causa de uma fotografia).

Curiosidades locais

– Há uma corrida chamada “Grande Prêmio Fim da Europa“. Os participantes percorrem 17km a partir do centro histórico de Sintra até o Cabo da Roca. Geralmente, a prova acontece no mês de janeiro – que é bastante frio e chuvoso. Para corajosos!

Visitar o Cabo da Roca, Sintra Cascais, Portugal

– Antigamente, nesse mesmo local do Cabo da Roca havia um Forte, possivelmente anterior ao ano de 1693 (data do primeiro documento em que é citado). Ele foi importante para a defesa de Lisboa, sobretudo durante das Guerras Peninsulares. Ainda é possível ver vestígios de sua muralha. De acordo com IGESPAR IP, reponsável pelo patrimônio arquitetônico e arqueológico português, “a privilegiada localização estratégica da fortaleza motivou que se instituísse como principal ponto militar da linha defensiva que ligava o Cabo da Roca a Belém e, até, a São Francisco de Xabregas, a nascente da capital. Como ponto mais ocidental desta linha, desempenhava papel preponderante no controle das embarcações que demandavam a cidade, pelo lado Norte, bem como daquelas que saíam de Lisboa em direcção à Biscaia ou ao Canal da Mancha“.

Azulejos no Cabo da Roca, Sintra Cascais, Portugal

O belo painel de azulejo que retrata o Cabo da Roca


Envie este artigo para alguém que você gosta!

Viaje a Portugal com segurança

icon-saude

SEGURO SAÚDE E VIAGEM
Faça o seu seguro para Portugal na Real Seguro Viagem com este link do Cultuga e ganhe 10% de desconto!

icon-carro

ALUGUEL DE CARRO
Viajar de carro é uma ótima opção para se aproximar da natureza e fazer um roteiro ao seu ritmo. Na RentalCars você recebe o orçamento de aluguel de carro das empresas mais conhecidas de Portugal.

icon-hotel

HOTÉIS E APARTAMENTOS
Encontre hotéis no Booking focados na higienização de seus espaços e evite surpresas frente a imprevistos com a opção de cancelamento gratuito!

O Cultuga precisa do seu apoio para permanecer ativo!

Estamos há 10 anos no ar produzindo conteúdo autêntico sobre a cultura portuguesa para viajantes brasileiros e apaixonados por Portugal. Frente a pandemia, precisamos da sua parceria para que esse trabalho continue sendo feito e esteja disponível a todos.

Veja de que forma que você pode colaborar com o Cultuga:

 Conheça o nosso clube de membros do Apoia-se

Participe das nossas lives sobre cultura portuguesa aos domingos no YouTube

Leu um artigo que foi útil para você? Compartilhe-o com alguém que você gosta, no seu grupo de amigos ou nas redes sociais!

Siga o Cultuga no Instagram, no Facebook e no YouTube

Conheça os serviços que nós promovemos para quem viaja por Portugal

Agradecemos o seu carinho e suporte!

Apoie o Cultuga

Sobre o autor

Priscila Roque

Sou jornalista especializada em cultura e fotógrafa. Foi preciso passar dos 30 anos para assumir que Lisboa é, realmente, o meu lugar no mundo. Mas a paixão por Portugal começou bem mais cedo, ainda na adolescência, quando descobri alguns músicos locais. Os meus pais são portugueses imigrados no Brasil. Depois de fazer o caminho inverso deles, trocando São Paulo por Lisboa, quero agora, com o Cultuga, diminuir a distância que separa o Brasil de Portugal.

24 Comentários

    • Priscila Roque

      Olá, Leandro!
      Tudo bem?
      O único ônibus que passa no Palácio da Pena é o n. 434 – que faz somente um percurso histórico pela Vila de Sintra. Nesse caso, o ideal é você pegar esse mesmo 434 do Palácio da Pena, descer na estação de trem de Sintra e pegar o n. 403 sentido Cascais Terminal. Mas, atenção: como eu disse aqui na matéria não são todos os ônibus n. 403 que param no Cabo da Roca. No site da empresa de ônibus que citei aqui no post tem todos os horários e dias de circulação. Entre no site, acesse “Carreiras” e depois “horários” para verificar.
      Boa viagem :)

  1. Avatar

    Dizer que o Cabo da Roca é o ponto mais ocidental da Europa é falso e é desprezar os Açôres, visto que os Açôres fazem parte da Europa, mas se disserem que o Cabo da Roca é o ponto mais ocidental do CONTINENTE Europeu isso sim já passa !!

  2. Avatar

    Priscila, como vai?
    Estou separando metade de um dia para visitar os seguintes pontos de Cascais e arredores: Boca do Inferno, passeio pela costa, Praia do Guincho, Cabo da Roca e Azenhas do Mar.
    Não alugarei carro para este passeio e estou encontrando dificuldade em chegar por transporte público no Cabo da Roca e em Azenhas do Mar. Procurei empresas que fazem TOUR, mas achei caríssimo. Você poderia me dar uma ajuda?
    Para a outra metade do dia, queria ir para Óbidos, mas estou achando que vai ficar muito apertado! :(

  3. Avatar

    Oi Priscila tudo bem?
    Eu li em algum lugar que o Cabo da Roca só pode ser visitado aos quartas, você sabe me informar se essa informação está correta?

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Caroline
      Tudo bem? Aqui está tudo joia!
      Não, o Cabo da Roca é um penhasco aberto, não tem entrada. Você pode visitar no dia e horário que desejar. O que você deve ter visto é o dia de funcionamento do farol do Cabo da Roca. A maior parte dois faróis portugueses somente abrem para visita às quartas.
      Um forte abraço

    • Rafael Boro

      Olá, Marlise
      Tudo bem?
      Ficamos contentes que tenha gostado do nosso artigo. :) Obrigado por partilhar com os leitores do seu blog!
      Parabéns pelo post! Gostei das fotos e da dica do bar.
      Um grande abraço!

  4. Avatar

    Olá! Estarei visitando Cascais e gostaria de fazer também Boca do Inferno, Caboda Roca e Azenhas do Mar e depois voltar para Lisboa.
    Existe ônibus ligando esses locais? Ou tenho que alugar um carro?
    Existe aluguel de moto?
    Muito obrigada pela ajuda de vocês.
    Um abraço Nalva

  5. Avatar

    Olá, Rafael!Tudo bem?

    Qual seria o melhor dia para conhecer Cabo da Roca e Boca do Inferno?No dia do passeio à Sintra,ou no dia do passeio à Cascais?Irei de trem para cada uma delas.Qual a melhor estratégia?Daria para conhecer Azenhas do Mar num desses dias?
    Desde já agradeço a atenção!

    • Rafael Boro

      Olá, Mila
      Tudo bem e você?

      A Boca do Inferno é bem perto do centro histórico de Cascais (cerca de 1km). A caminhada é agradável. Entretanto, não há um ônibus que passa lá que segue para o Cabo da Roca. Você teria que voltar até o Terminal de Ônibus de Cascais, que fica perto da estação de trem, e pegar o 403 da empresa Scotturb até o Cabo da Roca – confirme antes com o motorista se aquele que vai partir realmente passa no Cabo da Roca. A partir de Cascais é um pouco mais perto do que a partir de Sintra.

      Para ir até Azenhas do Mar, é melhor partir de Sintra (tem um ponto na Estação Portela de Sintra) com o ônibus 440. São poucos os horários. Confirme sempre os horários e as paradas pelo site da Scotturb https://scotturb.com/carreiras/horarios

      Para você fazer os passeios com mais calma, aconselho que chegue por volta das 08h-08h30. Assim você terá mais tempo para aproveitar as belezas desses lugares.

      Um grande abraço e boa viagem! 🇵🇹

  6. Avatar

    Olá!

    Muito obrigada pelas dicas,Rafael!Vou estudá-las e continuar pesquisando aqui no seu site que é muito bom!

    Estou pensando na possibilidade de fazer excursões mesmo:1 dia para Cascais e Sintra e outro para Fátima,Óbidos,Batalha e Nazaré.Ficaremos só 3 dias em Lisboa.O que você sugeriria?

    Obrigada novamente e um abraço!

Deixe um comentário