Seu guia de viagem em Portugal | 14 anos no ar

    A Baixa é um dos lugares mais procurados para se hospedar em Lisboa. São muitas as vantagens de reservar um hotel na Baixa e também são muitas as opções.

    Aqui neste post do Cultuga vou dar dicas de onde ficar no centro histórico de Lisboa, bem perto do rio Tejo e das principais praças da cidade.

    Hotéis na Baixa de Lisboa
    A Praça D. Pedro IV (Rossio) e o Teatro D. Maria II vistos do alto

    Se você gosta de estar perto das grandes atrações do centro da cidade, com acesso a pé a bastante coisa, e não se importa com o alto fluxo turístico, a Baixa é o bairro perfeito para ficar.

    Essa nossa série do Cultuga “Onde ficar em Lisboa” já levou você para:

    E agora embarca pelas ruas históricas da capital de Portugal.

    Atenção que os preços podem variar de acordo com a época do ano. Isso vai depender do mês da sua viagem, se em alta, média ou baixa temporada.

    Também é importante dizer que existe uma taxa municipal turística de dormida em Lisboa – 2€/ noite até ao valor máximo de 14€ (7 noites seguidas por dormida e por hóspede) – cobrada no check in ou no check out.

    Onde ficar em Lisboa: bons hotéis na Baixa

    Toda a estrutura que vemos hoje na Baixa, com ruas planas e paralelas, ordenadas originalmente pelo nome de ofícios, que vai da margem do rio Tejo até a área da Praça dos Restauradores, foi pensada e desenhada pelo Marquês de Pombal e seus engenheiros após o Terremoto de 1755.

    Foi no dia 1 de novembro de 1755 que Lisboa passou por sua maior tragédia: um terremoto, seguido de tsunami e incêndio. 

    Essa arquitetura típica do pós-terremoto faz dessa região única (e muito moderna para a época), além de ser um chamariz para quem visita a capital.

    Reservar um hotel na Baixa de Lisboa é uma escolha perfeita para o viajante que gosta de caminhar, usar pouco transporte público e ficar próximo – ou dentro rs. – da história de Lisboa.

    Mapa Rua Augusta Lisboa
    A Rua Augusta liga a Praça D. Pedro IV (Rossio) com a Praça do Comércio na Baixa de Lisboa. As hospedagens aqui sugeridas ficam todas nesse perímetro, de ruas retas e planas

    É nessa região que estão situadas as famosas Praça do Comércio e a Praça D. Pedro IV (Rossio), além da Rua Augusta, o Elevador de Santa Justa, o Café Martinho da Arcada (um dos favorito do poeta Fernando Pessoa) e também é um caminho de passagem importante dos elétricos (bondinhos) – vou parar por aqui porque precisaria de 20 linhas para listar todas as atrações rs.

    Para se locomover de metrô para outras regiões da cidade, use as estações Terreiro do Paço (linha azul), Rossio (linha verde), Restauradores (linha azul) e Baixa-Chiado (linhas azul e verde).

    O bairro de Belém, um dos mais emblemáticos de Lisboa, também é de fácil acesso para quem está por aqui com o uso do elétrico 15 – Praça da Figueira/ Algés, ou dos ônibus 714 – Praça da Figueira/ Outurela e 728 – Portela/ Restelo, ou ainda de táxi/ Uber.

    Não vale a pena alugar um carro enquanto você estiver hospedado na Baixa. Há muito trânsito, além dos estacionamentos serem em menor quantidade e mais caros.

    + Veja como usar o metrô de Lisboa +

    Onde ficar em Lisboa: hotéis românticos e novos

    O centro histórico de Lisboa está repleto de hotéis românticos, charmosos e novos.

    Um casal em lua de mel em Portugal ou bodas, que procura esse perfil de hospedagem, vai adorar passar algumas noites em um cantinho especial na Baixa.

    Pousada de Lisboa

    Onde se hospedar em Lisboa: Pousada de Lisboa
    A Pousada de Lisboa está localizada na emblemática Praça do Comércio. Ela tem piscina interior e um restaurante especializado em carne.

    Não poderia começar as indicações sem um dos grandes destaques do Grupo Pestana na capital: a Pousada de Lisboa, um dos ótimos hotéis de 5 estrelas da cidade.

    Localizado em um edifício – adivinhe! – histórico, onde já foi sede do Ministério da Administração Interna, na Praça do Comércio, esse hotel tem restaurante, SPA e alguns quartos com vista para o rio Tejo.

    É uma experiência, além de charmosa, profundamente imersiva em Lisboa.

    Hotel Avenida Palace

    hotéis em Lisboa - Baixa - Avenida Palace
    O Hotel Avenida Palace é um dos mais famosos de Lisboa

    Para quem gosta de uma hospedagem sofisticada e com decoração clássica, destaco o Hotel Avenida Palace (5 estrelas), que fica ao lado da linda estação de trem do Rossio.

    São 82 quartos, incluindo uma Suite Presidencial, três Suites Palace e 16 Suites Júnior.

    A sala de café da manhã tem vista para a Praça dos Restauradores.

    Mais um hotel para viver um pouco da própria história da cidade, visto que ele foi construído no mesmo momento do edifício vizinho, a emblemática Estação do Rossio.

    Vincci Baixa

    hotéis em Lisboa Baixa
    Reserve aqui o seu quarto no Hotel Vincci Baixa

    Um bom hotel 4 estrelas no centro de Lisboa é o Vincci Baixa. Ele fica na Rua do Comércio, bem perto da Rua Augusta e da icônica Praça do Comércio.

    Os quartos são confortáveis, bem decorados e com opções Duplo, Twin e Familiar. O Vincci Baixa é uma bom para casais.

    O grupo Vincci Hoteles também possui uma unidade perto da Av. da Liberdade.

    Onde ficar em Lisboa: hotéis tradicionais

    Esse é o tipo de hotel mais procurado pelo turista que visita a capital de Portugal. As acomodações são clássicas e com quartos twin, duplo ou suite.

    Além disso, é possível optar por reservar com ou sem café da manhã (“pequeno almoço”, em Portugal).

    The 7 Hotel

    Onde se hospedar em Lisboa: The 7 Hotel
    O The 7 Hotel fica próximo da estação de metro Baixa-Chiado

    Na categoria 3 estrelas, o The 7 Hotel cumpre com todas as “obrigações” de uma hospedagem tradicional, mas com um bônus: há também quartos com uma pequena cozinha.

    Ele fica na Rua Áurea (também chamada de Rua do Ouro), entre o Rossio (Praça D. Pedro IV) e a Praça do Comércio, e tem fácil acesso ao metrô Baixa-Chiado.

    O preço gira em torno de 100€ a noite.

    Hotel Santa Justa

    Hotéis na Baixa de Lisboa
    O Hotel Santa Justa é uma das boas opções na Baixa de Lisboa

    O Hotel Santa Justa (4 estrelas) também é uma opção interessante para quem quer conforto e deseja estar no burburinho do centro histórico.

    O hotel está localizado na esquina da Rua de Santa Justa com a Rua dos Correeiros, ao lado da icônica Rua Augusta.

    Bem fácil para fazer tudo a pé.

    My Story Hotel Rossio

    Hotéis na Baixa de Lisboa
    O My Story Hotel Rossio fica na emblemática Praça D. Pedro IV

    O My Story Hotel Rossio é aquele tipo de hospedagem tradicional com um toque moderno.

    Nos comentários do Booking, os hóspedes costumam elogiar os funcionários e a limpeza. Isso são dois pontos que eu e a Pri achamos importantes quando reservamos um hotel.

    Essa rede My Story tem também outras excelentes unidades no centro histórico de Lisboa. Eles ganharam bastante destaque nos últimos anos por aqui em qualidade dos serviços.

    Pestana CR7 Lisboa

    Onde se hospedar em Lisboa: Pestana CR7 Lisboa
    Os quartos e o ambiente do Pestana CR7 Lisboa são modernos e descontraídos

    Muito perto da Praça do Comércio, está o Pestana CR7 Lisboa (4 estrelas), segunda unidade de hotéis do Cristiano Ronaldo – a primeira fica na Ilha da Madeira.

    Aqui também é um lugar para casais apaixonados, mas com uma queda para o futebol, especialmente pelo craque português.

    A diária começa, em média, nos 90€/ noite dependendo da época. O espaço é agradável, com decoração discreta e tem bar e restaurante.

    Aliás, na Baixa tem muitos daqueles restaurantes “pega-turista” caros e com baixa qualidade – como em qualquer centro histórico de cidades turísticas.

    Então, deixo uma dica aqui: vá ao Merendinha do Arco, para comer pratos tradicionais portugueses com um preço justo.

    Para fechar o almoço com chave de ouro, tome um café acompanhado de um docinho na Confeitaria Nacional, a mais antiga de Lisboa, e termine com uma ginjinha no Largo de São Domingos (um licor digestivo feito com a ginja, um fruto parente da cereja)

    Onde ficar em Lisboa: apartamentos e flats

    A procura por apartamentos turísticos cresceu muito em Lisboa.

    A maioria deles é remodelado, então há mais conforto, decoração contemporânea e praticidade, principalmente para famílias que viajam a Lisboa com crianças.

    Porém, dois itens podem fazer a diferença na hora da reserva: o elevador e o ar condicionado/ aquecedor. Tenha atenção ao fazer a sua escolha.

    Alguns edifícios mais antigos – há muitos no centro histórico – não têm espaço ou não podem ter elevadores.

    Para as pessoas com malas grandes, mobilidade reduzida ou com carrinho de bebê, ficar hospedado em um local com escadas, definitivamente, não é nada bom.

    O ar condicionado/ aquecedor é um item fundamental para quem viaja nos meses mais quentes (junho, julho e agosto) e mais frios (dezembro, janeiro e fevereiro).

    Ninguém tira férias para passar calor ou frio dentro de “casa”, não é?

    Grape Harbor Prata Apartments

    Hotéis na Baixa de Lisboa
    É possível reservar o Grape Harbor Prata Apartments pelo Booking

    O aparthotel Grape Harbor Prata tem apartamentos com um e dois dormitórios, além de estúdios.

    Todos possuem uma pequena cozinha e utensílios domésticos. Se desejar, você pode reservar com café da manhã.

    A localização é ótima. Fica na Rua da Prata, uma das principais da Baixa, entre a Praça do Comércio e a Praça da Figueira.

    Madalena Hermitage

    Onde se hospedar em Lisboa: Madalena Hermitage
    O aconchego e o charme histórico dos apartamentos do Madalena Hermitage

    Em uma das ruas que fica quase no “final” da Baixa está o Madalena Hermitage, na Rua da Madalena.

    Os apartamentos estão inseridos em um edifício do séc. 18 e são espaçosos e charmosos.

    O prédio fica bem perto da Praça do Comércio e da Rua dos Bacalhoeiros.

    Casas da Baixa

    apartamentos Lisboa casas da baixa
    Os apartamentos da Casas da Baixa estão inseridos em um edifício do séc. 18

    Há poucos metros dos apartamentos que eu comentei acima está o edifício da Casas da Baixa.

    Apesar do edifício ser histórico, possui elevador.

    É uma ótima opção para famílias, pois há apartamentos que alojam até seis pessoas.

    Para “abastecer” o apartamento, há duas unidades do supermercado Pingo Doce na Baixa e um Meu Super na Rua dos Fanqueiro, ou ainda, fora da região, no use o supermercado do El Corte Inglés ou a mega loja do Continente no Shopping Vasco da Gama (Parque das Nações).

    Onde ficar em Lisboa: opções econômicas de hospedagem

    Os hostels (ou albergues) são as opções mais baratas de hospedagem para quem faz uma viagem econômica.

    Os viajantes sozinhos e em grupos de amigos procuram bastante.

    Na Baixa de Lisboa há muitos, alguns deles premiados pelo Hostel World, com cozinha comunitária, banheiro compartilhado ou privativo e quartos de diversos tamanhos, também compartilhados ou privativos.

    Indico o Yes Lisbon Hostel, várias vezes premiado no Hoscars do Hostelworld, e o Lisbon Destination Hostel.

    Uma curiosidade desse último, é que ele fica dentro da imponente e histórica Estação do Rossio, de onde partem os trens para Sintra.

    Onde se hospedar em Lisboa: Lisbon Destination Hostel
    O Lisbon Destination Hostel está inserido dentro da centenária estação de trem do Rossio

    Caso não haja café da manhã incluído na sua reserva, a solução é comprar algo no supermercado (tem duas unidades do supermercado Pingo Doce bem perto – Rua 1º de Dezembro e no Largo Chão do Loreto) ou tomar mesmo em um café da região.

    A Padaria Portuguesa é a maior rede de padarias de Lisboa, com mais de 50 unidades, e tem três lojas na Baixa. A Fábrica da Nata também é uma boa opção, com duas unidades na Baixa de Lisboa.

    Lembre-se apenas que, ao escolher se hospedar em um hostel para ficar em Lisboa, poderá ter mais barulho nos corredores durante a noite e no quarto (para os coletivos), pela alta frequência de viajantes mais jovens.

    Sou jornalista, luso-brasileiro, tenho 40 anos e gosto de apreciar a gastronomia portuguesa. Lisboa me trouxe um time de futebol do coração, o Sporting, mesmo tendo o tênis como o meu principal esporte. Troco fácil os transportes públicos por uma longa caminhada. Na minha playlist de música portuguesa não falta David Fonseca, Moonspell e Tiago Bettencourt.

    Deixe um comentário