Roteiro em Fátima: o que ver, onde comer e dormir

29

Fátima, localizada na região centro de Portugal, é uma cidade especialmente dedicada a aqueles de muita fé, principalmente por ser um dos maiores centros católicos do mundo.

Independente da religião do viajante, o Santuário acaba por se tornar uma visita interessante e de uma energia que vale a pena ser contemplada. Os principais pontos de visitação estão dentro do próprio Santuário e em seus arredores, facilmente acessados a pé, em uma área conhecida por Cova da Iria e também na aldeia de Aljustrel. Assim, esse é um bom destino para quem passa por Portugal.

Artigo atualizado em novembro de 2018

Roteiro: o que fazer em Fátima?

Comece pelo Santuário de Fátima, claro!

O Santuário de Fátima é composto por duas basílicas, duas capelas e a cruz alta, todas em um mesmo espaço, com muitas vagas de estacionamento a volta e a 5 minutos a pé da rodoviária (para quem for de ônibus). Comece a sua visita por aqui.

Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

santuario_de_fatima_portugal_cultuga_basilica_do_rosario_igreja_nossa_senhora_de_fatima

Esta é a igreja mais antiga do Santuário. Sua primeira pedra foi benzida em 13 de maio de 1928 e a Basílica foi inaugurada em outubro de 1953. Ela é toda feita em Calcário Branco do Mar, que tem em abundância na região.

A Basílica de Nossa Senhora do Rosário foi erguida no local em que os três pastorinhos (Lúcia, Jacinta e Francisco) viram um “relâmpago” enquanto brincavam – aquilo que seria o primeiro sinal da Nossa Senhora, em maio de 1917. É aqui que você também poderá ver os túmulos deles (Jacinta e Francisco trasladados em 1951 e 1952, respectivamente, e a Irmã Lúcia em 2005).

Percorra toda a volta interior da basílica para ver seus 14 altares laterais (estes, com mármores das regiões portuguesas de Estremoz, Sintra e Fátima) que contam os mistérios do Rosário. O 15º mistério está representado na capela-mor da igreja. Já os vitrais mostram invocações da ladainha de Nossa Senhora.

O arco que fica sobre o altar principal foi produzido no Vaticano e tem a inscrição “Regina Sacratissimi Rosarii Fatimae Ora Pro Nobis” (Rainha do Sacratíssimo Rosário de Fátima, rogai por nós).

santuario_de_fatima_portugal_cultuga_basilica_do_rosario_igreja_nossa_senhora_de_fatima_3

Interior da Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

santuario_de_fatima_portugal_cultuga_basilica_do_rosario_igreja_nossa_senhora_de_fatima_4

Túmulo de Santa Jacinta Marto, um dos três pastorinhos de Fátima (canonizada em 2017). A imagem de Jacinta foi benzida pelo Papa João Paulo II em 2000.

Basílica da Santíssima Trindade e Capela do Santíssimo Sacramento

Essa é a nova igreja do Santuário, localizada do lado oposto a Basílica do Rosário. Ela foi construída a partir de um projeto do arquiteto grego Alexandros Tombazis e inaugurada em 12 de outubro de 2007, durante o 90º aniversário das aparições.

Sua arquitetura de grandes dimensões impressiona. Ela tem uma aparência mais moderna e se assemelha a um auditório. Esta basílica pode ser interpretada também como um templo neutro, com o objetivo de receber e reunir pessoas de todas as religiões e crenças.

Quando estiver saindo da basílica, do seu lado esquerdo, aproveite para conhecer também a Capela do Santíssimo Sacramento no piso inferior.

missa_santuario_de_fatima_basilica_da_santissima_trindade

Missa na Basílica da Santíssima Trindade

Cruz Alta

santuario_de_fatima_portugal_cultuga_basilica_da_santissima_trindade

Cruz Alta e Basílica da Santíssima Trindade ao fundo às 7 da manhã de uma bonita segunda-feira

Logo ao lado da Basílica da Santíssima Trindade você verá também a Cruz Alta, um dos símbolos principais do Santuário de Fátima.

Capelinha das Aparições

Este é o coração do Santuário. A Capelinha das Aparições foi construída em 1919 no local onde estava a pequena azinheira em que Nossa Senhora de Fátima apareceu 5 vezes aos pastorinhos (aos dias 13 de maio, de junho, de julho, de setembro e de outubro de 1917). A construção de uma capela também teria sido um pedido de Nossa Senhora às crianças.

A árvore já não existe mais, pois os peregrinos levaram seus ramos com o passar do tempo. Hoje, uma imagem da Virgem de Fátima (feita de madeira, com cedro do Brasil) foi colocada aqui, no centro desta pequena ermida. É também na coroa original desta imagem – hoje exibida somente em grandes peregrinações – que o Papa João Paulo II depositou a bala que o atingiu no atentado de 13 de maio de 1981, no Vaticano. Este ato foi em agradecimento a Nossa Senhora de Fátima, feito pessoalmente em 1984, por ter salvo sua vida.

Coroa de Nossa Senhora de Fátima com bala que atingiu Papa João Paulo II

Detalhe da coroa de Nossa Senhora de Fátima com a bala que atingiu o Papa João Paulo II (foto oficial do Santuário de Fátima)

Em frente a capelinha também é possível contemplar o Monumento ao Sagrado Coração de Jesus – uma imagem de bronze oferecida por um peregrino.

Ao lado da Capelinha há ainda a área para acender as velas, com espaço para pegá-las ali mesmo. As velas não estão a venda, são gratuitas. Entretanto, o Santuário sugere ofertas a quem puder ajudar em sua manutenção.

santuario_de_fatima_portugal_cultuga_capelinha_das_aparicoes

Capelinha das Aparições

Detalhe da Virgem na Capelinha das Aparições

Detalhe da Virgem na Capelinha que marca o local exato das aparições aos pastorinhos

santuario_de_fatima_portugal_imagem_de_cristo

Monumento ao Sagrado Coração de Jesus

Mapa oficial do Santuário de Fátima e arredores (clique na imagem para ver em tamanho maior)

Deseja assistir a uma missa no Santuário de Fátima?

Os horários e locais das missas (rezadas em português e também em outras línguas) podem ser visualizados no próprio site do Santuário. Se você tiver oportunidade, não deixe de ir a bonita Procissão das Velas que acontece todos os dias às 22h15.

Saída da Missa na Basílica nova

Saída da Missa na Basílica da Santíssima Trindade

Detalhe da missa na Basílica nova

Detalhe da missa na Basílica da Santíssima Trindade

santuario_de_fatima_portugal_cultuga_domingo_de_ramos_missa

Domingo de Ramos no Santuário de Fátima

santuario_de_fatima_portugal_cultuga

Domingo de Ramos no Santuário de Fátima

A história das aparições de Nossa Senhora de Fátima

A 13 de Maio de 1917, três crianças apascentavam um pequeno rebanho na Cova da Iria, freguesia de Fátima, concelho de Vila Nova de Ourém, hoje diocese de Leiria-Fátima. Chamavam-se Lúcia de Jesus, de 10 anos, e Francisco e Jacinta Marto, seus primos, de 9 e 7 anos.

Por volta do meio dia, depois de rezarem o terço, como habitualmente faziam, entretinham-se a construir uma pequena casa de pedras soltas, no local onde hoje se encontra a Basílica. De repente, viram uma luz brilhante; julgando ser um relâmpago, decidiram ir-se embora, mas, logo abaixo, outro clarão iluminou o espaço, e viram em cima de uma pequena azinheira (onde agora se encontra a Capelinha das Aparições), uma “Senhora mais brilhante que o sol”, de cujas mãos pendia um terço branco.

A Senhora disse aos três pastorinhos que era necessário rezar muito e convidou-os a voltarem à Cova da Iria durante mais cinco meses consecutivos, no dia 13 e àquela hora. As crianças assim fizeram, e nos dias 13 de Junho, Julho, Setembro e Outubro, a Senhora voltou a aparecer-lhes e a falar-lhes, na Cova da Iria. A 19 de Agosto, a aparição deu-se no sítio dos Valinhos, a uns 500 metros do lugar de Aljustrel, porque, no dia 13, as crianças tinham sido levadas pelo Administrador do Concelho, para Vila Nova de Ourém.

Na última aparição, a 13 de Outubro, estando presentes cerca de 70.000 pessoas, a Senhora disse-lhes que era a “Senhora do Rosário” e que fizessem ali uma capela em Sua honra. Depois da aparição, todos os presentes observaram o milagre prometido às três crianças em Julho e Setembro: o sol, assemelhando-se a um disco de prata, podia fitar-se sem dificuldade e girava sobre si mesmo como uma roda de fogo, parecendo precipitar-se na terra.”

Com informações do site oficial do Santuário

Visite também a Casa dos Pastorinhos

Cerca de 2km do Santuário estão as casas em que nasceram os pastorinhos Lúcia, Francisco e Jacinta. Elas foram adquiridas pelo Santuário com o objetivo de transformá-las em casa-museu e fazem parte dos pontos de peregrinação de Fátima, na pequena aldeia de Aljustrel.

A pé, este local é acessado pelo mesmo percurso que faziam as crianças de Aljustrel até a Cova da Iria, a partir a partir da rotatória de Santa Teresa, pela Via Sacra. Por ela, há 14 capelinhas em memória a Paixão de Cristo e uma 15ª relacionada à Ressurreição. De carro, também é bastante simples. 

Casa onde viveram os pastorinhos Francisco e Jacinta, na aldeia de Aljustrel. O espaço fica aberto todos os dias, das 9h às 18h, com entrada gratuita.

Para saber mais: museu “O Milagre de Fátima”

A quem deseja conhecer mais sobre a história que envolve o segredo de Fátima, agora também tem a oportunidade de visitar um museu interativo dedicado ao assunto, logo ao lado do Santuário: O Milagre de Fátima.

O percurso é guiado e passa por diversas salas escuras que contam o que se passou naquela região em 1917 por meio de projeções tridimensionais. É uma forma interessante de entender o contexto histórico em que as aparições se deram.

Ao fim da exposição, há ainda um material interessante que pode ser consultado sobre a popularidade da Nossa Senhora de Fátima pelo mundo e um espaço dedicado exclusivamente ao Papa João Paulo II, que sempre demonstrou sua intensa devoção à Virgem de Fátima.

O museu está localizado no Centro Comercial Espaço Fatimae (Avenida Dom José Alves Correia da Silva, 123, piso -1), ao lado da rodoviária. De abril a outubro, ele fica aberto todos os dias, das 9h30 às 19h. De novembro a março, das 9h30 às 18h30. Fecha nos dias 24, 25 e 31 de dezembro e 1 de janeiro. Os ingressos custam de 4€ a 7,50€.

museu_milagre_de_fatima_cultuga

Museu Interativo O Milagre de Fátima

museu_milagre_de_fatima

Sala mostra as igrejas dedicadas a Nossa Senhora de Fátima ao redor do mundo

Como chegar a Fátima?

A melhor forma de chegar ao Santuário é de carro ou ônibus. Não vá de trem, pois a estação fica a mais de 20km do local.

Você pode fazer um bate-volta a partir de Lisboa, por exemplo, ou então se hospedar por perto para conhecer melhor a região oeste do país, que é muito bonita. Caso você não dirija, poderá também fazer em excursão ou tour privativo envolvendo cidades próximas.

Carro: siga pela autoestrada A1, a principal do país que liga Lisboa ao Porto. Nela, haverá uma saída (cerca de 130km de Lisboa e 200km do Porto) para Fátima bem sinalizada. Ao redor de Santuário há diversos bolsões de estacionamento.

Estacionamento do Santuário de Fátima

Por toda a volta do Santuário há vagas de estacionamento como estas

Ônibus: a Rede Expressos faz a ligação das principais cidades de Portugal a Fátima. Em Lisboa, por exemplo, o ônibus sai da estação Sete Rios, junto ao metro Jardim Zoológico (linha azul). A viagem demora cerca de 1h30 e custa 11,90€ cada trecho. Para chegar ao Santuário, siga a pé (pouco mais de 5 minutos).

Onde comer perto do Santuário de Fátima?

Há diversos restaurantes e cafés nos arredores do Santuário. Quando vou a Fátima, sempre almoço com o Rafa no Restaurante Manhãs (Av. D. José Alves Correia da Silva, nº 114B – Fecha terça-feira), que fica um pouco mais para baixo do Santuário.

É um local tranquilo, em uma rua bastante agradável, o atendimento é muito bom e a comida é excelente. Para chegar, basta descer a pé a Rua de Santo António. São uns 5 minutinhos.

Magret_de_Pato_onde_comer_em_fatima_restaurante_manhas

Magret de pato com mel, o prato do Rafa

Vale a pena dormir em Fátima?

Eu e o Rafa já estivemos diversas vezes em Fátima, seja em pernoite, seja em passagem de uma cidade a outra, seja em bate-volta a partir de Lisboa. Qualquer uma dessas opções é válida, sobretudo porque o horário de visita do Santuário é bastante alargado e o tempo que você precisará para conhecê-lo depende apenas das suas intenções, visto que todas as atrações estão muito próximas.

Dormir em Fátima vale a pena, sobretudo para quem deseja ter a experiência de visitar o Santuário fora dos horários comuns, como no amanhecer, ou para a Procissão das Velas, a noite. 

É ainda possível fazer a cidade como base para conhecer o centro oeste do país, no caminho entre Lisboa e o Porto, inclusive pela facilidade de acesso as estradas rápidas.

A rede hoteleira de Fátima melhorou exponencialmente nos últimos anos. Atualmente, há hotéis mais confortáveis e modernos. Separei algumas sugestões que conhecemos para te guiar nessa escolha.

 Hotel Santa Isabel: pequeno e com instalações novas

Esse é um dos hotéis “vizinhos” ao Santuário, com acesso a pé bastante rápido. No Hotel Santa Isabel, os quartos são pequenos e simples, porém as instalações são modernas e bonitas. Com bom café da manhã incluído e wi-fi. Ideal para quem busca uma opção econômica. O ponto negativo para quem viaja de carro é não ter estacionamento próprio. Será necessário parar o carro nas vagas públicas. *Veja os preços e como reservar o Hotel Santa Isabel aqui*

Hotel Avenida de Fátima: para quem prefere um clássico

Este hotel está localizado na principal avenida de Fátima e a menos de 5 minutos do Santuário, em um percurso a pé. Apesar de também não ter vagas de estacionamento próprias, em virtude da localização dele, é bem fácil estacionar o carro por perto.

O Hotel Avenida de Fátima é uma das hospedagens clássicas da cidade. Os quartos têm de 14 a 16m2 de tamanho e com um bom banheiro. Café da manhã incluído. *Veja os preços e como reservar o Hotel Avenida de Fátima aqui* 

Hotel Luz Charming Houses: uma experiência apaixonante

Esta é uma das melhores experiências hoteleiras que eu e o Rafa já tivemos em Portugal. Um hotel cheio de cuidados e muito conforto, desde o momento da sua chegada. Sugiro vivamente essa hospedagem para quem está fazendo um roteiro romântico ou em celebração de uma data especial em Portugal.

O Luz Houses foi concebido para representar as tradicionais casas da região de Fátima em um terreno que também fazia parte do percurso dos pastorinhos. Toda essa história agregada ao conforto atual e um café da manhã dos deuses, sério. Não é publicidade paga, não. É amor mesmo. Não dá vontade de ir embora. *Veja os preços e como reservar o Luz Houses* 

Dicas importantes para a sua visita a Fátima

– Não deixe de levar água, frutas, barras de cereais ou bolachas se for permanecer por um longo período no local;

– Esteja atento as datas de maior movimento, sobretudo nos dias 12 e 13 de todos os meses;

fatima-santuario-portugal-cultuga7

– Não deixe de ir ao posto de informações dentro do próprio Santuário. As atendentes sabem muito sobre o local e oferecem um folheto muito interessante sobre a história de Fátima;

– Se você for de carro e precisar deixar seus pertences nele, guarde tudo no porta-malas. Essa dica vale para todas as cidades portuguesas, pois infelizmente há casos de arrombamento de carros de turistas quando itens importantes ficam à mostra;

– Nos arredores do Santuário há duas lojas oficiais bem completas, com livros, imagens e outras lembranças com acesso a pé;

loja_santuario_de_fatima_portugal_cultuga_1

Loja do Santuário localizada do lado direito do Santuário (de quem olha para a Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima)

loja_livraria_santuario_de_fatima_portugal_cultuga_2

Livraria do Santuário, localizada atrás da Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

– Se você estiver de carro, poderá visitar também os arredores de Fátima, como as Grutas de Mira de Aire (uma das 7 Maravilhas Naturais de Portugal), a vila da Batalha e o Castelo de Porto de Mós, por exemplo;

santuario_de_fatima_portugal_cultuga_2

– Em 2017, as aparições completaram seu primeiro centenário. Nos dias 12 e 13 de maio, o Papa Francisco esteve no Santuário para celebrar a data e canonizar Jacinta e Francisco Marto. Foi criado um site especial com tudo sobre essa celebração e a visita do Papa em Fátima.

Organize AQUI a sua viagem para Portugal!

icon-saude

Parcele o seguro saúde na Real Seguro Viagem em 6x SEM JUROS

icon-carroVeja os melhores preços para alugar um carro

icon-hotel

Reserve o seu hotel no Booking, com cancelamento gratuito

Conheça os serviços exclusivos do Cultuga

icon-tour

Deseja ter a nossa companhia em Lisboa? Faça um tour conosco

icon-consultoria

Reserve um transfer ou city tour com os nossos parceiros em Portugal

icon-foto

Faça um ensaio fotográfico em Lisboa ou no Porto

Veja o índice de artigos do Cultuga para ajudar no planejamento do seu roteiro ❤

Compartilhe.

Sobre o autor

Priscila Roque

Sou jornalista especializada em cultura e fotógrafa. Foi preciso passar dos 30 anos para assumir que Lisboa é, realmente, o meu lugar no mundo. Mas a paixão por Portugal começou bem mais cedo, ainda na adolescência, quando descobri alguns músicos locais. Os meus pais são portugueses imigrados no Brasil. Depois de fazer o caminho inverso deles, trocando São Paulo por Lisboa, quero agora, com o Cultuga, diminuir a distância que separa o Brasil de Portugal.

29 comentários

  1. Boa noite pricila.
    Vou para Portugal agora em junho e gostaria que me ajudasse em um roteiro. Vou estar com minha família e de carro alugado. Vou ficar 5 dias em cascais e gostaria de conhecer porto, passar por fatima. E queria saber se vale a pena comprar os ingressos antecipados para visitar o oceanário ou castelo sao jorge.
    Obrigado

  2. Olá! Estarei em Lisboa em julho e pretendo fazer um bate-volta para Fátima! Seria melhor comprar um passeio com agência de turismo ou é possível fazer por conta? Estaremos em três: eu e mais duas idosas. Agradeço!

    • Rafael Boro
      Rafael Boro em

      Olá, Mariana
      Tudo bem?

      É possível fazer um bate-volta para Fátima de ônibus (autocarro) a partir da Rodiviária de Sete Rios, que tem ligação com o metrô Jardim Zoológico (linha azul). A viagem dura cerca de 1h30. O Santuário fica a pouco mais de 5 minutos a pé. Minha mãe (60 anos) e minha avó (80 anos) fizeram o passeio dessa forma. Para quem não tem problemas de mobilidade é tranquilo. Caso as duas idosas que estarão com você tenham mobilidade reduzida, aconselho um tour de carro. Indicamos os nossos parceiros da Portugal Premium Tours: http://www.premiumtours.pt/pt/tours/tour-privado-fatima-e-batalha-meio-dia/ 🙂

      Um abraço e boa viagem!

    • Rafael Boro
      Rafael Boro em

      Que bom saber, Cecilia! 🙂
      Aproveitem muito. Fátima é um destino bastante especial.
      Um grande abraço!

  3. maria aparecida em

    Bom dia…
    Estou planejando junto com meu esposo passar o nosso aniversário de casamento em Fátima. No período de 05 a 10 de outubro de 2017. Moramos em São José dos Quatro Marcos-Mato Grosso-Brasil e nunca viajamos para fora do país. Gostaríamos de sugestões para como planejarmos a nossa viagem. Estamos pensando em ficar somente em Fátima. O que vocês sugerem?

    • Rafael Boro

      Olá, Maria Aparecida
      Tudo bem?
      Fátima é uma cidade pequena e que tem como principal atração o Santuário. Se desejam ficar hospedados lá, aconselho que aluguem um carro, assim poderão aproveitar outros locais na região centro de Portugal, como Batalha, Tomar e Alcobaça.
      Caso queiram ajuda para planejar toda a viagem, podemos ajudá-los com o nosso serviço de consultoria. Nesse link tem todas as informações de como funciona e a opinião dos nossos clientes: https://www.cultuga.com.br/2014/04/assessoria-de-viagem-roteiro-personalizado-portugal/
      Um grande abraço!

  4. Pingback: 4 Dicas imperdíveis de bate-volta a partir de Lisboa com crianças - Ducs Amsterdam

  5. Olá casal 🙂
    Estou aqui fechando os finalmentes do roteiro de Portugal e fiquei com uma dúvida sobre Fátima. A visita ao santuário demanda um dia inteiro, ou dá para se programar de já dormir em outra cidade (vamos seguir de lá para Coimbra).
    Vamos estar em Lisboa dias 21 e 22/01, vamos tentar marcar alguma coisa 🙂 Vou mandar um whatsapp pra vcs!
    Bjos e obrigada
    Camilian & Rodrigo

    • Rafael Boro

      Olá, Camilian e Rodrigo
      Tudo bem?
      Dá para fazer a visita ao Santuário em meio período. Depois você podem seguir tranquilos para Coimbra. A viagem dura menos de 1 hora.
      Vai ser muito bom ver vocês em terras portuguesas! 🙂
      Um abraço e até logo mais!

  6. JOSÉ CHAVES em

    Olá Priscila, estou querendo viajar com minha esposa para Lisboa ainda em 2017, talvez maio, por um período de 5 dias e gostaria de conhecer Porto, Fátima, Alcobaça, Coimbra e outros lugares próximos a Lisboa, porem tenho algumas dúvidas quanto ao deslocamento, ou seja, será que é melhor alugar um carro ou usar outro meio de transporte? Se alugar o carro, nossa CNH tem valor lá?

  7. Caríssimos, boa noite! Estou com quarto reservado para Porto e com as passagens de avião compradas para Portugal!
    Vocês indicam fazer um bate-volta em Fátima no dia 13 de maio, ou posso virar a noite acordado do dia 12 até o dia 13 de maio? Esse ano é o centenário das aparições de Nossa Senhora, quais suas orientações para que alguém aproveite bem essas datas?

    Obrigado pela atenção!

    • Rafael Boro

      Olá, Felipe
      Tudo bem?
      Os dias 12 e 13 de maio serão bastante movimentados (muito além do normal), pois, além da celebração do centenário da primeira aparição de Nossa Senhora, haverá a visita do Papa Francisco. Os hotéis da cidade estão esgotados há meses. É comum as pessoas passam a noite de 12 para 13 acordadas no Santuário. Acredito que esse ano será ainda maior. Leve comida, bebida e roupas a mais, inclusive de frio. Acompanhe as notícias dos jornais portugueses e a previsão do tempo. Sobre o bate-volta, também pode ser uma boa opção. O estacionamento do Santuário é muito grande, mas não consigo prever como estará nesses dias. Aconselho que consulte o site especial com a programação completa: http://www.papa2017.fatima.pt/pt

      Um abraço e boa viagem!

  8. Olá
    Já visitei muito sites informativos sobre Lisboa e região. Mas preciso dizer que este é o melhor de todos! Todos os artigos que li até agora são completos, ricos em detalhes e dicas importantes, sem serem longos ou complicados. Todos os links clicados funcionam perfeitamente. Parabéns pelo excelente trabalho.
    Dificil é parar de ler e cuidar de outras tarefas.
    Abraços e uma linda temporada de primavera/verão
    Patricia

    • Rafael Boro
      Rafael Boro em

      Olá, Patrícia
      Como vai?
      Agradecemos o carinho com o Cultuga! <3 Esse é o melhor feedback que podemos ter dos nossos leitores e nos dá ainda mais vontade de trabalhar no que tanto gostamos!
      Um grande abraço e seja sempre bem-vinda ao Cultuga! 🙂

  9. Olá, Priscila.
    A primeira empatia, além de curtir gostosamente o seu blog, decorre de ser seu nome o da nossa primogênita (rsrs).
    Faremos de carro, em 6 casais setentões, um circuito Lisboa (2 pernoites) , Fátima (1 pernoite), Peso da Régua (2 pernoites), Porto (3 pernoites), Coimbra (1 pernoite), de volta a Lisboa (1 pernoite), e depois Roma.
    Será de 29 de abril a 8 de maio de 2018. E o momento é de detalhamento do que fazer nos pontos-base e proximidades. Podemos contar com alguma dica sua para enriquecer o nosso planejamento? E para o clima do período… as senhoras devem se preocupar com frio, chuva,… ?

  10. Boa tarde!! Estou indo para Portugal em junho montei todo o roteiro mas tenho uma dúvida se vale a pena passar a noite em Coimbra ou Fatima pois ouvi dizer que em Fátima tem uma procissão a noite muito bonita . Vc sabe dizer se tem todos os dias ?

    • Rafael Boro

      Olá, Lucia
      Tudo bem?
      Realmente, a Procissão das Velas é muito bonita. Ela acontece todos os dias, às 22h15 – exceto durante a quaresma. Caso tenha interesse em outras celebrações, no site do Santuário tem a agenda completa http://www.fatima.pt/pt/ 😉
      Um abraço e boa viagem!

  11. Antonio Donizete em

    Caro Rafael, irei com minha família para Portugal em julho. Aluguei um carro, e quando estiver indo para Porto, iremos conhecer Fátima. Estou um pouco preocupado, pois li vários relatos de furtos em veículos alugados no estacionamento do Santuário, mesmo de pessoas que deixaram tudo no porta malas, ou seja, nada visível. Tem algum estacionamento pago, que seja mais seguro? Tem alguma outra sugestão?
    Parabéns pelo site. Obrigado desde já!

    • Rafael Boro
      Rafael Boro em

      Olá, Antonio
      Tudo bem?
      Agradeço o carinho com o Cultuga! 🙂

      Não conheço nenhum estacionamento pago e coberto nas proximidades do Santuário. Uma alternativa para você ficar mais tranquilo é verificar se há um estacionamento particular de hotel. Há vários hotéis na Avenida de Dom José Alves Correia da Silva, por exemplo.
      Sei que é chato, mas caso se sinta mais seguro, uma pessoa pode ficar esperando no carro enquanto as outras visitam o Santuário. 😉

      Aconselho não abrir o porta-malas para guardar coisas quando for deixar o carro em locais turíticos. Infelizmente, ssse é um dos motivos que há furtos, pois o “espertinho” já sabe que tal carro está carregado.

      Um grande abraço e boa viagem!

  12. Vagner Simonin em

    Olá! Eu e meu marido iremos para Lisboa dia 30 de dezembro de 2018 e ficaremos até dia 06/01/2018, após iremos para Porto e ficaremos até dia 09/01/2019, dai partiremos para Barcelona. Queria uma dica para o Réveillon em Lisboa e cidades para visitar no inverno!
    Muito Obrigado!

Deixe um comentário