Como é Portugal em JUNHO?

12

Férias dos portugueses, festas dos Santos Populares, calor e um astral único por todo o país. Se você está com viagem marcada para Portugal em junho, veja quais são as informações que você precisa saber antes de embarcar:

Apaixone-se por Portugal com a nossa consultoria de viagem

Clima

O mês de junho traz o sol, leva embora a chuva e coloca um sorriso no rosto dos portugueses e dos turistas. Isso porque na segunda quinzena do mês começam as férias escolares e chega, finalmente, o verão!

Entretanto, apesar do país ser pequeno, as temperaturas são bem diferentes para cada região. Para o interior, o tempo pode ficar mais abafado, enquanto na costa e nos locais mais altos o vento forte alivia o calor. Assim, o ideal é que você acesse um site com a previsão do tempo para que possa se programar. Eu, particularmente, uso o Accuweather. Acho ele excelente e dá para ver a previsão dia a dia por cada cidade visitada.

Para montar a mala, quem viaja na primeira quinzena pode ver as nossas dicas para a primavera e quem vem no fim do mês pode ler o nosso artigo sobre como montar a mala para o verão em Portugal.

Ah, e também é nessa época do ano que você vai ver os carrinhos de cereja espalhados pelas ruas de Lisboa naquela fartura.. E doçura 🙂

Fuso Horário

Lembre-se: Portugal continental e o arquipélago da Madeira estão com 4 horas a mais do que Brasília, enquanto as ilhas dos Açores estão com 3 horas. Esse fuso segue até o mês de outubro, quando diversos estados brasileiros entram em horário de verão e Portugal entra no de inverno.

Preços na rede hoteleira

A má notícia para o mês de junho é que os preços da rede hoteleira começam a subir. Com a chegada das férias para os portugueses (e europeus), além da proximidade com o verão, o país todo ganha novos preços, sobretudo para a segunda quinzena do mês. Assim, quanto antes você garantir a sua reserva, maior a probabilidade de conseguir um preço mais em conta.

Quer ter a nossa companhia durante a sua viagem por Lisboa? Faça um tour conosco

Feiras e festas

Se tem algo que os portugueses adoram são as feiras medievais. Esse é um programa sem idade e bastante interessante, que acontece principalmente durante a primavera e o verão e une o lúdico a própria história local. Para quem desembarca em Portugal no mês de junho e tem curiosidade de ir a uma, a dica é ficar de olho na Barcelos Cidade Medieval (a cidade do galinho).

Para aqueles que dividem a paixão pelo artesanato comigo, é em junho que acontece a FIA – Feira Internacional do Artesanato, na FIL, em Lisboa (no Parque das Nações, estação de metro Oriente). Essa é uma feira atraente e bem simpática, principalmente por reunir em um único local exemplos de artesanato de todo o país.

Também vale lembrar aqui que a Feira do Livro de Lisboa tem data marcada para começar no dia 1 de junho e vai até o dia 18, em 2017. A entrada é gratuita e o acesso é muito fácil. Como ela acontece no Parque Eduardo VII, você pode chegar até lá pelas estações de metro Marquês de Pombal, Parque ou São Sebastião. Outra Feira do Livro importante é a de Braga, que neste ano acontece de 30 de junho a 14 de julho.

No centro país, no Fundão, há ainda a importante Festa da Cereja. Essa é uma ótima oportunidade para provar as saborosas cerejas da região.

Por fim, quem está com viagem marcada para a Ilha da Madeira em junho também poderá aproveitar o Festival do Atlântico – conhecido, principalmente, pelos espetáculos que unem a música aos fogos de artifício no Funchal.

A época da cereja começou! Já são vários os carrinhos espalhados por Lisboa! ??? #cerejas #lisboa #primavera #portugal #cultuga

A post shared by Cultuga – Dicas sobre Portugal (@cultugaoficial) on

Santos Populares

Está sentindo o cheiro de sardinha e dos manjericos no ar?

Esse assunto merece um tópico a parte, claro. As festas dos Santos Populares estão entre as principais do país. É como se fossem as festas juninas brasileiras (inclusive também são chamadas de arraiais)… Só que versão verão rs.

Começo pela capital, que têm uma agenda especial para o mês todo – as Festas de Lisboa. São eventos que tomam as ruas e os espaços verdes com música e arte – o melhor da cultura contemporânea e popular. Vale a pena dar uma olhada na programação.

Porém, o auge da festa acontece de 12 para 13 de junho, em celebração ao Dia de Santo António. Apesar dele não ser o padroeiro oficial de Lisboa – que é São Vicente -, Santo António nasceu na capital e é uma figura bastante emblemática para os portugueses.

Nessa data (e em todos os finais de semana do mês), os moradores dos bairros mais antigos, como Alfama, Mouraria, Graça e Bica, assam sardinhas na frente das suas casas e recebem (muito bem) os visitantes na rua.

O fim da tarde é ideal para as famílias que estão com crianças, pois há música e barraquinhas com diversas opções para comer nos bairros históricos. Conforme vai chegando a noite, as ruas ficam bem cheias e a animação é mais indicada aos jovens e adultos.

Além dessa celebração, a Avenida da Liberdade também é fechada para a passagem das Marchas Populares, ou seja, as agremiações dos bairros lisboetas saem em desfile com coreografias e música no final do dia 12 de junho. Ainda nesse dia, nos Jardins do Campo Pequeno, em Lisboa, acontece os Santos Noventeiros, um arraial diferente, com músicas pop dos anos 90 e populares.

No Porto, o santo de eleição para as festas é São João. Do dia 23 para 24 de junho, a cor e a alegria também invadem as regiões mais antigas da Invicta, como Ribeira, Massarelos, Miragaia e Fontainhas. Aqui, a brincadeira reina. Assim, se você receber uma martelada de plástico na cabeça, leve na esportiva, pois faz parte das tradições da festa rs.

O destaque fica para a noite, com muitos fogos de artifício e balões, que formam bonitos pontos de luz no céu. A programação completa está no site da Câmara Municipal.

São João também inspira os festejos de Braga que vão além da data do santo. Durante quase 15 dias, as ruas dessa cidade – que é o coração do Minho – recebem exposições, cortejo histórico, parada folclórica, torneios especiais e música. A festa termina, claro, no dia de São João, com direito a batalha de flores, procissão e o desfile dos Gigantones e Cabeçudos (como os bonecos de Olinda).

O sul de Portugal não fica de fora, não! No dia 24 de junho, além de São João, é o Dia de Tavira (e nós tivemos a sorte de estar por lá nessa data, em 2014). Assim, o arraial nessa cidade algarvia tem um brilho todo especial. Sua principal praça é toda decorada com papéis coloridos e, ao cair do dia, seus moradores e visitantes se reúnem ali para comer e dançar!

Évora celebra a data com a tradicional Feira São João, que dura 10 dias e reúne comidinhas, exposições, espetáculos para crianças e artesanato, no melhor estilo alentejano.

São João também é tema de uma das maiores festas da Ilha Terceira, no Arquipélago dos Açores. A cidade escolhida para celebrar as Sanjoaninas é Angra do Heroísmo, sua capital, e traz uma programação com atividades infantis, desfiles, eventos esportivos e, claro, muita música.

Os Santos Populares fecham com São Pedro, dia 29 de junho e a dica aqui é a Festa de São Pedro, em Porto de Mós (e você ainda pode aproveitar para dar uma esticada até o Castelo).

Leve um suvenir inesquecível de sua viagem a Portugal

Feriados

Junho tem um feriado nacional, que é o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, celebrado a 10 de junho. Essa data assinala a morte de Luís de Camões – um dos maiores e mais significantes símbolos do país. Veja aqui a lista de todos os feriados nacionais.

Atenção que diversas cidades portuguesas fazem do dias dos Santos Populares (Santo António, São João e São Pedro) feriados municipais.

Uma outra data importante, mas que não é feriado, é o Dia Mundial da Criança, comemorado em 1 de junho. Nessa data, diversas cidades portuguesas promovem atividades especiais para os pequenos. Fique de olho!

Corpus Christi (em Portugal, chamado de Corpo de Deus) chega na quinta-feira, dia 15 de junho, em 2017. Ele havia sido suspenso em 2012 junto com ouros feriados religiosos e não religiosos pelo governo anterior. Mas foi reposto em 2016. Portanto, você poderá encontrar alguns lugares fechados nesse dia, sim, mas não chega a ser tão “radical” como em 1 de maio ou o Natal, por exemplo.  Aos mais religiosos, fica a dica: há bonitas procissões por todo o país.

Época balnear

Quem viaja em busca das praias portuguesas, é importante saber que a época balnear, geralmente, começa por volta de 15 de junho e termina a 15 de setembro. Entretanto, dependendo da região ou das Ilhas, por exemplo, pode ter uma pequena mudança (veja as datas e as praias aqui). Isso significa que, nesse período, as praias próprias para banhos recebem equipamentos de segurança e salva vidas (chamados de nadadores salvadores), além de contar com a abertura de restaurantes e atividades turísticas sazonais.

Sugestões culturais para junho de 2017

Fado

Artistas portugueses

Música internacional

Artistas brasileiros

Festivais de música

Teatro

Humor

Dança

Espetáculos

Workshops e eventos

Feiras e festivais

Esportes

Corridas

Outros eventos

  • Lançamento da novela ‘Sol Nascente’, em Lisboa, no Shopping Colombo, dias 1 e 2 de junho (ação especial da Rede Globo Portugal com a recriação de uma praia, com música, água de coco e distribuição de brindes) 

Como é Portugal em…

JANEIRO | FEVEREIRO | MARÇO | ABRIL | MAIO | JUNHO | JULHO | AGOSTO | SETEMBRO | OUTUBRO | NOVEMBRO| DEZEMBRO

Organize aqui a sua viagem para Portugal

icon-saude

Faça o Seguro Viagem com a Real Seguro Viagem em 6x sem juros

icon-carroVeja os melhores preços para alugar um carro na Rental Cars

icon-hotel

Reserve o seu hotel pelo Booking, com opção de cancelamento gratuito

Serviços do Cultuga

icon-tour

Deseja ter a nossa companhia durante a sua visita a Lisboa? Faça um tour conosco

icon-consultoria

Apaixone-se por Portugal com a nossa consultoria de viagem

icon-foto

Leve um suvenir diferente da sua viagem: faça um ensaio fotográfico

Veja também o índice de artigos do Cultuga para ajudar no planejamento do seu roteiro com muitas dicas, sugestões de rota e outras informações sobre Portugal 🙂

Compartilhe.

Sobre o autor

Priscila Roque

Sou jornalista especializada em cultura e fotógrafa. Foi preciso passar dos 30 anos para assumir que Lisboa é, realmente, o meu lugar no mundo. Mas a paixão por Portugal começou bem mais cedo, ainda na adolescência, quando descobri alguns músicos locais. Os meus pais são portugueses imigrados no Brasil. Depois de fazer o caminho inverso deles, trocando São Paulo por Lisboa, quero agora, com o Cultuga, diminuir a distância que separa o Brasil de Portugal.

12 comentários

  1. Que matéria….Priscila Roque!!!!
    Parabéns…acho que no próximo ano vou dividir junho e outubro,

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Obrigada pelo carinho, Carmen!
      Junho e outubro são excelentes meses por aqui 😀
      Um grande beijo

    • Rafael Boro
      Rafael Boro em

      Ficamos felizes que tenha gostado das dicas, Guida! 🙂
      Um grande abraço e aproveite muito a viagem!

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Laura
      Tudo bem?
      Nós já alugamos várias vezes com a RentalCars em Portugal e nunca tivemos problemas. O que você SEMPRE deve ter atenção (e não somente com a RentalCars, mas sobre qualquer reserva via Internet) é como fazer o melhor uso do serviço, lendo sempre as informações do que é oferecido. No caso da RentalCars, ela é um buscador e comparador de preços entre as diversas empresas do setor, assim como o Booking funciona para hotéis. Por isso, escolher uma empresa grande e de confiança, além de uma categoria de carro bem avaliados são tão importantes. Temos um artigo com as nossas dicas: https://www.cultuga.com.br/2015/07/como-alugar-um-carro-para-viajar-por-portugal/
      Um grande abraço e uma excelente viagem

  2. Olá Priscila e Rafael, gosto muito do blog de vocês e estou pegando muitas dicas.
    Nós estaremos em Lisboa de 09/06 a 15/06 e portanto vamos pegar a festa de Santo Antonio.
    O comercio é fechado neste dia? o que funciona?
    Seria uma boa ideia conhecer Sintra e Cascais neste dia?
    Nós vamos usar transporte público em Lisboa, por isso as dúvidas.
    Obrigada

    • Rafael Boro
      Rafael Boro em

      Olá, Marcia
      Ficamos felizes que esteja aproveitando as nossas dicas! 🙂
      Os dias 12 e 13 são de muita festa nos bairros mais tradicionais de Lisboa, como Alfama e Graça. Vocês vão gostar bastante. São datas para aproveitar o final da tarde e a noite (depois das 22h fica muito cheio) nas ruas.
      Os restaurantes do centro históricos ficam abertos (a maioria vende sardinha na brasa), mas o comércio fecha (shoppings e supermercados abrem normalmente). Os transportes funcionam normalmente, porém, com horário reduzido.
      Vocês podem conhecer Sintra e Cascais nos outros dias. Aproveitem o clima e o cheiro de sardinha que invade a cidade rs. Os monumentos abrem normalmente. 😉
      Um grande abraço e curtam bastante essa época tão boa daqui!

  3. Iris Brito em

    Irei para Portugal agora em Junho e simplesmente amei a postagem, parabéns pelo conteúdo do blog.

  4. Paulo Silva em

    Olá Priscila e Rafael,

    Sou o Paulo e vivo em. LEIRIA.

    Viu um documentário sobre algumas regiões de Portugal feito por um apresentador Brasileiro que eu nunca ouvi falar. O nome dele é Amaury Jr.

    O documentário tem dois ou três erros, mas não é grave.

    Conforme podem ver, falta praticamente o Norte todo de Portugal e também muitos lugares interessantes.
    Mas o filme estava bem feito.

    Pode ser que as pessoas gostem de assistir.

    https://youtu.be/VM76124P2GA

    https://youtu.be/DurLXuYexPw

    https://youtu.be/TyGqmP9GZRI

    Cumprimentos

Deixe um comentário