Como é Portugal em JUNHO?

34

Férias dos portugueses, festas dos Santos Populares, calor (quase sempre) e um astral único por todo o país. Se você está com viagem marcada para Portugal em junho, veja quais são as informações que você precisa saber antes de embarcar!

(artigo atualizado em maio de 2019)

Como é Portugal em JUNHO?

Clima em Portugal – primavera e verão

O mês de junho traz o sol, leva embora a chuva e coloca um sorriso no rosto dos portugueses e dos turistas. Isso porque na segunda quinzena do mês começam as férias escolares e chega, finalmente, o verão!

Entretanto, apesar do país ser pequeno, as temperaturas são bem diferentes para cada região. Para o interior, o tempo pode ficar mais abafado, enquanto na costa e nos locais mais altos o vento forte alivia o calor. Assim, o ideal é que você acesse um site com a previsão do tempo para que possa se programar. Eu, particularmente, uso o Accuweather. Acho ele excelente e dá para ver a previsão dia a dia por cada cidade visitada.

Para montar a mala, quem viaja na primeira quinzena pode ver as nossas dicas para a primavera e quem vem no fim do mês pode ler o nosso artigo sobre como montar a mala para o verão em Portugal.

Ah, e também é nessa época do ano que você vai ver os carrinhos de cereja espalhados pelas ruas de Lisboa naquela fartura.. E doçura 🙂

Fuso Horário

Lembre-se: Portugal continental e o arquipélago da Madeira estão com 4 horas a mais do que Brasília, enquanto as ilhas dos Açores estão com 3 horas. Esse fuso segue até o mês de outubro, quando diversos estados brasileiros entram em horário de verão e Portugal entra no de inverno.

Qual é o fuso horário de Portugal (e a diferença para o Brasil)?

Preços na rede hoteleira

A má notícia para o mês de junho é que os preços da rede hoteleira começam a subir. Com a chegada das férias para os portugueses (e europeus), além da proximidade com o verão, o país todo ganha novos preços, sobretudo para a segunda quinzena do mês. Assim, quanto antes você garantir a sua reserva, maior a probabilidade de conseguir um preço mais em conta.

icon-consultoriaQuer conhecer Lisboa de uma forma diferente? Faça um tour do Cultuga

Feiras e festas

Se tem algo que os portugueses adoram são as feiras medievais. Esse é um programa sem idade e bastante interessante, que acontece principalmente durante a primavera e o verão e une o lúdico a própria história local. Para quem desembarca em Portugal no mês de junho e tem curiosidade de ir a uma, a dica é ficar de olho na Barcelos Cidade Medieval (a cidade do galinho).

Para aqueles que dividem a paixão pelo artesanato comigo, é em junho que acontece a FIA – Feira Internacional do Artesanato, na FIL, em Lisboa (no Parque das Nações, estação de metro Oriente). Essa é uma feira atraente e bem simpática, principalmente por reunir em um único local exemplos de artesanato de todo o país.

Também vale lembrar aqui que a Feira do Livro de Lisboa acontece, geralmente, no final de maio e início de junho. A entrada é gratuita e o acesso é muito fácil. Como ela acontece no Parque Eduardo VII, você pode chegar até lá pelas estações de metro Marquês de Pombal, Parque ou São Sebastião. Outra Feira do Livro importante é a de Braga, que, geralmente, acontece no final de junho e início de julho.

No centro país, no Fundão, há ainda a importante Festa da Cereja. Essa é uma ótima oportunidade para provar as saborosas cerejas da região.

Por fim, quem está com viagem marcada para a Ilha da Madeira em junho também poderá aproveitar o Festival do Atlântico – conhecido, principalmente, pelos espetáculos que unem a música aos fogos de artifício no Funchal.

A época da cereja começou! Já são vários os carrinhos espalhados por Lisboa! ??? #cerejas #lisboa #primavera #portugal #cultuga

A post shared by Cultuga – Dicas sobre Portugal (@cultugaoficial) on

Santos Populares

Está sentindo o cheiro de sardinha e dos manjericos no ar?

Esse assunto merece um tópico a parte, claro. As festas dos Santos Populares estão entre as principais do país. É como se fossem as festas juninas brasileiras (inclusive também são chamadas de arraiais)… Só que versão verão rs.

Começo pela capital, que têm uma agenda especial para o mês todo – as Festas de Lisboa. São eventos que tomam as ruas e os espaços verdes com música e arte – o melhor da cultura contemporânea e popular. Vale a pena dar uma olhada na programação.

Porém, o auge da festa acontece de 12 para 13 de junho, em celebração ao Dia de Santo António. Apesar dele não ser o padroeiro oficial de Lisboa – que é São Vicente -, Santo António nasceu na capital e é uma figura bastante emblemática para os portugueses.

Nessa data (e em todos os finais de semana do mês), os moradores dos bairros mais antigos, como Alfama, Mouraria, Graça e Bica, assam sardinhas na frente das suas casas e recebem (muito bem) os visitantes na rua.

O fim da tarde é ideal para as famílias que estão com crianças, pois há música e barraquinhas com diversas opções para comer nos bairros históricos. Conforme vai chegando a noite, as ruas ficam bem cheias e a animação é mais indicada aos jovens e adultos.

Além dessa celebração, a Avenida da Liberdade também é fechada para a passagem das Marchas Populares, ou seja, as agremiações dos bairros lisboetas saem em desfile com coreografias e música na noite do dia 12 de junho.

EVENTOS ESPECIAIS DAS FESTAS DE LISBOA 2019

  • Linhas Voadoras – Espetáculo de funambulismo na Alameda Dom Afonso Henriques, às 19h30
  • Ana Moura e Sopa de Pedra no Castelo de São Jorge, dia 14 de junho (distribuição de bilhetes a partir das 20h, na bilheteria do Castelo de São Jorge e no Museu do Fado)
  • Raquel Tavares e Gospel Collective no Castelo de São Jorge, dia 15 de junho (distribuição de bilhetes a partir das 20h, na bilheteria do Castelo de São Jorge e no Museu do Fado)
  • António & Variações no Jardim da Torre de Belém, dia 29 de junho, às 22h (show em homenagem ao cantor António Variações com as participações de Ana Bacalhau, Conan Osiris, Lena d´Água, Paulo Bragança, Manuela Azevedo e Selma Uamusse)

icon-hotelEncontre um bom hotel para se hospedar em Lisboa

No Porto, o santo de eleição para as festas é São João. Do dia 23 para 24 de junho, a cor e a alegria também invadem as regiões mais antigas da Invicta, como Ribeira, Massarelos, Miragaia e Fontainhas. Aqui, a brincadeira reina. Assim, se você receber uma martelada de plástico na cabeça, leve na esportiva, pois faz parte das tradições da festa rs.

O destaque fica para a noite, com muitos fogos de artifício e balões, que formam bonitos pontos de luz no céu. A programação completa sempre fica disponível no site da Câmara Municipal.

São João também inspira os festejos de Braga que vão além da data do santo. Durante quase 15 dias, as ruas dessa cidade – que é o coração do Minho – recebem exposições, cortejo histórico, parada folclórica, torneios especiais e música. A festa termina, claro, no dia de São João, com direito a batalha de flores, procissão e o desfile dos Gigantones e Cabeçudos (como os bonecos de Olinda).

O sul de Portugal não fica de fora, não! No dia 24 de junho, além de São João, é o Dia de Tavira (e nós tivemos a sorte de estar por lá nessa data, em 2014). Assim, o arraial nessa cidade algarvia tem um brilho todo especial. Sua principal praça é toda decorada com papéis coloridos e, ao cair do dia, seus moradores e visitantes se reúnem ali para comer e dançar!

Évora celebra a data com a tradicional Feira São João, que dura 10 dias e reúne comidinhas, exposições, espetáculos para crianças e artesanato, no melhor estilo alentejano.

São João também é tema de uma das maiores festas da Ilha Terceira, no Arquipélago dos Açores. A cidade escolhida para celebrar as Sanjoaninas é Angra do Heroísmo, sua capital, e traz uma programação com atividades infantis, desfiles, eventos esportivos e, claro, muita música.

Os Santos Populares fecham com São Pedro, dia 29 de junho e a dica aqui é a Festa de São Pedro, em Porto de Mós (e você ainda pode aproveitar para dar uma esticada até o Castelo).

Leve um suvenir inesquecível de sua viagem a Portugal

Feriados

Junho tem um feriado nacional, que é o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, celebrado a 10 de junho. Essa data assinala a morte de Luís de Camões – um dos maiores e mais significantes símbolos do país. Veja aqui a lista de todos os feriados nacionais.

Atenção que diversas cidades portuguesas fazem do dias dos Santos Populares (Santo António, São João e São Pedro) feriados municipais.

Uma outra data importante, mas que não é feriado, é o Dia Mundial da Criança, comemorado em 1 de junho. Nessa data, diversas cidades portuguesas promovem atividades especiais para os pequenos. Fique de olho!

Corpus Christi (em Portugal, chamado de Corpo de Deus) chega na quinta-feira, dia 20 de junho, em 2019. Ele havia sido suspenso em 2012 junto com ouros feriados religiosos e não religiosos pelo governo anterior. Mas foi reposto em 2016. Portanto, você poderá encontrar alguns lugares fechados nesse dia, sim, mas não chega a ser tão “radical” como em 1 de maio ou o Natal, por exemplo.  Aos mais religiosos, fica a dica: há bonitas procissões por todo o país.

Época balnear

Quem viaja em busca das praias portuguesas, é importante saber que a época balnear, geralmente, começa por volta de 15 de junho e termina a 15 de setembro. Entretanto, dependendo da região ou das Ilhas, por exemplo, pode ter uma pequena mudança. Isso significa que, nesse período, as praias próprias para banhos recebem equipamentos de segurança e salva vidas (chamados de nadadores salvadores), além de contar com a abertura de restaurantes e atividades turísticas sazonais.

Sugestões culturais para junho de 2019

Fado

Artistas portugueses

Artistas brasileiros

Música internacional

Festivais de música

Arraiais de LisboaVEJA QUAIS OS PRINCIPAIS ARRAIAIS DE 2019

  • Arraial do Grupo Dramático Escolar “Os Combatentes”, na Estrela, dias 1, 7, 8, 9, 12, 13, 14, 15, 19, 21, 22, 28 e 29 de junho
  • Arraial do Marítimo Lisboa Clube, próximo ao Miradouro de Santa Catarina
  • Arraial do Corpo Nacional de Escutas Agrupamento 48 de Santa Catarina, próximo da Igreja de Santa Catarina, dias 1, 2, 5, 6, 7, 8, 9, 12, 13, 14, 15, 16, 19, 20, 21, 22, 23, 26, 27, 28, 29 e 30 de junho
  • Arraiais de Alfama (há várias estruturas com comidas e bebidas espalhadas pelo bairro), dias 1, 7, 8, 9, 12, 13, 14, 15, 16, 19, 22 e 29 de junho
  • Arraial da Mouraria, no Larga da Severa, dias 1, 7, 8, 9, 12, 13, 14, 15, 19, 22, 28 e 29 de junho
  • Arraial do Parque das Nações, na Rua da Centieira/ Av. de Pádua, dias 1, 8, 9, 12, 13, 14, 15, 19, 22 e 29 de junho
  • Arraial da Vila Berta, na Graça, dias 1, 2, 7, 8, 9, 10, 11, 12 e 13 de junho
  • Arraial de Campolide, na Quinta do Zé Pinto, dias 1, 2, 5, 6, 7, 8, 9, 12, 13, 14, 15 e 16 de junho
  • Arraial Veggie Vibes, no Mercado de Santa Clara, de 9 a 13 de junho
  • Arraial de Alvalade, no Parque de Jogos 1º de Maio, de 7 a 16 de junho, a partir das 17h
  • Grande Arraial de Benfica, na Alameda Padre Álvaro Proença, de 20 a 23 de junho
  • Arraial Lisboa Pride, na Praça do Comércio, dia 22 de junho
  • Arraiais da Graça, na Rua da Voz do Operário – ainda sem data

Feiras, festivais e eventos

Teatro

Esportes

Como é Portugal em…

JANEIRO | FEVEREIRO | MARÇO | ABRIL | MAIO | JUNHO | JULHO | AGOSTO | SETEMBRO | OUTUBRO | NOVEMBRO| DEZEMBRO

Organize aqui a sua viagem para Portugal

icon-saude

Faça o Seguro Viagem com a Real Seguro Viagem em 6x sem juros

icon-carroVeja os melhores preços para alugar um carro na Rental Cars

icon-hotel

Reserve o seu hotel pelo Booking, com opção de cancelamento gratuito

Serviços do Cultuga

icon-tour

Deseja ter a nossa companhia durante a sua visita a Lisboa? Faça um tour conosco

icon-foto

Leve um suvenir diferente da sua viagem: faça um ensaio fotográfico

Veja também o índice de artigos do Cultuga para ajudar no planejamento do seu roteiro com muitas dicas, sugestões de rota e outras informações sobre Portugal 🙂

Compartilhe.

Sobre o autor

Priscila Roque

Sou jornalista especializada em cultura e fotógrafa. Foi preciso passar dos 30 anos para assumir que Lisboa é, realmente, o meu lugar no mundo. Mas a paixão por Portugal começou bem mais cedo, ainda na adolescência, quando descobri alguns músicos locais. Os meus pais são portugueses imigrados no Brasil. Depois de fazer o caminho inverso deles, trocando São Paulo por Lisboa, quero agora, com o Cultuga, diminuir a distância que separa o Brasil de Portugal.

34 comentários

  1. Avatar

    Que matéria….Priscila Roque!!!!
    Parabéns…acho que no próximo ano vou dividir junho e outubro,

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Obrigada pelo carinho, Carmen!
      Junho e outubro são excelentes meses por aqui 😀
      Um grande beijo

    • Rafael Boro
      Rafael Boro em

      Ficamos felizes que tenha gostado das dicas, Guida! 🙂
      Um grande abraço e aproveite muito a viagem!

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Laura
      Tudo bem?
      Nós já alugamos várias vezes com a RentalCars em Portugal e nunca tivemos problemas. O que você SEMPRE deve ter atenção (e não somente com a RentalCars, mas sobre qualquer reserva via Internet) é como fazer o melhor uso do serviço, lendo sempre as informações do que é oferecido. No caso da RentalCars, ela é um buscador e comparador de preços entre as diversas empresas do setor, assim como o Booking funciona para hotéis. Por isso, escolher uma empresa grande e de confiança, além de uma categoria de carro bem avaliados são tão importantes. Temos um artigo com as nossas dicas: https://www.cultuga.com.br/2015/07/como-alugar-um-carro-para-viajar-por-portugal/
      Um grande abraço e uma excelente viagem

  2. Avatar

    Olá Priscila e Rafael, gosto muito do blog de vocês e estou pegando muitas dicas.
    Nós estaremos em Lisboa de 09/06 a 15/06 e portanto vamos pegar a festa de Santo Antonio.
    O comercio é fechado neste dia? o que funciona?
    Seria uma boa ideia conhecer Sintra e Cascais neste dia?
    Nós vamos usar transporte público em Lisboa, por isso as dúvidas.
    Obrigada

    • Rafael Boro
      Rafael Boro em

      Olá, Marcia
      Ficamos felizes que esteja aproveitando as nossas dicas! 🙂
      Os dias 12 e 13 são de muita festa nos bairros mais tradicionais de Lisboa, como Alfama e Graça. Vocês vão gostar bastante. São datas para aproveitar o final da tarde e a noite (depois das 22h fica muito cheio) nas ruas.
      Os restaurantes do centro históricos ficam abertos (a maioria vende sardinha na brasa), mas o comércio fecha (shoppings e supermercados abrem normalmente). Os transportes funcionam normalmente, porém, com horário reduzido.
      Vocês podem conhecer Sintra e Cascais nos outros dias. Aproveitem o clima e o cheiro de sardinha que invade a cidade rs. Os monumentos abrem normalmente. 😉
      Um grande abraço e curtam bastante essa época tão boa daqui!

  3. Avatar
    Iris Brito em

    Irei para Portugal agora em Junho e simplesmente amei a postagem, parabéns pelo conteúdo do blog.

  4. Avatar
    Paulo Silva em

    Olá Priscila e Rafael,

    Sou o Paulo e vivo em. LEIRIA.

    Viu um documentário sobre algumas regiões de Portugal feito por um apresentador Brasileiro que eu nunca ouvi falar. O nome dele é Amaury Jr.

    O documentário tem dois ou três erros, mas não é grave.

    Conforme podem ver, falta praticamente o Norte todo de Portugal e também muitos lugares interessantes.
    Mas o filme estava bem feito.

    Pode ser que as pessoas gostem de assistir.

    https://youtu.be/VM76124P2GA

    https://youtu.be/DurLXuYexPw

    https://youtu.be/TyGqmP9GZRI

    Cumprimentos

    • Rafael Boro

      Muito obrigado, Maykel!
      Você vai gostar bastante de Portugal nessa época do ano. 🙂
      Um grande abraço e faça uma ótima viagem!

  5. Avatar

    Sou alucinada por cerejas…Acreditem: procurei bastante referencia sobre essa Festa da Cereja e quase nada encontrei. E vcs, simplesmente mandaram ver!!! Cada dia que passa, mais satisfeita com esse site gente!! Bjs no coração!!!!
    Poliana Falcoão

    • Rafael Boro

      Oba! Muito legal que você encontrou essa informação aqui, Poliana! Você vai adorar as cerejas portuguesas. 🙂
      Agradecemos o carinho! Esse é o melhor retorno que podemos ter no trabalho que desenvolvemos!
      Um forte abraço!

  6. Avatar

    Olá Priscila!!Minha filha e eu iremos em Junho.Poderia nos dar dicas de hotéis com opções mais simples,mas aconchegantes?bjs

  7. Avatar
    Gláucio Galvão em

    olá Boa Noite, eu consigo algum serviço de fotografia, ou seja, algum profissional que possa fotografar momentos em lisboa ?

  8. Avatar
    Valéria Veiga em

    boa tarde a todos,
    As dicas de vocês são muito boas, blog bem feito..Parabéns!
    Nos dias 10 e 13 é feriado, gostaria de saber se as atrações turísticas ou lojas e restaurantes abrem normalmente. saberiam informar por favor? alguns museus não abrem 2a , outros 3a e /ou dia 13.
    visto que no dia 12 no fim da tarde começa a festa de Santo Antonio , neste dia é normal em Lisboa (antes da festa)?

    • Rafael Boro
      Rafael Boro em

      Olá, Valéria
      Tudo bem?
      Agradecemos o carinho com o nosso trabalho! 🙂
      No centro histórico, muitos restaurantes abrem nos feriados. Aproveito para deixar a indicação de alguns restaurantes que nós gostamos e podem estar abertos: https://www.cultuga.com.br/2018/02/onde-comer-em-lisboa-restaurantes-no-centro-historico/ As lojas menores fecham, somente as grandes marcas e de souvenirs que abrem.

      No feriado e às segundas, a grande maioria dos museus e monumentos históricos fecham. São alguns, bem pontuais, que fecham em dias diferentes. O dia 12 é normal (somente dia 13 que é feriado), mas no final da tarde, o clima nos bairros históricos é mais animado. 🙂

      Um abraço e boa viagem!

  9. Avatar

    Priscila Roque, adorei as dicas e estou traçando minha ida em cima das sua sugestões sou bisneta de portuguese, apesar de nao ter a cidadania devido a falta de comprovação de documentos ja que eata geração ja estao falecidos. Me sinto portuguesa e me emociona sempre que vejo algo a ponto de chorar.
    Em junho deste ano depois de 50 anos estou me preparando pra ir junto com meu esposo e um dos meus filhos.
    Entao imagine como eu estou.
    Muito obrigada mesmo.

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Telma
      Eu que agradeço o seu carinho! Que delícia poder realizar este sonho! Você vai adorar. 🙂
      Desfrute desse momento tão bonito e seja sempre bem-vinda!
      um grande abraço

  10. Avatar

    Ótimas dicas! Parabéns pelo site!
    Estou indo passar as 2 primeiras semanas de junho com meu marido e filho de 2 anos.
    Estamos pensando em ficar em Lisboa e Algarve, vocês acham que seria mais proveitoso estar em Lisboa na segunda semana, que tem os feriados do dia 10 e 13? Ou como muita coisa fecha nos feriados seria melhor ir para o Algarve?
    Com um tempo curto, serão 11 dias em Portugal, acham que vale a pena incluir Porto também?

    • Rafael Boro

      Ficamos felizes que tenha gostado do Cultuga, Carolina! 🙂

      Nos feriados, o Algarve é mais concorrido – não que Lisboa não seja, já que é a data mais importante da cidade (existem muitas celebrações nos dias 12 e 13 de junho) – então é melhor verificar as hospedagens nas cidades do Algarve que vocês pretendem ficar e as de Lisboa.
      O comércio tradicional fecha nos feriados e alguns estabelecimentos têm horários especiais. Por ser alta temporada, não vai afetar a viagem de vocês. Os monumentos também funcionam normalmente.

      Desta vez, é melhor deixar o Porto de fora do roteiro. O deslocamento norte a sul será muito longo para o número de dias da viagem. É melhor focar no Algarve e Lisboa e arredores.

      Um grande abraço e boa viagem!

  11. Avatar

    Priscila,
    Estaremos em Portugal desde 29 de maio a 12 de junho. Os primeiros dias serão em Lisboa e região e nos demais, alugamos um motorhome com intenção de conhecer o sul de Portugal desde Sagres a divisa com Espanha, ou seja de oeste a leste em 10 dias. Quais as dicas de festas, feiras e outras atrações nesta região?
    O Monte Gordo é legal?

    • Rafael Boro

      Olá, Bruno
      Tudo bem?

      Apesar de junho já ser considerado um mês da alta temporada, julho e agosto são mais “populares” para as festas e feiras. De qualquer forma, deixo aqui algumas que já estão agendadas:

      – Mercado mensal de São Bras de Alportel – Parque Roberto Nobre – todo sábado
      – International Algarve Fair Lagoa – Parque Municipal de Lagoa (Fatacil) – 8 e 9 de junho
      – Pode ter alguma festa dos santos populares a partir de 1 de junho em algumas cidades

      Monte Gordo é uma das últimas praias de Portugal. Tem um areia grande e bonito. Um pouquinho pra cima fica Castro Marim, uma vila bonita com destaque para o rio Guadiana que divide Portugal e Espanha e a produção de sal.

      Um grande abraço e boa viagem!

  12. Avatar
    Antonio Correa da Silva Junior em

    Olá Priscila e Rafael, somos casal brasileiro e acompanhamos suas postagens que nos tem ajudado bastante nas nossas viagens à Portugal. Neste ano realizaremos o sonho de participarmos das festas populares. Como chegaremos no dia 12/06, gostaríamos de sua orientação para um roteiro a pé nesta noite tão impar. Estaremos no Intendente, pensamos em ir primeiro para a Graça e terminarmos a noite na Alfama. O desfile na Av. Liberdade vale o passeio ou é melhor deixar para outra oportunidade ? Parabéns pelo site e agradecemos antecipadamente a sua preciosa atenção.

    • Rafael Boro
      Rafael Boro em

      Olá, Antonio
      Tudo bem?

      Muito legal saber que estejam gostando do Cultuga! 🙂

      Um bom começo é subir até o Miradouro Senhora do Monte no fim de tarde – as ruas começam a ficar muito cheias depois das 23h, então é melhor enfrentar as filas das barraquinhas mais cedo hehe. A partir do Intendente, é praticamente uma subida (são muitas para esse lado rs) pela Rua Damasceno Monteiro. A vista é fabulosa e vocês já estão pertinho dos lugares que têm música e comida na Graça. O bailarico no Largo da Graça e no Miradouro da Graça é muito bom. Sigam para Alfama pela Rua da Voz do Operário. Depois é só entrarem pelo bairro e aproveitarem o resto da festa. O Largo de São Miguel é o mais famoso dele, mas há animação e comida (isso nunca falta rs) por todo lado!

      Sobre o desfile na Avenida, ele é muito bonito, mas é preciso chegar um pouco antes do início para ficar em um bom lugar para ver. Os assentos nas arquibancadas acabam logo. Nem todo o caminho é usado para o desfile. Eu deixaria para uma próxima visita a Lisboa. 😉

      Será uma experiência única participar da Noite de Santo António daqui de Lisboa!
      Um grande abraço e aproveitem bastante a viagem!

      • Avatar
        Antonio Correa da Silva Junior em

        Olá, Rafael, muito obrigado pelas informações e comentários. Vamos fazer esse roteiro no dia 12. Este ano conseguimos conciliar a nossa viagem com várias festas: Santos Populares em Lisboa, Vaca das Cordas e Corpo de Cristo em Ponte de Lima, São João no Porto, São João em Évora e Festa dos Tabuleiros em Tomar. Tomara que encontremos mais alguma feira medieval por estes muitos quilômetros que rodaremos. Agradecemos a sua atenção ! Abraços.

        • Rafael Boro
          Rafael Boro em

          De nada, Antonio!
          Vai ser incrível poder aproveitar tantas festas importantes aqui de Portugal.
          Um grande abraço!

Deixe um comentário