Como é Portugal em NOVEMBRO?

22




Se você está com viagem marcada para Portugal em novembro, veja quais são as informações que você precisa saber antes de embarcar:

Apaixone-se por Portugal com a nossa consultoria de viagem

(artigo atualizado em 23 de outubro de 2017)

Clima

É outono e, quanto mais o mês entra, mais marcante fica a paisagem, com os muitos tons de amarelo, laranja, vermelho e castanho.

Entretanto, o que mais surpreende é o chamado “Verão de São Martinho”, um fenômeno meteorológico que costuma acontecer nesse mês. Isto é, por alguns dias temos a impressão de que não temos outono, pois os dias ficam quentes e com pouco volume de chuvas.

Por se tratar de um fenômeno natural, não há data exata para ocorrer, claro. Porém, é uma boa notícia para quem tem viagem marcada na primeira quinzena. O Dia de São Martinho celebra-se, oficialmente, a 11 de novembro – quando marca, popularmente, a entrada do outono por aqui com o magusto – ou seja, com muita castanha assada e vinho novo.

De qualquer forma, vale a pena se prevenir, visto que podemos ter temperaturas mais quentes durante o dia e um pouco mais frias a noite (tendo algumas cidades uma diferença ainda maior, entre máximas e mínimas diárias).

Sobre as médias, em Lisboa, por exemplo, esse mês costuma rondar as máximas de 19 graus e mínimas de 11. Para o Porto, as mínimas podem ser um pouco mais baixas, até os 8 graus.  Como há anos mais quentes ou frios do que outros, não deixe de consultar também o site Accuweather antes da sua viagem, pois ele indica as temperaturas para muitas cidades portuguesas e com maior precisão.

Agora que você já sabe o cenário que pode encontrar, veja também as nossas dicas para montar a mala para o outono em Portugal.

Castanhas assadas

Tem algo melhor do que comer castanhas assadas no frio, enquanto caminha por Portugal? Hum… Me arrisco a dizer que não. Esse é um prazer de muitos (e também meu rs.).

Se em outubro foi o ensaio tímido delas, agora é oficial: você vai encontrar carrinhos com castanhas assadas a cada esquina, de norte a sul do país. São muitas as cidades que guardam essa tradição, que segue durante todo o outono e inverno.

São quentes e boas, sim senhor! Você as compra em porções de seis ou doze unidades. Basta tirar a casquinha e, zaz, saborear.

Quer ter a nossa companhia durante a sua viagem por Lisboa?

Fuso Horário

O mês de novembro já entra com o horário de inverno por aqui. Ou seja, Portugal continental e o arquipélago da Madeira ficam com apenas 2 horas a mais do que Brasília, quanto o arquipélago dos Açores ficam com 1 hora. Tal horário segue até o mês de fevereiro.

O nascer do sol acontece entre as 07h e às 07h30 da manhã, enquanto o pôr do sol costuma ser perto das 17h20 nessa época do ano.

Preços nos hotéis e no aluguel de carros

A boa notícia é que em novembro pega a baixa temporada para os hotéis em Portugal e também para o aluguel de carro. Quem viaja nessa época do ano já sente alguma folga no bolso. Aliás, até na passagem aérea costuma ser assim, com um dos melhores preços do ano todo.

As exceções são nos dias de grandes eventos. Portanto, se você notar que os preços estão mais altos do que a base das suas pesquisas para alguma cidade, possivelmente há alguma feira ou show naquele dia/ semana. E, aí, passa a valer a lei da oferta e da procura mesmo.

Feiras, festas e eventos

WebSummit se repete neste ano em Lisboa, uma das maiores e melhores conferências de tecnologia do mundo. Foram mais de 50 mil ingressos vendidos em 2016.

Na segunda quinzena do mês, será a vez do Lisboa Games Week, também em Lisboa. Esse é um evento para todas as idades, com simuladores, cosplay, torneios e lançamentos.

Para quem tem viagem marcada para o Alentejo, pode aproveitar a Festa do Castanheiro e Feira da Castanha de Marvão. Junto dessa vila medieval lindíssima, você ainda pode aproveitar um dos mais genuínos eventos da castanha no país.  Outra região que você pode aproveitar uma feira assim é na vila da Lousã, perto de Coimbra. Saiba mais sobre a Feira do Mel e da Castanha da Lousã.

A Alfândega do Porto volta a receber em 2017 o Wine Fest. Os apreciadores de vinho terão a oportunidade de acompanhar o evento no dia 18 de novembro.

Essa também é uma fase em que há possibilidade de ver as famosas ondas gigantes de Nazaré – tudo depende do tempo e da natureza, claro. Entretanto, os surfistas já estão atentos desde a segunda quinzena de outubro (até o mês de fevereiro – a etapa do Big Wave Tour da WSL 2017 vai até o dia 31 de dezembro), aguardando a época exata. Se você pretende ver esse verdadeiro espetáculo, verifique nos jornais portugueses durante a sua viagem ou veja em câmeras ao vivo como a Praia do Norte está antes de se deslocar até lá.

Geralmente, nos últimos dias do mês já é possível ver a inauguração das luzes de Natal em algumas cidades portuguesas. Para isso, tenha atenção ao site das câmaras municipais (que fazem um trabalho similar ao das prefeituras no Brasil), que divulgam toda a programação perto da data (assim que eu tiver alguma informação sobre o assunto, acrescento aqui no post também).

Outros eventos culturais que costumam acontecer em novembro: Amadora BDMisty FestVodafone Mexefest e Guimarães Jazz.

Leve um suvenir inesquecível de sua viagem a Portugal

Frutas da época

Muitos viajantes têm o costume de levar uma sacolinha com lanche. As frutas quase sempre estão nesse kit. Se você é um desses, separamos as frutas da época que você poderá encontrar nos supermercados portugueses no mês de novembro: ananás (“primo” do abacaxi), banana, dióspiro (caqui), limão, laranja, tanjerina, maçã, pêra, kiwi e romã (também pode haver outras, mas o preço é mais alto por, geralmente, serem importadas).

Feriados

O único feriado nacional do mês é em 1 de novembro, Dia de Todos os Santos.  Portanto, tenha atenção ao seu roteiro, pois você poderá pegar horários especiais de feriado ou atrações/ restaurantes fechados. É sempre bom confirmar por telefone antes de ir.

Na história: terremoto de Lisboa, em 1755

Aproveito para dividir aqui uma data importante para a história de Portugal, que marca sempre esse mês. Na manhã do dia 1 de novembro de 1755, Lisboa passou por sua maior tragédia: um terremoto, seguido de um maremoto e um forte incêndio.

Foi naquele Dia de Todos os Santos que a capital perdeu a Biblioteca Real, a Ópera, 35 igrejas, 55 palácios e cerca de 10 mil edifícios. Parte da população que estava na Baixa morreu nessa tragédia.

A Família Real escapou por sorte, pois no momento do terremoto encontrava-se nas proximidades de Belém. Por isso, a escolha posterior do Alto da Ajuda para a construção de uma nova residência real, depois transformada no Palácio da Ajuda.

O Aqueduto das Águas Livres impressionou os sobreviventes e os visitantes pós-terremoto, pois ele não teve nenhuma de suas partes destruída. Entretanto, a principal memória ainda presente na vida da cidade, como referência desse acontecimento, são as ruínas do Convento do Carmo.

Sugestões do Cultuga para novembro de 2017

Fado

Artistas portugueses

Música internacional

Artistas brasileiros

Espetáculos e eventos

Teatro

Dança

Comédia

Esportes

Como é Portugal em…

JANEIRO | FEVEREIRO | MARÇO | ABRIL | MAIO | JUNHO | JULHO | AGOSTO | SETEMBRO | OUTUBRO | NOVEMBRO| DEZEMBRO

Organize aqui a sua viagem para Portugal

icon-saude

Faça o Seguro Viagem com a Real Seguro Viagem em 6x sem juros

icon-carroVeja os melhores preços para alugar um carro na Rental Cars

icon-hotel

Reserve o seu hotel pelo Booking, com opção de cancelamento gratuito

Serviços do Cultuga

icon-tour

Deseja ter a nossa companhia durante a sua visita a Lisboa? Faça um tour conosco

icon-consultoria

Apaixone-se por Portugal com a nossa consultoria de viagem

icon-foto

Leve um suvenir diferente da sua viagem: faça um ensaio fotográfico

Veja também o índice de artigos do Cultuga para ajudar no planejamento do seu roteiro com muitas dicas, sugestões de rota e outras informações sobre Portugal 🙂

Compartilhe.

Sobre o autor

Priscila Roque

Sou jornalista especializada em cultura e fotógrafa. Foi preciso passar dos 30 anos para assumir que Lisboa é, realmente, o meu lugar no mundo. Mas a paixão por Portugal começou bem mais cedo, ainda na adolescência, quando descobri alguns músicos locais. Os meus pais são portugueses imigrados no Brasil. Depois de fazer o caminho inverso deles, trocando São Paulo por Lisboa, quero agora, com o Cultuga, diminuir a distância que separa o Brasil de Portugal.

22 comentários

  1. Pris ci laaaaaaaaaaaaaaaa (Priscila)
    Lindeza! Obrigada pela postagem…
    Sabe que quando te escrevi por e-mail (WWF, lembra?) rsrsrs fiquei morrendo de vontade de pedir pra vc fazer um post sobre o que estar por vir em novembro, lá no Porto e, em outros lugares, também!
    Ficarei no Porto do final de novembro à primeira quinzena de dezembro!!
    Ahhh não vejo a hora!!
    Gratidão pelas dicas!
    Beijoss

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Raiane
      Tudo bem?
      Claro que me lembro 🙂
      Que delícia! Tenho a certeza que você vai aproveitar bastante!
      Uma excelente viagem e seja sempre bem-vinda ao Cultuga
      Um grande beijo

      • Tudo indo muito bem e contigo?

        Desde que descobri o Cultuga pesquisando sobre Portugal que não paro de ler as publicações do site!

        Gratidão, outro beijo grande!

  2. Olá Priscila,
    Boa noite.

    Estou embarcando para Terras Portuguesas nesta sexta feira, e até agora não consegui arrumar minha mala. Eu e meu marido iremos passar 10 dias entre Lisboa, Evora, Óbidos, Alcobaça, entre outras cidades lindas e charmosas. Gostaria de uma ajuda do que levar na mala, tipo quantidade de calças, casacos e blusas. Melhor usar botas ou tênis?
    Agradeço a sua ajuda e já peguei varias dicas no seu site.

    Bjs,

    Rafaela

    • Rafael Boro

      Olá, Rafaela
      Tudo bem?
      Arrumar a mala sempre é complicado. Mas pode ficar tranquila que temos um post com várias dicas do que levar e usar durante o outono: https://www.cultuga.com.br/2014/09/planejando-a-viagem-o-que-levar-na-mala-para-o-outono-portugues/
      Sobre a quantidade de roupas, é complicado dizer. Pois depende muito do estilo de cada um. Se vocês estiverem com pouco espaço na mala, é bom “economizar” nas peças volumosas ou colocar em saco a vácuo. Com malas maiores, fica mais fácil.
      Muitos hotéis possuem serviço de lavanderia, que é um facilitador. Vocês também têm a opção de comprarem roupa durante a viagem. Em Lisboa há muitas lojas.
      Sobre o calçado, é melhor usar botas (mas não de salto alto fino), pois protege melhor os pés do frio e da umidade.
      Tenho certeza que a viagem será maravilhosa e vocês vão gostar muito das paisagens, dos monumentos, das pessoas e da gastronomia do país. 🙂

  3. Olá! Adorando as dicas do Cultuga! Gostaria de sugestões para a virada do ano em Lisboa. Pesquisei os Cassinos Estoril e de Lisboa, mas achei opções muito salgadas. Há restaurantes onde se possa comer bem e ver a queima de fogos, longe das multidões?

    • Priscila Roque
      Priscila Roque em

      Olá, Alyne
      Tudo bem?
      Ver a queima de fogos, na verdade, é a parte mais difícil. Como ela fica concentrada na Praça do Comércio, todos aqueles restaurantes que ficam no alto da cidade e que abrem nessa data, certamente, vão cobrar preços mais salgados. Porém, você também pode jantar em algum local mais alternativo nos arredores do Chiado ou do Cais do Sodré e depois ir a Praça do Comércio pela Av. Ribeira das Naus para ver os fogos um pouco antes da meia noite.
      Um forte abraço e um excelente ano!

  4. Rosana Lamana Faria em

    Olá, Priscila.
    Iremos, eu de 56 anos, minha filha de 27 anos e uma amiga de 66 anos a Portugal de 20 de novembro a 10 de dezembro.
    Ficaremos em Lisboa até 28 de novembro e depois seguimos para o Norte, onde nos hospedaremos em Vila do Conde é de lá faremos passeios diários a Braga, Guimarães, Viana, Valença, e outras cidades minhotas. E claro, Porto e Vila Nova de Gaia.
    Apesar de ter vivido na Vila do Conde de 1992 a 1996, estou em dúvida a que roupas levar.
    Onde em Lisboa posso comprar casacos adequados a temperatura da época, em tamanhos grandes e a preços acessíveis?
    Devo levar alguma roupa mais fresca?
    Devo comprar gabardinas para chuva? Lembro-me de chover sem parar no Norte a partir de outubro.
    Calças de ganga (jeans) são adequadas ou devo adquirir calças de lã?
    Estou muito ansiosa e com a responsabilidade de orientar minha filha e amiga na arrumação das malas.
    Se puder me ajudar, agradeço!!!
    Abraços!!!!

    • Rafael Boro

      Olá, Rosana
      Tudo bom?
      A Primark, loja irlandesa que tem no Centro Comercial Colombo, e a Decathlon, que fica ao lado do El Corte Inglés, são lojas que você vai encontrar artigos de frio com bons preços. Aproveito para indicar um artigo especial sobre os principais shoppings de Lisboa: https://www.cultuga.com.br/2017/08/shoppings-onde-fazer-compras-em-lisboa/ 😉
      É importante vocês terem roupas, casacos e calçados para chuva, já que é uma época mais chuvosa mesmo.
      As calças de jeans são adequadas, porém, o que você pode fazer é comprar uma segunda pele para usar nos dias mais frios.
      Um abraço e boa viagem!

  5. LAURA OLIVEIRA em

    olá Rafael! Sou Laura! Vou para Porto 30/11, com meu marido. Nunca saí da América Latina, e confesso, tô bem assustada em sair da minha zona de conforto, e ir prá táo longe.
    Meu marido vai à trabalho e eu vou à passeio e conhecer o lugar onde ele vai trabalhar, talvez.
    Minhas dúvidas são muitas. passagem mais barata, porque o dindin é bem curto, roupas de frio intenso ou não, se bem que eu moro em Floripa e estou acostumada ao frio, quantos kl de bagagem posso levar.
    Lá em Portugal os restaurantes são caros? Quantos euros devo levar, e é fácil comprar euros? Ou é melhor só usar cartão? Vc tá percebendo que estou com medo de sair de casa né? kkkkk
    Se eu quiser dar uma voltinha por cidades próximas à Porto, o que devo fazer? Alugar um carro ou pegar trem ou ônibus ? Acho que vou ter que passear sozinha e gastar pouquinho. Usando o passaporte, posso ir prá todos os lugares? Sou Uruguaia, permanente no Brasil. Tem alguma restrição ao meu passaporte?
    Se vc puder me dar um Help te agradeço muito!!! Obrigada!!!
    Laura

  6. Cássia Costa em

    Olá!!
    Boa noite!!

    Adorei todas as dicas, estou indo para Lisboa agora em novembro, e adorei as dicas.
    Porém gostaria de saber se você poderia me ajudar em uma questão.
    Minha sogra de 85 anos vai também, mas não consegue andar muito, e necessita de cadeiras de rodas, você saberia me orientar como faço para alugar uma?
    Aqui no Brasil conseguimos fácil nas empresas que oferecem Home Care.
    Saberia me orientar ?

    Aguardo seu comentário !!
    Obrigada,

    Cássia Costa

  7. Daniela Martins em

    Olá! Boa tarde! Adorei todas as dicas! Ficarei 10 dias em lisboa e faremos vários bate-e-volta. Tem alguma sugestão de como aproveitar a noite em Lisboa? Queríamos (se for possivel) a indicação de um bom restaurante em Lisboa de algum chef em que pudéssemos pedir entrada, prato principal e sobremesa. Obrigada!

    • Rafael Boro

      Olá, Daniela
      Tudo bom?
      Legal que gostou das nossas dicas! 🙂
      Dez dias é um ótimo período para explorar Lisboa e curtir os bate-voltas.
      O Chiado é um dos bairros que mais gostamos de indicar para quem pretende jantar bem. Há ótimas variedades e excelentes restautantes de chefs, indico o Bairro do Avillez, o Belcanto, o Alma e o 100 Maneiras. Sem ser de chef, a Cervejaria Trindade e o Palácio Chiado são outros ótimos lugares para comer.

      Aproveito para sugerir a leitura de um post especial sobre os chefs portugueses que mais gosto: https://www.cultuga.com.br/2016/01/chefs-portugueses-mais-conhecidos/ 😉
      Um abraço e boa viagem!

  8. olá, estou indo a Portugal em novembro.
    Oque gostaria de saber é necessário contratar pacote de passeios para os pontos turísticos ou é fácil fazer sozinho. Alguma dica para me ajudar. Ganhei esta viajem do meu marido como presente de aniversário, quero que seja muito especial.

    Aguardo.
    Abraço.

    • Rafael Boro

      Olá, Elaininha
      Tudo bem?
      As duas maneiras são interessantes, mas a escolha depende do estilo de viagem que gosta e do tempo em pesquisar e organizar o roteiro. Temos vários links que podem ajudá-la nessa viagem: https://www.cultuga.com.br/roteiro-viagem-portugal/ Contratar uma agência é prático e você quase não precisa se preocupar com a rota e a programação. Vá até uma agência de confiança na sua cidade que a equipe de lá poderá montar um plano para você. 😉
      Um abraço e boa viagem!

Deixe um comentário